Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Análise] Sonic the Hedgehog 4 Episode I

    Compartilhe
    avatar
    Convidado
    Convidado

    [Análise] Sonic the Hedgehog 4 Episode I

    Mensagem por Convidado em Dom 02 Mar 2014, 23:31

    Sonic the Hedgehog 4 é um jogo de plataforma desenvolvido pela Sonic Team e distribuído pela SEGA. É uma tentativa, após muitos anos, de trazer algum jogo do Sonic ao mundo 2D. Será que Sonic the Hedgehog 4 conseguiu trazer de volta a glória de outros tempos ao ouriço azul da SEGA? É o que veremos agora...

    Enredo – Nota 6.0

    O jogo passa-se após a destruição de Death Egg. O Dr. Robotinick (nunca na minha vida irei chamar-ló de Eggman!) sobreviveu e está disposto a destruir o Sonic (como se isso nunca tivesse se repetido). Porém, desta vez, por algum motivo que particularmente não sei, Sonic pede a Tails e Knuckles para não intervirem. Talvez seja receio, pois todos nós sabemos que o Tails é imortal.
    O enredo do jogo não é um dos melhores, nem precisava ser. Sonic é daqueles jogos clássicos, que assim como Mario, nasceram na década de 80~90, onde a jogabilidade era mais importante do que o enredo. Contudo, a SEGA poderia ter trabalhado um pouco melhor nesse ponto.

    Gráficos – Nota 5.0

    Quem se jogou o Sonic the Hedgehog no Mega Drive sabe que ele era um dos jogos mais bonitos da época. Gráficos coloridos e muito bem detalhados eram o charme desse jogo. Contudo, em Sonic the Hedgehog 4, por algum motivo, a SEGA esqueceu como fazer jogos com gráficos agradáveis.
    Não minto, são bem coloridos, característica da série. Porém os modelos apresentam muitos serrilhados, o Sonic é pouco detalhado e principalmente, os fundos são muito mal trabalhados. O jogo, que aparenta ser do início da geração, foi lançado em 2010, quando a mesma já estava muito amadurecida. A SEGA, sem sombra de dúvidas, poderia ter trabalhado mais nesse ponto do jogo.


    Trilha Sonora – Nota 8.0

    Um dos pontos marcantes do Sonic é sua trilha sonora. Muitos ainda se lembram das músicas do primeiro Sonic. Particularmente a música da Marble Zone nunca sairá da minha cabeça (estágio maldito). Sonic the Hedgehog 4 apresenta boas músicas, acima da média das músicas dos jogos atuais de plataforma, contudo muito abaixo das músicas dos jogos clássicos. Os efeitos sonoros são muito bons, remetendo aos jogos clássicos e nisso a SEGA acertou muito.

    Jogabilidade – Nota 7.5

    Se algo que nos jogos antigos do Sonic beirava a perfeição era a jogabilidade. Simples, precisa, rápida. Não tinham defeitos. Em Sonic the Hedgehog 4 a jogabilidade é boa, porém deve muito aos jogos antigos. Para inicio de conversa, a movimentação do Sonic é estranha. Além disso, ele é bem mais lento do que os jogos antigos, algo que nunca consegui entender. Vai ver que é a idade. O Homing Attack, algo que preocupava os fãs, felizmente foi muito bem implementado nesse jogo.
    A Física do jogo é muito boa, porém as vezes é estranha. Parece que as coisas no jogo funcionam regidas por alguma Lei da Física, mas certamente não são aquelas que encontramos nos livros de física do Halliday. Por exemplo: Em algumas partes, onde é preciso ficar de ponta-cabeça, se você correr com o Sonic, mesmo que em baixa velocidade, você conseguirá passar por aquele ponto. Porém, se utilizar o Spin-Dash não conseguirá, mesmo que o Spin-Dash seja mais rápido.
    Certamente que já viu um vez na vida o globo da morte sabe, que na vida real, se o Sonic fizesse isso, provavelmente ela estaria enterrado.

    Gameplay – Nota 7.5

    O gameplay de Sonic the Hedgehog 4 é bem prazeroso. O jogo tenta remeter aos suas origens, e faz isso com certo louvor. Contudo, o maior acerto da SEGA nesse jogo também foi o seu maior erro – tentando re-lembrar os antigos jogos, a SEGA colocou poucas coisas novas no jogo. Sinceramente, com exceção do Homing Attack, do Sonic mais lento do que Uno Mille e da Física de Galvão Bueno, parecia que estava jogando um Remake de um Sonic 1.5...
    Até aquelas fases-bônus do Sonic 1, responsáveis por causar náuseas em 11 em cada 10 pessoas está de volta...

    Conclusão – Nota 6.8

    E ai, Sonic the Hedgehog 4 cumpriu sua promessa? Tirando alguns defeitos pontuais, que poderiam ser facilmente corrigidos pela SEGA, eu posso dizer que sim, Sonic the Hedgehog 4 cumpre muito bem o seu objetivo. Contudo, como um fã da série, não posso falar da reunião de defeitos inexplicáveis em um título da SEGA. Irei começar a Jogar o Episódio 2, espero que esteja melhor. Contudo, se está sem paciência, vá logo para o Generations. Esse dai, apesar de jogar apenas 10 minutos, já vi que é bem melhor do que o Sonic the Hedgehog 4: Episódio 1.
    avatar
    Sonic Salies
    Agent of Shadow
    Agent of Shadow

    Karma Karma : 910
    Posts Posts : 2264

    Re: [Análise] Sonic the Hedgehog 4 Episode I

    Mensagem por Sonic Salies em Qui 06 Mar 2014, 16:50

    Hayt escreveu:O enredo do jogo não é um dos melhores, nem precisava ser. Sonic é daqueles jogos clássicos, que assim como Mario, nasceram na década de 80~90, onde a jogabilidade era mais importante do que o enredo. Contudo, a SEGA poderia ter trabalhado um pouco melhor nesse ponto.
    Naaaa verdade, a SEGA nunca procura trabalhar enredo nesses jogos da "série principal" do Sonic, e deixa isso pra outros jogos da franquia, como o Sonic Adventure.

    Bem, análise muito boa cara, parabéns Wink

    E uma coisa que me incomodou muito nesse jogo foi que o Sonic aparenta ter uma tonelada, o que é inaceitável para um jogo onde o protagonista é o "mais veloz que há".

      Data/hora atual: Qua 18 Out 2017, 20:22