Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    História - 30 anos após o Crash dos Vídeo-Games (Parte 4 - 1999~2003)

    Compartilhe
    avatar
    Convidado
    Convidado

    História - 30 anos após o Crash dos Vídeo-Games (Parte 4 - 1999~2003)

    Mensagem por Convidado em Dom 20 Abr 2014, 00:38

    O ano é 1984. Devido a grande quantidade de jogos ruins, os video-games experimentam a sua primeira grande crise, o conhecido Crash dos 1984. Hoje, 30 anos após o acontecido, parece absurdo dizer que os video-games já foram considerados um negócio morto. Nessa coluna traremos, por seis semanas, grandes jogos, listados por ano, que mudaram o cenário dos jogos eletrônicos de algo morto à um dos ramos mais lucrativos da indústria do entretenimento.


    Em 1999 temos um grande momento na industria dos video-games: o lançamento do Dreamcast, o primeiro console de 128 bits da história. O console foi um sucesso estrondoso em suas vendas iniciais e trazia em sua line-up o aclamadíssimo Soul Calibur, jogo que no Dreamcast chegou a ficar melhor do que sua versão original dos fliperamas.  A Sony, que já estava preparando o sucesso do Playstation 2, recebe para o seu console Silent Hill, jogo de terror da Konami. O Nintendo 64, que já estava amargava o segundo lugar nos Estados Unidos e último no Japão recebe o ótimo Super Smash Bros.
    O ano 2000 chega e temos dois grandes lançamentos para o Dreamcast: Shenmue e Phantasy Star Online. Shenmue é considerado a obra-prima da SEGA, revelou-se mais tarde como um dos maiores revés da empresa. Isso por quê era necessário que todos os donos de Dreamcast comprassem o duas copias do jogo para que a SEGA começasse ter algum lucro. Phantasy Star Online pode até parecer um jogo simples, mas merece estar nessa lista pois foi, de fato, o primeiro jogo que permitiu uma real jogatina on-line nos consoles. O Nintendo 64, mesmo já em final de vida, recebe seu outro grande clássico: The Legend of Zelda Majora's Mask.
    Sai SEGA, entra Microsoft. A empresa do Tio Bill chega abalando o mercado americano com o Halo: Combat Evolved. O Playstation 2, que havia sido lançado em 2000, e suas vendas iniciais foram um sucesso tão grandioso como as do Dreamcast. De fato, o console da Sony que inovou por trazer como mídia física o DVD, teve um real destaque em 2001, com os ótimos lançamentos de GTA III, que colocou a franquia da Rockstar entre as mais importantes do mundo dos jogos e ICO, um dos maiores clássicos do sistema.
    O GameCube, que havia sido lançado no ano anterior com uma ótima Line-Up, chama a atenção em 2002 pela sua ótima qualidade de jogos, a destacar, principalmente Metroid Prime - o retorno de Samus após oito anos na geladeira e The Legend of Zelda: The Wind Waker que inovou por sua nova arte. O Playstation 2, que teve um ótimo ano de 2001, não conseguiu repetir a dose em 2002, mas mesmo assim teve ótimos jogos como Kingdom Hearts.
    O ano de 2003 marcou uma boa noticia para Nintendo: após muito tempo as softhouses japonesas finalmente voltam a fazer jogos para os consoles da empresa. Mesmo assim, nesse ano, os jogos multiplataforma foram os que brilharam, dando destaque ao Need for Speed Underground, jogo que marcou o apogeu da franquia da Electronics Arts e Prince of Persia The Sands of Time. Tales of Symphonia marcou presença no GameCube, porém tempos depois recebeu um port para o Playstation 2. Contudo o marco desse ano foi o lançamento do Steam, cliente da Valve, que de certa forma abalaria a industria dos jogos no ano seguinte.

    MaxRodrigues
    Veterano Nv.9
    Veterano Nv.9

    Karma Karma : 370
    Posts Posts : 612

    Re: História - 30 anos após o Crash dos Vídeo-Games (Parte 4 - 1999~2003)

    Mensagem por MaxRodrigues em Dom 20 Abr 2014, 03:45

    "Devido a grande quantidade de jogos ruins"
    SNES tinha um monte de jogo ruim, quem ja baixou algum pack de roms e emulador sabe. Razz
    avatar
    Linkee
    Iniciante Nv.7
    Iniciante Nv.7

    Karma Karma : 2
    Posts Posts : 15

    Re: História - 30 anos após o Crash dos Vídeo-Games (Parte 4 - 1999~2003)

    Mensagem por Linkee em Qui 05 Jun 2014, 11:37

    MaxRodrigues escreveu:"Devido a grande quantidade de jogos ruins"
    SNES tinha um monte de jogo ruim, quem ja baixou algum pack de roms e emulador.
    Em 1984 mal existia o FAMICOM. O SNES tem muitos jogos bons, a quantidade de jogos ruins e mais pelos fliperamas e a Atari.

    Conteúdo patrocinado

    Re: História - 30 anos após o Crash dos Vídeo-Games (Parte 4 - 1999~2003)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 23 Out 2017, 20:44