Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Compartilhe
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Chazzy em Qui 19 Nov 2015, 21:52

    Ao invés de lançamentos anuais, como ocorre com Call of Duty e Assassin's Creed, jogos da Take-Two Interactive seguem outra linha de estreia. A publisher, que está por trás da distribuição de grandes títulos como Grand Theft Auto, Red Dead Dedemption, Max Payne e BioShock, acredita que "anualizar" franquias traz prejuízos às marcas dos jogos.

    Durante a MKM Partners Investor Day, em Nova York, o diretor executivo da Take-Two, Strauss Zelnick, disse o seguinte: "o mercado nos pergunta: 'por que vocês não lançam seus jogos anualmente?'. Pensamos que, tirando os games de esporte, é melhor criar demanda e expectativa. Por um lado descansamos o título e também garantimos a maior qualidade do mercado, o que leva tempo. Você não pode fazer isso anualmente."


    Para o executivo, vale mais ter uma série de franquias e propriedades intelectuais de alta qualidade, lançadas esparsamente, do que uma única ou poucas séries anuais, o que leva a um retorno equivalente ou até maior. "A ideia é ter um punhado de franquias que tenham o impacto econômico de um negócio anual, sem os danos e prejuízos de um negócio anual, como o desgaste e redução de qualidade".

    Ainda durante sua apresentação, Zelnick disse que as principais franquias da Take-Two, como BioShock e Borderlands, vão ter uma agenda de lançamento mais regular. Por outro lado, títulos da Rockstar, que também estão sob o guarda-chuva da empresa, não vão seguir nenhum planejamento, pois estes games possuem ciclos de desenvolvimento mais longos.

    "Queremos deixar o lançamento destes games esparsos o suficiente para que se tornem verdadeiros eventos para os consumidores", declara.

    Qual a sua opinião sobre a "anualização" de jogos? Deixe sua contribuição nos comentários abaixo!

    Fonte: IGN
    avatar
    The Shiro
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 402
    Posts Posts : 1805

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por The Shiro em Qui 19 Nov 2015, 22:07

    Finalmente alguém que pensa por aqui, mas hoje em dia parece que o que importa para algumas empresas é apenas o lucro... 

    Espero que a Ubisoft tenha umas aulinhas com a Take-Two.
    avatar
    Chazzy
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1787
    Posts Posts : 7415

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Chazzy em Qui 19 Nov 2015, 22:10

    theshiro escreveu:Finalmente alguém que pensa por aqui, mas hoje em dia parece que o que importa para algumas empresas é apenas o lucro... 

    Espero que a Ubisoft tenha umas aulinhas com a Take-Two.

    Pois é, isso foi um tapa na cara muito bem dado na Activision e na Ubisoft.

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Skywalker em Qui 19 Nov 2015, 22:12

    Esse pensamento me agrada e segue a mesma filosofia da Nintendo. Lançar jogos de um franquia anualmente (ou até semestralmente) é exaustivo, enjoativo e desgasta a franquia, perdendo credibilidade e qualidade. Um jogo bem feito tem que inovar, hypar e ter bastante qualidade, e realmente não dá para fazer isso com apenas 1 ano. Enfim, concordo com o Strauss!
    avatar
    Robert Prado
    Underwear Hero
    Underwear Hero

    Karma Karma : 5131
    Posts Posts : 6134

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Robert Prado em Qui 19 Nov 2015, 22:14

    Está dando certo com CoD

    É anual, mas divido entre 3 produtoras. Ou seja, a Treyarch entregou agora o BO3, ano que vem começa a trabalhar com o próximo e só no final de 2018 vai lançar ele.

    Acho que pra ser anual, essa é a melhor abordagem
    avatar
    justiceiro
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1071
    Posts Posts : 1801

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por justiceiro em Sex 20 Nov 2015, 00:10

    @Robert Prado escreveu:Está dando certo com CoD

    É anual, mas divido entre 3 produtoras. Ou seja, a Treyarch entregou agora o BO3, ano que vem começa a trabalhar com o próximo e só no final de 2018 vai lançar ele.

    Acho que pra ser anual, essa é a melhor abordagem
    Sim e não. Por exemplo, alguns estão reclamando que o gráfico do call of duty desse ano é pior que o do ano passado, porque a sledghammer de fato faz jogos mais bonitos que a treyarch. Se entre um jogo e outro não existe uma grande adição e melhoria de funcionalidades, por que comprar outro? Outro erro da produtora: ano passado, o tema era um call of duty futurista. Esse ano, também! Por que não deixar uma com futurista, outra com segunda guerra e outra com conflitos atuais?

    Eu gosto mais da abordagem que a nintendo ao menos tenta fazer: um jogo de cada franquia por console, sendo a grande exceção pokemon. Até mesmo mario, que tem duas vezes por ano pelo menos, é com tema diferente. Um ano é tennis, outro é plataforma 3D, outro 2D, outro é kart, etc.

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Ygor Salsa em Sex 20 Nov 2015, 01:51

    @Skywalker escreveu:Esse pensamento me agrada e segue a mesma filosofia da Nintendo. Lançar jogos de um franquia anualmente (ou até semestralmente) é exaustivo, enjoativo e desgasta a franquia, perdendo credibilidade e qualidade. Um jogo bem feito tem que inovar, hypar e ter bastante qualidade, e realmente não dá para fazer isso com apenas 1 ano. Enfim, concordo com o Strauss!
    E fica frustante para os fans das series que compram esses jogos, pois eles sabem que vão ter apenas 1 ano para conseguir zerar e descobrir tudo do jogo antes que chegue o novo. E claro que geralmente as pessoas compram não apenas de 1 franquia então apenas encarece mais ainda e como aqui é Brasil fica um pouco pior do que o resto por enquanto.
    avatar
    Crash10
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 443
    Posts Posts : 1657

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Crash10 em Sex 20 Nov 2015, 02:19

    Devo concordar. Não dá tempo de lançar um game por ano e ter um alto nível de qualidade. Uma solução seria duas produtoras diferentes fazerem a mesma franquia, cada uma lançando um de dois em dois anos, anualizando a série. é o que a Activision faz. Mas isso acaba gerando inconsistência na série.
    avatar
    AlienZ
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2707
    Posts Posts : 1756

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por AlienZ em Sex 20 Nov 2015, 09:00

    @justiceiro escreveu:
    @Robert Prado escreveu:Está dando certo com CoD

    É anual, mas divido entre 3 produtoras. Ou seja, a Treyarch entregou agora o BO3, ano que vem começa a trabalhar com o próximo e só no final de 2018 vai lançar ele.

    Acho que pra ser anual, essa é a melhor abordagem
    Sim e não. Por exemplo, alguns estão reclamando que o gráfico do call of duty desse ano é pior que o do ano passado, porque a sledghammer de fato faz jogos mais bonitos que a treyarch. Se entre um jogo e outro não existe uma grande adição e melhoria de funcionalidades, por que comprar outro? Outro erro da produtora: ano passado, o tema era um call of duty futurista. Esse ano, também! Por que não deixar uma com futurista, outra com segunda guerra e outra com conflitos atuais?

    Acho que só a versão de xbox 360 e ps3 que estão BEM piores que ano passado,parece que está rodando no mínimo em um pc de 2003,as outras versões são o padrão "leve melhoradas nos gráficos" que temos todo ano desde mw2.

    Quanto ao tema,a estratégia deles é a mesma que ocorreu com cod 4,naquela época o jogo popularizou esta temática de fps em período atual,e com isso todo fps queria ter a mesma temática,mas agora está temática está saturada,por isso desde black ops 2 eles vem tentando empurrar essa temática futurista,pra tentar causar a mesma revolução que aconteceu com o primeiro Modern Warfare.Pra eles é mais fácil continuar com essa tática pra popularidade da franquia voltar a crescer já que uma mudança de gameplay não funcionou no passado(por isso BO3 simplificou muito o sistema de movimentos de Advanced Warfare).

    A diferença é que antes foi natural e eles não sabiam que isso iria se tornar a moda,por isso funcionou tão bem,agora eles simplesmente estão forçando esse futurismo pra cod voltar a ser o jogo na qual dita o que será mais popular no gênero dos fps,e voltar no tempo de quando toda empresa queria ter seu próprio cod.
    avatar
    Nan Gamer
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1496
    Posts Posts : 1835

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Nan Gamer em Sex 20 Nov 2015, 10:37

    Concorco. Acho que o desgaste e os jogos excessivamente repetitivos ma hora ou outra enchem o saco. O bom e Call of Duty é o que o Robert falou, a série é divida em mais de uma empresa que fazem os jogos, então acabamos tendo jogos de qualidade, mas eu preferiria que Call of Dutys fossem lançados no mínimo de 2 em 2 anos, pois a qualidade final seria superior a que vemos atualmente.
    avatar
    Thopson
    Membro Nv.3
    Membro Nv.3

    Karma Karma : 24
    Posts Posts : 54

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Thopson em Sex 20 Nov 2015, 10:46

    Não importa se desgastam as franquias ou não, enquanto for lucrativo, irão continuar a fazer.

    Quer que parem com esse hábito? Basta não comprar esses jogos anuais.
    avatar
    Alejandro_
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1404
    Posts Posts : 3901

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Alejandro_ em Sex 20 Nov 2015, 15:43

    Não podemos esquecer que, em alguns casos, são os fãs que pedem.
    Por exemplo, os de Pokémon(Não todos,mas alguns). Mal saiu o OR/AS, e já querem um Pokémon Z ou nova gen, mas depois reclamam que houve poucos novos pokémon/pokémon não muito "criativos"(Chaveiros, Sacos de Lixo, etc).
    E se eles fazem isso, é porque sabem que vai vender.
    Não estou dizendo isso para defender os jogos anuais, mas sim alertar que se continuarmos a comprar esses jogos anualmente, eles(os produtores) nunca vão fazer algo para melhorar a franquia, afinal, " não se mexe em time que está ganhando".
    avatar
    Brake
    Administrador
    Administrador

    Karma Karma : 1550
    Posts Posts : 3712

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Brake em Sex 20 Nov 2015, 16:04

    @Alejandro_ escreveu:Não podemos esquecer que, em alguns casos, são os fãs que pedem.
    Por exemplo, os de Pokémon(Não todos,mas alguns). Mal saiu o OR/AS, e já querem um Pokémon Z ou nova gen, mas depois reclamam que houve poucos novos pokémon/pokémon não muito "criativos"(Chaveiros, Sacos de Lixo, etc).
    E se eles fazem isso, é porque sabem que vai vender.
    Não estou dizendo isso para defender os jogos anuais, mas sim alertar que se continuarmos a comprar esses jogos anualmente, eles(os produtores) nunca vão fazer algo para melhorar a franquia, afinal, " não se mexe em time que está ganhando".

    O fato desta geração ter uma quantidade reduzida de novos Pokémon nem foi por motivo de Pokémon estar sendo lançado quase que anualmente. Creio que o motivo foram as Mega Evoluções, já que o processo de criação delas, basicamente, é o mesmo de um Pokémon, afinal precisam fazer o Design e essas coisas (embora seja mais rápido, pois pegam a base do Pokémon a ser Mega Evoluído), mas se contarmos que cada Mega é um "novo Pokémon" a Geração 6 seria uma das gerações com maior quantidade de Pokémon lançados.

    Sobre o assunto da declaração, concordo que quanto maior o tempo, maior a qualidade. Por mais que você tenha uma equipe diferente para trabalhar em cada um dos jogos anuais, isso não torna livre o problema de desgaste de uma franquia. Fora que, acho que quanto maior o intervalo de tempo de lançamento de jogos, acho que maior é o Hype.

    A anualidade de jogos de uma determinada franquia me incomoda até mesmo com a Nintendo e o Mario. Por mais que os jogos lançados dele são diferentes entre si, acho grande maioria dos spin-offs um tanto "desnecessários". Por exemplo, dos spin-offs de Mario o único que para mim realmente me interessa é Mario Kart, alguns dos outros me parecem mais uma forma de ganhar dinheiro fácil, vide a série New Super Mario Bros., maior exemplo disso, em que os jogos parecem Ctrl C + Ctrl V com algumas diferenças.

    No entanto, é aquilo que o Thopson falou. Enquanto estiverem vendendo por meio deste método, não deixarão de usá-lo.
    avatar
    Crash10
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 443
    Posts Posts : 1657

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Crash10 em Sab 21 Nov 2015, 02:53

    @Brake, pequena correção: New Super Mario Bros. não é spin-off. Faz parte da série Super Mario (a principal da franquia).

    Com Mario, acho um pouco diferente. São várias equipes, cada uma em um jogo diferente. Isso faz com que de tempo de que os jogos possam ser bem-feitos (em sua maioria). A maioria dos spin-offs são feitos por Third Parties, por isso alguns saem meia boca.
    avatar
    Rafaelm
    Membro Nv.27
    Membro Nv.27

    Karma Karma : 121
    Posts Posts : 293

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Rafaelm em Sab 21 Nov 2015, 19:39

    @Brake escreveu:
    @Alejandro_ escreveu:Não podemos esquecer que, em alguns casos, são os fãs que pedem.
    Por exemplo, os de Pokémon(Não todos,mas alguns). Mal saiu o OR/AS, e já querem um Pokémon Z ou nova gen, mas depois reclamam que houve poucos novos pokémon/pokémon não muito "criativos"(Chaveiros, Sacos de Lixo, etc).
    E se eles fazem isso, é porque sabem que vai vender.
    Não estou dizendo isso para defender os jogos anuais, mas sim alertar que se continuarmos a comprar esses jogos anualmente, eles(os produtores) nunca vão fazer algo para melhorar a franquia, afinal, " não se mexe em time que está ganhando".

    O fato desta geração ter uma quantidade reduzida de novos Pokémon nem foi por motivo de Pokémon estar sendo lançado quase que anualmente. Creio que o motivo foram as Mega Evoluções, já que o processo de criação delas, basicamente, é o mesmo de um Pokémon, afinal precisam fazer o Design e essas coisas (embora seja mais rápido, pois pegam a base do Pokémon a ser Mega Evoluído), mas se contarmos que cada Mega é um "novo Pokémon" a Geração 6 seria uma das gerações com maior quantidade de Pokémon lançados.

    Sobre o assunto da declaração, concordo que quanto maior o tempo, maior a qualidade. Por mais que você tenha uma equipe diferente para trabalhar em cada um dos jogos anuais, isso não torna livre o problema de desgaste de uma franquia. Fora que, acho que quanto maior o intervalo de tempo de lançamento de jogos, acho que maior é o Hype.

    A anualidade de jogos de uma determinada franquia me incomoda até mesmo com a Nintendo e o Mario. Por mais que os jogos lançados dele são diferentes entre si, acho grande maioria dos spin-offs um tanto "desnecessários". Por exemplo, dos spin-offs de Mario o único que para mim realmente me interessa é Mario Kart, alguns dos outros me parecem mais uma forma de ganhar dinheiro fácil, vide a série New Super Mario Bros., maior exemplo disso, em que os jogos parecem Ctrl C + Ctrl V com algumas diferenças.

    No entanto, é aquilo que o Thopson falou. Enquanto estiverem vendendo por meio deste método, não deixarão de usá-lo.
    Eu curti bastante o Mario Strikers (o de futebol do wii) e gosto demais da série Paper Mario, não acho esses jogos desnecessários. O de Tenis e de Golfe também fizeram muito sucesso no tempo que sairam, acho grandes jogos, eles só colocam os personagens do mario para ajudar a vender mais, mas a série Paper Mario é uma das melhores que já joguei na vida.

    Conteúdo patrocinado

    Re: "Lançamentos anuais reduzem a qualidade e desgastam franquias", diz executivo da Take-Two

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 15 Dez 2017, 00:48