Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Tales of Zestiria - Análise

    Compartilhe
    avatar
    Galux
    Membro Nv.8
    Membro Nv.8

    Karma Karma : 37
    Posts Posts : 101

    Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por Galux em Dom 24 Jan 2016, 08:45


    Tales of Zestiria é o mais recente jogo da série "Tales of", neste jogo acompanhamos a jornada de Sorey aonde estará infestada de: Dungeon, Mistérios, Humor e até mesmo Dragões!


    Durante uma de suas explorações de dungeon Sorey e Mikleo encontram uma garota que mais tarde se identifica como Alisha, Alisha passa um tempo com Sorey e depois vai embora, mas com medo do perigo que Alisha estava sofrendo Sorey vai atrás dela indo atrás dela ele a encontra durante uma cerimônia, mas algo da errado e um infernal nasce, por causa disso Sorey acaba por virar o pastor assim iniciando sua jornada ao redor do mundo.

    Embora meu resumo seja bem "obscuro" creio que dê para tentar se localizar, mas irei explicar algumas coisas, o pastor é alguém que deve guiar as pessoas para uma era de paz aonde elas irão poder viver em paz e sem sofrimento, por causa disso todos aqueles que virão pastores são respeitados e amados pelas pessoas em geral logo durante o jogo será normal você encontrar muitas situações aonde vão querer usar o "carisma do pastor" para ganharem poder político, mas o real trabalho do pastor na verdade é destruir o lorde da malevolência.

    Tendo isso em vista a história gira em torno de Sorey tentando realizar o seu trabalho como pastor, em base é isso, acontecem coisas que fazem até mesmo por alguns instantes você se irritar talvez até mesmo com seus companheiros enquanto outras vezes você chega a sentir pena de seus inimigos, na verdade por diversas vezes o jogo dramatiza tanto o sofrimento de seus inimigos que você se preocupa mais com eles do que consigo mesmo.

    No ato tem diversas horas que o jogo da vontade de chorar e momentos tocantes, embora não tenha "reviravoltas" e muitos segredos a serem revelados ainda tem seus segredos que podem ser considerados chocantes e por alguns instantes as gemas iris (logo falarei sobre elas), iram te fazer pensar em algo que esta incorreto ou até mesmo correto se tornando um instrumento necessário para melhor compreensão da história.


    O jogo tem gráficos no estilo "anime", aonde os personagens, campos, construções, cidades e castelos não são nada realistas e num geral não se vê "cabelos balançando" e as roupas mal são afetadas pelas leis da física.


    O jogo em si não é feito com tops gráficos ao ponto de um PC fraco ~ mediano poder roda-lo e por causa disso muitas pessoas reclamam de seus gráficos e até falam que tem alguns serrilhados (cujo os quais eu não consegui perceber), mas sendo sincero o jogo é até bonito ao meu ver os personagens são bem trabalhados embora os campos e pântanos deixem a desejar as cidades são lindas e bem estruturadas.

    Os monstros também são bem trabalhados e diferenciados fazendo até mesmo os nossos heróis se surpreenderem com eles quando enfrenta-los pela primeira vez, alguns chegam a ser estranhos, outros engraçados e alguns até mesmo assustadores, teve inimigos que eu achei tão estranho que deu até pena dele.

    Os monstros normais são lindos e os "evoluídos" que possuem orbes (em breve falarei sobre eles) são melhores ainda, num geral o meu predileto é um que literalmente é o "nada" eu ri muito quando encontrei ele, caso joguem esse jogo algum dia saberão de quem estou falando.


    O sistema de combate é dividido em 3 tipos de Ars, as Ars Marciais que podem interromper Ars Seráficas, as Ars Ocultas que não podem interromper Ars Seráficas até mesmo ajudam no tempo de convocação e as Ars Seráficas que precisam de um tempo de carregamento e podem ser interrompidas pelas Marciais, mas são ajudadas pelas Ocultas, esses 3 tipos temos um quarto tipo especial chamadas Ars Místicas que são Ars especiais que gastam ME para ativar e causam um dano devastados no inimigo.

    Com todas essas regras é possível você ganhar uma batalha nesse jogo usando apenas 1 tipo de Ars, existiram batalhas aonde eu tive que usar Ars Seráficas apenas e outras Ars Ocultas ou Marciais, sempre dependia da situação qual tipo de Ars eu usava.

    De vista podemos pensar que esse sistema é complicado alias, mas sinceramente pondo em prática e com todas as placas espalhadas pelo jogo dando tutoriais sobre esse tipo de coisa é até simples usar essas ars da forma correta e sem problemas eu particularmente com 4h de jogo já estava achando fácil esse sistema.

    O sistema é complicado, mas fácil de se pegar o jeito sem duvidas ele é bem criativo e te força a pensar em planos para enfrentar os inimigos embora isso só seja realmente necessário caso escolha jogar no "Moderado" ou superior de nível de dificuldade pois o normal abaixo é bem fácil Razz .


    O Jogo apresenta diversas side quests, irei postar as 3 que eu considero mais importantes aqui e depois falarei minha opinião.


    Durante todo o jogo iremos encontrar dungeons aonde poderemos explorar para encontrar baus e monstros fortes segurando orbes, assim como pontos de interesse aonde Sorey e os outros da sua party poderam comentar sobre.


    Enquanto jogamos iremos encontrar diversas, tipo MUITAS MESMO side quest que nos levaram a encontrar as gemas iris no fim delas, algumas são pequenas outras são medianas nenhumas delas chegam a ser grandes, mas são todas focadas em obter gemas iris, essas gemas iram nos ajudar a ver um pouco do passado para conhecer mais da história do jogo e iram desbloquear diálogos únicos entre os personagens.


    No jogo sempre encontraremos ao menos 1 infernal em cada local do jogo (menos em cidades) que estarão orbes que irão aumentar a vida do pessoal do seu time, podendo encontrar eles no final das dungeon também eles dão bastante EXP e são MUITO poderosos.

    Essas side quest são super divertidas de fazer, eu particularmente me divertir muito fazendo elas, principalmente caçando os monstros bizarros teve alguns que eu apelei ao ponto de usar tudo o que eu tinha e não tinha Razz , e sempre que eu encontrava um diminuia a dificuldade e me bufava todo para ter alguma chance ou nem rolava em Razz .


    Eu não platinei o jogo, mas mesmo assim fiz tanta side quest que fiquei com 50h de jogo, basicamente viciei no jogo e me diverti muito jogando ele assim como amei os seus personagens cheios de carisma.

    Só que tudo isso escrito nesse tópico, é minha conclusão que eu cheguei ao jogar o jogo, espero que se gostaram do que leram joguem também e tirem suas próprias conclusões.
    avatar
    Felipe_Vieir4
    Special Blast
    Special Blast

    Karma Karma : 1799
    Posts Posts : 4209

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por Felipe_Vieir4 em Dom 24 Jan 2016, 13:17

    Não conhecia esse jogo, pareceu legal
    Se um dia eu tiver um computador que não trave em coisas básicas eu testo o jogo -q
    E gostei da análise, só colocaria alguma imagem (ou até mesmo um vídeo) na parte de gameplay Smile
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por vits em Dom 24 Jan 2016, 13:25

    Pior jogo da série Tales em anos, mas ainda assim dá pra se divertir.

    Excelente análise.

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por ExtremeZelda em Dom 24 Jan 2016, 13:26

    Gostei bastante da análise. xD
    Apesar de conhecer, nunca tinha jogado um jogo da franquia Tales of, e esse foi meu primeiro, eu gostei, achei bem divertido. Razz
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por vits em Dom 24 Jan 2016, 13:42

    ExtremeZelda escreveu:Gostei bastante da análise. xD
    Apesar de conhecer, nunca tinha jogado um jogo da franquia Tales of, e esse foi meu primeiro, eu gostei, achei bem divertido. Razz

    Se você gostou desse, então você precisa experimentar as interações Tales of Symphonia e, caso tenha um Xbox 360, Tales of Vesperia. São os dois melhores jogos da franquia, especialmente esse último.

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por ExtremeZelda em Dom 24 Jan 2016, 13:57

    vits escreveu:
    ExtremeZelda escreveu:Gostei bastante da análise. xD
    Apesar de conhecer, nunca tinha jogado um jogo da franquia Tales of, e esse foi meu primeiro, eu gostei, achei bem divertido. Razz

    Se você gostou desse, então você precisa experimentar as interações Tales of Symphonia e, caso tenha um Xbox 360, Tales of Vesperia. São os dois melhores jogos da franquia, especialmente esse último.
    Estou esperando o Tales of Symphonia sair na Steam(lança dia 01/02), e não tenho Xbox, Nintendo is love, Nintendo is life. Razz
    Mas valeu mesmo assim. xD
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por Chazzy em Dom 24 Jan 2016, 15:29

    Tem muitos anos que não jogo um game da série "Tales of", vou ver se pego esse que vai ser lançado no Steam também.

    Gostei da sua análise desse jogo, só achei que faltou falar um pouco da trilha sonora.

    A seção Gameplay talvez poderia ter ficado mais completa, esses Ars, por exemplo, você só citou o nome, mas não explicou o que é exatamente, os users que não conhecem a série "Tales of" acho que vão ficar um pouco perdidos nessa parte.

    Você poderia ter colocado mais imagens também, ou vídeo na parte de Gameplay como o felipe_vieir4 sugeriu.

    Mas são só algumas dicas que talvez te ajude na próxima análise sua, no geral ficou bem legal e gostei do jeito que dividiu as seções!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Tales of Zestiria - Análise

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 23 Out 2017, 00:46