Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Compartilhe

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Sab 05 Jul 2014, 17:30

    Lukepaz99 escreveu:
    A franquia teve, mas como disse, em 1 ano o jogo original teve 42 milhões de downloads enquanto a indústria de jogos de celular ainda era duvidosa. Depois do boom, a franquia inteira teve 1 bilhão de downloads apenas dois anos depois. A partir desse momento os casuais perceberam que poderiam ter o mesmo tipo de diversão no celular.
    Tão divertido e bem produzido quanto? Talvez não, só que muito, muito mais prático e barato e com uma enorme variação.

    Vale lembrar que parte das vendas do Wii e desses tipos de jogos é de objetivo obter saúde/fazer exercícios, enquanto a venda desses games nos celulares são puramente para diversão.

    Até uns 3 anos atrás eu conhecia muitos amigos jogadores casuais que tinham um Wii, mas foram celulares e iPods entrando e Wiis sendo colocados para venda pelos mesmos.

    O Wii ficou de lado porque ficou obsoleto por não ser compatível com TVs HD e por ter enfrentado uma seca de jogos de 2010 em diante. Não acredito que as vendas do Wii tenham diminuído por causa das vendas de smartphones...
    avatar
    LiveinRiot
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 950
    Posts Posts : 2206

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por LiveinRiot em Sab 05 Jul 2014, 17:43

    Só acrescentando sobre o que o Lukepaz falou, atualmente, há uma biblioteca (em construção, é claro) de jogos, no mínimo, interessante para os smartphones. A biblioteca fica cada vez mais completa e tem para todos os gostos. Quer um MMO? Você tem! Quer corrida? Você tem! Quer RPG clássico? Você tem! Quer algo simples e descontraído? Você tem! Sem exageros, teve torneio de um jogo chamado Asphalt 8 lá na sala. Isso tudo porque é bem acessível.

    Outro ponto que eu gostaria de dizer é sobre a qualidade de alguns títulos encontrados nessa plataforma. Há jogos de grande qualidade, mas que são menosprezados por conta de serem apenas "joguinhos de celular", um grande exemplo é o Badland (sério, pra mim, é um dos melhores jogos de plataforma já criados, é lindo, ambientação é fenomenal, principalmente se jogar com fones, replay gigante).

    Não me entendam errado não quero dizer que smartphone é melhor que console não. Cada um tem sua razão própria, mas o ponto que eu quero chegar é que a acessibilidade de um smart atualmente é imbatível (todo mundo tem, todo mundo consegue baixar determinado aplicativo, todo mundo pode jogar um multiplayer junto sem dificuldades). Quem souber explorar esse recurso poderá criar jogos interessantes e simples - dois fatores que agradam os casuais.
    avatar
    Alejandro_
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1404
    Posts Posts : 3901

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Alejandro_ em Sab 05 Jul 2014, 18:26

    O Wii U Gamepad é a inovação da Nintendo que ela vem fazendo em seus consoles, alias, vc não quer jogar com o mesmo controle pra sempre, né? o que seria do DualShock 4 sem a parte touch?
    entendam que a nintendo tenta se reinovar pra não ficar linear, se ela tivesse thirds e controle comum,talvez hj nem teriamos o wii/xbox
    --------------------
    avatar
    danilo.poser
    Veterano Nv.33
    Veterano Nv.33

    Karma Karma : 793
    Posts Posts : 1213

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por danilo.poser em Sab 05 Jul 2014, 18:31

    Galera ainda está nessa de falar que o Wii e o Wii U deveriam ter controles comuns? me poupem, querem 3 consoles iguais? já não chega 2. Que a Nintendo continue fazendo consoles e controles diferentes! Very Happy
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Convidado em Sab 05 Jul 2014, 18:41

    danilo.poser escreveu:Galera ainda está nessa de falar que o Wii e o Wii U deveriam ter controles comuns? me poupem, querem 3 consoles iguais? já não chega 2. Que a Nintendo continue fazendo consoles e controles diferentes! Very Happy
    Com isso eu concordo. Desde que não o controle não seja um empecilho como o Kinect obrigatório no Xone (NOT ANIMOAR), sou a favor de controles originais. Mas, sinceramente, eu preferia um WiiU com o controle normal, bem anunciado, bem marketado, com um bom sistema e, principalmente, recebendo os jogos das thirds do que um console com um controle inovador mas que não tenha nada disso. Exatamente por esse motivo que não optei pelo WiiU, aliás.


    Última edição por Lukepaz99 em Sab 05 Jul 2014, 18:42, editado 1 vez(es)

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Sab 05 Jul 2014, 18:42

    LiveinRiot escreveu:Só acrescentando sobre o que o Lukepaz falou, atualmente, há uma biblioteca (em construção, é claro) de jogos, no mínimo, interessante para os smartphones. A biblioteca fica cada vez mais completa e tem para todos os gostos. Quer um MMO? Você tem! Quer corrida? Você tem! Quer RPG clássico? Você tem! Quer algo simples e descontraído? Você tem! Sem exageros, teve torneio de um jogo chamado Asphalt 8 lá na sala. Isso tudo porque é bem acessível.

    Outro ponto que eu gostaria de dizer é sobre a qualidade de alguns títulos encontrados nessa plataforma. Há jogos de grande qualidade, mas que são menosprezados por conta de serem apenas "joguinhos de celular", um grande exemplo é o Badland (sério, pra mim, é um dos melhores jogos de plataforma já criados, é lindo, ambientação é fenomenal, principalmente se jogar com fones, replay gigante).

    Não me entendam errado não quero dizer que smartphone é melhor que console não. Cada um tem sua razão própria, mas o ponto que eu quero chegar é que a acessibilidade de um smart atualmente é imbatível (todo mundo tem, todo mundo consegue baixar determinado aplicativo, todo mundo pode jogar um multiplayer junto sem dificuldades). Quem souber explorar esse recurso poderá criar jogos interessantes e simples - dois fatores que agradam os casuais.

    Mas a questão é que esses jogos ficam com a impressão de serem "inadequados" pra plataforma. Eu tentei jogar um Final Fantasy que saiu pra iPhone uma vez e me incomodei. 

    Primeiro que a principal função de um smartphone é comunicação, não jogos e a bateria deles não tem uma autonomia muito grande. Quando você usa o smartphone pra jogar esses jogos mais complexos a bateria acaba rapidinho e você fica incomunicável. Se a bateria do meu 3DS esgota, tudo bem, só não vou poder mais jogar, mas continuarei com meu celular pra comunicação tranquilamente.



    Tem também a questão da ausência dos botões físicos e também a questão da distração. Toda hora aparecem notificações te atrapalhando, ou então você fica tentado a olhar as suas redes sociais e não consegue se focar no jogo.

    Claro, eu entendi perfeitamente o que você quis dizer. Concordo que os tablets pelo menos, devem estar comendo parte do mercado de portáteis, mas ainda acho covardia comparar o mercado de tablets que é um aparelho que está se tornando item de consumo essencial, com o mercado de consoles que é um mercado de nicho.

    Quanto ao que estava falando sobre o Wii e Wii U. Não existe nenhuma alternativa para a sala de estar que ofereça experiências equiparáveis a de um console de mesa como o Wii mesmo no ambiente casual. Acredito que sim, os casuais estejam abandando a Nintendo por falta de praticidade, mas não acredito que isso signifique que os consoles de mesa estejam obsoletos pro mercado casual.

    Apenas acho que a Nintendo ficou pra trás em alguns aspectos, principalmente a praticidade, o que fez ela não conseguir conquistar os casuais nessa geração. Em especia com relação a eShop que é uma vergonha.

    Mas vontando ao @Ryuuma e ao @Lukepaz, eles falaram que as "firulas" do controle do PS4 são diferentes das "firulas" do controle do Wii U porque a Sony tecnicamente não vende o console como "pretexto pra chacoalhar os braços, dançar e cantar" e até mostraram um comercial da Nintendo que mostra alguns jogos como Sing Party.


    Mas sabe o que é mais engraçado? Eles se esquecem que o Wii U não é só feito de jogos assim, temos Xenoblade Chronicles X vindo aí em 2015 que vai tirar proveito das "firulas" do Gamepad. 


    E no Wii nós temos Metroid Prime que eu mencionei aqui, que utiliza as "firulas" do controle do Wii.


    Então, sinceramente, não vejo muito fundamento nessas críticas.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Convidado em Sab 05 Jul 2014, 18:51

    Em momento nenhum eu falei dessas "firulas", nem procurei essa conversa, aliás. Eu até concordo com uma quantidade maior de funções desde que não atrapalhe a jogabilidade básica nem aumente significativamente o preço do console com algo que quase não vai ser usado.

    ---

    raphael.almeidamartins escreveu:Primeiro que a principal função de um smartphone é comunicação, não jogos e a bateria deles não tem uma autonomia muito grande. Quando você usa o smartphone pra jogar esses jogos mais complexos a bateria acaba rapidinho e você fica incomunicável. Se a bateria do meu 3DS esgota, tudo bem, só não vou poder mais jogar, mas continuarei com meu celular pra comunicação tranquilamente.


    Tem também a questão da ausência dos botões físicos e também a questão da distração. Toda hora aparecem notificações te atrapalhando, ou então você fica tentado a olhar as suas redes sociais e não consegue se focar no jogo.
    Bateria de cel. nunca foi um problema pra mim, e olha que eu uso um iPhone 4S. Ausência de botões físicos também não é um problema já que eu estou jogando jogos de celular que servem perfeitamente para a tela touch, além de que a questão da distração é customizável. Eu não tenho muito problema com isso, mas quem tiver pode simplesmente desabilitar ou deixar de alguma forma que não atrapalhe o gameplay.

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Sab 05 Jul 2014, 18:56

    Lukepaz99 escreveu:Em momento nenhum eu falei dessas "firulas", nem procurei essa conversa, aliás. Eu até concordo com uma quantidade maior de funções desde que não atrapalhe a jogabilidade básica nem aumente significativamente o preço do console com algo que quase não vai ser usado.

    ---

    raphael.almeidamartins escreveu:Primeiro que a principal função de um smartphone é comunicação, não jogos e a bateria deles não tem uma autonomia muito grande. Quando você usa o smartphone pra jogar esses jogos mais complexos a bateria acaba rapidinho e você fica incomunicável. Se a bateria do meu 3DS esgota, tudo bem, só não vou poder mais jogar, mas continuarei com meu celular pra comunicação tranquilamente.


    Tem também a questão da ausência dos botões físicos e também a questão da distração. Toda hora aparecem notificações te atrapalhando, ou então você fica tentado a olhar as suas redes sociais e não consegue se focar no jogo.
    Bateria de cel. nunca foi um problema pra mim, e olha que eu uso um iPhone 4S. Ausência de botões físicos também não é um problema já que eu estou jogando jogos de celular que servem perfeitamente para a tela touch, além de que a questão da distração é customizável. Eu não tenho muito problema com isso, mas quem tiver pode simplesmente desabilitar ou deixar de alguma forma que não atrapalhe o gameplay.

    Se a autonomia de bateria não é um problema pra você, você comprou seu smartphone pra servir de portátil, não de smartphone né?

    A autonomia do iPhone 4S é horrível, se você fica o dia inteiro usando ela você vai ter que dar pelo menos mais uma carga nele no fim do dia. Isso em utilização normal.

    Se você usar ele pra jogar consome a bateria toda e você fica sem celular o resto do dia. Como falei, não é problema se o seu iPhone servir de portátil não de aparelho celular, mas pra maioria das pessoas a principal função de um smartphone é comunicação não jogos, então ficar sem bateria o resto do dia é um pesadelo.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Convidado em Sab 05 Jul 2014, 19:02

    Sim, eu carrego uma vez ao dia, enquanto tenho que carregar o 3DS pouco tempo depois de uso intenso. A única coisa que preciso fazer é administrar a bateria e pronto, faço de tudo nele. Nos mais novos, então, o cara deve instalar GTA SA e o *** a quatro e ainda sim ter um bom estoque de bateria no final do dia. Cada vez menos isso é um problema.

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Sab 05 Jul 2014, 19:05

    Lukepaz99 escreveu:
    Sim, eu carrego uma vez ao dia, enquanto tenho que carregar o 3DS pouco tempo depois de uso intenso. A única coisa que preciso fazer é administrar a bateria e pronto, faço de tudo nele. Nos mais novos, então, o cara deve instalar GTA SA e o *** a quatro e ainda sim ter um bom estoque de bateria no final do dia. Cada vez menos isso é um problema.

    A bateria do 3DS dura 5 horas, mas é feita exclusivamente para jogar. Se a bateria do meu 3DS esgotar eu não fico incomunicável e eu nunca fico 5h seguidas jogando no meu 3DS quando estou fora de casa, entende a diferença entre a bateria de um portátil e a de um smartphone?
    avatar
    AlienZ
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2707
    Posts Posts : 1756

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por AlienZ em Sab 05 Jul 2014, 19:06

    Alejandro U escreveu:o que seria do DualShock 4 sem a parte touch?

    Eh... a mesma coisa que o dualshock 1,2 e 3  Laughing 

    E que venham os atacadinhos que irão se ofender em cima de mim  lol!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Convidado em Sab 05 Jul 2014, 19:09

    raphael.almeidamartins escreveu:
    Lukepaz99 escreveu:
    Sim, eu carrego uma vez ao dia, enquanto tenho que carregar o 3DS pouco tempo depois de uso intenso. A única coisa que preciso fazer é administrar a bateria e pronto, faço de tudo nele. Nos mais novos, então, o cara deve instalar GTA SA e o *** a quatro e ainda sim ter um bom estoque de bateria no final do dia. Cada vez menos isso é um problema.

    A bateria do 3DS dura 5 horas, mas é feita exclusivamente para jogar. Se a bateria do meu 3DS esgotar eu não fico incomunicável e eu nunca fico 5h seguidas jogando no meu 3DS quando estou fora de casa, entende a diferença entre a bateria de um portátil e a de um smartphone?
    Com a diferença de que a bateria, mesmo de um iPhone 4, não só é muito maior que a do 3DS como eu ainda posso personalizar muito mais o uso. Claro que eu também não estou falando de ficar horas a fio jogando no celular o dia todo, mas se, num dia normal, eu jogar um sempre que tiver a oportunidade, minha bateria tá quase zerando lá pelas 18:00, horário que eu estou em casa. Isso é basicamente meu dia, então me atende bem.
    avatar
    lelouchZX
    Membro Nv.4
    Membro Nv.4

    Karma Karma : 21
    Posts Posts : 65

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por lelouchZX em Sab 05 Jul 2014, 19:34

    Em relação a bateria do 3ds ou game pad do Wii U pode ser facilmente resolvida comprando uma de maior capacidade e substituir pela original.

    http://www.play-asia.com/dawoori-powerplus-battery-pack-for-3ds-black-paOS-13-49-pt-70-7fkb.html

    http://www.play-asia.com/wii-u-gamepad-battery-pack-2550mah-paOS-13-49-pt-70-6oan.html

    avatar
    Ryuuma
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1248
    Posts Posts : 2191

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Ryuuma em Sab 05 Jul 2014, 20:48

    raphael.almeidamartins escreveu:
    Claro que o casual faz. Tanto fez, que eles compraram o Wii e o DS que eram aparelhos EXCLUSIVAMENTE feitos para jogar. E os jogos casuais de Wii e DS estão entre os mais vendidos da geração.

    Por que pessoas que não ligam para video games comprariam consoles de mesa e portáteis feito exclusivamente pra jogar? Porque por algum motivo eles foram produtos interessantes para elas.

    Não, é porque em 2006 os celulares não faziam o que fazem hoje.

    raphael.almeidamartins escreveu:E outra, você consegue colocar um smartphone na sua televisão pra jogar multiplayer local com outras pessoas? O seu smartphone tem um controle em formato de balança que permite que você jogue enquanto faz exercícios de yoga, por exemplo? Não. Então não venha querer comparar o que um console de mesa como o Wii faz com um simples joguinho de smartphone.

    Novamente, você está citando qualidades do Wii que, apesar de atraírem, não são suficiente pra fazer um causal comprar o console. Novamente, caímos na questão de que eu e você enxergamos muito mais qualidades em um videogame que um tiozão. O Smartphone não faz essas coisas, mas você leva ele pra qualquer lugar no seu bolso, joga em qualquer lugar, e ainda usa pra se comunicar com outras pessoas. Ele tem suas vantagens.

    raphael.almeidamartins escreveu:Aliás, pega os números de downloads de qualquer joguinho de smartphone e compare com as vendas de um dos hits do Wii. Angry Birds teve 12 milhões de downloads, enquanto Wii Fit vendeu mais de 20 milhões sendo um jogo infinitamente mais caso e que precisava de um periférico para ser jogado.

    E só porque Wii Fit vendeu 20 milhões que o meu ponto é invalido. Amigo, você sabe o que são 12 milhões de downloads de um único app? Ai você leva em consideração que o Smartphone NÃO foi desenvolvido para abrigar jogos, e que a diversidade de jogos em um Celular é bem maior que no Wii, e esses 12 milhões são muito mais significativos do que você pensa que são.

    raphael.almeidamartins escreveu:Se você não consegue perceber a diferença óbvia entre as duas experiências...

    Eu enxergo, o causal é que não liga pra elas.

    raphael.almeidamartins escreveu:A diferença entre você e um consumidor casual é que ele é mais exigente que você (sim, ele é). Porque enquanto você, que se acha mais inteligente que todos eles, compra um console da Nintendo de qualquer forma, eles não. É muito mais difícil conquistar consumidores casuais do que fãs.

    Ou seja, essa sua ideia maluca de que casuais não se importam com video games não cola. Os casuais não se importaram com o PS3, ou com o Xbox 360 (pelo menos até surgir o Kinect), mas se importaram com o Wii.

    Vou desconsiderar a sua milésima tentativa de justificar uma falsa hostilização da minha parte aos casuais.
    Eles podem ser até mais exigentes em relação a firulas e diferenciais, mas em relação a jogos? Nem a pau. Por exemplo, aposto com você que muito causal adorou Skyward Sword Laughing
    Brincadeira a parte, defina qualidade. Pois o seu argumento é completamente lateral e tendencioso, apenas para tentar me minimizar diante de um publico que você supõe que eu odeio. Eles podem ser sim mais exigentes em relação a possibilidades além de jogabilidade clássica, podem sim ser mais exigentes com esse diferencial. Mas em relação a todos os outros aspectos? São exigentes em relação ao potencial gráfico do console? Ao tamanho do jogo? Sua jogabilidade? Resposta à comandos? Dificuldade? Desafios proporcionados? Liberdade oferecida pelo game?
    Tudo isso conta, cada um é mais exigente em um aspecto.
    E no passado, eles realmente compravam wii e não os demais pelos seus diferenciais, mas agora eles não compram console mais, porque jogam no celular.


    raphael.almeidamartins escreveu: na época do DS quando explodiram os smartphones, todos os analistas de mercado ficavam falando que as vendas do DS iriam começar a cair, elas foram só cada vez mais quebrando recordes de vendas até ele se tornar o console mais vendido da história, superando o PS2. Isso porque o PS2 vendeu 150 milhões durante 10 anos, enquanto o DS vendeu 153 milhões em apenas 6 anos de vida.

    Por favor, quando o DS surgiu os Smartphones eram uma porcaria, hoje eles EMULAM hardwares como os do DS Laughing
    E você cita isso como se o DS fosse apenas um video-game casual, quando na verdade, ele atendeu o publico gamer (com mais afinco até mesmo que  Wii). Sem contar que, esse preconceito que os demais gamers possuem com os consoles de mesa da Nintendo, é bem menos agressivo em relação aos portáteis, até porque, em se tratando desse tipo de consoles a Nintendo reina absoluta.
    O DS é um grande vídeo game não só para os casuais, mas para os Gamers de longa data também.

    raphael.almeidamartins escreveu:Mas a questão é que esses jogos ficam com a impressão de serem "inadequados" pra plataforma. Eu tentei jogar um Final Fantasy que saiu pra iPhone uma vez e me incomodei. 

    Que dahora, vou apelar pra essa passagem do seu texto e falar que você odeia jogos em Smartphones, tal como esta generalização minha posição perante aos controles de movimento e os Causais =]

    No mais, você achou estranho?
    Sabe o tiuzão que deixou de comprar o Wii U e joga joguinhos no Galaxy dele? Então, como ele não esta acostumado com controles convencionais, ele não achou estranho. Da mesma forma que não precisou passar um um período de adaptação com o Wiimote.

    Olha que engraçado, você abomina os criticas que faço ao controle de movimento (em títulos específicos), e faz igual com o FF no celular.

    raphael.almeidamartins escreveu:
    Mas vontando ao @Ryuuma e ao @Lukepaz, eles falaram que as "firulas" do controle do PS4 são diferentes das "firulas" do controle do Wii U porque a Sony tecnicamente não vende o console como "pretexto pra chacoalhar os braços, dançar e cantar" e até mostraram um comercial da Nintendo que mostra alguns jogos como Sing Party.


    Mas sabe o que é mais engraçado? Eles se esquecem que o Wii U não é só feito de jogos assim, temos Xenoblade Chronicles X vindo aí em 2015 que vai tirar proveito das "firulas" do Gamepad. 

    E dai? Compara a publicidade de ambos. O cara postou os videos ali atrás. No vídeo da Nintendo eles sequer mencionam algum jogo específico, baseando seu apelo no que o Gamepad é teoricamente capaz de proporcionar. Enquanto a Sony em momento ALGUM apela para as possibilidades do controle, dando enfase nos JOGOS.


    Última edição por Ryuuma em Sab 05 Jul 2014, 20:57, editado 1 vez(es)

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por raphael.almeidamartins em Sab 05 Jul 2014, 20:54

    Ryuuma escreveu:Eles podem ser até mais exigentes em relação a firulas e diferenciais, mas em relação a jogos? Nem a pau. Por exemplo, aposto com você que muito causal adorou Skyward Sword 

    Oxi, desde quando jogador casual joga Zelda Skyward Sword? '-'

    Affs, cansei de discutir com você. Só sabe chamar jogadores casuais de "tiozão" e blábláblá e culpar os sensores de movimento com justificativas sem um pingo de fundamento -.-

    Porque claro, Zelda SS tem menos fator exploração que outros jogos da série por causa do motion plus (sarcasmo) kkk. Só rindo mesmo.



    Ryuuma escreveu:E dai? Compara a publicidade de ambos. O cara postou os videos ali atrás. No vídeo da Nintendo eles sequer mencionam algum jogo específico, baseando seu apelo no que o Gamepad éteoricamente capaz de proporcionar. Enquanto a Sony em momento ALGUM apela para as possibilidades do controle, dando enfase nos JOGOS.

    Desde o começo dessa discussão estou falando que o problema do Wii U é o MARKETING (um dos problemas, na verdade) e não o Gamepad, enquanto você está falando que o problema do Wii U é o Gamepad que teoricamente teria sido uma ideia pra "atrair tiozão" com uma jogabilidade "enfirulada".

    Mas por algum motivo muito sobrenatural esses recursos só são enfirulados quando é a Nintendo que aplica, porque quando é a Sony é a coisa mais original e LINDJA do mundo pra você  Very Happy

    Porque na sua lógica, um comercial do Wii U focado em jogos tipo Sing Party torna o console dele exclusivo pra uso nesses jogos né? kkk


    Ryuuma escreveu:Que dahora, vou apelar pra essa passagem do seu texto e falar que você odeia jogos em Smartphones, tal como esta generalização minha posição perante aos controles de movimento e os Causais =]

    No mais, você achou estranho?
    Sabe o tiuzão que deixou de comprar o Wii U e joga joguinhos no Galaxy dele? Então, como ele não esta acostumado com controles convencionais, ele não achou estranho. Da mesma forma que não precisou passar um um período de adaptação com o Wiimote.

    Olha que engraçado, você abomina os criticas que faço ao controle de movimento (em títulos específicos), e faz igual com o FF no celular.

    Ué, eu não disse que o FF de iPhone é ruim, apenas disse que na minha opinião um smartphone não é a melhor plataforma para jogá-lo.

    Deixa de ser desonesto e distorcer as coisas que eu digo, por favor.

    EDIT:

    E só complementando, respondendo a sua pergunta sobre o nível de exigência dos consumidores casuais. Sim, eles não tem conhecimento aprofundado sobre games, mas eles são exigentes na hora de adquirir um produto que os agrade. Se o Wii U não atende as necessidades deles, eles não compram.

    Enquanto você compra do mesmo jeito e ainda se acha mais inteligente.


    Última edição por raphael.almeidamartins em Sab 05 Jul 2014, 21:05, editado 1 vez(es)

    Conteúdo patrocinado

    Re: Decepcionado com certos aspectos do Wii U

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 22 Out 2017, 20:58