Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Compartilhe
    avatar
    Razorkaos
    Membro Nv.10
    Membro Nv.10

    Karma Karma : 86
    Posts Posts : 125

    Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por Razorkaos em Dom 04 Ago 2013, 18:43

     

     
     É provável que você nunca tenha jogado, ou sequer ouvido falar nesse jogo. Originalmente lançado para o MSX-2 e para o NEC PC-8801 em 1988 (e lançado mais tarde para o Playstation Sega Saturn PC Engine e Sega CD, sendo essa última a melhor versão do game), Snatcher é certamente, uma obra-prima da indústria dos games. 

    Hideo Kojima, seu criador, é popularmente conhecido pela franquia Metal Gear, e há quem acredite que "Kojima só fez MGS a vida toda". Ledo engano. O homem é responsável pela franquia Zone of the Enders (que é provavelmente seu título não relacionado a MGS mais conhecido entre o grande público). Kojima também esteve envolvido na produção de Tokimeki Memorial. Porém, não é desses jogos que o artigo se trata. 

    Há dois jogos realmente fantásticos de autoria de Hideo Kojima, que poucas pessoas conhecem: Snatcher e Policenauts (falarei sobre esse em outro artigo).

                       
     
    Snatcher é um jogo do gênero aventura/visual novel, que retrata a história de Gilliam Seed, em uma Terra "pós-apocalíptica" e ambientação
    cyberpunk. Praticamente uma homenagem de Kojima (cinéfilo declarado) 
    a Blade Runner, um dos melhores filmes (se não for o melhor) do gênero cyberpunk. Há também referências a Exterminador do Futuro, e claro, aos
    jogos da franquia Metal Gear e outros personagens de jogos da Konami.

    O enredo do jogo é o seguinte:

    Em 6 de junho de 19961 uma explosão no Centro de Pesquisas de Chernoton, próximo a Moscou, liberou no ar uma arma biológica de nome "Lucifer-Alpha", que estava sendo desenvolvida secretamente no local. Levada pelas monções, ela se espalhou rapidamente pela Eurásia, matando 80% de sua população.
    A área contaminada se torna inabitável durante décadas, quando então Lucifer-Alpha se transforma numa forma não letal. Este trágico incidente viria a ser conhecido como "A Catástrofe".
    Cinqüenta anos depois, uma misteriosa forma de vida artificial (Bio-roids) é descoberta após ser encontrada entre as vítimas de um acidente aéreo. Parte orgânicos, parte máquinas, eles podem suar e até sangrar, fatores esses que quase impossibilitam seu reconhecimento entre humanos. Eles aparecem durante o inverno, assassinando suas vítimas e tomando seu lugar na sociedade. Por esse motivo eles são conhecidos como "Snatchers" (Raptores, em inglês), pois eles raptam suas vítimas antes de tomar o seu lugar.
    Para combater a nova ameaça, o Governo cria em 2047 uma força-tarefa especialmente treinada chamada J.U.N.K.E.R. (uma abreviação para Judgement Uninfected Naked Kind & Execute Ranger na versão japonesa ou Japanese Undercover Neuro Kinetic Elimination Ranger na versão em inglês do jogo), formada pela junção da Força-Tarefa Especial Anti-Snatcher da Polícia e a "Rug Hunt", uma Agência de Inteligência do Governo.
    Você joga como Gillian Seed, um homem que foi encontrado junto de sua esposa, Jamie Seed, na Zona Neutra Siberiana em 2044 d.C. Ambos em completo estado de amnésia, foram levados em custódia protetora pela 17ª Força de Investigação Siberiana. Em 2045, perdido em uma completa névoa mental e após tentar reatar em vão seu casamento, Gillian se separa de Jamie. Após extensivo treinamento militar, Gillian é ordenado a se apresentar na Sede da J.U.N.K.E.R. em Neo Kobe.
    Seu objetivo é encontrar a fonte dos Snatchers e descobrir a ligação entre eles e o passado misterioso de Gillian.

                      

    Calma, não se assuste: Snatcher não foi lançado para o Nintendo DS. Fãs conseguiram fazer um port para o NDS da versão demo do jogo, disponível na net. Snatcher no DS, se aproveitando das duas telas, se torna ainda melhor de se jogar: é como se o portátil fosse feito pra esse jogo. 



    Bem, recomendo a todos que gostam de jogos como Ace Attorney, Hotel Dusk e visual novels e adventures em geral. É um clássico e realmente vale a pena. Eu estou jogando a versão completa, do Sega CD, que é realmente a melhor versão. Mas fica a esperança de um dia, esse mesmo grupo de fãs conseguir trazer o jogo completo ao NDS/3DS.
    avatar
    Sum41
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 369
    Posts Posts : 2473

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por Sum41 em Dom 04 Ago 2013, 22:34

    Infelizmente (ou não) pra mim jogos de gênero visual novel e tower defense são essencialmente portáteis. Não consigo jogar isso em um console de mesa.

    De qualquer forma, adoro essas garimpadas! Aproveito pra recomendar tb uma série do Hideo que adquiri recentemente e que vale a pena citar ao falar de suas obras underrated: Boktai e o sucessor espiritual Lunar Knights.
    avatar
    rcosfa
    Veterano Nv.31
    Veterano Nv.31

    Karma Karma : 89
    Posts Posts : 1166

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por rcosfa em Qua 07 Ago 2013, 19:55

    O jogo é muito longo? Gosto de visual novels, mas só as que não são muito longas ou apresentam algum gameplay, tipo ação ou puzzles, entre as histórias.
    avatar
    Garo Master
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 149
    Posts Posts : 3469

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por Garo Master em Qua 07 Ago 2013, 20:34

    Sim, eu já ouvi falar desse jogo e tenho um interesse incontrolável de jogá-lo um dia. Mas, agora, não consigo e_e
    Então, um dia espero que o relancem oficialmente para 3DS, pelo eShop ou fisicamente mesmo. Ou para Wii U, mas o 3DS combina mais, na minha opinião...
    avatar
    thi-bone
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 412
    Posts Posts : 3632

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por thi-bone em Qua 07 Ago 2013, 20:44

    Tb gosto de visual Novels ainda mais se tem diversos finais, afinal é melhor que ver novela e ler um livro juntos KKKK piada horrivel *-*se colocassem na Eshop do 3ds comprava com certeza Smile
    avatar
    Razorkaos
    Membro Nv.10
    Membro Nv.10

    Karma Karma : 86
    Posts Posts : 125

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por Razorkaos em Qui 08 Ago 2013, 02:24

    rcosfa escreveu:O jogo é muito longo? Gosto de visual novels, mas só as que não são muito longas ou apresentam algum gameplay, tipo ação ou puzzles, entre as histórias.

     tem sim. e tipo da pra zerar em umas 8 ou 9 horas, jogando pela primeira vez.

    tecnicamente ele é um adventure old school. hoje em dia que chamam isso de visual novel.

    um exemplo de visual novel de verdade é Famicom Detective Club Part 2, do SNES.
    avatar
    rcosfa
    Veterano Nv.31
    Veterano Nv.31

    Karma Karma : 89
    Posts Posts : 1166

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por rcosfa em Qui 08 Ago 2013, 13:34

    Razorkaos escreveu:
    rcosfa escreveu:O jogo é muito longo? Gosto de visual novels, mas só as que não são muito longas ou apresentam algum gameplay, tipo ação ou puzzles, entre as histórias.
     tem sim. e tipo da pra zerar em umas 8 ou 9 horas, jogando pela primeira vez.

    tecnicamente ele é um adventure old school. hoje em dia que chamam isso de visual novel.

    um exemplo de visual novel de verdade é Famicom Detective Club Part 2, do SNES.
     Hum, tem gente que confunde, mas adventrue e visual novel são coisas diferentes. se o jogo tem gameplay de fato, é adventure. Se é apenas uma série de histórias em que o ''jogador'' apenas avança os textos e dá respostas que mudam o rumo da história, é uma visual novel.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Snatcher: Uma das duas obras-primas esquecidas de Hideo Kojima

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 20 Out 2017, 01:21