Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Compartilhe
    avatar
    Simplesmente Gian
    Veterano Nv.22
    Veterano Nv.22

    Karma Karma : 298
    Posts Posts : 936

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Simplesmente Gian em Sab 28 Fev 2015, 23:41

    Simples, pra cada lançamento de peso, faz um marketing ao nivel de Mario Kart 8 (se bem que sairia exorbitantemente caro, mas o jogo possívelmente venderia +)
    avatar
    ari789
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1975
    Posts Posts : 6452

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por ari789 em Dom 01 Mar 2015, 02:20

    Depois perguntam por quê atualmente apenas os amantes da Nintendo de antigamente ainda compram seus consoles...

    Como já falaram aqui,Invistam em um Marketing pesado em seus jogos de peso... falem menos e ajam mais,as coisas não são mais como na era do Super Nintendo,está na hora de mudar...

    O Wii U não atrai novos jogadores isso é fato... a Nintendo não consegue atrair outros públicos para o seu console alem daqueles que amam os exclusivos da Nintendo... tirem o Iwata do cargo e coloquem alguém que não fique preso ao passado,tá na hora da Nintendo perceber que as coisas não são mais como antigamente.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Convidado em Dom 01 Mar 2015, 07:29

    O engraçado é que alguns que falam da Nintendo ser conservadora ou viver do passado, não aceitam a moderna e clara visão de que videogames perderam sue espaço e que PCs e Smartphones são os atuais dominantes, sendo assim todos os consoles são apenas empecilhos para que todos tenham acesso a todos os jogos, mas é claro que quando falo isso ai vem o argumento da "magia dos consoles" e esse conservadorismo ultrapassado.

    O único motivo que eu ainda vejo para um console são ideias como o Gamepad, fora isso PCs já dão conta e o mercado já percebeu isso já que atualmente PC tem um mercado maior e até os consoles estão tentando seguir arquiteturas mais parecidas com PCs para facilitar para os desenvolvedores, ou seja, quem odeia o Power PC esta indiretamente concordando e colaborando para a supremacia do PC.

    Consoles atualmente estão sendo PCs não personalizáveis presos a um OS e empresa, enfim, tenho que rir dessas pessoas que falam de uma empresa viver do passado mas defende a necessidade de consoles.XD
    avatar
    Brake
    Administrador
    Administrador

    Karma Karma : 1550
    Posts Posts : 3712

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Brake em Dom 01 Mar 2015, 10:22

    Hunk escreveu:O engraçado é que alguns que falam da Nintendo ser conservadora ou viver do passado, não aceitam a moderna e clara visão de que videogames perderam sue espaço e que PCs e Smartphones são os atuais dominantes, sendo assim todos os consoles são apenas empecilhos para que todos tenham acesso a todos os jogos, mas é claro que quando falo isso ai vem o argumento da "magia dos consoles" e esse conservadorismo ultrapassado.

    O único motivo que eu ainda vejo para um console são ideias como o Gamepad, fora isso PCs já dão conta e o mercado já percebeu isso já que atualmente PC tem um mercado maior e até os consoles estão tentando seguir arquiteturas mais parecidas com PCs para facilitar para os desenvolvedores, ou seja, quem odeia o Power PC esta indiretamente concordando e colaborando para a supremacia do PC.

    Consoles atualmente estão sendo PCs não personalizáveis presos a um OS e empresa, enfim, tenho que rir dessas pessoas que falam de uma empresa viver do passado mas defende a necessidade de consoles.XD

    O bom dos PCs, ao meu ver, é o poderio gráfico deles (que pode ser personalizável) e o preço dos jogos ser menor do que comparado a consoles. No entanto, ainda acredito que os consoles são importantes, por causa de dois aspectos: inovação e exclusivos.

    Consoles podem inovar na forma de jogar, assim como a Nintendo fez com, por exemplo, o Wii Remote do Wii e o Gamepad do Wii U. Isto já se difere dos PCs que tem sua forma de jogar estática, ou seja, não muda. E muitos exclusivos dos consoles valem a pena, acaba que se você se focar apenas em PC perderá muitos jogos bons que estão nos consoles.

    E algumas vezes acaba também que o orçamento de um PC Gamer que seja realmente bom fica maior que o de um console convencional (salvo exceções), mas tens razão quando diz que o PC é importante para o mercado gamer atual, embora estes poréns.

    On-topic: Boa visão da Nintendo. Dentre as três potências da indústria gamer ela sempre foi a mais fraquinha em questão de marketing. Espero que com ideias como essa parceria com os youtubers ela se sobressaía nesse aspecto.
    avatar
    Tac
    Iniciante Nv.4
    Iniciante Nv.4

    Karma Karma : 3
    Posts Posts : 8

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Tac em Dom 01 Mar 2015, 10:26

    Moram no Brasil e ainda acham que entende o marketing da Nintendo, que provavelmente vai muito além dos comercias de televisão.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Convidado em Dom 01 Mar 2015, 10:39

    @Brake escreveu:
    Hunk escreveu:O engraçado é que alguns que falam da Nintendo ser conservadora ou viver do passado, não aceitam a moderna e clara visão de que videogames perderam sue espaço e que PCs e Smartphones são os atuais dominantes, sendo assim todos os consoles são apenas empecilhos para que todos tenham acesso a todos os jogos, mas é claro que quando falo isso ai vem o argumento da "magia dos consoles" e esse conservadorismo ultrapassado.

    O único motivo que eu ainda vejo para um console são ideias como o Gamepad, fora isso PCs já dão conta e o mercado já percebeu isso já que atualmente PC tem um mercado maior e até os consoles estão tentando seguir arquiteturas mais parecidas com PCs para facilitar para os desenvolvedores, ou seja, quem odeia o Power PC esta indiretamente concordando e colaborando para a supremacia do PC.

    Consoles atualmente estão sendo PCs não personalizáveis presos a um OS e empresa, enfim, tenho que rir dessas pessoas que falam de uma empresa viver do passado mas defende a necessidade de consoles.XD

    O bom dos PCs, ao meu ver, é o poderio gráfico deles (que pode ser personalizável) e o preço dos jogos ser menor do que comparado a consoles. No entanto, ainda acredito que os consoles são importantes, por causa de dois aspectos: inovação e exclusivos.

    Consoles podem inovar na forma de jogar, assim como a Nintendo fez com, por exemplo, o Wii Remote do Wii e o Gamepad do Wii U. Isto já se difere dos PCs que tem sua forma de jogar estática, ou seja, não muda. E muitos exclusivos dos consoles valem a pena, acaba que se você se focar apenas em PC perderá muitos jogos bons que estão nos consoles.

    E algumas vezes acaba também que o orçamento de um PC Gamer que seja realmente bom fica maior que o de um console convencional (salvo exceções), mas tens razão quando diz que o PC é importante para o mercado gamer atual, embora estes poréns.

    On-topic: Boa visão da Nintendo. Dentre as três potências da indústria gamer ela sempre foi a mais fraquinha em questão de marketing. Espero que com ideias como essa parceria com os youtubers ela se sobressaía nesse aspecto.

    Então mano, foi isso que eu disse, consoles com exceção de ideias como o gamepad só estão servindo para que nem todos possam ter acesso a todos os jogos (exclusivos no caso).

    Sobre o PC ter sua forma de jogar estática, na verdade ele até aceitam Wiimotes por exemplo, mas o caos é que como isso não é obrigatório acaba sendo "abafado" (é por isso que apoio a idéia do gamepad obrigatório no WiiU).=D
    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por vits em Dom 01 Mar 2015, 10:42

    @Brake escreveu:
    O bom dos PCs, ao meu ver, é o poderio gráfico deles (que pode ser personalizável) e o preço dos jogos ser menor do que comparado a consoles. No entanto, ainda acredito que os consoles são importantes, por causa de dois aspectos: inovação e exclusivos.

    Os computadores oferecem soluções muito além do "poderio gráfico", eles são ferramentas personalizáveis de amplo espectro, isso quer dizer que  no caso de jogos, elas são as únicas plataformas que podem literalmente propor uma forma única de jogar seus jogos favoritos. Com ferramentas como editores, os jogos ganham muito mais conteúdo, mesmo após anos do termino do suporte por parte da produtora.

    Em termos de inovação, não se esqueça que os computadores são percursores de diversa áreas do gênero, a realidade aumentada que deve se tornar o foco da próxima geração, tem seu início nos computadores. Além disso, por conta de sua imensa compatibilidade, praticamente qualquer controle pode ser usado no aparelhos, tanto que ele possui pelo menos uma dúzia de controladores por movimento, entre eles o Hydra e o Leap, além de suporte ao Kinect e outros menos conhecidos.

    Em relação a exclusivos, isso já se tornou uma discussão antiga, os computadores tem hoje, em número a maior quantidade exclusivos, além de possuir os exclusivos mais populares do mercado e uma retrocompatibilidade virtualmente ilimitada.

    @Brake escreveu:
    Consoles podem inovar na forma de jogar, assim como a Nintendo fez com, por exemplo, o Wii Remote do Wii e o Gamepad do Wii U. Isto já se difere dos PCs que tem sua forma de jogar estática, ou seja, não muda. E muitos exclusivos dos consoles valem a pena, acaba que se você se focar apenas em PC perderá muitos jogos bons que estão nos consoles.

    Pelo contrário, existem diversas formas de se jogar nos computadores, em suma você pode usar os controladores que quiser, só cabendo a desenvolvedora ou os modders oferecer suporte adequado a eles. E sim, existem exclusivos de console que valem a pena, justamente por isso o futuro deveria caminhar para a extinção desses aparelhos, assim todos os jogadores poderiam aproveitar seus jogos, da forma como quisessem, na plataforma com o maior número de vantagens, que são os computadores.

    @Brake escreveu:
    E algumas vezes acaba também que o orçamento de um PC Gamer que seja realmente bom fica maior que o de um console convencional (salvo exceções), mas tens razão quando diz que o PC é importante para o mercado gamer atual, embora estes poréns.

    Isso depende, computadores não são como consoles que vem em uma única configuração, se o seu objetivo é ter um aparelho capaz de perdurar por diversas "gerações de console", é claro que você terá de desembolsar uma quantidade maior de dinheiro. Porém, você terá em mãos uma máquina muito mais poderosa, confiável e com um ciclo de vida maior, do que as vendidas pelos fabricantes de consoles.

    @Brake escreveu:
    On-topic: Boa visão da Nintendo. Dentre as três potências da indústria gamer ela sempre foi a mais fraquinha em questão de marketing. Espero que com ideias como essa parceria com os youtubers ela se sobressaía nesse aspecto.

    A "pareceria" com Youtubers na realidade é apenas uma jogada de marketing bem falha,, já que além de afastar os canais grandes, ainda inibe que os pequenos e médios cresçam. O que ela ganha com isso na questão de publicidade é o poder de censura, que pode sim fazer alguma diferença.
    avatar
    AlienZ
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2707
    Posts Posts : 1756

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por AlienZ em Dom 01 Mar 2015, 11:12

    @vits escreveu:Pelo contrário, existem diversas formas de se jogar nos computadores, em suma você pode usar os controladores que quiser, só cabendo a desenvolvedora ou os modders oferecer suporte adequado a eles. E sim, existem exclusivos de console que valem a pena, justamente por isso o futuro deveria caminhar para a extinção desses aparelhos, assim todos os jogadores poderiam aproveitar seus jogos, da forma como quisessem, na plataforma com o maior número de vantagens, que são os computadores.

    Sem os exclusivos é basicamente enfraquecer ainda mais a concorrência assim como essa tal "futura extinção" dos consoles,e você desconsidera que tem pessoas que gostam desses consoles fracotes,assim como tem gente que gosta que cada console tenha seus exclusivos,isso de sonhar numa plataforma com todos os jogos existentes infelizmente é só um sonho,tem empresas que preferem trabalhar em celulares,consoles ou computadores e que sabe-se lá se a qualidade continuaria a mesma se estes saíssem de sua zona de conforto,e não,não é com exterminação de plataforma nenhuma isso se tornará plausível.PC gamers acham que são os únicos que existem por ai,isso é papo de elitista que não consegue conviver com o fato de que tem pessoas que preferem outras plataformas.

    Isso depende, computadores não são como consoles que vem em uma única configuração, se o seu objetivo é ter um aparelho capaz de perdurar por diversas "gerações de console", é claro que você terá de desembolsar uma quantidade maior de dinheiro. Porém, você terá em mãos uma máquina muito mais poderosa, confiável e com um ciclo de vida maior, do que as vendidas pelos fabricantes de consoles.

    Nem sempre,o xbox 360 está a quase 10 anos no mercado e ainda tem um desempenho excelente em jogos,ps2 recebe jogos até hoje(mesmo que sejam jogos capados),o nintendo ds também,apesar de duvidar que esses casos continuem acontecendo de agora em diante,mas normalmente é num console investimento para 4-8 anos em média,enquanto você terá que atualizar seu pc no minimo de 5 em 5 anos se quiser ter esse "ciclo de vida maior",ou até mesmo ter que comprar um equipamento do zero que basicamente é a mesma coisa que comprar um console novo.

    A "pareceria" com Youtubers na realidade é apenas uma jogada de marketing bem falha,, já que além de afastar os canais grandes, ainda inibe que os pequenos e médios cresçam. O que ela ganha com isso na questão de publicidade é o poder de censura, que pode sim fazer alguma diferença. 

    Muito pelo contrário amigo,quem sai mais beneficiado são os canais pequenos que podem ter uma network mais rapidamente,os únicos que se fodem são os youtubers ""grandes"" e os posers que fazem vídeos exclusivamente por dinheiro. Quanto a censura acho que até agora não vimos nenhum caso,até agora essa tal censura nada mais passa de outro bode expiatório que os youtubers ""grandes"" criaram.
    avatar
    Ryuuma
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1248
    Posts Posts : 2191

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Ryuuma em Dom 01 Mar 2015, 11:25

    @Tac escreveu:Moram no Brasil e ainda acham que entende o marketing da Nintendo, que provavelmente vai muito além dos comercias de televisão.

    Seu argumento não poderia ser mais retartado, tendo em vista que o Marketing na televisão é um dos poucos que nós, brasileiros, não podemos opinar. Já que, devido ao acesso à internet, podemos avaliar outras formas de publicidade que a nintendo pratica, vide o site de smash bros.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Convidado em Dom 01 Mar 2015, 11:28

    @AlienZ escreveu:
    Sem os exclusivos é basicamente enfraquecer ainda mais a concorrência assim como essa tal "futura extinção" dos consoles,e você desconsidera que tem pessoas que gostam desses consoles fracotes,assim como tem gente que gosta que cada console tenha seus exclusivos,isso de sonhar numa plataforma com todos os jogos existentes infelizmente é só um sonho,e não é com exterminação de plataforma nenhuma que isso se tornará plausível.PC gamers acham que são os únicos que existem por ai,isso é papo de elitista que não consegue conviver com o fato de que tem pessoas que preferem outras plataformas.

    Apenas dizendo mano, o sonho de uma plataforma livre não é "elitismo", na verdade multiplas plataformas fechadas que passam essa imagem, PCs são abertos, são os "hardwares livres" da indústria; se fosse para existir apenas uma unica plataforma (que diversos desenvolvedores já disseram que gostariam muito) PCs seriam a escolha mais justa e livre.

    Atualmente quandos e fala em jogos, PCs e Smarphones estão na frente, consoles estão sendo considerados artigos de "luxo".

    @AlienZ escreveu:
    Nem sempre,o xbox 360 está a quase 10 anos no mercado e ainda tem um desempenho excelente em jogos,ps2 recebe jogos até hoje(mesmo que sejam jogos capados),o nintendo ds também,apesar de duvidar que esses casos continuem acontecendo de agora em diante,mas normalmente é num console investimento para 4-8 anos em média,enquanto você terá que atualizar seu pc no minimo de 5 em 5 anos se quiser ter esse "ciclo de vida maior",ou até mesmo ter que comprar um equipamento do zero que basicamente é a mesma coisa que comprar um console novo.

    Ninguém é obrigado a manter as configurações sempre no alto, consoles muitas vezes mantem gráficos equivalentes ao low do PC e ninguém reclama, só atualiza Pc de 5 em 5 anos quem quer se manter sempre no potencial alto.=D
    avatar
    Alejandro_
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1404
    Posts Posts : 3901

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Alejandro_ em Dom 01 Mar 2015, 11:30

    Isso poderia ser resolvido facilmente caso fosse possível trocar as peças do console. A nova geração poderia custar somente uns 100$, ou, poderia custar uns 500$, mas que durasse bastante.
    Esse sistema seria o ideal, já que o tempo de vida últil de uma geração podera ser reduzida para 4,5 anos.

    avatar
    vits
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2542
    Posts Posts : 4922

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por vits em Dom 01 Mar 2015, 12:03

    @AlienZ escreveu:
    Sem os exclusivos é basicamente enfraquecer ainda mais a concorrência assim como essa tal "futura extinção" dos consoles,e você desconsidera que tem pessoas que gostam desses consoles fracotes,assim como tem gente que gosta que cada console tenha seus exclusivos,isso de sonhar numa plataforma com todos os jogos existentes infelizmente é só um sonho,tem empresas que preferem trabalhar em celulares,consoles ou computadores e que sabe-se lá se a qualidade continuaria a mesma se estes saíssem de sua zona de conforto,e não,não é com exterminação de plataforma nenhuma isso se tornará plausível.PC gamers acham que são os únicos que existem por ai,isso é papo de elitista que não consegue conviver com o fato de que tem pessoas que preferem outras plataformas.

    Amigo, a questão que tanto eu quanto o Hunk levantamos é que a existência dos diversos consoles serve justamente para segregar os jogadores e criar esse tipo de rivalidade sem sentido. E vou ser sincero eu não gosto da ideia de ter que comprar diversas plataformas diferentes apenas pra poder jogar os jogos que me chamaram atenção e como consumidor, a minha vida seria muito mais fácil se todas as plataformas estivessem unificadas em uma só.

    Exato, não sabemos como ficaria a qualidade desses estúdios ao passarem a produzir para outra plataforma, justamente por isso que os computadores e os smartphones são as escolhas óbvias para essa transição. Ambos são caixas de areia praticamente sem restrições, isso quer dizer que as empresas teriam uma transição suave e muitas delas já se mostraram excelente produtores nesse "novo" mercado, veja a Sega por exemplo.

    Agora se pensar no que é melhor para o bolso dos consumidores e para os orçamentos dos estúdios é ser elitista, então por favor mande uma carta para o Houaiss atualizar o dicionário.
    @AlienZ escreveu:
    Nem sempre,o xbox 360 está a quase 10 anos no mercado e ainda tem um desempenho excelente em jogos,ps2 recebe jogos até hoje(mesmo que sejam jogos capados),o nintendo ds também,apesar de duvidar que esses casos continuem acontecendo de agora em diante,mas normalmente é num console investimento para 4-8 anos em média,enquanto você terá que atualizar seu pc no minimo de 5 em 5 anos se quiser ter esse "ciclo de vida maior",ou até mesmo ter que comprar um equipamento do zero que basicamente é a mesma coisa que comprar um console novo.

    Me referi a ter um ciclo de vida ainda dentro do que é atualmente produzido, ou seja, aparelhos que conseguem manter um nível de qualidade mínimo da época durante mais de uma época, nessa questão apenas os computadores já se mostraram capazes disso. Atualização de cinco em cinco anos? Da onde você tirou uma estatística dessas ? Basta olhar as configurações mínimas dos últimos lançamentos, a grande maioria exige componentes que estão a quase uma década no mercado e ainda vão garantir a qualidade mínima daquele software. E isso é exponencial, ou seja, quanto mais você  investe no passado, menos você terá que investir na renovação e ainda vai se manter na mesma faixa de qualidade que você costuma encontrar nos consoles.

    Veja, tenho uma máquina que foi montada em 2006 por mais ou menos R$:2000, a maioria dos componentes dela são considerados intermediários. Mas até hoje ela consegue rodar a maior parte dos jogos nas configurações mínimas, com alguns efeitos. Se eu tivesse investido um pouco mais no componente de vídeo, ela com certeza poderia ser comparada em termos de qualidade a uma console da "nova" geração e caso eu venha agora a atualiza-la, ela ficará estável até final da geração e até alguns anos além.

    E eu não vou nem me adentrar na questão da otimização, jogos que são feitos pensados em uma máquina, tendem a usar melhor suas propriedades. Com apenas uma plataforma, a qualidade geral dos jogos daria um salto.
    @AlienZ escreveu:
    Muito pelo contrário amigo,quem sai mais beneficiado são os canais pequenos que podem ter uma network mais rapidamente,os únicos que se fodem são os youtubers ""grandes"" e os posers que fazem vídeos exclusivamente por dinheiro. Quanto a censura acho que até agora não vimos nenhum caso,até agora essa tal censura nada mais passa de outro bode expiatório que os youtubers ""grandes"" criaram.

    Isso é o que o programa passa a primeiro momento, mas se você parar para analisa-lo mais afundo vai perceber que o efeito é justamente o contrário. Canais que aderem ao serviço estão sujeitos a uma taxa muito maior (que podem variar de acordo com o "humor" da Big N)  do que a atualmente cobrada pelas Networks, além disso ficam restritos de realizarem qualquer outro tipo de parceria, isso somado ao já inexistente suporte da Nintendo em relação ao makerting, torna ainda mais complicado para um canal pequeno ou médio crescer, principalmente se ele for um canal dedicado.

    Veja bem, um canal dedicado de porte intermediário, capaz de gerar a renda mínima para se manter, acaba perdendo mais da metade desse capital por conta do programa. Se antes ele era capaz de gerar uma receita líquida de U$:16.000 anuais (salário mínimo dos EUA), depois de aderir a esse programa, esse capital cai para pouco menos de U$:7.000. E o único benefício que o dono do canal recebe por esse corte é o direito de continuar a fazer vídeos, não sei você, mas não me parece tão bom para canais pequenos.

    E a censura é uma possibilidade que existe e está inclusa no contrato com a empresa, não é porque ainda não vimos ocorrer, que ela não exista.

    Mas se eu ofendi você de qualquer maneira por dizer que os consoles deveriam ser extintos, saiba que não foi minha intenção. Sou apenas um consumidor, que está mais preocupado em gastar a menor quantidade de dinheiro possível enquanto jogo a maior quantidade de jogos possíveis, do que me preocupar em manter uma bandeira de uma plataforma.  

    Conteúdo patrocinado

    Re: Iwata diz que a Nintendo precisa repensar em como eles promovem e vendem seus produtos

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 10 Dez 2017, 22:40