Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Compartilhe
    avatar
    Hadan
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 861
    Posts Posts : 2757

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por Hadan em Qua 15 Jun 2016, 11:33

    Reshay escreveu:
    vits escreveu:
    Hadan escreveu:
    vits escreveu:
    Hadan escreveu:
    Após a apresentação da MS ainda há quem pense que reclamar de adquirir o console originário ainda seja "choro"? É insultante com o consumidor.

    E porque seria "insultante" ao consumidor? O Xbox One e o PS4 foram lançado no final de 2013, com os novos aparelhos marcados para aparecer apenas no final de 2017, ou seja, ambos os consoles vão ter 4 anos sozinhos no mercado e depois mais alguns anos (provavelmente 2 ou 3) em conjunto com seus irmãos mais novos. A título de comparação, o Wii U foi lançado no final de 2012 e vai receber um sucessor no começo de 2017, ou seja ele vai ter pouco mais de 4 anos de mercado e já vai ser abandonado em prol de um novo console.
    Wii U será substituído por uma estratagema da Nintendo frente seu fracasso. Se o mesmo obtivesse o mínimo sucesso que seu antecessor, duvido muito que a companhia se prestaria a esse trabalho.

    Os "novos" consoles anunciados intentam um desempenho melhor ao até então existente no mercado. Uma coisa é aprimoramento do modelo, correção de falhas (como ocorre com o PS3 slim em relação ao anterior) ou um produto com menos funções a um preço reduzido (Wii mini e 2DS, por exemplo). Outra completamente diferente é você ter um produto que sabe-se até certo ponto, defasado - embora o fabricante "garanta" compatibilidade de software com os novos modelos ou o que o mesmo será continuado - New 3DS e, à essa altura, os novos produtos Xbox.

    Aprimoramento da linha é normal: placas problemáticas substituídas, coolers  mais potentes, enfim, aprimoramento do produto final. Ampliar capacidade de processamento já é uma questão mais séria.

    Honestamente eu não entendo essa lógica, como o Wii U é um console fracassado então é "okay" para a Nintendo retira-lo do mercado e substitui-lo por um novo aparelho, em um espaço de tempo pouco maior do que 4 anos. Todavia, como o PS4 e o XOne são "sucessos", as empresas estão desrespeitando o consumidor por oferecerem uma nova leva de aparelhos depois de 4 anos do lançamento dos originais, mesmo deixando claro que existirá compatibilidade de software entre as plataformas.

    Logo, seria melhor se ambas as empresas tivessem anunciado o PS4 Neo e o Xbox Scorpio, como sucessores? Encerrando o suporte aos atuais consoles?

    Eu acho que existe uma pequena diferença entre ser "okay" e ser "compreensível".

    O Wii U não vende, o 3DS segura um pouco mas tb vem caindo... Wii U não recebe jogos thirdies, a Nintendo lançou suas franquias mais pesadas e não adiantou, qual a saída??

    Agora, qual motivo vc enxerga pra Microsoft e principalmente Sony estarem lançando versões mais potentes agora? Com certeza não é o mesmo motivo da Nintendo.
    Esse é o ponto, Reshay. Mas não digo sequer "compreensível", só falei do Wii U porque o vits levantou a questão soando como se o período de cinco anos fosse um tempo de vida útil razoável. Insisto: não afirmo que foi o que ele quis dizer, mas foi o que soou. Logo, tratei a "questão Wii U" no sentido de exceção, não como "justificável".

    A lógica, vits, seria simplesmente não lançar um produto que, em questão de pouco tempo, soaria como "ultrapassado". Se a questão é basicamente aprimorar a performance do produto, então que segurasse o lançamento. Agora, quando já possui uma base - e outros adquirindo produtos mesmo agora em 2016 - e, de repente, o seu console novinho em folha já tem um "sucessor" (repare as aspas) com poder de processamento melhor.

    Há, sim, um ar de "engano", lesão ao consumidor.
    avatar
    AlienZ
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2707
    Posts Posts : 1756

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por AlienZ em Qua 15 Jun 2016, 11:43

    vits escreveu:
    Qual a lógica disso? Shocked

    O mercado vai receber novos aparelhos que podem fazer mais do que a atual geração, sendo compatíveis com tecnologias que ela não possui atualmente. 
    4 anos é razoável pra uma geração de games,agora,a sony e microsoft querem estender essa geração artificialmente,o beneficio de "poder" do ps4 neo e scorpio não é comparável ao poder ou inovação que uma nova geração poderia nos oferecer,no fim,tudo o que isso gera é um loop infinito dessa 8ª geração.
    Ainda assim, o ambiente de desenvolvimento desses consoles será igual ao dos aparelhos atuais, ou seja, o suporte as atuais plataformas vai continuar e as desenvolvedoras, apesar de terem duas plataformas a mais para se preocuparem, ao menos tem seus custos de desenvolvimento bastante reduzidos. 
    Custo reduzido tendo que desenvolver e se preocupar com duas plataformas? Fora que vamos receber mais jogos estilos aqueles crossgens horrorosos que tivemos no começo dessa geração,ps4 e xone recebendo ports in-jogáveis enquanto o neo e o scorpio recebem o produto de verdade.
    Da forma como você diz que seria "tudo bem", os consoles morreriam no final do ano que vem, sendo substituídos por uma nova geração. Aonde que isso é melhor? Não sei você, mas eu gosto de suporte pela maior quantidade de tempo possível. 
    Melhor pois iriamos receber inovação,uma nova vida,uma nova chance da indústria progredir e avançar,pois os consoles atuais definitivamente não avançaram.Quer suporte por mais tempo possível? Desculpa mas se algo que essa geração não mostrou foi suporte pelo consumidor,até agora,tivemos menos jogos do que a geração passada(quando tinha a mesma idade,é claro),menos gêneros,e como se não bastasse,a grande maioria dos cujo ditos "Grandes Jogos" estão cada vez mais medíocre.

    Essa geração foi um erro,um erro tão grande que nem as empresas estão dispostas ou podem concertar,e isso inclui todas as grandes empresas,nenhuma delas é excluida.Adiar ainda mais essa geração só vai continuar a danificar a imagem com o consumidor,o que comigo já aconteceu,pois essa E3 num geral,me fez desistir de jogos por um tempo.
    avatar
    Hadan
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 861
    Posts Posts : 2757

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por Hadan em Qua 15 Jun 2016, 11:56

    Não acho que essa gen seja "perdida". O expoente é o PS4, que já vendeu metade do que vendeu o PS3 em menos da metade do tempo. Essa E3 foi consideravelmente mais interessante do que a E3 passada e acredito que grandes coisas virão para todas as plataformas - inclusive a nova da Nintendo. Os consoles são interessantes e as possibilidades são enormes. Afirmar que é tudo "mais do mesmo" é ignorar o que acontece no mercado. Pode-se até não gostar do que é anunciado, que é totalmente diferente em afirmar que seja exatamente igual à geração passada. O que vende aparecerá mesmo, isso é consumado. Mas há coisas muito interessantes à mostra.

    Meu desagrado é o que falei acima.
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por vits em Qua 15 Jun 2016, 12:51

    Reshay escreveu:
    Eu acho que existe uma pequena diferença entre ser "okay" e ser "compreensível".

    O Wii U não vende, o 3DS segura um pouco mas tb vem caindo... Wii U não recebe jogos thirdies, a Nintendo lançou suas franquias mais pesadas e não adiantou, qual a saída??

    Agora, qual motivo vc enxerga pra Microsoft e principalmente Sony estarem lançando versões mais potentes agora? Com certeza não é o mesmo motivo da Nintendo.

    Na realidade é exatamente o mesmo motivo, o chamado lucro, as três empresas estão em um momento de estabilidade financeira, a Nintendo pode não estar vendendo muitos consoles, mas seus números estão ótimos, até melhores do que os da divisão Xbox.

    Hadan escreveu:
    Esse é o ponto, Reshay. Mas não digo sequer "compreensível", só falei do Wii U porque o vits levantou a questão soando como se o período de cinco anos fosse um tempo de vida útil razoável. Insisto: não afirmo que foi o que ele quis dizer, mas foi o que soou. Logo, tratei a "questão Wii U" no sentido de exceção, não como "justificável".

    A lógica, vits, seria simplesmente não lançar um produto que, em questão de pouco tempo, soaria como "ultrapassado". Se a questão é basicamente aprimorar a performance do produto, então que segurasse o lançamento. Agora, quando já possui uma base - e outros adquirindo produtos mesmo agora em 2016 - e, de repente, o seu console novinho em folha já tem um "sucessor" (repare as aspas) com poder de processamento melhor.

    Há, sim, um ar de "engano", lesão ao consumidor.

    Olha, não retiro o seu direito de como consumidor, se sentir lesado com o anúncio dos novos aparelhos. Mas eu vejo isso como uma variação do que tínhamos até então, onde uma empresa mantinha o seu console no mercado por 4-6 anos e criava um novo console, recomeçando o mesmo ciclo. Agora, esse ciclo ainda existe, mas ao invés de recebermos um novo aparelho, essa máquina vai funcionar como uma atualização da antiga, sendo compatível com os mesmos jogos e oferecendo opções a mais. Honestamente eu vejo isso como algo bom, na questão do "console antigo" continuar recebendo suporte, mesmo tendo uma máquina mais nova no mercado, mas também ruim, pois causa ainda mais fragmentação na indústria e pode prejudicar o desenvolvimento de alguns jogos.  

    Se eu pudesse escolher entre esse novo sistema e o antigo sistema de gerações, eu acredito que ao menos em teoria, o novo é uma opção mais interessante. Agora, as implicações reais desse sistemas só poderão ser sentidas com o lançamento do aparelho e como sabemos, nessa indústria muitas coisas que são ótimas na teoria, podem se tornar "cancerígenas" na prática.

    AlienZ escreveu:
    vits escreveu:Qual a lógica disso? Shocked

    O mercado vai receber novos aparelhos que podem fazer mais do que a atual geração, sendo compatíveis com tecnologias que ela não possui atualmente.

    4 anos é razoável pra uma geração de games,agora,a sony e microsoft querem estender essa geração artificialmente,o beneficio de "poder" do ps4 neo e scorpio não é comparável ao poder ou inovação que uma nova geração poderia nos oferecer,no fim,tudo o que isso gera é um loop infinito dessa 8ª geração.

    Apesar de não sabermos as capacidades técnicas do PS4 Neo, a Microsoft já liberou informações bastante claras sobre a superioridade do mesmo em relação a plataforma atual. Então dizer que um console com capacidade de processamento 4x maior do que o que temos no mercado, não é comparável ao que um "nova geração de verdade" poderia oferecer me faz, indagar o que você esperava da próxima geração.


    AlienZ escreveu:Custo reduzido tendo que desenvolver e se preocupar com duas plataformas? Fora que vamos receber mais jogos estilos aqueles crossgens horrorosos que tivemos no começo dessa geração,ps4 e xone recebendo ports in-jogáveis enquanto o neo e o scorpio recebem o produto de verdade.

    Quando comparado a uma nova geração da forma como eram feitas até então? Sim, custos de desenvolvimento astronomicamente menores.

    Agora nisso eu concordo, apesar de não podermos afirmar que necessariamente isso vai acontecer, existe a possibilidade das desenvolvedoras focarem nas novas plataformas, deixando de lado as versões antigas. Todavia, vale lembrar que o ambiente de desenvolvimento dos consoles será o mesmo, por consequência não existirá justificativa, além de pura preguiça/ganância" para "ports porcos" por parte das desenvolvedoras, como havia nos "crossgens".

    [/quote]

    AlienZ escreveu:
    Melhor pois iriamos receber inovação,uma nova vida,uma nova chance da indústria progredir e avançar,pois os consoles atuais definitivamente não avançaram.Quer suporte por mais tempo possível? Desculpa mas se algo que essa geração não mostrou foi suporte pelo consumidor,até agora,tivemos menos jogos do que a geração passada(quando tinha a mesma idade,é claro),menos gêneros,e como se não bastasse,a grande maioria dos cujo ditos "Grandes Jogos" estão cada vez mais medíocre.

    Essa geração foi um erro,um erro tão grande que nem as empresas estão dispostas ou podem concertar,e isso inclui todas as grandes empresas,nenhuma delas é excluida.Adiar ainda mais essa geração só vai continuar a danificar a imagem com o consumidor,o que comigo já aconteceu,pois essa E3 num geral,me fez desistir de jogos por um tempo.

    Tudo isso é extremamente subjetivo, "inovações" atingem um amplo espectro, mecânicas de gameplay, políticas de licenciamento, funções multimídia e inovações em hardware apenas para citar algumas. E em termos de alavancar a indústria, acredito que esteja se referindo a indústria de jogos como um todo, mas nessa questão os consoles são apenas uma engrenagem, inovações de hardware e software raramente aparecem primeiro neles, assim como mudanças em políticas de desenvolvimento e licenciamento.

    O que os consoles sempre permitiram a indústria foi uma maior facilidade na hora de criar e experimentar com jogos, algo que eles ainda são capazes de fazer, basta olhar os títulos experimentais que são oferecidos nessas plataformas, que até mesmo empresas como EA e Ubisoft vem tentando popularizar.

    Quanto a mediocridade dos "grandes jogos", como eu disse, isso é absurdamente subjetivo. Eu pessoalmente não gosto da maioria dos lançamentos AAA, Until Dawn, SSBU, Halo 5, etc... São todos jogos que eu achei mediocres, mas existem diversas pessoas por ai que com certeza discordam de mim.

    E honestamente, todas as gerações tem seus problemas e méritos, essa aqui não é diferente.
    avatar
    BoBzitoxD
    Special Blast
    Special Blast

    Karma Karma : 321
    Posts Posts : 1027

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por BoBzitoxD em Qua 15 Jun 2016, 12:52

    Na verdade se o Xbox Scorpio, for 4x mais potente, isso já não é uma gen nova? o Ps4 Neo não vejo pq, pra mim a crítica é tanto para a nintendo pelo seu N3DS assim como pra Sony e Microsoft, pra mim erraram e erraram feio, fico imaginando um colega meu que comprou um PS4 agora em janeiro, deve ser revoltante....Era mais fácil terem assumido o erro e esperasse o ano seguinte para fazerem a próxima gen, minha opinião, posso estar errado, mas, o que estão anunciando agora vai ficar defasado ano que vem, simplesmente não da pra tentar transformar a industria dos consoles em uma industria muito rápida igual as de PC e smartphones...
    avatar
    Hadan
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 861
    Posts Posts : 2757

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por Hadan em Qua 15 Jun 2016, 13:17

    vits escreveu:Olha, não retiro o seu direito de como consumidor, se sentir lesado com o anúncio dos novos aparelhos. Mas eu vejo isso como uma variação do que tínhamos até então, onde uma empresa mantinha o seu console no mercado por 4-6 anos e criava um novo console, recomeçando o mesmo ciclo. Agora, esse ciclo ainda existe, mas ao invés de recebermos um novo aparelho, essa máquina vai funcionar como uma atualização da antiga, sendo compatível com os mesmos jogos e oferecendo opções a mais. Honestamente eu vejo isso como algo bom, na questão do "console antigo" continuar recebendo suporte, mesmo tendo uma máquina mais nova no mercado, mas também ruim, pois causa ainda mais fragmentação na indústria e pode prejudicar o desenvolvimento de alguns jogos.  

    Se eu pudesse escolher entre esse novo sistema e o antigo sistema de gerações, eu acredito que ao menos em teoria, o novo é uma opção mais interessante. Agora, as implicações reais desse sistemas só poderão ser sentidas com o lançamento do aparelho e como sabemos, nessa indústria muitas coisas que são ótimas na teoria, podem se tornar "cancerígenas" na prática.
    Isso seria "razoável" se, ao mesmo tempo que é lançado um produto superior, o produto atual permitisse que se substituísse (mediante aquisiçãO0 o hardware para equivalência de poderes aos usuários primários. Ainda assim, seria forçar o primário a investir mais num produto vendido como "fechado" e "pronto". E note que insisto nas aspas. No fim das contas, seria completamente desrespeitoso.

    O ciclo de vida do hardware se estende bem mais do que 4-5 anos, desde a remodelação do mercado com o Nes. Aparentemente, a cada nova geração a vida útil se estende. A 7ª gen está há uma década no mercado, quase isso? Embora a Nintendo tenha praticamente forçado uma transição pro Wii U (suspendendo serviços on line de games proprietários com alta demanda, por exemplo), X360 e PS3 ainda recebem bons games, embora os de "peso" minguem, sendo isso compreensível, dada a transição de gerações. Mas isso ocorre de forma natural e aguardada.

    Volto ao que disse, ainda que os fabricantes "exijam" que as produtoras desenvolvam software para ambos os hardware, ao passo que os novos produtos ganhem espaço, não é de se estranhar que o desenvolvimento se dedique às "novas" plataformas. Para que produzir para algo em que será necessário um downgrade, sob risco do resultado final aquém prejudicar vendas? Black Ops 3 está aí para mostrar isso.

    Você mesmo entende que os "novos" sistemas são mais interessantes. Eu já tinha em mãos para pegar o PS4, também aguardarei os novos produtos. Mas, para quem tem os consoles originários, isso é, sem dúvida, prejudicial.
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por vits em Qua 15 Jun 2016, 14:25

    Hadan escreveu:
    vits escreveu:Olha, não retiro o seu direito de como consumidor, se sentir lesado com o anúncio dos novos aparelhos. Mas eu vejo isso como uma variação do que tínhamos até então, onde uma empresa mantinha o seu console no mercado por 4-6 anos e criava um novo console, recomeçando o mesmo ciclo. Agora, esse ciclo ainda existe, mas ao invés de recebermos um novo aparelho, essa máquina vai funcionar como uma atualização da antiga, sendo compatível com os mesmos jogos e oferecendo opções a mais. Honestamente eu vejo isso como algo bom, na questão do "console antigo" continuar recebendo suporte, mesmo tendo uma máquina mais nova no mercado, mas também ruim, pois causa ainda mais fragmentação na indústria e pode prejudicar o desenvolvimento de alguns jogos.  

    Se eu pudesse escolher entre esse novo sistema e o antigo sistema de gerações, eu acredito que ao menos em teoria, o novo é uma opção mais interessante. Agora, as implicações reais desse sistemas só poderão ser sentidas com o lançamento do aparelho e como sabemos, nessa indústria muitas coisas que são ótimas na teoria, podem se tornar "cancerígenas" na prática.
    Isso seria "razoável" se, ao mesmo tempo que é lançado um produto superior, o produto atual permitisse que se substituísse (mediante aquisiçãO0 o hardware para equivalência de poderes aos usuários primários. Ainda assim, seria forçar o primário a investir mais num produto vendido como "fechado" e "pronto". E note que insisto nas aspas. No fim das contas, seria completamente desrespeitoso.

    O ciclo de vida do hardware se estende bem mais do que 4-5 anos, desde a remodelação do mercado com o Nes. Aparentemente, a cada nova geração a vida útil se estende. A 7ª gen está há uma década no mercado, quase isso? Embora a Nintendo tenha praticamente forçado uma transição pro Wii U (suspendendo serviços on line de games proprietários com alta demanda, por exemplo), X360 e PS3 ainda recebem bons games, embora os de "peso" minguem, sendo isso compreensível, dada a transição de gerações. Mas isso ocorre de forma natural e aguardada.

    Volto ao que disse, ainda que os fabricantes "exijam" que as produtoras desenvolvam software para ambos os hardware, ao passo que os novos produtos ganhem espaço, não é de se estranhar que o desenvolvimento se dedique às "novas" plataformas. Para que produzir para algo em que será necessário um downgrade, sob risco do resultado final aquém prejudicar vendas? Black Ops 3 está aí para mostrar isso.

    Você mesmo entende que os "novos" sistemas são mais interessantes. Eu já tinha em mãos para pegar o PS4, também aguardarei os novos produtos. Mas, para quem tem os consoles originários, isso é, sem dúvida, prejudicial.

    Existe uma enorme diferença entre o ciclo de vida de um console ou geração e o período pós vida do mesmo. A primeira faixa de tempo se refere ao período no qual o aparelho conta com apoio completo do mercado e de sua desenvolvedora, sendo este normalmente compreendido entre 4 a 6, sendo que a sétima geração foi uma exceção onde essa quantidade de tempo foi substancialmente aumentada, todavia não podemos tornar essa situação como um parâmetro. Enquanto que o segundo período de tempo compreende a faixa temporal na qual o console ainda recebe apoio, porém já existe um sucessor disputando o mesmo mercado e por consequência as atenções das desenvolvedoras estão voltadas ao novo hardware; sendo neste estágio que o PS3 e Xbox 360 se encontram no momento.

    Como disse, a ideia desse novo hardware é justamente modificar a forma como as gerações são
    enxergadas, fazendo uma mistura entre o período de vida e pós vida do aparelho. E sim, a ideia é que com o passar dos anos as desenvolvedoras se dediquem cada vez mais ao novo hardware, deixando o atual em segundo plano, da mesma forma como é feito durante os "anos de transição" que ocorrem entre as gerações.

    Não acredito que seja "prejudicial", pois estes novos hardwares poderiam ser muito bem vendidos como novos consoles, dada o "gap" entre eles e o que possuímos no mercado. A diferença é que deste modo, os proprietários dos atuais consoles ao menos possuem a perspectiva de mais alguns anos de suporte completo, ou ao menos, um suporte que é consideravelmente melhor realizado, do que aquele normalmente demonstrado ao termino de uma geração.
    avatar
    Hadan
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 861
    Posts Posts : 2757

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por Hadan em Qua 15 Jun 2016, 14:33

    vits escreveu:
    Não acredito que seja "prejudicial", pois estes novos hardwares poderiam ser muito bem vendidos como novos consoles, dada o "gap" entre eles e o que possuímos no mercado. A diferença é que deste modo, os proprietários dos atuais consoles ao menos possuem a perspectiva de mais alguns anos de suporte completo, ou ao menos, um suporte que é consideravelmente melhor realizado, do que aquele normalmente demonstrado ao termino de uma geração.
    Entendo seu posicionamento, mas vejamos como a indústria se comportará.
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por vits em Qua 15 Jun 2016, 14:46

    Hadan escreveu:
    vits escreveu:
    Não acredito que seja "prejudicial", pois estes novos hardwares poderiam ser muito bem vendidos como novos consoles, dada o "gap" entre eles e o que possuímos no mercado. A diferença é que deste modo, os proprietários dos atuais consoles ao menos possuem a perspectiva de mais alguns anos de suporte completo, ou ao menos, um suporte que é consideravelmente melhor realizado, do que aquele normalmente demonstrado ao termino de uma geração.
    Entendo seu posicionamento, mas vejamos como a indústria se comportará.

    Nisso eu concordo plenamente, não apenas é muito cedo para definirmos o comportamento da indústria terá frente essa mudança na tradicional situação de desenvolvimento, como a própria resposta do mercado as mudanças só será sentida uma vez que os aparelhos estiverem a venda.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Sony confirma a existência do PS4 Neo.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 22 Out 2017, 19:06