Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Crônica: Minha Paixão por Super Mario Galaxy 2

    Compartilhe
    avatar
    lpslucasps
    Blast Plus
    Blast Plus

    Karma Karma : 2138
    Posts Posts : 1958

    Crônica: Minha Paixão por Super Mario Galaxy 2

    Mensagem por lpslucasps em Seg 24 Ago 2015, 21:34


    Publicado originalmente no site Nintendo Blast.
    Autor: Lucas Pinheiro Silva
    Revisão: Vitor Tibério
    Capa: Diego Miguéis


    Eu não me apaixonei por Super Mario Galaxy 2 à primeira vista. O certo seria dizer que foi uma “paixão à primeira jogada”. Eu já tinha visto o jogo antes, em revistas e sites de videogame, mas ele nunca me chamou a atenção. Só tive a oportunidade de jogá-lo cerca de dois anos depois de seu lançamento, quando meu irmão convenceu nossa mãe a comprar um Nintendo Wii. Quando vi o jogo em ação, com aquele visual, música e jogabilidade maravilhosas, fui fisgado na hora.
    Sei que não fui o único a me apaixonar pelo game naquele momento. Meu irmão caçula, que estava comigo, também parecia enamorado com o jogo. Quando chegamos à segunda fase e pegamos o Yoshi pela primeira vez, instintivamente nos olhamos, com um sorriso bobo no rosto, e falamos ao mesmo tempo: “Olha, o Yoshi!”. Provavelmente esta foi a mesma reação que tivemos quando jogamos Super Mario World (SNES) pela primeira vez.

    Completamente deslumbrado com a obra, comecei uma maratona do game, jogando até tarde da noite. Rapidamente o zerei. Em dois dias consegui vencer o último chefe. Ao final da semana, já tinha conseguido todas as estrelas. Toda minha experiência até aquele momento tinha sido maravilhosa. Eu tinha certeza que aquele era um dos melhores jogos que eu já tinha jogado em toda minha vida.
    Eu estava errado.

    Reencontrando meu grande amor

    Após zerá-lo pela primeira vez, só fui jogar Super Mario Galaxy 2 novamente cerca de um anos depois. Eu já não estava mais morando com meus pais, vivia sozinho em um pequeno apartamento de Belo Horizonte. O Nintendo Wii havia ficado na casa de meus pais, o que fazia sentido: eu não teria tempo para jogar por causa da faculdade e o videogame havia sido um presente para meu irmão, não para mim.

    Quando minhas férias chegaram, fui visitar meus pais. Além de matar a saudade da família (meu principal objetivo), aproveitei a oportunidade para matar a saudade do Wii (bônus). O primeiro jogo que botei nele, sem pensar duas vezes, foi SMG2.

    Eu não tinha percebido como sentia falta daquele game. Em poucos minutos de jogo, era como se eu estivesse em transe, deslumbrado com tudo o que via na tela. Qual foi a última vez que me diverti tanto com um game? Eu sabia exatamente a resposta: na última vez que joguei Super Mario Galaxy 2, há pouco mais de um ano.
    Enquanto jogava, provavelmente com o mesmo sorriso bobo de um ano atrás em meu rosto, minha mãe entrou na sala e ficou observando o game um pouco. Após alguns minutos, ela perguntou: “Que jogo é esse?”

    “Este é o melhor jogo que já joguei na minha vida”, respondi automaticamente.
    Minha mãe deu uma pequena risadinha e saiu da sala. Em minha mente, também soltei um pequeno riso. “O” melhor jogo? Será que eu tinha certeza disso? Eu já considerava ele “um” dos melhores games que eu tinha jogado, mas “o”? Um pequeno artigo fazia toda a diferença do mundo.

    Eu já tinha jogado muitos games excelentes antes, e me apaixonado por vários deles. Todos eles entravam em minha hipotética lista de “Melhores Jogos que Já Joguei”. Mas essa lista, até o momento, não era um ranking. Não havia um jogo que ocupasse seu topo e eu considerasse melhor que todos. Amava cada um daqueles games a seu próprio modo.
    Curiosamente, nenhum Mario estava neste seleto grupo pessoal até eu jogar Super Mario Galaxy 2 — que, naquele momento, ameaçava também tomar o trono de melhor experiência ludoeletrônica que já tive o prazer de jogar. Mas eu não podia ceder este posto tão facilmente.

    Decidi que jogaria o game com um olhar mais crítico, como se estivesse jogando para escrever uma análise. Prestaria atenção em todos seus acertos e, principalmente, defeitos. “Provavelmente estragarei este jogo para mim para sempre e nunca mais o jogarei com tanto prazer quanto antes”, pensei.
    Pela segunda vez, eu estava errado.

    Obra-prima imperfeita

    Obviamente, percebi muitas falhas no jogo. A câmera às vezes confusa, o hubworld simplista (um verdadeiro retrocesso se comparado a Super Mario Galaxy ou até mesmo Super Mario 64), os desafios muitas vezes repetitivos das Comet Stars, as desapontadoras batalhas contra o Bowser… Não existe obra-prima perfeita, e Super Mario Galaxy 2 provava isso muito bem.

    Apesar disso, mesmo tentando ser o mais crítico possível não fui capaz de encontrar nenhuma grande falha. SMG2 executava o que se propunha a fazer de forma magistral. Sua criatividade, variedade, precisão mecânica, beleza estética, trilha sonora e level design somavam-se para criar aquela que era, indubitavelmente, a magnum opus dos jogos de plataforma.
    Eu joguei, rejoguei e re-rejoguei, ficando apenas mais apaixonado pelo jogo a cada ciclo. Meu “olhar crítico” (se é que tenho um) não me fez pensar menos de Super Mario Galaxy 2, apenas apreciar ainda mais tudo o que ele fazia certo e o imensurável cuidado colocado em cada galáxia do jogo.

    Não existe obra-prima perfeita, mas Super Mario Galaxy 2 me provava que era possível chegar bem perto disso.

    Até hoje, meu grande amor

    Joguei muitos games depois daquelas férias mágicas na casa dos meus pais, novos e antigos. Vários foram excelentes, hoje em dia integrando minha mítica lista de “Melhores Jogos que Já Joguei”. Mas, até o presente momento, quando me perguntam sobre Super Mario Galaxy 2, ainda falo a mesma coisa que disse à minha mãe anos atrás: este é o melhor jogo que já joguei na minha vida.
    Eu gosto de pensar que a indústria dos games está em constante evolução, então espero que algum outro game conquiste este posto no futuro. Provavelmente, quando este dia chegar, falarei: “Este jogo é melhor do que Super Mario Galaxy 2.”

    Este texto foi originalmente publicado através do projeto #Mario30th, uma série de crônicas em que vários redatores relatam os 30 anos de Mario através de suas experiências pessoais. Leia mais sobre o projeto e confira outras histórias com o bigodudo!
    avatar
    Master Red
    Veterano Nv.19
    Veterano Nv.19

    Karma Karma : 264
    Posts Posts : 873

    Re: Crônica: Minha Paixão por Super Mario Galaxy 2

    Mensagem por Master Red em Seg 24 Ago 2015, 22:07

    Eu lembro quando ganhei um Wii, todo animado com meus 10/11 anos slá, querendo jogar Twilight Princess que eu estava hypado pra jogar a praticamente 1/2 anos, quando coloquei aquele lindo CD pirata do Mario Galaxy 1 e quando de repente, eu finalmente tinha descobrido por que eu jogava videogames, eu não consigo descrever a emoção que senti, mas eu senti uma alegria que parece que só aquele jogo podia dar, até que uns anos depois o SMG2 é lançado e é simplesmente mil vezes melhor que o original, mesmo assim aquela magia nostalgia de jogar video game eu só senti jogando SMG1 mesmo, é definitivamente meu jogo preferido de todos os tempos.



    Melhor musica que eu ouvi na minha vida!
    Ela simplesmente dá alegria em qualquer momento que eu ouço, é lindo pra cacete ;w;
    avatar
    Felipe Fabricio
    Great Revival
    Great Revival

    Karma Karma : 2182
    Posts Posts : 7565

    Re: Crônica: Minha Paixão por Super Mario Galaxy 2

    Mensagem por Felipe Fabricio em Seg 24 Ago 2015, 22:11

    Lindo texto! ;-;

    Me sinto assim com Fire Emblem... Não sei porque, acho os jogos da saga, todos, em geral, tão lindos, tão... *-*

    Minha história com SMG2 é engraçada. Eu tinha uma amiga que comprou o Wii e foi comprar NSMBWii, mas deu um erro e ela acabou com SMG2. A gente jogou muito aquilo. Um dia, eu emprestei o jogo dela e minha irmã brigou com ela, ficaram um mês sem se falar. Nesse tempo, eu zerei o jogo, fiz side-quests e etc.

    A gente só "se perdoou" quando, na verdade, a gente decidiu que não era legal ficar com o jogo brigado com a menina. Quando a gente foi devolver, a gente fez as pazes e voltamos a jogar. Foi legal.

    Mas, novamente, texto excelente Clap
    avatar
    Zuado Pela Vida
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 702
    Posts Posts : 3089

    Re: Crônica: Minha Paixão por Super Mario Galaxy 2

    Mensagem por Zuado Pela Vida em Seg 24 Ago 2015, 22:21

    @Felipe Fabricio escreveu:Lindo texto! ;-;

    Me sinto assim com Fire Emblem... Não sei porque, acho os jogos da saga, todos, em geral, tão lindos, tão... *-*

    Minha história com SMG2 é engraçada. Eu tinha uma amiga que comprou o Wii e foi comprar NSMBWii, mas deu um erro e ela acabou com SMG2. A gente jogou muito aquilo. Um dia, eu emprestei o jogo dela e minha irmã brigou com ela, ficaram um mês sem se falar. Nesse tempo, eu zerei o jogo, fiz side-quests e etc.

    A gente só "se perdoou" quando, na verdade, a gente decidiu que não era legal ficar com o jogo brigado com a menina. Quando a gente foi devolver, a gente fez as pazes e voltamos a jogar. Foi legal.

    Mas, novamente, texto excelente Clap

    Que experiencia alá anime/série Laughing

    Eu sempre, SEMPRE, quis jogar SMG1 & 2 e o Sunshine mas infelizmente nunca tive os devidos consoles e nunca tive um PC q rodasse decentemente os jogos no emulador... Pelo visto vou passar o resto da minha vida tendo q me contentar com gameplays do Youtube T^T

    btw, ótimo texto!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Crônica: Minha Paixão por Super Mario Galaxy 2

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 16 Ago 2017, 12:31