Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Compartilhe
    avatar
    Nan Gamer
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1496
    Posts Posts : 1835

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Nan Gamer em Ter 11 Nov 2014, 23:20

    Na verdade, acho que não, Nan. As duas tem bastante exclusivos de peso - A Naughty Dog é praticamente uma Retro/Platinum da Nintendo, e é muito boa. A Sony tem TLoU, God of War, Ratchet e Clank, DriveClub, Grim Fandango, All-Stars Battle Royale, Gran Turismo, (tinha) Crash e Spyro... Ao mesmo passo que a Microsoft tem Forza, Banjo, Halo, Gears of War, Sunset Overdrive, Scalebound, Crackdown...

    Não estou menosprezando a Sony ou Microsoft. Mas todos esses títulos que vc citou não possuem sequer 1% de importância se comparados a Mario ou Zelda que definiram e redefiniram a história dos vídeo games. Fora que é do conhecimento de todos que a Nintendo salvou um mercado praticamente falido. Eu poderia citar outros títulos exclusivos pra fazer frente com essa sua lista, como Smash Bros, Mario Kart, Donkey Kong, F-Zero, Metroid ou Star Fox, mas o intuito não é esse.

    Ambas tem muito mais, os quais eu não me recordo Mas chegam ao mesmo número que a Nintendo, quase. Não usam boa parte de suas IPs? É verdade. Mas a Nintendo também não usa muito Fire Emblem, Star Fox, Kid Icarus, Golden Sun, Advanced Wars, Starfy... Usa? ;-;

    Olha, de fato não usam. Mas Fire Emblem tivemos um no ano passado. Star Fox tivemos a versão em 3D pro 3DS e já foi anunciado um novo. Kid Ikarus tbm saiu pro 3DS e é recente.

    O que eu quis dizer é em relação a importância da Nintendo e de seus títulos no mundo dos vídeo games. Sony e Microsoft possuem jogos excelentes dos quais até eu mesmo sou apaixonado. Mas compará-los a títulos como Mario,Zelda ou Pokémon se torna algo sem sentido e até mesmo sem graça.
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Lucasmon em Qua 12 Nov 2014, 00:14

    O que EU entendi da declaração dele, é que os consoles concorrentes acabam recebendo em grande parte os mesmos jogos das thirds, e em geral, a experiência sempre é igual. Com isso, ter um One ou PS4 da na mesma. Obviamente, ambos contêm seus exclusivos, mas nem de longe eles têm o mesmo destaque que os da Nintendo possuem em seus consoles, mesmo com a Sony aumentando consideravelmente a sua biblioteca de exclusivos de peso. Portanto, não sei porque realmente alguns se sentiram ofendidos, em momento algum ele citou nome de jogos ou os criticou dizendo que são ruins, apenas citou a realidade de que poucos games buscam novos caminhos de diversão.
    avatar
    Omnimon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1869
    Posts Posts : 3094

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Omnimon em Qua 12 Nov 2014, 00:54

    Ele só falou a verdade, o ponto de vista dele não esta errado, quando chega um jogo de mundo aberto(exemplo) vamos dizer no PS4/XboxOne após esse lança + 15 nos próximos 2 messes tudo igual muda apenas o personagem principal, dificilmente as empresas se prestam em trabalhar em um jogo que vá entregar uma experiência diferente nem que seja mínima a diferença, não elas preferem entregar mais um do mesmo do mesmo e lucrar encima de algo já existente, então n adianta ter uma biblioteca de 1 bilhão de títulos tudo igual, nesse ponto realmente a Nintendo se destaca sempre com apoio Third Party mesmo que o povo n queria enxergar, ela recebe sempre títulos únicos e exclusivos.
    avatar
    TsHm and PM!
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 410
    Posts Posts : 1545

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por TsHm and PM! em Qua 12 Nov 2014, 06:59

    Felipefabricio escreveu:De verdade, não precisava disso. Jogos que não são da Nintendo são tão entendiantes quanto pular de paraquedas. C'mon, aposto que Bayonetta podia estar incluída no pacote se não fosse da Nintendo, agora.

    Se ela tivesse eu iria defender ela ate minha morte, amo bayonetta desde antes dela ser anunciada para wii u.
    avatar
    justiceiro
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1071
    Posts Posts : 1801

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por justiceiro em Qua 12 Nov 2014, 13:36

    Ok, li a entrevista, vamos por partes. Meus dois jogos preferidos da geração passada são bioshock e mirrors edge. Dois FPS, mas que em sua essencia são jogos completamente diferentes. Sobre o bioshock, a história é muito bem contada, a narrativa flui muito bem e posso dizer que é uma das melhores. Pra isso, eles não usam nada realmente muito inovador, mas pra mim, a ambientação ajudou muito, assim como o ritmo da história. Sobre o jogo, basicamente o que eu lembro é isso, uma boa história, ambientação legal, os poderes são bacanas, mas num é bem isso que me prendeu. O outro é mirrors edge, esse jogo tem uma história bem genérica, e e em muitos momentos, burra, ficando até a atrapalhar as vezes. Mas tudo isso foi fácil de ignorar, por que o gameplay é muito único. As mecânicas são muito bem pensadas, tudo é bem estruturado e polido. Não é perfeito, mas é algo inovador e único, do meu ponto de vista. Eu aproveitei esses dois jogos grandemente,e recomendaria pra qualquer um sem medo, mas tem uma diferença básica entre os dois. Assimq ue eu terminei bioshock, desinstalei tudo e nunca mais toquei. Eu senti que já tinah extraído o melhor do jogo(o final bom),e a´te pensei em voltar pra ver o outro lado da história, mas na real, eu tava cansado pra voltar e começar do zero, vendo os mesmo lugares, mesmas reviravoltas até perto do final, mesmo upgrades, etc. Mirrors edge eu zerei, e primeira coisa que fiz foi correr pra leaderboards, só pra jogar mais daquilo. Num importava quanto tivesse jogado, o jogo era tão inovador e divertido, que eu queria mais e mais daquilo, até a última gota.
    Ai você os jogos de hoje, e vê justamente isso, dois rumos: um com uma história muito bem contada, onde o jogo é só um meio de mostrar e te imergir mais, mas onde o gameplay em si é insignificante, e muitas vezes, bem genérico,  e um outro onde história é só pra dizer que tem, mas que tenta te agarrar pelas mecanicas. É óbvio que a segunda é bem mais dificil de fazer, pois gameplays novos não surgem do nada. O mesmo num pode ser dito das histórias, onde tem um monte de história em livros obscuros que podiam funcionar bem em jogos. Então sim, é importante que empresas invistam em novos gameplays, como nintendo e valve fazem, pois novos gameplay permitem experiencias únicas a cada nova jogada, enquanto as histórias vão ficando velhas. Contudo, eu não vou dizer pra vocês, que só por que eu me cansei, que eu não aproveitei, que eu não quis jogar até o final, que eu não me diverti. Então, se quiserem exerimentar mais, eu sou a favor, seja como em the walking dead, seja como em beyond: two souls, pra mim num deixa de ser jogo só por que num marca a caixinha de inovação em jogabilidade. Num deixo de assitir um filme por que é de uma história de quadrinhos, num deixo de ver uma série por que ela era originalmente de livros. Se me entreter, eu vou pegar e jogar, num preciso me justificar pra ninguem, e acredito que a nintendo, como a detentora de uma plataforma, tem que dar espaço pra esse tipo de jogo também, e até acredito que ela dê sim, só as empresas que não estão muito interessadas em usar esse espaço.

    Sobre modelos de negócios chatos e experiencias únicas: eu num dou muita bola pro que as pesoas falam, só pro que elas fazem. Então, vamos olhar para a nintendo e wiiu, e sua suposta revolucionária forma de jogar. Ok, tivemos nitnendo land e game&wario... e só? Quer dizer, os caras, chegam no mercado e dizem: olha, um tablet, façam uma coisa única com ele, aí eles lançam pikimin 3 onde o gamepad é só um mapa(só tornaram ele mais útil 1 ano depois, através de atualização), um mario 3D onde o tablet só é utilizado em pontos bem especificos, mas se pode zerar perfeitamente sem ele, donkey kong num usou pra nada. Nem mario kart 8(o game que realmente reverteu a situação do wiiu num tem nada a haver com o tablet). E agora smash bros num vai trazer nada de realmente inovador usando ele. Aí, eu olho pra titulos como zombiu, rayman legend, lego city, fatal frame, splinter cell e até mesmo deus ex, todos titulos que a nintendo não fez, usam o gamepad de forma profunda ligada ao gameplay. Até mesmo os jogos que usam o gamepad simplesmente são um bando de minigames juntos, que por algum motivo nem a propria nintendo decidiu lançar cada jogo separadamente. Ai vemos os prototipos do myamoto na e3 que parecem ser outros minigames. Ai num tem como levar a sério o que ele diz, quando ele mesmo num ta liderando o exemplo. No wii eles de fato lideraram pelo exemplo, todos os jogos usavam o controle de movimento razoavelmente. Aí eu pergunto: por que alguém na indústria iria pelo caminho da nintendo, se até ela ta se batando pra seguir esse caminho? Quem fala algo contra as tendencias tem que mostrar algo que não pode-se argumentar contra,e até agora, a nitnendo não me mostrou isso. Com o 3DS foi a mesma coisa, o 3D dava dor de cabeça nas pessoas, tanto que 90% desligava o efeito, aí eles foram la e lancaram o 2DS. Só agora, 4 anos depois, que fizeram um 3DS que num da dor de cabeça. Ou seja, num pensaram direito nisso no planejamento. Você quer inovar? beleza, mas fala com seus desenvolvedores antes e pergunta: seu jogo nessa maquina, se beneficiaria? Pois eu acho que grande parte diria que não.

    PS: "Sobre realidade virtual, a Nintendo não tem nada pra anunciar por enquanto!" Esse por enquanto aí significa muita coisa. Nums ei direito que, mas muita coisa.
    avatar
    Visionnaire
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1278
    Posts Posts : 1842

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Visionnaire em Qua 12 Nov 2014, 14:10

    @justiceiro

    A mesma Nintendo que não consegue utilizar de maneira decente o gamepad conseguiu trazer a experiencia no Wii citada por você. Em suma o Miyamoto defende ideias que ele mesmo utiliza, não se trata de um argumento falso da parte dele. A Nintendo arrisca tanto que acaba por se enganar as vezes, como pode ser o caso do Wii U e o gamepad (o que eu discordo).
    No mais a afirmação dele tem como essência separar, ou pelo menos manter separado, jogos de filmes. Isso é importante, a Nintendo precisa manter esse ideal, do contrário espere por filmes com múltipla escolha, pois é isso que os jogos se tornarão.
    avatar
    Shaya
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 1718
    Posts Posts : 1440

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Shaya em Qua 12 Nov 2014, 14:47

    @justiceiro

    Eu acho muito difícil a Nintendo estar trabalhando em Realidade Virtual, o próprio Miyamoto já deu sua opinião sobre isso, ele fala que Realidade Virtual é como se os jogadores trancassem dentro de seus próprios mundos, isolados e terminou falando que fica não fica sastifeito se este é o melhor modo de jogar.

    E lembrando que a Nintendo nunca foi de seguir o mercado, ela geralmente cria suas próprias idéias.
    avatar
    AlienZ
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2707
    Posts Posts : 1756

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por AlienZ em Qui 13 Nov 2014, 12:13

    Ta ai uma interpretação boa,que não fica distorcendo as informações pra ganhar mais views:

    http://www.genkidama.com.br/tajogandoke/2014/11/13/uma-reflexao-sobre-a-filosofia-de-shigeru-miyamoto/
    avatar
    heberthferes
    Membro Nv.12
    Membro Nv.12

    Karma Karma : 80
    Posts Posts : 147

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por heberthferes em Sex 14 Nov 2014, 12:08

    AlienZ escreveu:Ta ai uma interpretação boa,que não fica distorcendo as informações pra ganhar mais views:

    http://www.genkidama.com.br/tajogandoke/2014/11/13/uma-reflexao-sobre-a-filosofia-de-shigeru-miyamoto/

    É isso mesmo que artigo apresenta. Minecraft é o modelo perfeito pra essa filosofia.

    Lembro da época em que eu comecei a jogar Tibia. Jogava Mu Global e vi o povo jogando esse jogo de gráfico tosco. Muita gente tinha preconseito com Tibia só por causa do seu gráfico. Só que quanto mais eu via o povo jogando mais vontade me dava de jogar. Mu é um jogo muito travado, você tem que ficar eternidades no mesmo respaw pra tentar evoluir. Já Tibia tem uma mecânica diferente, você pode fazer um monte de coisa. Pode ficar enfiado em cave upando  igual um louco ou pode explorar tudo o que o jogo tem a oferecer. Você pesca, faz runa, faz pão, sai arrastando lote, trapa os outros jogadores, tem pá, corda é um belo jogo. Nunca joguei um MMORPG melhor que ele. Um outro jogo que eu gostava, não tanto como Tibia é RuneScape, mas nos seu inicio. Fazer fogueirinha pra assar sua comida. Você pode fazer os próprios equipamentos, fazer runas. São jogos que você joga muitas vezes sem pensar em ficar subindo level, e isso é divertido.
    avatar
    Alejandro_
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1404
    Posts Posts : 3901

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Alejandro_ em Sex 14 Nov 2014, 13:58

    MetaKnight escreveu:@justiceiro

    Eu acho muito difícil a Nintendo estar trabalhando em Realidade Virtual, o próprio Miyamoto já deu sua opinião sobre isso, ele fala que Realidade Virtual é como se os jogadores trancassem dentro de seus próprios mundos, isolados e terminou falando que fica não fica sastifeito se este é o melhor modo de jogar.

    E lembrando que a Nintendo nunca foi de seguir o mercado, ela geralmente cria suas próprias idéias.
    Ao longo do tempo, a Nintendo registrou patentes bem curiosas
    a primeira foi uma tecnologia de câmera
    a segunda de uma tecnologia 3d
    e a terceira de censores
    Junta tudo isso e teremos algo parecido com o Kinect/PsEye

    Conteúdo patrocinado

    Re: Miyamoto: "O que outras companhias fazem faz sentido nos negócios, mas é entediante"; realidade virtual e mais

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 24 Out 2017, 03:59