Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Análise] Mega Man X (SNES)

    Compartilhe
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Chazzy em Qui 17 Dez 2015, 19:56



    Plataforma: Super Nintendo (portado mais tarde para outras plataformas)
    Desenvolvedora: Capcom
    Publicadora: Capcom
    Lançamento: 17/12/1993 (Japão)
    Gênero: Ação / Plataforma


     INTRODUÇÃO  


    Postando esse tópico hoje, em homenagem a esse jogo memorável que está completando 22 anos de existência nessa data, então bem-vindos a mais uma "retrô-análise"! Dessa vez vou falar um pouco sobre a lenda "Mega Man X", um grande clássico dos anos 90, lançado originalmente no SNES!


    Segui o mesmo esquema das análises que postei aqui anteriormente, primeiramente re-joguei o jogo todo de novo desde o princípio pra relembrar essa belezinha, enquanto jogava fui tirando "screenshots" e vou usá-las para "ilustrar" o tópico, todas são imagens minhas mesmo, e como já é tradicional nas minhas análises, o primeiro post será mais abrangente, com a "análise" em si, e no segundo post falarei de coisas específicas, sobre cada fase do jogo e tal... então caso tenha medo de "spoilers" e não tenha jogado esse jogo ainda, pode ler o primeiro post sem medo, mas deixa o segundo post pra ler depois que jogar!


    A série "Mega Man X"  é querida por muitos jogadores até hoje, essa série é considerada "spin-off" da série original do robozinho azul, que começou no NES. O primeiro jogo dessa série será o assunto desse tópico, o primeiro "Mega Man X" foi bem recebido e bem avaliado desde o lançamento, e até hoje é considerado um excelente jogo, vamos tentar entender o porquê disso!


     HISTÓRIA  


    Em algum momento do século XX, Dr. Light criou um robô, que ele chamou de Mega Man X, ou simplesmente "X", ele desejava criar um robô com inteligência humana, emoções e com livre arbítrio, porém ele sabia dos riscos de dá o livre arbítrio aos robôs, ele queria que o X possuísse uma boa natureza e queria que ele entendesse os mais controversos aspectos da moralidade humana, e pra garantir que a sua criação sairia como planejado, ele resolveu selar o robô dentro de um cápsula por 30 anos para testar detalhadamente se tudo saiu como ele queria. Porém, os testes levaram bem mais tempo, e o Dr. Light acabou morrendo nesse meio tempo, antes que os diagnósticos estivessem completos.




    Mas X foi descoberto 100 anos depois por outro cientista, o Dr. Cain, e este resolveu tentar emular a tecnologia usada em X, e com a ajuda do próprio X, ele conseguiu criar os primeiros "Reploids" (androides humanoides baseados no design de X), então, é possível perceber que esse jogo acontece aproximadamente 100 anos depois dos acontecimentos dos jogos da série original de Mega Man.




    Com o passar do tempo, começou uma produção em massa dos "Reploids", e como eles possuem o livre arbítrio, alguns acabaram não demonstrando uma boa natureza e apresentaram comportamento criminoso, esses "Reploids" que agem na criminalidade, são chamados de "Mavericks". Para combater os "Mavericks", foi criada uma equipe chamada "Maverick Hunters" , o líder era o robô Sigma, o mais forte e avançado "Reploid" criado até aquele momento, e o primeiro "Reploid" criado por Dr. Cain.




    Porém, Sigma foi infectado com o "Maverick Virus" (vírus existente na série, que faz com que robôs se tornem "Mavericks") e acabou liderando uma revolta junto com outros "Maverick Hunters" que ele conseguiu levar com ele, X se sentiu culpado por isso tudo, e resolveu procurar Sigma e colocar um fim nessa revolta por conta própria, Zero (um dos últimos "Hunters" restantes), foi seu aliado.


     JOGABILIDADE  


    Um dos pontos mais fortes desse jogo sem dúvida é a sua jogabilidade! Podemos definir a jogabilidade de "Mega Man X" como uma evolução na jogabilidade dos jogos da série original, pois ainda se trata de um jogo de plataforma 2D com jogabilidade "run-and-gun" e depois de uma fase introdutória, por exemplo, nos deparamos com o "quadro de chefes", onde podemos escolher a próxima fase na ordem que for melhor pra gente, característica que já era marcante desde o NES!




    A ordem em que escolhemos jogar as fases é importante, pois ao final de cada estágio nós enfrentamos o respectivo Boss, e quando o derrotamos, somos premiados com uma nova arma inspirada em um dos golpes do falecido...e cada Boss do jogo tem fraqueza a uma dessas armas, além disso, precisamos dessas armas para explorar mais a fundo alguns estágios, com a arma do "Flame Mammoth", por exemplo, podemos pegar um "Heart Tank" (item que aumenta a energia do X permanentemente) na fase do "Chill Penguin", que sem essa arma não teríamos acesso, outro item importante existente nesse jogo é o "Sub-Tank" (item que permite armazenar energia pra usar futuramente), o corpo do X muda de cor dependendo da arma que está sendo usada no momento.




    Muitos elementos da jogabilidade dos jogos clássicos foram aproveitados aqui, o X ainda é capaz de pular e carregar o seu tiro pra ter acesso a um ataque mais forte, por exemplo, mas o jogo também trouxe novos elementos para a jogabilidade, agora é possível escalar paredes, o que se tornou uma característica marcante nessa série e que não era possível nos jogos da série clássica. Também é possível entrar em tanques bípedes chamados de "Ride Armors", quando o jogador está controlando o tanque, ele é capaz de aplicar socos bem fortes!




    Uma caraterística interessante que ficou marcada nessa série é a possibilidade de encontrar cápsulas escondidas pelas fases, quando o jogador se aproxima de uma das cápsulas, surge uma mensagem holográfica do Dr. Light e ao entrar na cápsula, o X ganha upgrades em seu corpo, como um capacete que possibilita quebrar um tipo específico de bloco (como os da imagem no lado esquerdo, abaixo) e uma armadura que reduz o dano recebido pela metade.




     GRÁFICOS E SOM  


    Mega Man X possui lindos gráficos, é um jogo dos anos 90, que hoje em dia é possível perceber que envelheceu muito bem! Na minha opinião, esse é um dos jogos mais bonitos do SNES, tudo no cenário é bem detalhado, comparar Mega Man X com outros jogos lançados na mesma época deixa claro o quanto esse jogo foi bem sucedido nesse quesito!


    Na minha opinião, esse jogo também possui uma das mais memoráveis trilhas sonoras da história dos video games, joguei o jogo inteiro e em nenhum momento ele me decepcionou nesse quesito, composições caprichadas que colaboram com a ambientação do jogo, Mega Man X é perfeito nesse quesito!




     CURIOSIDADES  


    - A ordem em que derrotamos os chefes do jogo pode causar alterações nas fases de outros chefes, por exemplo, quando jogamos a fase do "Spark Mandrill" depois de derrotar o "Storm Eagle", ocorrem oscilações de energia e a fase fica escura de vez em quando, o que não ocorre
    se jogarmos a fase do Mandrill antes...




    - Há uma cápsula secreta na fase do "Armored Armadillo", quando temos todas as armas do jogo, todos os upgrades, todos os "Heart Tanks" e todos os "Sub-Tanks", podemos escalar a parede que fica no final da fase do Armadillo, acima da porta da sala do Boss, e aparecerá uma capsula como as outras, mas dessa vez o holograma do Dr. Light aparece com a roupa do Ryu de "Street Fighter" e ao entrar na cápsula, o X ganha a habilidade de usar o "Hadouken", famoso golpe usado por personagens da franquia de luta.




    -Originalmente, Zero seria o protagonista de "Mega Man X", mas temendo uma má aceitação dos fãs, os desenvolvedores resolveram transformá-lo em um personagem secundário nesse jogo.




     COMENTÁRIO FINAL  


    Mega Man X é uma das pérolas do SNES, é um jogo que conseguiu fazer a "trinca perfeita", jogabilidade divertida + ótimos gráficos + trilha sonora épica, um jogo que possui esses 3 atributos não tem como dá errado... esse jogo iniciou a série X com maestria e vai ficar pra sempre na memória dos jogadores que tiveram o prazer de ter contato com esse jogo alguma vez na vida!


    Na minha opinião, esse jogo é bem mais fácil que o Mega Man clássicos, quando eu re-joguei ele pra escrever essa análise isso me surpreendeu um pouco, pois como tinha muito tempo que eu não jogava, eu tinha uma imagem de que ele era bem mais difícil, mas terminei com certa tranquilidade, recomendo essa pérola a todos que ainda não jogaram e pra quem já jogou, é sempre bom relembrar e valorizar esses clássicos, parabéns pelos 22 anos, Mega Man X!


    Minha Nota: 10/10
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Chazzy em Qui 17 Dez 2015, 19:56

    Aqui nesse post, vou falar um pouco sobre cada fase do jogo e colocarei imagens das fases em spoiler pra pesar menos o tópico, o jogo começa com uma fase introdutória, nessa fase ainda não podemos usar o "Dash", pois nesse jogo, o tradicional dash é um upgrade que pegamos em uma das cápsulas do Dr. Light. Essa fase não tem muito segredo, o boss é o "Vile", mas não temos que derrotá-lo, faz parte da história perder pra ele, a verdadeira luta contra ele ainda virá...bounce  


    Imagens da Primeira Fase:



    Depois que completamos essa fase, ganhamos acesso ao "quadro de chefes" e podemos escolher jogar as próximas 8 fases na ordem que quisermos...


     CHILL PENGUIN  




    A escolha mais comum é começar pela fase do pinguim, por dois motivos. O primeiro é que esse Boss é um dos mais fáceis de vencer com o tiro normal do X, o segundo motivo é que na fase dele temos acesso à primeira cápsula de upgrade, o upgrade é nas pernas e a partir desse momento podemos usar o famoso "Dash", o que facilita todo o restante do jogo! Pra pegar o Heart Tank dessa fase, é necessária a arma do "Flame Mammoth", então o jogador precisa voltar aqui depois caso queira o Heart Tank, a fraqueza do Penguin é a arma do Mammoth, mas isso não importa muito, pois como falei, é fácil derrotar esse chefe com a arma normal mesmo!


    O pinguim fica atacando com uns bonecos de gelo, fica deslizando e pulando, mas é fácil escapar de todos os ataques dele escalando as paredes nas laterais da sala onde a luta acontece. Ao derrotarmos esse boss, ganhamos a arma dele, que permite disparar gelo, o gelo quando bate em alguma parede é refletido e isso é bem útil em algumas situações!




    Imagens da Fase do Chill Penguin:




     SPARK MANDRILL  




    Apesar do jogo permitir que o jogador escolha jogar as fases na ordem que quiser, a decisão mais óbvia é que a partir desse momento o jogador escolha a fase cujo Boss tenha fraqueza contra a última arma obtida, no meu caso estou falando do "Spark Mandrill", a sua fase é interessante, pois aqui já é possível perceber alterações dependendo da ordem em que você joga, pois a princípio a fase dele é bem iluminada, mas após derrotarmos o "Storm Eagle", começa a ocorrer oscilações na energia em sua fase e em alguns momentos, tudo fica escuro! Aqui não há cápsulas de upgrade, porém encontramos pela primeira vez o item "Sub-Tank", porém tanto o "Sub-Tank" quanto o o "Heart Tank" dessa fase, são acessíveis apenas depois de pegarmos o Boomerang (arma do "Boomer Kuwanger"). Essa fase é a primeira até agora, onde aparece um sub-chefe, confiram em uma das imagens abaixo, é o robô dentro de uma bolha.


    O Mandrill é um boss muito fácil de derrotar com a arma do pinguim, ele ataca com eletricidade e usa um soco depois de dá um dash em nossa direção, também tenta pular em cima da gente, mas quando ele leva um tiro com a arma de gelo, ele fica congelado e é muito fácil não dá espaço pra ele atacar. Ao ser derrotado, ganhamos o "Eletric Spark", arma que se assemelha muito a um dos ataques dele, com ela o X atira uma "bola" de eletricidade que ao se chocar com alguma parede se divide e sobe/desce em duas direções.




    Imagens da fase do Spark Mandrill:




     ARMORED ARMADILLO  




    Essa fase tem o melhor tema do jogo, na minha opinião. Considerando que trata-se de um jogo com uma trilha sonora memorável, isso não é pouco! A fase é bem divertida, há um "Sub-Tank" aqui e ele está acessível desde o começo, pois não precisamos de nenhuma arma específia pra pegá-lo e também não é difícil pegar o "Heart Tank" da fase , nessa fase aparentemente não existe nenhuma cápsula de upgrade, mas há uma cápsula secreta que só fica acessível mais pro "end-game", confira mais detalhes na seção de "Curiosidades" do primeiro post.


    O "Armored Armadillo" é um dos Mavericks desse jogo que mais gosto, curto muito o Design dele, porém como estamos com a arma certa, ele não é tão "Armored" assim, pois quando leva um tiro da arma do Mandrill, o Armadillo perde sua armadura. Ele ataca com uns disparos de energia e também gira e tenta atacar a gente quicando nas paredes. Ao ser derrotado ganhamos a arma dele, que permite lançar uma bola de energia semelhante ao ataque dele, essa arma é a fraqueza do último Boss desse jogo!




    Imagens da fase do Armored Armadillo:




     LAUNCH OCTOPUS  




    A arma do Armadillo não é a fraqueza do último Boss apenas, então o próximo alvo é esse maldito polvo...jogo de plataforma 2D? Fase da água? Isso não é bom sinal! Essa pra mim é a fase mais chata do jogo, tem vários sub-chefes aqui, a gente tem que destruir um submarino duas vezes e uma espécie de serpente também aparece duas vezes...(ambos estão nas imagens abaixo), mas apesar de eu não gostar muito de fases de água, tenho que reconhecer que essa fase tem um belo visual, uma curiosidade interessante é que o Boss dessa fase aparece na capa do jogo Mega Man X. Nessa fase não há "Sub-Tank" e nem cápsula de upgrade e o "Heart Tank" é fácil de pegar (precisamos derrotar a serpente pela segunda vez, no entanto).


    O "Launch Octopus" é o Boss mais difícil até o momento, pois mesmo tendo fraqueza contra a arma do Armadillo, ele não tem muita reação quando leva um ataque dela, o Armadillo leva choque e o Mandrill é congelado, por exemplo, mas o Octopus apenas perde mais energia e fica de boa...fora isso, basta pegar o jeito e dá pra vencer sem muitas dificuldades, o Octopus ataca com peixes que funcionam como uma espécie de mísseis... e ataca com um redemoinho. Ao ser derrotado, ganhamos a arma dele, que dispara mísseis!




    Imagens da fase do "Launch Octopus":




     BOOMER KUWANGER  




    Essa é uma das fases que eu mais gosto, a gente vai subindo uma torre até chegar ao topo pra poder enfrentar o Boss na sala dele, não sei porque, mas a parte do elevador é um momento do jogo que ficou bastante marcado pra mim, nessa fase também não há "Sub-Tank" e nem cápsula de upgrade e ironicamente pra pegar o "Heart Tank" da fase, é necessário usar o boomerang, arma do Kuwanger, o Boss dessa própria fase!


    "Boomer Kuwanger" é um dos chefes mais legais do jogo, ele é ágil, teleporta e tenta atacar o jogador usando o chifre, arremessando ou usando para agarrar o X, a sua fraqueza é o míssil, arma do Octopus, depois que entendemos a movimentação dele, não fica tão difícil vencer, mas assim como o Octopus, ele é mais difícil de derrotar do que os 3 primeiros chefes citados aqui! Ao derrotar o Kuwanger, finalmente ganhamos o boomerang, arma necessária pra pegar o "Sub-Tank" da fase do Mandrill e alguns "Heart Tanks".




    Imagens da fase do Boomer Kuwanger:




     STING CHAMELEON  




    Esse estágio está localizado em uma floresta e o visual é bem legal, aqui não tem Sub-Tank, mas finalmente podemos pegar nosso segundo upgrade, pois a capsula da armadura (diminui o dano causado no X pela metade) se encontra aqui! Temos que derrotar um sub-chefe pra ter acesso à cápsula. Pra pegar o "Heart Tank" dessa fase precisamos do upgrade do capacete.


    "Sting Chameleon" é o Boss mais difícil do jogo, empatado com o Octopus, na minha opinião...porém estando com a arma certa e entendendo a estratégia dele, fica fácil derrotá-lo assim como qualquer outro Boss do jogo...o Chameleon fica quase a luta toda pendurado, ele ataca com a língua, pode ficar invisível e ataca com espinhos, ele é fraco contra a arma do Kuwanger e o melhor jeito de derrotá-lo é esperar ele se posicionar de modo que possa ser atingido pelo boomerangue, quando ele é atingido, é derrubado e fica fácil não dá espaço pra ele depois disso, é só ter um bom "timing", a arma que ganhamos ao derrotar o Chameleon permite disparar uma espécie de luz verde em várias direções diferentes ao mesmo tempo.




    Imagens da fase do Sting Chameleon:




     STORM EAGLE  




    Essa é a minha fase favorita do jogo, acho o visual bem agradável e o Boss é o meu favorito também, gosto muito do design dele. É bem fácil pegar o "Sub-Tank" e o "Heart Tank" dessa fase e o terceiro upgrade pro X também se encontra aqui, é o upgrade pro capacete, ele permite quebrar um tipo específico de bloco.


    O "Storm Eagle" pode voar e atacar em um voo rasante..., ele também atira um tornado que empurra o X pra fora do estágio, pode "invocar" pássaros também pra atrapalhar o jogador, ao ser derrotado, o Eagle nos dá a melhor arma do jogo, na minha opinião, com a arma dele podemos atacar com um tornado, e sair loucamente pelas fases "spammando" esse ataque é bem efetivo!




    Imagens da fase do Storm Eagle:




     FLAME MAMMOTH  




    Finalmente chegamos ao último desses 8 estágios, a fase do Mammoth originalmente possui lava no cenário em alguns momentos, porém ao derrotar o "Chill Penguin", a fase dele fica mais fácil, pois não tem mais a lava, nessa fase pegamos o último "Sub-Tank", é necessário usar o upgrade do capacete e também pegamos o último upgrade (sem contar com o "Hadouken"), o upgrade dessa fase é na arma do X, com esse upgrade ele pode carregar o tiro normal dele por mais um nível e pode carregar todas as 8 armas obtidas derrotando os chefes do jogo. O "Heart Tank" dessa fase é um dos mais fáceis de encontrar.


    O "Flame Mammoth pra mim é um dos chefes mais fracos do jogo, talvez só perca pro "Chill Penguin" nesse quesito, ele pode pular e acertar o chão com o peso dele pra derrubar o X, pode atacar com fogo também, mas ele é lento e previsível e com a arma do "Storm Eagle" a luta fica ainda mais fácil, porém a fase do "Chill Penguin" ainda é a melhor opção pra começar o jogo, pois como foi dito antes, ele é ainda mais fácil de derrotar e na fase dele pegamos o "Dash" e além disso, jogando a fase dele antes, nos livramos da lava nessa fase do Mammoth! Ao derrotar esse chefe, ganhamos uma arma que lança uma rajada de fogo!




    Imagens da fase do Flame Mammoth:




     SIGMA'S FORTRESS  




    Aqui, finalmente chegamos na última fase do jogo! Na verdade, essa fase é dividida em 4 partes. Na primeira etapa dessa fase, nós enfrentamos novamente o Vile, e nesse momento acontece uma das cenas mais marcantes do jogo todo, o sacrifício do nosso aliado Zero, personagem que se tornou um dos mais queridos pelos fãs dessa série, futuramente! O Boss da fase é uma aranha bem chata...e também temos que derrotar o "Boomer Kuwanger" novamente.




    Imagens da Primeira Etapa:




    A segunda etapa é mais direta ao ponto, enfrentamos novamente o "Chill Penguin" e o "Storm Eagle", e o Boss é um robô estranho com dois "olhos" que atiram na gente...


    Imagens da Segunda Etapa:




    Na terceira etapa, a maioria dos Mavericks que derrotamos nas 8 fases dão as caras novamente, "Armored Armadillo", "Sting Chameleon", "Spark Mandrill", "Launch Octopus" e "Flame Mammoth", e o Boss da fase é um robô estranho que ataca com eletricidade e tenta esmagar a gente...


    Imagens da Terceira Etapa:




    Na quarta e última etapa, nós finalmente enfrentamos o Sigma! Antes, no entanto, precisamos derrotar o cachorro dele, aqui eu tenho uma dica muito útil, o "Hadouken" mata ambos de primeira! Então, vale a pena reunir todos os "Sub-Tank", "Heart Tank" e upgrades e depois ir na fase do Armadillo pra buscar o "Hadouken" antes de desafiar o Sigma! Porém, após derrotar ambos, ainda tem mais uma luta! O último adversário é um robô gigante controlado pelo Sigma, a fraqueza dele é a arma do Armadillo!


    Imagens da Quarta Etapa:




    Agora, finalmente Sigma foi derrotado, e nosso herói X trouxe paz eterna ao mundo!




    Ou talvez não... mas isso é assunto pra outro tópico... Laughing


    Sigma is ALIVE!!:



    Agradeço a todos que leram o tópico até aqui e até a próxima!!
    avatar
    KSPS
    K♥S>>PS
    K♥S>>PS

    Karma Karma : 2170
    Posts Posts : 5319

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por KSPS em Qui 17 Dez 2015, 20:11

    Uhuuull
    Caraca!! Parabéns pela dedicação ao montar este tópico inteiro. Karmas!!
    Você contando as coisas me fez lembrar de quando jogay. Que jogo incrível!

    Gostaria de comentar, especificamente, dois pontos:
    1. Sobre o Mega Man X, de fato, o criador queria ter feito um "Mega Man com espada". Entretanto, conforme você mesmo falou, o Zero virou um coadjuvante. Mas, aproveitando a popularidade de Zero, a série ganhou uma nova extensão, chamada Mega Man Zero. Portanto, o Mega Man Zero poderia ser o que é o Mega Man X. Amém.

    2. Se você, assim como eu, gosta muito de todo o universo de Mega Man, veja esse vídeo para esclarescer algumas dúvidas sobre a cronologia. Esse vídeo me abriu os olhos para muitos fatos... aliás, como eu não entendia muito inglês, não me atentava tanto às histórias.
    Enfim, Chazzy, veja ae!


    Parabéns pelo tópico. Um dos melhores que já vi neste fórum.
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por vits em Qui 17 Dez 2015, 20:30

    Excelente tópico Chazzy, bastante comprometimento da sua parte em comentar cada fase e boss.

    Pessoalmente eu não sou muito fã da saga X, acho que decaio muito quando comparamos com a série original. Mas consigo entender o porque das pessoas gostarem tanto dela, uma vez que ela é consideravelmente mais acessível aos jogadores.
    avatar
    Math_Geek
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 3267
    Posts Posts : 8349

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Math_Geek em Qui 17 Dez 2015, 20:54

    Excelente o tópico! Deu vontade de jogar até, uma pena que não gosto muito de jogar no meu "super nintendo com o jogo original e teclado adicional com conectividade à internet inclusa" :v
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Chazzy em Qui 17 Dez 2015, 20:56

    @Math_Geek escreveu:Excelente o tópico! Deu vontade de jogar até, uma pena que não gosto muito de jogar no meu "super nintendo com o jogo original e teclado adicional com conectividade à internet inclusa" :v

    Foi nesse modelo de SNES mesmo que joguei. Rolling Eyes
    avatar
    Mastxadows
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1471
    Posts Posts : 3903

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Mastxadows em Qui 17 Dez 2015, 21:19

    Esse jogo é incrível,eu e um amigo meu alugamos esse jogo um monte de vezes.
    A é,o remake dele pro PSP é tão bom quanto.
    avatar
    KSPS
    K♥S>>PS
    K♥S>>PS

    Karma Karma : 2170
    Posts Posts : 5319

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por KSPS em Sex 18 Dez 2015, 12:42

    @Mastxadows escreveu:Esse jogo é incrível,eu e um amigo meu alugamos esse jogo um monte de vezes.
    A é,o remake dele pro PSP é tão bom quanto.

    Hahahhaha
    Eu gostei muito mais da versão de SNES do que a de PSP, não faço ideia porque. E olha que, geralmente, eu gosto de remakes. Mas devo ser o único, porque a versão de PSP é boa também.

    @Chazzy, vai fazer análise de Mega Man X2 e X3 também? Se sim, estou ansioso pela X3. Melhor Mega Man, pra mim.
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Chazzy em Sex 18 Dez 2015, 12:50

    @KSPS escreveu:
    @Mastxadows escreveu:Esse jogo é incrível,eu e um amigo meu alugamos esse jogo um monte de vezes.
    A é,o remake dele pro PSP é tão bom quanto.

    Hahahhaha
    Eu gostei muito mais da versão de SNES do que a de PSP, não faço ideia porque. E olha que, geralmente, eu gosto de remakes. Mas devo ser o único, porque a versão de PSP é boa também.

    @Chazzy, vai fazer análise de Mega Man X2 e X3 também? Se sim, estou ansioso pela X3. Melhor Mega Man, pra mim.

    Ainda não sei, talvez eu faça, mas deve demorar muito, porque o Mega Man X eu conheço de cabo a rabo, pois jogo desde criancinha e já deu bastante trabalho fazer essa análise dele, o X2 e X3 eu teria que jogar do zero, praticamente, pois tive pouco contato com esses jogos.
    avatar
    KSPS
    K♥S>>PS
    K♥S>>PS

    Karma Karma : 2170
    Posts Posts : 5319

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por KSPS em Sex 18 Dez 2015, 13:02

    @Chazzy escreveu:
    @KSPS escreveu:
    @Mastxadows escreveu:Esse jogo é incrível,eu e um amigo meu alugamos esse jogo um monte de vezes.
    A é,o remake dele pro PSP é tão bom quanto.

    Hahahhaha
    Eu gostei muito mais da versão de SNES do que a de PSP, não faço ideia porque. E olha que, geralmente, eu gosto de remakes. Mas devo ser o único, porque a versão de PSP é boa também.

    @Chazzy, vai fazer análise de Mega Man X2 e X3 também? Se sim, estou ansioso pela X3. Melhor Mega Man, pra mim.

    Ainda não sei, talvez eu faça, mas deve demorar muito, porque o Mega Man X eu conheço de cabo a rabo, pois jogo desde criancinha e já deu bastante trabalho fazer essa análise dele, o X2 e X3 eu teria que jogar do zero, praticamente, pois tive pouco contato com esses jogos.
    Entendi.
    No meu caso, o Mega Man que eu conheço de cabo a rabo é o X3. Inclusive, sua análise me despertou a vontade de rejogar essa obra.
    Entretanto, não faria análise por questão de tempo disponível para tal. Até faria, mas não uma como essa =) 

    Aliás, por mais que eu jogue usando o zero em todos os X que ele está disponível, gosto muito da forma que o X3 usa a história e o Zero.
    avatar
    Mazza
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 889
    Posts Posts : 1992

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Mazza em Dom 20 Dez 2015, 19:16

    Taí um game que joguei com gosto. A série X é bem superior a original, na minha opinião. Gosto dos plots, personagens e bosses. Além disso, é um pouco mais piedosa com noobs de Mega Man como eu.

    Meu chefe favorito é o Storm Eagle, mas o considero um dos mais fáceis do jogo caso você tenha a arma do Sting Chameleon. Não lembro como fiz, mas fiquei atirando de um canto da tela, enquanto ele estava em outro, não visível. Nem mergulhar ele tentou (glitch? scratch ).

     Porém, após derrotar ambos, ainda tem mais uma luta! O último adversário é um robô gigante controlado pelo Sigma, a fraqueza dele é a arma do Armadillo!
    Devia ter procurado essa informação antes de enfrentá-lo. Tentei usar o Hadouken contra ele, mas sempre era acertada antes de lançar o tiro. Minha opção foi ficar um tempão atirando e tentando outras armas até o Sigma cair. Jim
    avatar
    Sheik
    Toilette Princess
    Toilette Princess

    Karma Karma : 524
    Posts Posts : 4340

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Sheik em Dom 20 Dez 2015, 21:37

    Eu tiraria meio pontinho. 
    O salto da dificuldade dos Robot Masters pro Sigma é muito brootal.
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Chazzy em Dom 20 Dez 2015, 22:50

    @Mazza escreveu:Taí um game que joguei com gosto. A série X é bem superior a original, na minha opinião. Gosto dos plots, personagens e bosses. Além disso, é um pouco mais piedosa com noobs de Mega Man como eu.

    Meu chefe favorito é o Storm Eagle, mas o considero um dos mais fáceis do jogo caso você tenha a arma do Sting Chameleon. Não lembro como fiz, mas fiquei atirando de um canto da tela, enquanto ele estava em outro, não visível. Nem mergulhar ele tentou (glitch? scratch ).

     Porém, após derrotar ambos, ainda tem mais uma luta! O último adversário é um robô gigante controlado pelo Sigma, a fraqueza dele é a arma do Armadillo!
    Devia ter procurado essa informação antes de enfrentá-lo. Tentei usar o Hadouken contra ele, mas sempre era acertada antes de lançar o tiro. Minha opção foi ficar um tempão atirando e tentando outras armas até o Sigma cair. Jim

    O Storm Eagle é fácil mesmo, uma boa opção também na hora de escolher a ordem das fases é jogar a fase dele depois da fase do Chill Penguin, pois considero a arma dele, a melhor arma do jogo, e não é difícil matar ele com o tiro normal do X! Então pode ser uma boa opção liberar ela mais cedo pra facilitar o percurso pelas outras fases.
    avatar
    twelington
    Veterano Nv.6
    Veterano Nv.6

    Karma Karma : 152
    Posts Posts : 527

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por twelington em Dom 10 Jan 2016, 04:07

    Belo review! E grande jogo, há algum tempo atrás comprei um psp só pra jogar o Remake dele, Megaman X - Maverick Hunter, recomendo demais!
    avatar
    Zuado Pela Vida
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 702
    Posts Posts : 3089

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Zuado Pela Vida em Seg 01 Fev 2016, 02:33

    Uau... espere... UAU! QUE ANÁLISE!
    Parabéns @Chazzy , agora cadê o botão de karmar 2x?

    Já zerei todos os Mega Man e Mega Man X já lançados e posso dizer sem sombra de dúvidas que esse continua sendo o meu favorito Razz

    Lembro que aos 7 anos eu fazia uma espécie de Speedrun nele antes mesmo de saber o conceito de Speedrun, pois na época meu pai só deixava eu jogar 1h por dia então eu jogava ele do começo todos os dias (eu ficava com preguiça de anotar Passwords Embarassed) e cada dia que passava eu ia pegando a manha até chegar ao ponto de zerar no prazo de 1h Razz  (e com 99% completo diga-se de passagem u.u)

    Até hoje eu ainda choro com a primeira das muitas mortes do Zero ç.ç

    Considerações finais: Zero melhor personagem, Storm Eagle e Vile vilões mais badass, fim.

    No aguardo da análise do X5 lol!

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Análise] Mega Man X (SNES)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 21 Ago 2017, 03:48