Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Compartilhe
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Lucasmon em Sex 05 Dez 2014, 12:26

    Estou trazendo para vocês a minha análise dos remakes de Ruby & Sapphire, que publiquei originalmente no site Somos Nintendo. Se vocês puderem comentar lá também, seria legal, mas o objetivo é debater aqui no fórum sobre a visão que vocês tiveram de OR/AS. Espero que gostem!

    *****
    MUITO MAIS QUE UM REMAKE





    Ao finalizar OR/AS, algo ficou muito claro para mim: esses jogos não foram remakes, mas sim novas versões que apenas se passam em Hoenn novamente. Todavia, no decorrer da história, muitos elementos e diálogos vistos em RS podem ser notados, porém isso não exclui o fato que a trama das Primal Forms e Mega Evoluções tenha alterado drasticamente o enredo visto originalmente no GBA. Conforme você progride em sua jornada, diversas vezes ligações feitas a região de Kalos são apresentadas, ficando evidente que a Game Freak inseriu totalmente Omega Ruby & Alpha Sapphire no contexto da sexta geração, além de que deixou muitas pistas para os próximos jogos da franquia. Mas isso é papo para outro artigo.

    Com a história principal modificada, (não entrarei em detalhes nessa análise para dar o mínimo de spoilers) OR/AS diferenciam-se muito dos outros remakes da franquia, como Heart Gold & Soul Silver, pegando como exemplo mais recente. Na remasterização da região de Johto, detalhes da versão Crystal foram embutidos no enredo de HG & SS, porém pouco alterou o visto anteriormente em Gold & Silver. Já nesses remakes de Ruby & Sapphire, é possível presenciar a mudança que sobretudo as mega evoluções causaram como um todo em Hoenn, o que provocou instantaneamente a exclusão da necessidade de utilizar elementos da trama de Emerald no decorrer da aventura. Ou seja, a tão pedida cena de Rayquaza encerrando o conflito de Kyogre e Groudon não marcou presença em OR/AS, justamente por não fazer sentido no novo contexto que os jogos trouxeram ao jogador. Esse exemplo que acabei de citar é apenas uma das muitas características de Emerald que não foram aproveitadas, indo de contrapartida ao que ocorreu em Heart Gold & Soul Silver, onde a história também girava em torno de Suicune, referindo-se claramente ao também ocorrido em Crystal.

    Concluindo o pensamento, HG & SS foram muito mais remakes do que OR/AS, olhando obviamente para a questão da história. E essa modificação aconteceu pelo impacto das novidades da mega evolução na franquia, a qual exigiu uma explicação de sua origem, tema que é desenvolvido na trama de Omega Ruby & Alpha Sapphire. Já em HeartGold & SoulSilver, pouco se alterou, afinal DPP não abordaram algo tão significativo para exigir um novo enredo. Obviamente, como disse no início do texto, muito do visto em Ruby & Sapphire foi mantido nos novos jogos, entretanto todos os acontecimentos desenvolveram-se de uma maneira diferente e condizente sobretudo com as Primal Forms de Groudon e Kyogre, e com a mega evolução de Rayquaza.

    Falando em Rayquaza, ele faz lembrar imediatamente do Delta Episode, extensão inédita da história de OR/AS que ocorre após vencer a Liga Pokémon pela primeira vez, girando em torno da nova e popular personagem Zinnia, e do meteoro que está prestes a atingir Hoenn e acabar não só com o continente, mas também com o mundo Pokémon. Esse episódio é uma das principais provas de que esses jogos são muito mais do que remakes, afinal temos muitas conexões com a trama de Kalos e revelações nos diálogos entre os personagens que mostram o papel de Omega Ruby & Alpha Sapphire na timeline de Pokémon. Essa função dos games na linha do tempo da franquia também será discutida em outra oportunidade aqui no site da Somos Nintendo, já que desviaria muito da análise. 

    Portanto, ficou claro que a história ganhou muitos pontos positivos e renovou a ideia de OR/AS serem remakes. Isso foi algo muito bom, pois trouxe as memórias de Ruby & Sapphire de volta, sem deixar de lado a importância das Mega Evoluções nessa geração.

    UM MUNDO COLORIDO






    Hoenn é um continente diversificado: possui um deserto, áreas vulcânicas, um extenso mar (odiado pela Team Magma e a equipe da IGN), rotas com características distintas, cavernas e muito mais. Portanto, não surpreende que ela seja a maior região da franquia e a que traz vastas oportunidades para exploração, como por exemplo, o uso do movimento Dive para procurar pokémon e localidades específicas debaixo do oceano. Com isso, os remakes necessitavam em sua produção de cenários mais vivos e melhores ambientados, para assim fazerem jus a real Hoenn que não pode ser retratada por completo pelas limitações do GBA na época de Ruby & Sapphire. 

    E essa necessidade foi atendida. Diferente do que vimos em X/Y, OR/AS ganharam vida no aspecto gráfico, tendo não só as localidades, mas também as batalhas mais coloridas e ambientadas, fazendo parecer jogos totalmente distintos em comparação ao presenciado em Kalos. Para o jogador de RSE, visitar o Abandoned Ship com certeza é um convite para se emocionar e surpreender, afinal com o hardware do 3DS e as melhorias impostas nesses jogos, o navio misterioso e sombrio pode ser retratado como realmente era imaginado pelos desenvolvedores das versões originais. 

    Com isso, a evolução gráfica também é um ponto notável em Omega Ruby & Alpha Sapphire. E não só por nos proporcionar um mundo colorido e divertido, mas também por prestigiar os fãs da terceira geração, reformulando com maestria os ambientes de Hoenn.

    FRANQUIA EM EVOLUÇÃO






    A cada novo jogo, Pokémon sempre evolui, seja com novos pokémon, itens, mecânicas ou até mesmo recursos fora das batalhas, como o Pokémon Amie visto em X/Y. E esse aspecto de progressão da franquia não faltou em Omega Ruby & Alpha Sapphire, como era de se esperar.

    Inúmeras funcionalidades foram adicionadas, (possivelmente restringindo-se aos remakes, mas quem sabe sejam aproveitadas em futuras versões) como a sensacional possibilidade de voar pela região com Mega Latios e Latias. Novamente, opondo-se a X/Y, essa mecânica de fato cumpriu com o que prometeu e não foi limitada como o recurso de montaria nos Skiddo, permitindo o jogador sobrevoar literalmente toda a região e explorar áreas inacessíveis pelos métodos comuns de locomoção. Ilhas e portais podem ser acessadas por esse método, revelando itens, pokémon variados e lendários de todas as regiões, com exceção aos de Kanto e Kalos, e Celebi, Jirachi, Shaymin, Darkrai, Arceus, Victini, Keldeo e Genesect.

    Outros recursos memoráveis, sendo todos continuados de X/Y, são os mantidos Pokémon Amie, Player Search System e Super Training. Além disso, a exemplo de Lapras, os pokémon Wailmer, Sharpedo (que dá o dobro de velocidade no Surf) e Kyogre são caracterizados quando utilizam HMs.

    Por fim, temos a mecânica mais revolucionária de OR/AS: a PokéNav Plus. Para os jogadores de RSE, o nome com certeza é comum, e não é para menos, afinal esse recurso que pode ser acessado a qualquer momento na tela tátil do Nintendo 3DS, é uma evolução da antiga PokéNav. O aplicativo é muito útil, pois com poucos toques apresenta várias subdivisões, as quais podemos citar: a AreaNav, que têm os recursos de checar Secret Bases, batalhar com treinadores novamente e verificar os pokémon de todas as rotas de Hoenn; a DexNav, função extremamente notável e importante aos jogadores competitivos, já que auxilia a encontrar pokémon com Hidden Ability, Egg Moves e itens raros; a BuzzNav, a qual noticia eventos na região sobre personagens e pokémon raros, conectando-se ao StreetPass dos jogos; e pôr fim a PlayNav, que reúne os já citados Super Training, Amie e PSS.

    Com todas essas novas características (somadas as inseridas em X/Y), os jogos destacam-se no fator inovação e também no Replay oferecido aos treinadores. Entretanto, OR/AS não limitam-se apenas a esses recursos descritos acima, o que resulta de imediato em horas prolongadas de jogatina que você verá a seguir.

    O RETORNO DAS SECRET BASES E DOS CONTESTS: DIVERSÃO GARANTIDA






    Após sua última participação na franquia em Platinum, os Contests finalmente voltaram, e com várias adições. Primeiramente, gostaria de falar mais sobre o Cosplay Pikachu. O popular rato elétrico ganhou cinco formas de se vestir, cada uma adequando-se a uma categoria dos torneios pokémon, e além disso, cada tipo de Pikachu possui um ataque exclusivo. Entre suas variações, temos: o Rock Star (com Meteor Smash), a Belle (com Icicle Crash), a Pop Star (com Draining Kiss), o Ph. D. (com Eletric Terrain) e por fim o Libre (com Flying Press). Esses tipos de Pikachu são todos acessíveis por meio do camarim dos Contests espalhados por Hoenn, entretanto apenas o Pikachu entregue por uma NPC após o seu primeiro torneio pode-se vestir dessas formas.

    Prosseguindo com as novidades, temos a possibilidade de tirar fotos dos pokémon e salvá-las no 3DS durante a apresentação. Além disso, o cenário dos torneios se adapta ao local em que você está com a câmera do portátil, o que permite você também tirar uma fotografia com o seu monstrinho. Para os mais apegados aos seus pokémon, com certeza isso agradou bastante.

    Encerrando, é legal ressaltar que o jogador pode mega evoluir seu parceiro durante os Contests, o que garante mais pontos com a plateia e o júri. Mais detalhes são fornecidos pela nova personagem Lisia, que é a coordenadora ‘’ campeã’’ e mais conhecida na região de Hoenn. 

    Agora vamos abordar as Secret Bases, mecânica exclusiva de RSE e que voltou para alegria dos jogadores nesses remakes. Basicamente, com o movimento Secret Power, você pode criar sua base em qualquer rota do jogo, e com o passar do tempo, decorá-la e deixa-la com sua cara. Além disso, agora é possível também criar seu próprio ginásio a partir das bases, convidando treinadores de todo o mundo para participar dos desafios de seu gym e definir seu time para que seus amigos o desafiem. Para compartilhar sua Super Secret Base, basta criar o QR Code a partir de seu computador da base para divulgar em páginas da internet ou trocar com outros jogadores via StreetPass. Com essa possibilidade, os replays dos jogos tornam-se infinitos e ajudam também a treinar os seus pokémon. E lembrando, existe um limite de bases para serem adicionadas. Outros detalhes são ensinados e desenvolvidos durante o enredo pelo novo personagem introduzido em OR/AS, Aarune.

    TRILHA SONORA NOSTÁLGICA


    Sim, nostálgica no total sentido da palavra. A trilha sonora é a parte mais próxima dos remakes em relação as versões originais, já que pouco foi alterado em relação aos temas das rotas, cidades e batalhas, mantendo-se bem próximo as músicas que marcaram uma legião de jogadores na terceira geração. Em contrapartida, novos temas (e muito bons, por sinal) surgiram para personagens como Zinnia, ou em alguns locais/situações que não aconteceram em Ruby & Sapphire, dando dessa forma um ar inédito na viagem por Hoenn.

    VEREDITO



    Uma nova Hoenn, com novas aventuras, mega evoluções, (que serão tratadas exclusivamente em um artigo posterior) personagens, ambientes e mecânicas. Pois é, sem dúvida alguma Omega Ruby & Alpha Sapphire são muito mais do que remakes, e que trouxe aos treinadores mudanças no competitivo e até mesmo na timeline da franquia, algo que ainda será muito discutido aqui no site. Todavia, para os nostálgicos, OR/AS também proporcionaram momentos clássicos, como em sua trilha sonora ou até mesmo na essência de seu enredo. Conclusão, são versões que podem agradar desde o jogador novo, até o mais velho, e que concertaram os problemas em relação ao fraco post game visto em X/Y e aos gráficos ‘’ sem graça’’ da região de Kalos. Por fim, deixo meu resumo por tópicos:

    • História: 10/10 

    Deixou o clássico e inovou com o contexto das Primal Forms e Mega Evoluções, adicionando o Delta Episode no post game, que surpreendeu positivamente. Impossível de não gostar e deixar o jogador louco para a criação de teorias na timeline dos jogos.


    • Trilha Sonora: 9/10 

    Permanecer com a maioria dos temas de Ruby & Sapphire (apenas com leves mudanças) e adicionar músicas referentes a novos personagens foi uma boa cartada para atrair velhos jogadores, porém fiquei com o pressentimento de que a equipe que desenvolveu o jogo poderia ter se arriscado mais na alteração da trilha. Obviamente, não poderiam mudar a essência, mas ficou algo muito restrito. De qualquer forma, a qualidade não fugiu do padrão da franquia e continua excelente.

    • Replay: 10/10 

    O replay é algo que não é possível criticar. Além de todos os recursos que foram exibidos na análise, contamos com uma área extra nos jogos, o Battle Resort, ao qual apresenta a Battle Maison de X/Y e outras atividades para o jogador passar o tempo após vencer a Liga. Além disso, todas as Mega Stones existentes podem ser encontradas pelo mapa de Hoenn.

    • Jogabilidade: 8,5/10 

    O Exp.Share deixou o jogo muito fácil, não há dúvidas disso. Mesmo que ele possa ser desligado, a facilidade proporcionada pelos rematchs é grande, mesmo que a Liga Pokémon seja mais desafiadora do que a vista em X/Y. 

    • Gráficos: 9,5/10 

    Ótima ambientação, e batalhas/locais mais coloridos em relação a X/Y, deixando tudo mais vivo e com isso insere o jogador na região, como nunca um jogo de Pokémon fez. Entretanto, problemas com as Horde Battles e alguns serrilhados, por exemplo, permaneceram nessas versões.


    NOTA FINAL: 9,4
    avatar
    Paper
    Veterano Nv.13
    Veterano Nv.13

    Karma Karma : 348
    Posts Posts : 720

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Paper em Sex 05 Dez 2014, 19:07

    boa analise.
    eu gostava de XY, o problema era uns defeitos mto tensos dele, tipo o post-game lixao, mas lol, esse melhorou e muito. enfim, game mto bom, melhorou várias coisas em q o XY pecou e ainda adicionou. rs
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Lucasmon em Seg 08 Dez 2014, 14:24

    Paper escreveu:boa analise.
    eu gostava de XY, o problema era uns defeitos mto tensos dele, tipo o post-game lixao, mas lol, esse melhorou e muito. enfim, game mto bom, melhorou várias coisas em q o XY pecou e ainda adicionou. rs

    Valeu, realmente o post game foi bem reforçado, apenas torço para a inclusão da Battle Frontier, pois Battle Maison é meio decepcionante. Além disso, seria legal que outros episódios como foi o Delta cheguem por atualização, afinal achei uma história muito interessante mesmo e só adicionam aos jogos.
    avatar
    Mazza
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 889
    Posts Posts : 1992

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Mazza em Seg 08 Dez 2014, 14:43

    Bela análise, rapaz. Btw, tenho uma pergunta:

    Como está o framerate do jogo dentro das batalhas? Quando jogo a Special Demo e batalho com algum NPC, as vezes sinto uns Slowdows que vão de pequenos, medianos e (raramente) graves. Ouvi pessoas reclamando disso em X/Y, mas não sei como eles acontecem nesses jogos.
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Lucasmon em Seg 08 Dez 2014, 14:47

    Mazza escreveu:Bela análise, rapaz. Btw, tenho uma pergunta:

    Como está o framerate do jogo dentro das batalhas? Quando jogo a Special Demo e batalho com algum NPC, as vezes sinto uns Slowdows que vão de pequenos, medianos e (raramente) graves. Ouvi pessoas reclamando disso em X/Y, mas não sei como eles acontecem nesses jogos.

    Obrigado! E esse problema permaneceu, praticamente na mesma proporção do que o visto em X/Y, sobretudo nas batalhas em horda. Era algo que esperávamos ver uma melhora, mas não atrapalha muito frequentemente, apenas em determinadas ocasiões.
    avatar
    Schweppes
    Citrus
    Citrus

    Karma Karma : 2004
    Posts Posts : 6427

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Schweppes em Seg 08 Dez 2014, 15:02

    2much water

    Eu particularmente gosto mais da quinta geração do que da sexta, mas ORAS parecem bem mais polidos do que XY. Não é novidade essa diferença entre HGSS porque muito coisa nova apareceu de lá pra cá.

    Como ficou o main game comparado aos originais? Vi uns comentários dizendo que o jogo estava muito fácil.


    Última edição por Schweppes em Seg 08 Dez 2014, 22:16, editado 1 vez(es) (Razão : eu errei viu)
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Lucasmon em Seg 08 Dez 2014, 15:12

    Schweppes escreveu:2much water

    Eu particularmente gosto mais da quinta geração do que da sexta, mas ORAS parecem bem mais polidos do que XY. Não é novidade essa diferença entre HGSS porque muito coisa nova apareceu de lá pra cá.

    Como ficou o mais game comparado aos originais? Vi uns comentários dizendo que o jogo estava muito fácil.

    Bem, o jogo realmente é muito fácil se você utilizar o Exp.Share o tempo todo, pois os seus pokémon chegam praticamente no level 80 na Liga. Agora se não utilizar esse key item, o nível de dificuldade se assemelha bastante aos originais, porém a disparidade em relação a disponibilidade de pokémon e golpes comparando com a terceira geração, deixa tudo parecer mais fácil. A E4 é mais desafiadora, principalmente na segunda vez, e a Battle Maison mantém a mesma característica do X/Y, com bastante apelação em certos momentos. No post game, ele é bem mais rico, principalmente com o Delta Episode, que foi uma das principais criações nesses remakes na minha opinião, explicando muito das Mega Evoluções e dando um desfecho épico as versões. A caça aos lendários também acrescenta mais horas de jogatina, junto a procura das Mega Stones, e sobretudo a participação nos Contests e a formação de Secret Bases que divertem por longos momentos. Eu mesmo já estou com quase 80 horas, e ainda nem fui para o Battle Resort.
    avatar
    Morgan1000
    Membro Nv.26
    Membro Nv.26

    Karma Karma : 59
    Posts Posts : 288

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Morgan1000 em Seg 08 Dez 2014, 18:46

    Otima análise cara. Tambem gostei muito dessa "atualização" da história original para o remake. Agora, VC fala sobre a timeline de pokemon, ih eu vou te falar que varias vezes durante o jogo fiquei confuso, pois eu achava que tinha uma ideia...RS. Vai saber neh. Como VC acha que está a timeline apos esses games?
    avatar
    NPower
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1214
    Posts Posts : 2644

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por NPower em Seg 08 Dez 2014, 18:49

    Só achei estranho dar 10/10 pra história do jogo, sendo, além de inviável, ridícula Laughing Tirando isso, gostei bastante da análise, seria legal se vocês postassem mais textos nesse estilo.
    avatar
    cortx6
    Membro Nv.7
    Membro Nv.7

    Karma Karma : 13
    Posts Posts : 97

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por cortx6 em Seg 08 Dez 2014, 18:55

    Morgan1000 escreveu:Otima análise cara. Tambem gostei muito dessa "atualização" da história original para o remake. Agora, VC fala sobre a timeline de pokemon, ih eu vou te falar que varias vezes durante o jogo fiquei confuso, pois eu achava que tinha uma ideia...RS. Vai saber neh. Como VC acha que está a timeline apos esses games?
    Pelo o que eu percebi, ORAS passa antes de XY, eu observei isso quando consegui o hatching power do mr. bonding. Uma vez li que RSE se passa na mesma época do FRLG, e DPPt na mesma do HGSS, agora BW que não sei.
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Lucasmon em Seg 08 Dez 2014, 20:02

    NPower escreveu:Só achei estranho dar 10/10 pra história do jogo, sendo, além de inviável, ridícula Laughing Tirando isso, gostei bastante da análise, seria legal se vocês postassem mais textos nesse estilo.

    Eu dei nota 10 principalmente pelo episódio Delta, que foi muito bem formulado e mostrou um grande avanço em relação a XY. E além disso, gostei como mudaram a história original adaptando para o contexto das mega evoluções na sexta geração. Por isso, elogiei e defendo essa pontuação. E ridículo para mim é X/Y, onde simplesmente querem destruir todo o planeta... e ah é, aprovei também o rumo que as equipes das versões tomaram após o post game, algo que não foi muito forçado.
    Morgan1000 escreveu:Otima análise cara. Tambem gostei muito dessa "atualização" da história original para o remake. Agora, VC fala sobre a timeline de pokemon, ih eu vou te falar que varias vezes durante o jogo fiquei confuso, pois eu achava que tinha uma ideia...RS. Vai saber neh. Como VC acha que está a timeline apos esses games?

    Então, a timeline de pokémon é essa (oficial, e OR/AS se encaixariam antes de X/Y):


    Porém, tem uma teoria boa e que eu defendo, que os remakes da franquia junto a DPP e BW/BW2, se passariam em uma realidade paralela aos demais jogos que não possuem mega evolução. Obviamente que os games das quarta e quinta gerações não possuem os pokémon mega evoluídos, porém se encaixariam no contexto da atual realidade apresentada. E essa teoria é fundamentada em cima do que a Zinnia disse no episódio Delta, onde existem várias dimensões, em que muitos dos eventos que vimos até hoje, como por exemplo em RSE, não ocorreram nos últimos jogos da franquia. Sim, é um pouco confuso.
    avatar
    Morgan1000
    Membro Nv.26
    Membro Nv.26

    Karma Karma : 59
    Posts Posts : 288

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Morgan1000 em Ter 09 Dez 2014, 00:50

    Lucasmon escreveu:
    Morgan1000 escreveu:Otima análise cara. Tambem gostei muito dessa "atualização" da história original para o remake. Agora, VC fala sobre a timeline de pokemon, ih eu vou te falar que varias vezes durante o jogo fiquei confuso, pois eu achava que tinha uma ideia...RS. Vai saber neh. Como VC acha que está a timeline apos esses games?

    Então, a timeline de pokémon é essa (oficial, e OR/AS se encaixariam antes de X/Y):
    Porém, tem uma teoria boa e que eu defendo, que os remakes da franquia junto a DPP e BW/BW2, se passariam em uma realidade paralela aos demais jogos que não possuem mega evolução. Obviamente que os games das quarta e quinta gerações não possuem os pokémon mega evoluídos, porém se encaixariam no contexto da atual realidade apresentada. E essa teoria é fundamentada em cima do que a Zinnia disse no episódio Delta, onde existem várias dimensões, em que muitos dos eventos que vimos até hoje, como por exemplo em RSE, não ocorreram nos últimos jogos da franquia. Sim, é um pouco confuso.
    Po, mto legal cara. Depois de jogar o Y, pra mim....os acontecimentos de kalos ocorreram após os de Red&Blues e RSE. Só que depois do Delta episode essa parte pra mim ficou meio confusa, sen contar a historia das diferentes dimensões. Cara, esse Delta episode simplesmente abriu um leque enorme para a cronologia dos games da serie principal de pokemon. Pode parecer exagero, mas pra mim agora pode vir qualquer coisa. Pensei até numa questao simultanea, onde as histórias de XY, RB e RSE acontecem ao MSM tempo...logo apos vira GS e DPP.....e BW bem após esses. O que me fez pensar isso TB foi pokemon origins. Aquela história da mega logo em Kanto, os mistérios do sr Fuji e as terras das mega evoluções. Sei lá gente, to viajando bastante já hahaha. Mas essa parada de dimensões alternativas ai não sai mais da minha cabeca rs
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Lucasmon em Ter 09 Dez 2014, 01:01


    Morgan1000 escreveu:Po, mto legal cara. Depois de jogar o Y, pra mim....os acontecimentos de kalos ocorreram após os de Red&Blues e RSE. Só que depois do Delta episode essa parte pra mim ficou meio confusa, sen contar a historia das diferentes dimensões. Cara, esse Delta episode simplesmente abriu um leque enorme para a cronologia dos games da serie principal de pokemon. Pode parecer exagero, mas pra mim agora pode vir qualquer coisa. Pensei até numa questao simultanea, onde as histórias de XY, RB e RSE acontecem ao MSM tempo...logo apos vira GS e DPP.....e BW bem após esses. O que me fez pensar isso TB foi pokemon origins. Aquela história da mega logo em Kanto, os mistérios do sr Fuji e as terras das mega evoluções. Sei lá gente, to viajando bastante já hahaha. Mas essa parada de dimensões alternativas ai não sai mais da minha cabeca rs

    Pois é, eu também acho que o Delta Episode abriu várias portas para a franquia, inclusive tendo a possibilidade de no futuro os jogos receberem atualizações com novas histórias, focando em outros lendários e acontecimentos. Para ser sincero, mesmo que tenham lançado a timeline oficial, eu não confio muito, pois a franquia sempre está em evolução e novos conceitos surgem, fazendo com que constantemente as coisas mudem. Obviamente não podemos misturar o especial com os jogos, porém é interessante pensar mesmo que talvez em FireRed & LeafGreen (que são os remakes) existissem as Megas, porém elas não foram representadas pela falta de tecnologia na época... com isso, esse negócio de realidade com Mega Evoluções (e com a guerra de 3000 anos em Kalos tendo ocorrido) e a realidade sem Megas, até faz sentido.
    avatar
    Nightwalker
    Veterano Nv.30
    Veterano Nv.30

    Karma Karma : 416
    Posts Posts : 1149

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Nightwalker em Ter 09 Dez 2014, 07:52

    Boa analise no geral Lucasmon. Ainda vou ter que esperar mais ate pegar minha copia do titulo, mas a sua analise me permite ter uma ideia melhor do game, quer dizer, eu joguei boa parte dos originais, mais so vi colegas jogando e joguei a demo destes remakes.

    Agora so uma observacao. Team flare nao quer destruir o planeta, muito pelo contrario, querem preserver o estado de beleza e equilibrio da Terra de forma perpetua. Lisandre apos muita filosofia e observacao pode concluir que o que estava tirando o planeta do seu estado de quilibrio e beleza e a humanidade e a sua natureza caotica. Ele tentou primeiro mudar as pessoas com argumentacao e com todas as acoes nao extremas que ele pode, investiu dinheiro tempo e sua compania ao longo de anos mas mesmo assim nao conseguiu o resultado esperado, humanos continuavam imundos. Triste ele conclui que nao restava alternativa se nao partir para metodos extremos: Selecao dos unicos individuos de mentalidade adequada e genocidio em massa. Destruir o podre para o nascer de um novo mundo. Se essa acao ja seria brusca, veio a pior parte, Lisandre exergou que pokemon e seus poderes despertam sentimentos de ganancia nos humanos. Como a mecanica da natureza e, sobrevivencia da especie como prioridade, ele se viu obrigado a matar todos os pokemon junto com os humanos de mentalidade inferior, acao que apesar de logica, o deixou muito triste (fica claro no jogo).
    avatar
    thi-bone
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 412
    Posts Posts : 3632

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por thi-bone em Ter 09 Dez 2014, 08:09

    Boa analise mesmo só uma coisa que achei estranho em suas palavras é a parte das secret bases exclusivas de RSE quando as msm claro n com tanta liberdade também estão presentes em D/P/P , não posso falar tanto ainda por que o que sei é por pesquisa não possuo o jogo ainda ,mais pelo que vi é fantástico mesmo o jogo coloca várias questões e explicas várias perguntas sobre linha de tempo,mega evos e outras coisas que eu mesmo quero me deliciar vendo com meus próprios olhos, lendo dialogo por dialogo como faço em todo pokemon novo que sai.A unica coisa que me incomodou vou dizer não é nem a falta da Battle Frontier por que isso todos nós sentimos,mais que eles nem ao menos colocaram a Battle tower e nos deram apenas pequenas referencias a ambos ,por que msm na excencia sendo a mesma coisa,teria mostrado um trabalho maior do que o copia cola Battle Maison ,e ainda usam a desculpa que o Maison nasceu em Hoenn hahahaha GF.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Review] Pokémon Omega Ruby & Alpha Sapphire

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 18 Out 2017, 18:35