Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Review] Super Mario 64 DS

    Compartilhe

    Votação

    Concorda com minha opinião? Justifique nos seus comentários.

    [ 8 ]
    80% [80%] 
    [ 2 ]
    20% [20%] 

    Total dos votos: 10
    avatar
    Ness_64
    Veterano Nv.1
    Veterano Nv.1

    Karma Karma : 4
    Posts Posts : 405

    [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Ness_64 em Qua 26 Jan 2011, 15:02

    Meu primeiro review de verdade, fiz ele há muito tempo.

    Nos meus reviews, eu julgarei os jogos pelos mesmos quesitos da revista Nintendo World, mas com nomes um pouco diferentes: Gráficos, Áudio, Jogabilidade, Diversão in-game e Fator Replay. Em futuros reviews terão outros quesitos.

    Pode haver comentários pessoais durante o review (óbvio), e meus futuros reviews usarão a formatação deste como base. Eu também farei algumas modificações nos reviews, como pequenas revisões de textos.

    Eu já publiquei este review em outros lugares, mas ele é de minha autoria. Se achar alguém que não seja eu usando-o em outro lugar da internet, por favor me mostre quem é.



    Jogo: Super Mario 64 DS
    Data de lançamento:
    América do Norte - 21 / 11 / 2004
    Japão - 2 / 12 / 2004
    Austrália - 24 /02 / 2005
    Europa - 11 / 03 / 2005

    Comentários de Abertura

    Há aproximadamente 14 anos, o mundo recebeu um jogo. Um que levaria de vez a série Mario aos excelentes resultados que temos hoje. O nome do jogo era Super Mario 64.
    O primeiro jogo do Mario em 3D na história da série, e um dos jogos mais vendidos do Nintendo 64.

    Se considerarmos o fato de que ele vinha junto com o videogame, não é grande coisa. Mas basta colocar suas mãos nos controles e ligar seu videogame para ver Mario falando pela primeira vez a sua famosa frase "It's me, Mario!", na voz do hoje quase ícone Charles Martinet, o dublador atual de Mario, Luigi, Wario e Waluigi.

    Após isso, era só ver a história - repetitiva, mas convincente - do jogo. Mario foi convidado para ir ao castelo da Princesa Toadstool (Pela primeira vez chamada de Peach) para comer um bolo. Até aí tudo bem, se não fosse o fato de Bowser estar um passo à frente do nosso encanador e ter raptado a princesa - de novo.
    Não foi apenas isso, ele também roubou as Power Stars do castelo e deixou sua grande maioria com seus subordinados de confiança, e ainda selou as portas do castelo, cujo selo só se quebraria com um certo número de Power Stars.

    Sobrava para Mario pegar as Power Stars espalhadas pelas fases. 120 ao todo, o que podia levar horas e horas de jogo caso o jogador quisesse fazer tudo 100%. E isso não era uma tarefa fácil - eu mesmo consegui no máximo 112 estrelas. Após pegar todas, não havia muito mais o que fazer. O canhão do lado de fora do castelo abria, e Mario poderia ir ao topo do castelo, onde encontraria um velho amigo: Yoshi. Ele daria à Mario um novo salto triplo, 99 vidas (máximo) e iria embora.
    O jogo também inovou em muitas outras coisas, mas como esse review é do seu remake, é melhor parar de jogar palavras fora só para falar disso.

    Em 2004~2005, o mundo recebeu aquele jogo que havia inovado há tanto tempo, agora para o até então novo console portátil da Nintendo, o Nintendo DS.
    A história era quase a mesma de sempre, mas dessa vez Mario, Luigi e Wario foram convidados. Yoshi, dormindo pacificamente, acorda minutos depois por Lakitu, que reclama dizendo que o trio ainda não voltou.
    E nosso dinossauro sai à procura dos irmãos Mario e de Wario dentro do castelo.

    Gráficos

    Os gráficos estão ótimos, mesmo para o DS. As texturas foram muito melhoradas, a ponto de ter me lembrado vagamente os gráficos de Super Mario Galaxy - um jogo mais recente que esse - por alguns segundos. Tudo recebeu uma "roupagem" nova, mas sem deixar de ter aquele velho e bonito visual do jogo original.
    O que não convenceu foi o mapa. Apesar de ser em 2D e facilitar muito a localização, ele poderia ter uma qualidade melhor. Mas isso não importa muito, sendo que a ação ocorre mais na tela de cima do que na tela de baixo - onde fica o mapa.

    Nota: 9,0 / 10,0

    Áudio

    As músicas memoráveis estão de volta. Elas não receberam remixes nem nada do tipo, mas continuam boas como as do jogo original.
    Não parece ter tido muitas melhoras, a não ser pelo fato de ter uma qualidade levemente maior, mas o que me impede de dar uma nota mediana aqui são os novos efeitos de som (Sound Effects).
    As vozes estão bem melhores, e bem parecidas com as dos jogos recentes. Ouvir o Mario falar "It's me, Mario!" me deu um certo ar nostálgico no começo, mas ouvir o Yoshi dizer "YOSHI!" com a sua quase clássica voz - que começou em Super Smash Bros. - me surpreendeu.
    Pelo que notei, algumas vozes são múltiplas. Não entendeu? Eu quis dizer que nem sempre você vai ouvir a mesma voz de Mario quando der um salto triplo, por exemplo. Essas vozes não variam muito, mas pelo menos não enjoam mais rapidamente aqueles jogadores que não gostam de ouvir o mesmo Sound Effect umas 100 vezes.

    Nota: 8,9 / 10,0

    Jogabilidade

    Gostei um pouco dos novos controles. São bons, mas não acho que um botão para correr foi a melhor ideia que tiveram. Aliás, é quase obrigatório segurar esse botão, já que sem ele os personagens andam MUITO lentamente, com um leve - mas não satisfatório - aumento gradual na velocidade.

    Agora a câmera é controlada pela Touch Screen, e caso o jogador queira, o movimento também. Este último modo é um pouco mais confuso, sendo que até onde vi, ele segue a direção na tela de CIMA, como em Star Fox Command. Por exemplo, clique na parte leste da tela e o personagem irá para direita, mesmo se já estiver virado para esta direção - ou seja, nesse caso irá para sua frente.

    Não há tanta coisa nova in-game. Agora são 150 estrelas e alguns coelhos para pegar pelo castelo, mas as novas estrelas são mais difíceis de pegar. Os controles não dificultam, mas pode ser um desafio pegar essas estrelas logo no começo do jogo. Porém, elas não variam tanto.

    Agora são 8 estrelas por fase (Ao invés de 7), mas se não são "procure as 5 Silver Stars e pegue a Power Star", são "procure pelo Star Switch - um botão que faz a estrela aparecer em um globo de vidro temporariamente - aperte-o e corra para a Power Star".
    Algumas estrelas foram até removidas para dar espaço a essas novas estrelas, como a do Wall Jump de Mario na Hazy Maze Cave. Mas claro, nem todas as novas são assim. Por exemplo, na mesma fase, você deve achar um Super Mushroom como Wario e destruir aquelas pedras gigantes até a Power Star sair de uma delas.

    Outro detalhe que me decepcionou um pouco é os poderes exclusivos. Cada personagem tem habilidades únicas, mas também tem seus contras. Isso me decepcionou porque deu certa linearidade ao jogo.
    Mario é o único que pode fazer o conhecido Wall Jump, usar o Wing Cap (o velho chapéu com asas) e virar o Balloon Mario (esse veio de Super Mario World). Ele também é o mais equilibrado dos personagens, mas não tem os mesmos "poderes" de antes.

    Luigi pode "flutuar" no ar por um curto espaço de tempo (do mesmo jeito que Yoshi), é o único que vira Vanish Luigi (o "Luigi invisível"), pode correr sobre a água por alguns segundos, e cai do seu Somersault (pulo para trás executado ao se abaixar e pular) girando, o que o deixa cair mais lentamente. Mas mais nada em especial.

    Wario é o mais forte do grupo. Pode quebrar pedras pretas maiores do que ele, e é o único que pode virar Metal Wario - nem preciso citar esse. Mas ele é MUITO lento, e seus pulos são muito mais baixos do que os de Mario e Luigi.
    Por fim, Yoshi pode cuspir fogo ao pegar a Power Flower (que concede os poderes dos 2 últimos personagens e o Balloon Mario), usar sua língua para engolir inimigos e transformar alguns em ovos, flutuar no ar temporariamente e... Só isso. Ele não combate os seus inimigos diretamente, o que o deixa um personagem mediano.

    Para evitar trocá-los sempre, estão espalhados pelas fases os chapéus dos personagens, que ao serem pegos após matar certos inimigos (geralmente Goombas), o personagem atual se transforma no personagem a quem pertence o chapéu até ser atingido. Por isso, claro, os personagens não podem se transformar no Yoshi, mas Yoshi pode se transformar em todos os outros.

    No básico, nada muda: Apenas procure pelas Power Stars pelas fases como certo personagem. Mas existem novas fases, que geralmente tem a estrela da Star Switch e a das 8 moedas (e são as fases para habilitar os personagens), e que mesmo não variando tanto, são bem interessantes. Mas poderiam ser melhor aproveitadas.

    Juntando tudo, vemos que o jogo não mudou tanto na jogabilidade, mas nem por isso deixa de ser bom.

    Nota: 9,4 / 10,0

    Diversão

    Quem não se divertiu com um jogo de Mario, que atire a primeira pedra. O jogo mantém o prazer que temos ao jogar um jogo do Mario em todo momento, seja quando estamos tentando pegar as Power Stars, seja quando estamos matando um Goomba do jeito clássico (pulando em sua cabeça e o achatando).

    Claro, ainda existem os momentos de frustração, como quando você cai na lava de Lethal Lava Land por acidente ou quando é jogado por um inimigo naquele enorme "abismo". Mas isso só leva à persistência para passar aquilo e talvez conseguir a Power Star que você tanto sofre para obter. Mas isso é algo para a próxima seção.

    Caso você enjoe do jogo, mas ainda queira jogar algo do Mario, existe uma solução: os minigames.
    Você habilita os minigames ao pegar os coelhos espalhados pelo castelo, e pode jogar tanto enquanto joga o jogo principal, indo na sala logo após a agora enorme sala com as fotos da Peach e as portas para escolher os personagens, quanto fora dele, no menu.

    Fora isso, não há muitas opções, então se não quiser sair caçando coelhos só para isso, prefira jogar algum Mario Party da vida.

    Nota: 9,8 / 10,0

    Fator Replay

    Isso talvez seja o que deixou Super Mario 64 tão bom, além de sua jogabilidade.

    Aquele replay de 14 anos atrás ainda está presente aqui, já que você deve voltar em cada fase com um personagem diferente a fim de pegar todas as Power Stars, e você terá muito mais tempo para pegar as 150 Power Stars do jogo e todos os coelhos que habilitam os minigames.

    Mas não pense que irá encontrar um outro Yoshi ao subir no topo do castelo depois de pegar todas as Power Stars: Você encontrará um coelho se for como Luigi, 3 blocos amarelos contendo 1-Up Mushrooms e um bloco vermelho que deixará Mario voar em volta do castelo ou Wario afundar na cachoeira.

    Enfim, pegar as 150 Power Stars é uma tarefa longa e divertida, mas as recompensas ganhas no final não valem tanto a pena como no game original para mim - e isso pra mim já é ruim, pois não gostei tanto da recompensa do original também. Porém isso não o decepciona quando o que importa na viagem é a jornada e não o destino, certo?

    Nota: 10,0 / 10,0

    Comentários Finais

    Super Mario 64 DS é um ótimo jogo, mas é levemente mais limitado do que a sua "contraparte de Nintendo 64".

    Todavia, isso não quer dizer que você não vai se divertir durante o jogo, onde pelo menos alguma das novidades você irá gostar - quem não queria jogar com o Luigi no original, por exemplo?

    Nota Final: 9,7 / 10,0
    Nota Média: 9,42 / 10,0


    Última edição por Ness_64 em Qua 26 Jan 2011, 15:05, editado 1 vez(es)
    avatar
    Bardock
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 56
    Posts Posts : 2304

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Bardock em Qua 26 Jan 2011, 15:05

    Péssimo review realmente me deixou decepcionado. Super Mario 64 DS é um péssimo jogo mas não tão ruim como esse review [\joke
    avatar
    Vinipaulolink
    Membro Nv.10
    Membro Nv.10

    Karma Karma : 0
    Posts Posts : 122

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Vinipaulolink em Qua 26 Jan 2011, 15:21

    hmm, considero um jogo mediano... Wink
    avatar
    Kleber Romeu
    Veterano Nv.6
    Veterano Nv.6

    Karma Karma : 32
    Posts Posts : 541

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Kleber Romeu em Sab 04 Maio 2013, 14:18

    Pessoal, qual jogo é melhor: New Super Mario Bross ou Super Mario bross 64, ambos de Ds?

    Estou pensando em comprar mas não sei qual. E desculpa reviver o tópico!
    avatar
    Fabbrini20
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1260
    Posts Posts : 8909

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Fabbrini20 em Sab 04 Maio 2013, 14:24

    Kleber, se você nunca jogou o Super Mario 64 e nem possui o jogo, acredito que ele seja a melhor opção. Caso contrário, vai de NSMB mesmo... Ele resgata elementos antigos dos Mario 2D de forma muito legal xD.
    avatar
    Kleber Romeu
    Veterano Nv.6
    Veterano Nv.6

    Karma Karma : 32
    Posts Posts : 541

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Kleber Romeu em Seg 06 Maio 2013, 10:09

    Eu tava pensando em comprar o nsmb mesmo, porque sempre gostei de jogar no super nintendo e ir passando as fases, ja esse 64, eu nunca joguei... E não tenho nenhum desses jogos...

    Agora fiquei na dúvida.
    avatar
    Rocha_Ribeiro
    Membro Nv.8
    Membro Nv.8

    Karma Karma : 7
    Posts Posts : 103

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Rocha_Ribeiro em Seg 06 Maio 2013, 12:08

    Eu curti muito a versão de DS, além do jogo ser bem parrudo tem também os minigames, mas devo ressaltar que nunca joguei a versão original de 64, é um dos jogos que acho que até fica melhor caso jogue no 3DS.
    avatar
    skybite
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 268
    Posts Posts : 1637

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por skybite em Seg 06 Maio 2013, 16:55

    Kleber Romeu escreveu:Eu tava pensando em comprar o nsmb mesmo, porque sempre gostei de jogar no super nintendo e ir passando as fases, ja esse 64, eu nunca joguei... E não tenho nenhum desses jogos...

    Agora fiquei na dúvida.

    assim se vc curte mais aqueles marios de NES e SNES aqueles de plataforma 2d, vai de NSMB... o NM64 e uma versao melhorada do Mario p N64.... eu te aconselharia o NSMB

    sobre o topico em si, vc poderia:


    1. dar uma formatada, vc saiu escrevendo, ta bastante "junto", vc poderia tentar dar uma formatada, pra separar melhor suas ideia...
    2. particularmente achei ruim, vc fala de mt coisa junta e misturada, quando vc le, vc sai de uma coisa e entra na outra assim sem concluir seu raciocinio...
    3. os fatos apresentados sao bons, mas como vc escreveu está ruim
    avatar
    Jamian
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 619
    Posts Posts : 2596

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Jamian em Seg 06 Maio 2013, 17:49

    O problema desse jogo são as texturas. Muito ruins mesmo. Por isso ainda prefiro a versão de N64!

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Review] Super Mario 64 DS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 24 Out 2017, 02:11