Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Compartilhe
    avatar
    Arthimura
    Veterano Nv.8
    Veterano Nv.8

    Karma Karma : 343
    Posts Posts : 577

    LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Arthimura em Sex 20 Jan 2017, 20:07

    Principais jogos da Grasshopper Manufacture, não incluindo Let It Die!

    Que tal um tópico para falarmos sobre Lollipop Chainsaw, o diretor Goichi Suda (Suda51) e suas demais obras?

    Nunca tinha jogado nenhum jogo do Suda51, porém sempre tive curiosidade, pois pareciam ser bem criativos, divertidos e polêmicos.

    Goichi Suda (Suda51), game director e CEO da Grasshopper Manufacture


    O primeiro jogo dele que eu joguei foi o Lollipop Chainsaw. Abaixo falarei sobre o jogo e as minhas impressões individuais.

    Lollipop Chainsaw (2012)


    Em Lollipop Chainsaw você joga com a Juliet Starling, uma jovem cheerleader que vai pra escola e que tem um namorado. Apesar de parecer uma garota normal, ela vêm de uma família de Zombie Hunters que possuem habilidades de combate excepcionais.

    O jogo se passa no dia do aniversário da Juliet, ela está indo pra escola quando acontece uma infestação de zumbis. A cidade fica um caos, ela começa a procurar o namorado dela (Nick), porém quando encontra, ele é mordido por um zumbi e pra evitar a transformação, ela faz um ritual nele que o transforma numa cabeça falante (daí a cabeça nas imagens e trailers).
    Ela então descobre que um aluno da escola realizou um ritual pra abrir os portões do Rotten World e invocar cinco "Dark Purveyors", que são zumbis super-poderosos com temáticas de diferentes gêneros musicais.

    A Juliet então parte em uma jornada para matar cada um dos "Dark Purveyors", viajando pelos diferentes locais da cidade (escola, fazenda, arcade, etc) para tentar fechar o portal aberto entre a Terra e o Rotten World.

    O jogo é muito bem humorado, ele não se leva a sério e tem diversas piadas e referências à cultura pop, fazendo piadas com Katy Perry, My Chemical Romance, Stephen Hawking, Hokuto no Ken e diversas outras coisas.
    O jogo também brinca sem problemas com sexualidade em diversos diálogos, como os diálogos com os colegas de classe, entre a Juliet, Nick e seu Sensei.

    O gameplay também é muito divertido, conforme você avança no jogo destrava diversas habilidades como dash, Chainsaw Blaster (arma de fogo), além de ter a arma principal que é a Chainsaw e de poder comprar diversos combos e upgrades para a Juliet. No jogo você tem uma barra de especial que quando você enche e a ativa, a imagem fica com arco-íris e começa a tocar uma música temática, nesse estado a Juliet fica invencível e consegue decapitar os zumbis com um único golpe de serra-elétrica. As batalhas contra os chefes também são muito criativas e divertidas, e oferecem um bom desafio se você jogar no Hard.

    Juliet contra um dos "Dark Purveyors"

    A estrutura do jogo tem algumas semelhanças com o Drakengard 3, por ambos terem a temática de "protagonista do sexo feminino indo em uma jornada sangrenta para matar criaturas poderosas com muita violência e sexualidade", porém o jogo é humorado do começo ao fim, enquanto o Drakengard 3 vai ficando cada vez mais sério e depressivo e com lore complexa, por ser um jogo do universo Drakengard/NieR.


    Enfim, é um jogo altamente recomendado para quem gosta de hack and slashs e jogos absurdos.

    ---

    Enfim, comentem neste tópico sobre algum contato que vocês tiveram com as obras do Suda51.  Razz
    avatar
    Nightwalker
    Veterano Nv.30
    Veterano Nv.30

    Karma Karma : 416
    Posts Posts : 1149

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Nightwalker em Sex 20 Jan 2017, 22:17

    Eu conheci o Suda pelos dois no more heroes mesmo. Eu acho o mundo, o estilo e os personagens destes dois jogos, super carismáticos. Sério, é tudo muito bizarro mas ao mesmo tempo interessante. Humor nonsense é na verdade bem difícil de fazer, pois vc fica na linha do ridículo o tempo todo, mas quando bem feito consegue-se algo muito legal, e eu meio que gosto de humor nonsense por incrível que parece, dado o perfil das outras coisas que eu gosto. Eu não conseguia parar de rir em ver o Travis no flat dele com uns poster de um mahou shoujo super wtf que tem até um mini-game na TV dele. Cada chefe era uma maravilha, eu viajava com as cutscenes antes e depois dos mestres, os mestres são personagens tão extravagantes que você se pergunta as vezes como o Suda inventava essas coisas.

    Agora os jogos em si, pra min faltavam um pouco de polimento. Não são ruins, muito pelo contrario, são jogos muito bons. Mas a sensação de que tinha mais potencial, de que com mais capricho nos detalhes do gameplay, seriam jogos fodas. Meio que o gameplay não acompanha a genialidade do mundo do jogo sabe. Mas mesmo assim, rasgar os inimigos e usar golpes de westling nas formas mais over-the-top possíveis escutando as linhas de impacto do travis é uma experiência memorável.
    avatar
    Afrojin
    Membro Nv.13
    Membro Nv.13

    Karma Karma : 34
    Posts Posts : 152

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Afrojin em Sab 21 Jan 2017, 03:56

    Belo tópico esse,gosto muito de No More Heroes e me deu até a ideia de fazer tópico assim com outro cara que eu curto.

    Sobre o Suda em sí,não sei se chamo ele de gênio ou louco,mas dizem que todo gênio é um pouco louco né.

    Estou ansioso com o que vai ser do próximo No More Heroes,e espero que não seja port/remake dos existentes.
    avatar
    Arthimura
    Veterano Nv.8
    Veterano Nv.8

    Karma Karma : 343
    Posts Posts : 577

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Arthimura em Dom 29 Jan 2017, 00:20

    @Nightwalker escreveu:Eu conheci o Suda pelos dois no more heroes mesmo. Eu acho o mundo, o estilo e os personagens destes dois jogos, super carismáticos. Sério, é tudo muito bizarro mas ao mesmo tempo interessante. Humor nonsense é na verdade bem difícil de fazer, pois vc fica na linha do ridículo o tempo todo, mas quando bem feito consegue-se algo muito legal, e eu meio que gosto de humor nonsense por incrível que parece, dado o perfil das outras coisas que eu gosto. Eu não conseguia parar de rir em ver o Travis no flat dele com uns poster de um mahou shoujo super wtf que tem até um mini-game na TV dele. Cada chefe era uma maravilha, eu viajava com as cutscenes antes e depois dos mestres, os mestres são personagens tão extravagantes que você se pergunta as vezes como o Suda inventava essas coisas.

    Agora os jogos em si, pra min faltavam um pouco de polimento. Não são ruins, muito pelo contrario, são jogos muito bons. Mas a sensação de que tinha mais potencial, de que com mais capricho nos detalhes do gameplay, seriam jogos fodas. Meio que o gameplay não acompanha a genialidade do mundo do jogo sabe. Mas mesmo assim, rasgar os inimigos e usar golpes de westling nas formas mais over-the-top possíveis escutando as linhas de impacto do travis é uma experiência memorável.

    @Nightwalker, fiquei tão empolgado com No More Heroes depois do seu post que já fui correndo comprar as outras obras que eu consegui do Suda51  Very Happy


    Bela análise do humor, de fato não é fácil fazer um humor nonsense de forma divertida e que não fique cringeworthy, é realmente uma arte que poucos consegue. Acho que vou gostar do No More Heroes, pelos trailers o Travis me pareceu uma mistura de nerd com alfa, e a Silvia Christel é uma delícia.

    Sobre o gameplay, no caso do Lollipop Chainsaw eu não diria que chega a ter um gameplay de hack and slash tão polido como um jogo da Platinum Games ou Devil May Cry, realmente tem uma margem pra melhora nesse departamento, mas achei muito divertido e diversificado o bastante, e mais complexo que a maioria dos hack and slashs ocidentais.
     
    @Afrojin escreveu:Belo tópico esse,gosto muito de No More Heroes e me deu até a ideia de fazer tópico assim com outro cara que eu curto.

    Sobre o Suda em sí,não sei se chamo ele de gênio ou louco,mas dizem que todo gênio é um pouco louco né.

    Estou ansioso com o que vai ser do próximo No More Heroes,e espero que não seja port/remake dos existentes.
    Obrigado  Smile

    Eu gosto desse tipo de tópico por promoverem discussões sobre experiências pessoais de jogos de todas as épocas, inclusive esse é um dos motivos que gosto bastante de acessar o NeoGaf, ainda hoje se discute jogos de todas as épocas e plataformas, praticamente.
    avatar
    Robert Prado
    Underwear Hero
    Underwear Hero

    Karma Karma : 5131
    Posts Posts : 6134

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Robert Prado em Dom 29 Jan 2017, 00:48

    Excelente tópico

    Dos jogos da Suda51, meu primeiro e único contato foi com o magnifico Killer7. Na época, achava que tinha um ar macabro e louco, um plot muito bem construído e o gameplay era viciante e a dificuldade recompensadora. Aquela pegada de Fight Club do Japão é fascinante também. A forma como cada assassino tem um papel fundamental em todo o gameplay, foi algo bem pensado e digo que totalmente diferente de tudo que já havia visto antes.

    Vamos ver se a Suda51 não revive esse clássico.

    E não sabia que tinha No More Heroes pra PS3. Achava que isso era exclusivo de Nintendo. Quando houver a chance, pretendo pegar também pra jogar.
    avatar
    Nightwalker
    Veterano Nv.30
    Veterano Nv.30

    Karma Karma : 416
    Posts Posts : 1149

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Nightwalker em Dom 29 Jan 2017, 00:55

    @Arthimura escreveu:
    @Nightwalker escreveu:Eu conheci o Suda pelos dois no more heroes mesmo. Eu acho o mundo, o estilo e os personagens destes dois jogos, super carismáticos. Sério, é tudo muito bizarro mas ao mesmo tempo interessante. Humor nonsense é na verdade bem difícil de fazer, pois vc fica na linha do ridículo o tempo todo, mas quando bem feito consegue-se algo muito legal, e eu meio que gosto de humor nonsense por incrível que parece, dado o perfil das outras coisas que eu gosto. Eu não conseguia parar de rir em ver o Travis no flat dele com uns poster de um mahou shoujo super wtf que tem até um mini-game na TV dele. Cada chefe era uma maravilha, eu viajava com as cutscenes antes e depois dos mestres, os mestres são personagens tão extravagantes que você se pergunta as vezes como o Suda inventava essas coisas.

    Agora os jogos em si, pra min faltavam um pouco de polimento. Não são ruins, muito pelo contrario, são jogos muito bons. Mas a sensação de que tinha mais potencial, de que com mais capricho nos detalhes do gameplay, seriam jogos fodas. Meio que o gameplay não acompanha a genialidade do mundo do jogo sabe. Mas mesmo assim, rasgar os inimigos e usar golpes de westling nas formas mais over-the-top possíveis escutando as linhas de impacto do travis é uma experiência memorável.

    @Nightwalker, fiquei tão empolgado com No More Heroes depois do seu post que já fui correndo comprar as outras obras que eu consegui do Suda51  Very Happy


    Bela análise do humor, de fato não é fácil fazer um humor nonsense de forma divertida e que não fique cringeworthy, é realmente uma arte que poucos consegue. Acho que vou gostar do No More Heroes, pelos trailers o Travis me pareceu uma mistura de nerd com alfa, e a Silvia Christel é uma delícia.

    Sobre o gameplay, no caso do Lollipop Chainsaw eu não diria que chega a ter um gameplay de hack and slash tão polido como um jogo da Platinum Games ou Devil May Cry, realmente tem uma margem pra melhora nesse departamento, mas achei muito divertido e diversificado o bastante, e mais complexo que a maioria dos hack and slashs ocidentais.
     
    @Afrojin escreveu:Belo tópico esse,gosto muito de No More Heroes e me deu até a ideia de fazer tópico assim com outro cara que eu curto.

    Sobre o Suda em sí,não sei se chamo ele de gênio ou louco,mas dizem que todo gênio é um pouco louco né.

    Estou ansioso com o que vai ser do próximo No More Heroes,e espero que não seja port/remake dos existentes.
    Obrigado  Smile

    Eu gosto desse tipo de tópico por promoverem discussões sobre experiências pessoais de jogos de todas as épocas, inclusive esse é um dos motivos que gosto bastante de acessar o NeoGaf, ainda hoje se discute jogos de todas as épocas e plataformas, praticamente.

    boaaa, pegou os games!!!

    Sim então, eu ria demais com no more heroes, era cada face palm divertido que minha nossa. E eu esqueci de falar também, a enorme quantidade de referência das cultura pop nerd. E ainda tem a vibe 8-bits em certas partes. Maior pérola. No final vale a compra sim. Estou até hypado pra ver trailer do No more heroes 3, pena que vai demorar até mostrarem algo.

    E esse shadow of the damned eu ouvi falar bem, acho que até li um pouco a respeito mas faz bastante tempo, foi na época que fechei o NMH 1
    avatar
    neto.alves.9634
    Membro Nv.25
    Membro Nv.25

    Karma Karma : 90
    Posts Posts : 277

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por neto.alves.9634 em Qua 08 Fev 2017, 15:18

    Já tenho Lollipop Chainsaw e Killer is Dead na minha coleção, mês que vem pretendo platinar No More Hero e adicionar a triologia Suda51 na minha coleção Very Happy

    Conteúdo patrocinado

    Re: LTTP: Lollipop Chainsaw, Suda51 e demais obras

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 18 Ago 2017, 06:07