Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    MPV - Mídias Digitais

    Compartilhe
    avatar
    Visionnaire
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1278
    Posts Posts : 1842

    MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Visionnaire em Qui 16 Jan 2014, 21:43

    O Fim de uma Geração
    A cada segundo coisas novas são lançadas ao alcance de um clique, basta querer e você tem acesso a informações antigamente privilegiadas.
    A tecnologia joga uma tonelada de dados sobre nossas cabeças. O mundo testa nossa capacidade de armazenar, separar e utilizar esses dados. Diariamente podemos debater sobre assuntos antes intocáveis, assuntos que eram apenas comentados por pessoas que se dedicavam arduamente em estuda-los.
    No fim das contas são tantas informações, estatísticas e teorias que somos grosseiramente atropelados e não conseguimos absorver nem metade daquilo que somos expostos durante o dia. Passamos mais tempo filtrando o que devemos ler do que propriamente lendo o que estávamos procurando.

    Nesse meio tecnológico algumas coisas novas me incomodam. Uma coisa que tem me tirado o sono são jogos em mídias digitais.  Sério gente! Que isso!? Vocês estão de sacanagem né!? Eu quero o modo antigo de comprar jogos. Quero continuar na expectativa de ser taxado pela Receita Federal quando comprar um jogo nos EUA. Quero continuar desconfiando dos correios até o momento em que recebo a mercadoria em casa. Quero o cheiro de uma fita nova, quero soprá-la e ver o jogo funcionando perfeitamente. Eu quero milhões de vídeos com unboxing de títulos diferentes! Quero minha coleção de games exposta na minha estante e não em um pendrive! Quero ser dono do jogo por inteiro! Com caixa, manual e folhetos que me frustram por não morar nos EUA com promoções só para os americanos.
    Sério, quem foi o cara que teve essa grande sacada? Criar uma mídia digital, onde você compra somente o direito de jogar. Sim, eu sei, o jogo está disponível pra você do mesmo modo, ok, mas você não possui o jogo por inteiro! Como fica a disponibilidade pra trocar com um amigo? Emprestar, Alugar, Surrupiar? Surupiar!? Sim! Até os ladrões estão sendo agredidos aqui, eles não terão mais direito de escolha, ou leva o Videogame já com os jogos instalados ou não leva mais nada!
    Ah, mas tem a vantagem do preço né? Tem? Mesmo? No Brasil ainda não. Os jogos digitais têm os mesmos impostos, a mesma comissão do vendedor e até a margem de lucro das lojas físicas ali, tudo embutido no valor final do produto. Chega a ser uma agressão. Um soco no estômago. É totalmente inesperado e sem justificativa.
    Pra piorar, a Nintendo vai lá e lança Bundles com jogos digitais! Que isso!? Você compra o Videogame e ganha um código para baixar o jogo? Não é só isso, pois será você que instalará o jogo. Você baixará o jogo! VOCÊ. Com a sua internet, gastando a sua energia elétrica e gastando o seu tempo. A Nintendo nem se deu ao trabalho de fazer isso. Bom, pelo menos você pode vender o código para algum inimigo amigo e ele pode baixar no Video Game dele.
    Dentro em breve a sua coleção de games poderá muito bem ser transportada para todo lugar, dentro de um porta cartão SD. Sim, é prático, mas frustrante! Fica até mais difícil justificar os mais de R$ 100,00 gastos em um jogo se ele está ali, compactado, espremido, dentro daquele maldito SD.

    Minha coleção de games está toda nesse SD. ¬_¬


    Se você ainda depende da renda dos seus pais então talvez encontre ainda mais dificuldade para adquirir um jogo digital. Como explicar aqueles R$150,00 na fatura do cartão? Fica complicado mesmo. Se até para portáteis já é vergonhoso aquela mídia tão pequena e tão cara...
    Agora, se você é gamer crescido, trabalha, tem renda própria e dá valor ao seu dinheiro, pode ser que esteja concordando com o meu ponto de vista. Afinal, você quer o produto completo. Você paga por ele e quer ostentar a sua caixinha na prateleira, junto com os outros jogos.
    Como se não bastasse essa situação desgastante, mais gastante do que qualquer outra coisa, agora ficou mais fácil adicionar algo ao jogo DEPOIS de você já ter comprado o mesmo. São as DLC’s ou Conteúdo para Download.
    Pra mim a lógica agora é: Ok, agora criarei um jogo. Opa, faltou verba pra terminar? Não tem problema! É só eu lançar o jogo assim mesmo, incompleto, esperar as vendas, receber o dinheiro e continuar a produzir o jogo disponibilizando DLC’s. Fácil né?
    Isso é no mínimo injusto com o consumidor! Uma falta de respeito! Claro que nem todos os jogos usam a DLC dessa forma, mas Killer Instinct do XONE vende os personagens separadamente. Sim, o jogo é gratuito, mas não se pode dizer que é um jogo completo. Ele mais parece uma demo, pois você só pode jogar com o Jago. Se quiser todos os personagens terá que pagar no mínimo R$ 79,00. Se continuar assim, o próximo jogo do Mario virá com um contador e comprador de pulos! E adivinhe quem terá que comprar as maças digitais para o Yoshi não parar de andar? Ah e não se assuste se você tiver que abastecer a gasolina do carro com o seu próprio dinheiro no próximo Gran Turismo. Poxa, assim fica difícil hein!?
    Talvez seja frescura minha, ou falta do que fazer mesmo, mas eu não consigo acreditar que as lindas caixas, artisticamente feitas, deixarão de fazer parte do minha experiência com games. Quem sabe com o tempo eu me acostume com essa ideia. Quem sabe a tecnologia me impressione com a praticidade e me convença do contrário. Quem sabe eu até compre um porta SD. Quem sabe minha esposa fique feliz por ter mais espaço em casa e menos itens pra tirar o pó. Quem sabe?
    Sei que muitos aqui podem pensar justamente no lado prático da coisa. Tem sempre alguém pra ver o lado positivo. Isso é bom, por que eu estou mesmo precisando de ajuda.
    Fui criado em locadoras de jogos, com estantes lotadas de caixas de games, tudo muito colorido, tudo muito palpável. Como seria uma locadora de jogos hoje em dia? Seria em um carrinho de picolé!? Ali, dentro daquela caixa térmica, caberiam pelo menos uns 100.000 jogos! Poderia até fazer uso do apito tradicional e a molecada viria correndo pra alugar o Crash ou o Mario. 
    Ou então você entra em uma sala, que dizem ser uma locadora, e não encontra nada. Só tem um cara, em pé, envolto por um casaco sobretudo fechado, que te examina com um olhar malicioso. Ele te encara com os olhos semicerrados e só faz um sinal com a cabeça pra te perguntar “o que vai ser”.
    Você, que já veio com o game pré-escolhido, diz o nome do jogo e o sobretudo se abre.
    Dentro dele, diversos suportes plásticos, suados pelo calor, separam centenas de milhares de Micro-SD por categoria. O senhor sinistro pega o jogo escolhido, cobra o valor do aluguel, retirando o troco de sua pochete colorida e lhe informa a data de devolução.
    Depois desse encontro misterioso, você, certamente, sentirá saudades do tempo em que jogo tinha caixa e do tempo em que locadoras eram mais seguras.

    Diante de toda essa suposição surge a pergunta principal: E daí? Pois é, realmente não importa o que EU quero. O que importa é o que a maioria quer e esses querem velocidade, agilidade, menores prazos e facilidades. Nisso realmente a mídia digital cumpre bem o seu papel. Hoje, Tablets e Celulares estão recheados de jogos digitais, divertindo pessoas de todas as idades, fazendo com que os games cheguem às pessoas com uma facilidade gigantesca. Essas certamente dão graças pela logística embutida na mídia digital, por não terem que carregar nada mais do que seu tablet ou celular e terem acessos a todos os seus jogos.
    Outra vantagem referente aos jogos em mídia digital é a facilidade de publica-lo. Custo mais baixo na produção do mesmo gera uma onda de jogos sem sentido, sem lógica e que não agrada nem mesmo o produtor. Porém, dentro desse lixo tecnológico, algumas obras de arte tomam espaço e se destacam. Essas maravilhas surgem das chamadas Produtoras Indie.
    Podemos concluir que, o lado benéfico das mídias digitais realmente atinge, positivamente, o mundo dos games e nos presenteia com maravilhas tecnológicas que antes eram raras de acontecer. 
    Ainda vivemos em um mundo misto, uma fase de transição, que se encerrará em breve. Não será necessário nos prepararmos para um futuro totalmente digital, não será estranha a grande expansão do armazenamento em Nuvem. O que não será fácil é fazer com que você, caro amigo retro leitor, se desapegue dessa falsa necessidade física e que se acostume com a prateleira vazia.
     

    Faz poucos dias que liguei meu Mega Drive e joguei Sonic 2. Antes de começar a jogar eu soprei a fita. Puro costume. Força do hábito mesmo. Minha esposa perguntou: “Pra que isso!?”
    Fiquei em silencio e me satisfiz com a nostalgia. Ela não entenderia, nem tentei explicar. Sorri pra ela, limpei a gordura do controle, encaixei a fita com um dos lados inclinado por que ela só funciona assim. Liguei o game, vi o Sonic correr pra lá e pra cá, ouvi a marca SEGA e viajei no tempo.
    O futuro nos impressiona e que venham as mídias digitais. Vou torcer o nariz, mas não deixarei passar nenhum jogo, afinal tudo muda. Deixo o meu adeus a todas as fitas que fizeram a alegria de muitos piolhentos de nariz escorrendo como eu era. Tempo bom que está prestes a terminar. Sim! Esse é o fim de uma geração.

    Vão fazer falta essas danadinhas… já sinto saudades. Serei o único?
    avatar
    Shiny
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1270
    Posts Posts : 2269

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Shiny em Qui 16 Jan 2014, 21:53

    Ótimo tópico Visio! Eu compartilho da mesma opinião, nada é melhor do que sentir aquele cheiro de manual gostoso, encher a prateleira com seus jogos e ficar namorando aquela arte de capa, se bem que hoje nem mais manuais fazem, mas ainda prefiro mídia física já que a senhora Nintendo não diminui o preço dos jogos digitais, fora a portabilidade da mídia física, não sei se o futuro delas será o fim.


    Última edição por ShinyBidoof em Qui 16 Jan 2014, 22:19, editado 1 vez(es)
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Convidado em Qui 16 Jan 2014, 22:11

    No dia que todos os jogos forem de mídia digital, eu paro de comprar consoles. Ainda mais com esse negócio de jogo vinculado a conta, jogo vinculado ao console, jogo vinculado a PQP... Ah vá, eu quero o meu jogo e quero poder fazer o que eu quiser com ele, pois eu paguei (caro por sinal) e tenho o direito de utilizar o produto da maneira que me couber melhor!

    Esse último parágrafo me fez lembrar de um cartucho do jogo Ayrton Senna que meu amigo tinha. Tínhamos que deixar na geladeira por umas meia hora antes de conseguir botar o jogo pra rodar. Sem tela de Load, sem DLC, sem vinculo com conta ou qualquer outra limitação... Sdds bons tempos.

    PS:. Seus textos são muito bem elaborados.
    avatar
    El Buga
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 3662
    Posts Posts : 3048

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por El Buga em Qui 16 Jan 2014, 22:18

    Nada contra mídia digital, embora eu goste da caixinha. Só que a caixinha vem perdendo valor gradativamente, agora nem manual vem mais. E edições de colecionador normalmente estão fora do meu alcance financeiro.

    Meu problema mesmo é com os DLCs. Sempre aguardo sair a "edição completa" pra comprar, porque além do conteúdo extra vêm bugfixes. Já fiz isso com vários jogos, tô aguardando fazerem agora com Arkham Origins.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Convidado em Qui 16 Jan 2014, 22:25

    @El Buga escreveu:Nada contra mídia digital, embora eu goste da caixinha. Só que a caixinha vem perdendo valor gradativamente, agora nem manual vem mais. E edições de colecionador normalmente estão fora do meu alcance financeiro.

    Meu problema mesmo é com os DLCs. Sempre aguardo sair a "edição completa" pra comprar, porque além do conteúdo extra vêm bugfixes. Já fiz isso com vários jogos, tô aguardando fazerem agora com Arkham Origins.
    Tanto essa "perda de valor" das caixinhas, quanto a retirada dos manuais, tem por base a justificativa de ser ecologicamente correto. As empresas tem uma meta de sustentabilidade a ser cumprida todo ano fiscal delas. Por isso muitas agora adotaram o manual digital, pois isso diminui resíduos de produção e a emissão de poluentes também. Apesar que eu nem ligo muito para os manuais. Claro que é legal ter aquele livrinho com umas artes nele e algumas explicações das funcionalidades do jogo. Mas o que vou sentir falta mesmo é do encarte na caixa (que é a identificação do jogo) e do cartucho, caso esses venham a sumir.
    avatar
    El Buga
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 3662
    Posts Posts : 3048

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por El Buga em Qui 16 Jan 2014, 22:32

    Eu gosto do manual. Não curto é a sensação de estar pagando quase R$ 200 por um pedaço de plástico dos mais vagabundos e um disco dentro.

    Tem alguns jogos que simplesmente não dá pra ter só o disco... Você quer ter mais material daquilo.

    Espero que ao menos nunca acabem com as edições de colecionador, porque aparentemente vou ter que viver delas - haja dinheiro.
    avatar
    JonathanAlis
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1336
    Posts Posts : 2517

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por JonathanAlis em Qui 16 Jan 2014, 23:06

    Saudosismo.
    Ainda hoje tem os que não largam do vinil.

    Na próxima geração, os jogos físicos serão como os vinis, e os jovens dessa nova geração entoarão enquanto vêem os tais cartuchos/CDs: "que trambolho é esse? Serve mesmo pra jogar? Que coisa de velho".

    E a humanidade continuará.
    avatar
    Visionnaire
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1278
    Posts Posts : 1842

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Visionnaire em Qui 16 Jan 2014, 23:20

    @JonathanAlis escreveu:Saudosismo.
    Ainda hoje tem os que não largam do vinil.

    Na próxima geração, os jogos físicos serão como os vinis, e os jovens dessa nova geração entoarão enquanto vêem os tais cartuchos/CDs: "que trambolho é esse? Serve mesmo pra jogar? Que coisa de velho".

    E a humanidade continuará.
    Verdade, puro saudosismo, nada mais que isso.
    Mesmo assim, é algo que acontece com todos, de um jeito ou de outro.
    O difícil mesmo é se adaptar ao hoje sem sentir falta do ontem. =/
    avatar
    Mastxadows
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1471
    Posts Posts : 3903

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Mastxadows em Qui 16 Jan 2014, 23:25

    Compartilho da mesma opinião,eu gosto da minha caixa com manual e tudo e qual grande foi minha surpresa em ver que Gears of War Judgment e Castlevania Lords of Shadow Mirror of Fate nem tem manuais.
    avatar
    El Buga
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 3662
    Posts Posts : 3048

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por El Buga em Qui 16 Jan 2014, 23:33

    Pode sim ser saudosismo, mas é impossível negar que caixa, manual com artes e outros extras agregam valor ao produto e fazem parecer que o dinheiro foi bem investido.

    Faz MUITO mais sentido comprar um jogo com caixa e manual por R$ 200 do que pagar a mesma coisa por uma caixa mambembe (cuja função DEVERIA ser proteger o disco, mas hoje em dia não me parecem sequer capazes disso) só com o disco dentro...

    Se for pra pagar uma fortuna num simples disco, então apoio a predominância das mídias digitais. Ou faz direito ou não faz.
    avatar
    Ismatash
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1033
    Posts Posts : 1609

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Ismatash em Qui 16 Jan 2014, 23:54

    Eu também prefiro o jogo em mídia física e tenho um motivo para isso. Gosto de atribuir sentimentos ao produto, até porque, jogos se tratam de uma arte, e como tal, envolve sentimentos. E atribuindo sentimetos ao jogo, acabo por preferi-lo em formato físico, pois um produto físico normalmente acaba ganhado um caracter fetichista, como se este tivesse vida própria: "Eis aqui em minhas mão o produto.".

    Dá mesma forma que prefiro livros ao invés de arquivos de texto virtuais.

    Gosto de possuir a obra em mãos para dar a ela um caracter próprio.
    avatar
    Mastxadows
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1471
    Posts Posts : 3903

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Mastxadows em Sex 17 Jan 2014, 00:13

    @Ismatash escreveu:Eu também prefiro o jogo em mídia física e tenho um motivo para isso. Gosto de atribuir sentimentos ao produto, até porque, jogos se tratam de uma arte, e como tal, envolve sentimentos. E atribuindo sentimetos ao jogo, acabo por preferi-lo em formato físico, pois um produto físico normalmente acaba ganhado um caracter fetichista, como se este tivesse vida própria: "Eis aqui em minhas mão o produto.".

    Dá mesma forma que prefiro livros ao invés de arquivos de texto virtuais.

    Gosto de possuir a obra em mãos para dar a ela um caracter próprio.

    Muito bem dito.
    Faço de suas palavras, as minhas.
    Karminha pra vc.
    avatar
    Bferrari350
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 856
    Posts Posts : 5283

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Bferrari350 em Sex 17 Jan 2014, 00:50

    @niddo87 escreveu:
    @El Buga escreveu:Nada contra mídia digital, embora eu goste da caixinha. Só que a caixinha vem perdendo valor gradativamente, agora nem manual vem mais. E edições de colecionador normalmente estão fora do meu alcance financeiro.

    Meu problema mesmo é com os DLCs. Sempre aguardo sair a "edição completa" pra comprar, porque além do conteúdo extra vêm bugfixes. Já fiz isso com vários jogos, tô aguardando fazerem agora com Arkham Origins.
    Tanto essa "perda de valor" das caixinhas, quanto a retirada dos manuais, tem por base a justificativa de ser ecologicamente correto. As empresas tem uma meta de sustentabilidade a ser cumprida todo ano fiscal delas. Por isso muitas agora adotaram o manual digital, pois isso diminui resíduos de produção e a emissão de poluentes também. Apesar que eu nem ligo muito para os manuais. Claro que é legal ter aquele livrinho com umas artes nele e algumas explicações das funcionalidades do jogo. Mas o que vou sentir falta mesmo é do encarte na caixa (que é a identificação do jogo) e do cartucho, caso esses venham a sumir.

    Isso daí é história pra boi dormir  :v  Vão tentar sempre economizar no máximo possível, seja com menos plástico na embalagem, sem manuais, e por aí vai. Concordo com o El Buga. Paguei 200 reais no jogo, quero receber algo completo!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Convidado em Sex 17 Jan 2014, 03:05

    @Bferrari350 escreveu:
    @niddo87 escreveu:
    @El Buga escreveu:Nada contra mídia digital, embora eu goste da caixinha. Só que a caixinha vem perdendo valor gradativamente, agora nem manual vem mais. E edições de colecionador normalmente estão fora do meu alcance financeiro.

    Meu problema mesmo é com os DLCs. Sempre aguardo sair a "edição completa" pra comprar, porque além do conteúdo extra vêm bugfixes. Já fiz isso com vários jogos, tô aguardando fazerem agora com Arkham Origins.
    Tanto essa "perda de valor" das caixinhas, quanto a retirada dos manuais, tem por base a justificativa de ser ecologicamente correto. As empresas tem uma meta de sustentabilidade a ser cumprida todo ano fiscal delas. Por isso muitas agora adotaram o manual digital, pois isso diminui resíduos de produção e a emissão de poluentes também. Apesar que eu nem ligo muito para os manuais. Claro que é legal ter aquele livrinho com umas artes nele e algumas explicações das funcionalidades do jogo. Mas o que vou sentir falta mesmo é do encarte na caixa (que é a identificação do jogo) e do cartucho, caso esses venham a sumir.

    Isso daí é história pra boi dormir  :v  Vão tentar sempre economizar no máximo possível, seja com menos plástico na embalagem, sem manuais, e por aí vai. Concordo com o El Buga. Paguei 200 reais no jogo, quero receber algo completo!
    Você pode considerar história pra boi dormir, quando na realidade das organizações isso está mexendo no bolso delas (existe multa pra quem não cumpre a meta de sustentabilidade). Então, infelizmente, é melhor se acostumar com isso. Então ou paga "edição de colecionador" ou então fica com manual digital mesmo.

    E nem se preocupe, isso é uma realidade a ser seguida.
    avatar
    Visionnaire
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1278
    Posts Posts : 1842

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Visionnaire em Sex 17 Jan 2014, 03:11

    @niddo87 escreveu:
    @Bferrari350 escreveu:
    @niddo87 escreveu:
    @El Buga escreveu:Nada contra mídia digital, embora eu goste da caixinha. Só que a caixinha vem perdendo valor gradativamente, agora nem manual vem mais. E edições de colecionador normalmente estão fora do meu alcance financeiro.

    Meu problema mesmo é com os DLCs. Sempre aguardo sair a "edição completa" pra comprar, porque além do conteúdo extra vêm bugfixes. Já fiz isso com vários jogos, tô aguardando fazerem agora com Arkham Origins.
    Tanto essa "perda de valor" das caixinhas, quanto a retirada dos manuais, tem por base a justificativa de ser ecologicamente correto. As empresas tem uma meta de sustentabilidade a ser cumprida todo ano fiscal delas. Por isso muitas agora adotaram o manual digital, pois isso diminui resíduos de produção e a emissão de poluentes também. Apesar que eu nem ligo muito para os manuais. Claro que é legal ter aquele livrinho com umas artes nele e algumas explicações das funcionalidades do jogo. Mas o que vou sentir falta mesmo é do encarte na caixa (que é a identificação do jogo) e do cartucho, caso esses venham a sumir.

    Isso daí é história pra boi dormir  :v  Vão tentar sempre economizar no máximo possível, seja com menos plástico na embalagem, sem manuais, e por aí vai. Concordo com o El Buga. Paguei 200 reais no jogo, quero receber algo completo!
    Você pode considerar história pra boi dormir, quando na realidade das organizações isso está mexendo no bolso delas (existe multa pra quem não cumpre a meta de sustentabilidade). Então, infelizmente, é melhor se acostumar com isso. Então ou paga "edição de colecionador" ou então fica com manual digital mesmo.

    E nem se preocupe, isso é uma realidade a ser seguida.
    Uma coisa leva a outra: Atinge a meta + Economiza papel;
    É uma tendencia a ser seguida tanto pela parte capitalista quanto sustentável.

    Conteúdo patrocinado

    Re: MPV - Mídias Digitais

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 17 Dez 2017, 15:48