Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Análise] Ridge Racer - PSX

    Compartilhe
    avatar
    Convidado
    Convidado

    [Análise] Ridge Racer - PSX

    Mensagem por Convidado em Dom 06 Abr 2014, 01:08

    Análise retirada do blog A Primeira Jogatina. Clique aqui para ver a análise completa.


    Ridge Racer
    Desenvolvido por: Namco
    Publicador por: Namco
    Data de Lançamento (Japão): 3 de Dezembro de 1994
    Estilo: Corrida, Arcade

    Ridge Racer é um jogo de corrida no estilo de arcade desenvolvido e pulicado pela Namco. Inicialmente foi lançados aos fliperamas em 1993, mas logo recebeu a sua versão de Playstation, na qual iremos falar.

    Ridge Racer agradou muito nos fliperamas, mas foi no Playstation onde ele ficou mais conhecido. Aproveitando-se de uma arquitetura semelhante a do Arcade, a Namco fez uma bela conversão de Ridge Racer ao console da Sony, inclusive fazendo um milagre: o jogo rodava diretamente da RAM do console, e assim não existiam Loadings dentro do jogo.


    Ridge Racer fez um bom sucesso nos Fliperamas, mas foi no Playstation onde ele viu a sua glória.

    Graficamente Ridge Racer é idêntico a versão de fliperama, não existindo diferenças, ao menos visíveis. O Draw Distance, problema clássico do Playstation, foi disfarçado, dando-se prioridade no desenho da pista ao invés do desenho dos detalhes do cenário. Isso implica que a pista sempre será desenhada primeiro do que o cenário que a acompanha. Apesar de estranho, isso pouco incomoda e foi uma medida necessária, pois os desenvolvedores ainda não dominavam o hardware do console da Sony. Os carros e as paisagens são bem definidos, considerando que este é o primeiro jogo do Playstation.


    Os gráficos de Ridge Racer eram idênticos ao de Fliperama

    A trilha sonora do jogo é de bom gosto e bem executada, sendo composta das mesmas músicas presentes na versão movida a fichas. Ao todo são sete músicas, que podem ser escolhidas antes de se iniciar a corrida, em um esquema semelhante ao utilizado por Out Run. Todas são excelentes, muito bem executadas e com alta qualidade sonora. Os efeitos sonoros são convincentes, mas não espetaculares. A locução das corridas é algo realmente fascinaste, e em vários momentos chega a empolgar.


    A trilha sonora do jogo, um dos seus pontos altos, tinha uma ótima qualidade sonora

    Em termos de jogabilidade Ridge Racer não tenta ser um simulador de corridas, mas sim um jogo arcade. Isso significa que a física do jogo é voltado mais a diversão do que a realidade. O carro executa curvas facilmente, embora em alguns momentos o carro derrapa bastante, e quando isso ocorre, é praticamente impossível reaver o controle da direção. Quando bate-se o carro em um obstáculo, o nosso veiculo perde velocidade muito rapidamente, o que realmente incomoda. A sensação de velocidade não é tão alta como em outros jogos do gênero, mas agrada bastante.

    Ridge Racer é um jogo simples, mas extremamente divertido. Não existe um modo campanha, apenas o velho modo arcade - neste modo escolhe-se um carro e uma pista e a corrida começa. Quando terminamos a corrida, o jogo volta ao menu inicial, e caso queiramos jogar outra partida, executamos o mesmo procedimento. O jogo foca na diversão e tenta propiciar ao jogador uma jogatina prazerosa, sem estresses ao jogador. De fato Ridge Racer é um jogo fácil - os seus adversários não possuem qualquer inteligência artifical - sendo altamente indicado as pessoas que querem espairecer depois de um dia cansativo.


    O jogo é bastante divertido, porém peca por ser muito fácil.

    O grande defeito de Ridge Racer, contudo, é sua longevidade. Apesar de existir 4 pistas, todas elas são a versão da mesmo percurso, mudando-se o número de voltas, os carros que correram contra você ou pequenos trechos, que antes estavam bloqueados e agora estão livres. O jogo enjoa muito rapidamente, principalmente por ser muito fácil. Para piorar não existe um Multiplayer. Em suma, Ridge Racer é um port puro da versão de Arcade - não tenta adicionar nada e também nada tira.

    Em resumo, Ridge Racer foi o primeiro jogo de corrida do Playstation e fez isso com mérito. É considerado o melhor jogo do lançamento do console e recebeu uma infinidade de sequências. O port dos Arcades foi bem feito, porém não adicionou nada demais que justificasse a compra do jogo. Contudo, apesar da sua lista de defeitos, é um jogo que deve ser jogado e principalmente respeitado.

    Nota Final: 6.8

    Observações:
    1. Draw Distance é a máxima distância no qual os objetos em um cenário em 3D podem ser renderizados. Em suma, Draw Distance de curto alcance significam que os objetos são formados muito próximos ao jogador.
    2. Para uma análise do jogo Outrun, clicar aqui
    avatar
    ari789
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1975
    Posts Posts : 6452

    Re: [Análise] Ridge Racer - PSX

    Mensagem por ari789 em Dom 06 Abr 2014, 01:32

    Acreditem a primeira vez que ouvi falar deste jogo e como conheci ele foi no Zeebo  Laughing , pena que a versão do Zeebo é um port Porco Razz

    Mas de uma forma ou de outra,nunca me interessei por esse jogo...
    avatar
    Urashima
    Veterano Nv.4
    Veterano Nv.4

    Karma Karma : 179
    Posts Posts : 480

    Re: [Análise] Ridge Racer - PSX

    Mensagem por Urashima em Dom 06 Abr 2014, 05:08

    Tava tentando lembrar o nome desse jogo faz tempo! Lembro quando meu primo ganhou um PSX e veio esse jogo junto. Definitivamente enjoa rápido mesmo! Bom tópico, karmado! ^^

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Análise] Ridge Racer - PSX

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 24 Ago 2017, 04:07