Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Phantasy Star - A série mais Underrated da SEGA

    Compartilhe

    Phantasy Star - A série mais Underrated da SEGA

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Dom 22 Maio 2016, 16:39

    Além de Sonic the Hedgehog, uma das poucas séries clássicas da Sega que continua na ativa é Phantasy Star. Apesar de continuar não tendo tanto impacto no ocidente a série se torna cada vez mais popular em sua terra natal, Phantasy Star Online 2 atualmente é o MMO mais popular do mercado japonês com mais de 4 milhões de usuários e se tornou o jogo mais popular da série (infelizmente sem previsão de chegar no mercado ocidental).




    _______

    Subestimada desde os clássicos
     
    Sempre fui muito fã da série, meu primeiro contato com jogos de RPG foi com Phantasy Star I para o Master System, versão traduzida pela Tectoy. Ganhei um Master System do meu pai com o cartucho do jogo original (até hoje guardo os dois com muito carinho), foi paixão a primeira vista, na minha opinião é o melhor jogo da era 8bits e um dos melhores de todos os tempos.
     
    A saga clássica rendeu algumas continuações e encerrou com chave de ouro com o jogo PS IV: The end of the milenium para Mega Drive. Com exceção de PS III: Generation of Doom, todos os clássicos foram jogos bastante avançados para as suas respectivas épocas de lançamento e foram muito importantes para a definição do que é o gênero RPG hoje em dia, porém não possuem metade do reconhecimento de suas séries rivais como Dragon Quest e Final Fantasy. A injustiça começa aí.
     
    O primeiro Phantasy Star é um jogo muito superior a qualquer outro RPG para Master System e NES 8bits.



    Ao contrário do primeiro Final Fantasy, por exemplo (que foi lançado na mesma semana no Japão), as batalhas possuem cenários de fundo extremamente detalhados, existe uma infinidade de monstros e TODOS possuem inúmeros quadros de animação. O enredo do jogo é épico e elaborado ao contrário da premissa simples que os jogos de RPG costumavam ter.
     
    Phantasy Star II expandiu o universo do primeiro jogo e trouxe uma atmosfera séria com um aspecto mais "cyberpunk", foi um jogo muito influente, alguns elementos de PSII podem ser observados em Final Fantasy VII, lançado anos depois. O último capítulo, Phantasy Star IV, é uma verdadeira obra-prima da Sega, com gráficos incríveis para o Mega Drive, personagens extremamente carismáticos, sistema de batalha muito divertido e variado e uma história muito cativante cheia de cutscenes em anime.



    Apesar do legado e importância incalculável ao gênero e de ter um lugar especial guardado no coração de todos os que experimentaram essas obras, Phantasy Star não é lembrado na mesma proporção que outros clássicos como Final Fantasy, Dragon Quest e Legend of Zelda, sendo que assim como esses três foi uma das séries que moldou o gênero.
     
     
    Os jogos modernos
     
    Anos mais tarde, a série tomou um rumo diferente, voltado para o multiplayer, com o lançamento do primeiro episódio Online para o Sega Dreamcast.



    Bem diferente dos seus antecessores, o jogo trazia uma proposta diferente e revolucionária sendo o primeiro RPG Online para consoles de mesa. Além de ter sido um sucesso e arrancado elogios da crítica especializada, PSO ganhou muitos prêmios e rendeu algumas continuações e versões melhoradas para os consoles da Microsof e da Nintendo (Xbox e Game Cube, respectivamente).
     
    Na época que tinha um Dreamcast eu joguei o PSO e gostei bastante, porém não senti o mesmo prazer que tive com a saga clássica. Com o passar do tempo me afastei da série. A Sega então lançou vários novos episódios para Nintendo DS, PSP, Playstation 2, Xbox 360 e outros. Devido a minha experiência com Phantasy Star Online eu acabei tendo preconceito e não tive vontade de experimentar os novos jogos, vivia sonhando com um Phantasy Star V que retomasse o universo da saga clássica se passando no sistema Solar Algol e tudo mais. Os novos jogos, começando por Phantasy Star Universe para Playstation 2, foram bastante criticados pela mídia gamer e a Sega estava em uma fase ruim lançando jogos horrendos como Sonic 2006, Nights Journey of Dreams.
     
    O meu preconceito aumentou e sequer cogitava dar uma chance até recentemente, quando decidi ler um pouco a respeito de Phantasy Star Universe e fiquei curioso porque o jogo resgatava diversos elementos dos clássicos, se passa em um sistema solar visivelmente inspirado no sistema Solar Algol (porém com suas peculiaridades) e possuía um foco maior na experiência single player, com um enredo elaborado divido em capítulos. 
     
    Resolvi dar uma chance e gostei MUITO, não entendi nenhuma das críticas negativas que o jogo recebeu    



    A IGN, por exemplo, diz que o jogo é um atraso quando comparado ao primeiro Phantasy Star Online de Dreamcast, Xbox, Game Cube e PC, e que não evolui em nada, porém o jogo possui incontáveis novidades. O combate está muito mais fluído e divertido, com inúmeras opções de armas, é possível equipar uma arma em cada mão e também existem habilidades que você pode linkar a cada uma das armas.
     
    Ainda com relação a jogabilidade, é possível formar a sua party com diversos NPCs que vão sendo liberados conforme você vai progredindo no enredo.
     
    Uma das coisas que eu não gostei no PSO era a ausência de um enredo elaborado como nos clássicos, problema que foi completamente resolvido no PSU. O universo do sistema solar Gurhal é bastante interessante, exploram os conflitos entre as raças e as suas peculiaridades. Os casts (formas de vida robóticas similares a androids) vivem no planeta Parum, onde existe muita discriminação, os casts se acham superiores as outras raças, os Newmans (serem parecidos com elfos) são bastante espiritualizados e vivem no planeta Neudaiz onde a religião é muito forte, os Beasts (seres que parecem humanos animalizados) vivem no planeta Motaboob.
     
    Me diverti bastante do começo ao fim, então resolvi fazer uma maratona por todos os jogos da série moderna. Joguei Phantasy Star Zero de Nintendo DS, que se trata de um prequel do PSO1 original, joguei Phantasy Star Portable 1 e 2 de PSP, que se tratam de continuações de Phantasy Star Universe ambientados no sistema Solar Gurhal e por último joguei Phantasy Star Online 2, MMO que é uma sequência direta do PSO de Dreamcast.
     
    TODOS os jogos são muito bons! Os episódios de portateis são incríveis, Phantasy Star Zero deve ter os gráficos mais lindos de Nintendo DS. E a trilha sonora é maravilhosa, aqui uma demonstração:





    Os episódios de PSP são todos maravilhosos, especialmente o Portable 2 que possui o gameplay mais maduro e introduz inúmeras coisas novas para o universo do sistema Solar Gurhal, como vários novos personagens e a Little Wing que é uma organização independente similar aos Guardians de Phantasy Star Universe.






    Conclusão
     
    Fiquei muito feliz de ver que uma das séries das quais tenho mais carinho da minha infância continua ativa e sim possui muita qualidade, mas ao mesmo tempo triste por ela não ter o reconhecimento que merece. Se você é fã de Phantasy Star clássico, assim como eu, e não joga os jogos mais recentes da série por preconceito ou receio de não gostar por conta das diferenças, eu recomendo que você dê uma chance. E se você é fã de J-RPGs, o que está esperando para experimentar?
     
    Sério, recomendo muito! Todos os jogos são muito bons e cheios de conteúdo! U_U
    avatar
    NateDamasca
    Membro Nv.31
    Membro Nv.31

    Karma Karma : 176
    Posts Posts : 332

    Re: Phantasy Star - A série mais Underrated da SEGA

    Mensagem por NateDamasca em Dom 22 Maio 2016, 20:13

    Zerei o primeiro Phantasy Star faz uns 3 anos e ele é muito bom, estou devendo zerar os do Mega. E sobre que PS è a franquia mais underrated da Sega, conhece Panzer Dragoon?                                                      Hah

    Re: Phantasy Star - A série mais Underrated da SEGA

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Dom 22 Maio 2016, 22:35

    Mr.Nate escreveu:Zerei o primeiro Phantasy Star faz uns 3 anos e ele é muito bom, estou devendo zerar os do Mega. E sobre que PS è a franquia mais underrated da Sega, conhece Panzer Dragoon?                                                      Hah

    Eu conheço kkk Uma pena que essa série nao continua na ativa :'(

    Conteúdo patrocinado

    Re: Phantasy Star - A série mais Underrated da SEGA

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 17 Ago 2017, 20:22