Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Compartilhe
    avatar
    sandro.an
    Membro Nv.7
    Membro Nv.7

    Karma Karma : 11
    Posts Posts : 93

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por sandro.an em Seg 27 Maio 2013, 19:42

    Não é uma questão de ficar de mimimi ou não... é uma questão de consciência e valorização.

    Eu também já baixei muita coisa, já montei uma hd com +100Gb de músicas baixadas, discografias completas... já comprei R4/Acad para o DSI, e baixei muitas roms...

    Hoje não faço mais isso, nem com música... tenho em minha estante cerca de 150/200 cds, fora dvds dos filmes que gosto, além de uma biblioteca de livros (principal xodó da minha esposa). Tenho orgulho do material que tenho, e acredito assim estar valorizando quem o produziu. Principalmente os autores e os músicos que vivem disso.

    Com games é a mesma coisa e com softwares também. Como também sou desenvolvedor de software para a empresa que trabalho, sei muito bem o trabalho e o custo que é isso. Não é justo roubar o trabalho dos outros, da mesma forma que ninguém gostaria de se matar pra fazer um trabalho da escola/faculdade e depois descobrir que um engraçadinho copiou e está distribuindo/vendendo pelas suas costas.

    Mas isso é uma questão de consciência, hoje eu penso assim, hoje eu tenho condições de agir assim. Dez anos atrás as coisas eram diferentes... não recrimino vocês que se aproveitam da pirataria, apenas sugiro que pensem no valor do produto que vocês gostam e, quando tiverem condições, valorizem isso. Enquanto não tiver, paciência.
    avatar
    ari789
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1975
    Posts Posts : 6452

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por ari789 em Seg 27 Maio 2013, 19:47

    No caso de Consoles antigos como Snes , Nes , N64 enfim consoles de cartuchos em geral

    acho que não vale apena não [ dependendo do jogo ]

    Tenho MegaMan X e Super Metroid Pirata

    O MegaMan X até vai , Mais do que adianta ter o Super Metroid se não posso salvar o jogo

    Sabe como é você ter passado 1 Hora jogando e derrepente você morre , quando vai voltar a fase a Samus morre na mesma hora ?

    Fui abrir o cartucho , ele não tinha nem Slot da Bateria D: [ Por isso a Samus morria quando voltava , ela não achava o Save ]
    avatar
    blordello
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 357
    Posts Posts : 2389

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por blordello em Seg 27 Maio 2013, 19:52

    Lol, quanto mimimi nesse tópico xD Well, usava e uso até hoje pirataria no meu PS2, usei no DS com o R4 mas depois de um tempo parei, pois, achei que não valia mais a pena, por que o R4 pifava sempre e eu perdia meus save tudo... Fora isso, acho que nunca usei em nenhum outro console, e nem pretendo usar.
    avatar
    lukazz
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 586
    Posts Posts : 2426

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por lukazz em Seg 27 Maio 2013, 20:16

    Claro que valeu kkk, se não fosse isso eu não teria jogado 1/10 do que joguei a vida toda... só comecei com original agora com o 3DS, o resto, GBA/DS(exceto alguns que fiz questão de comprar)/SNES/PS1/PS2 tudo piratão mesmo!! não ganhava dinheiro nenhum, como diabos eu ia comprar um jogo de 150 conto? não tinha e não tenho coragem de ficar pedindo pros meus pais pra comprar pra mim, não tinha o que fazer, infelizmente.
    avatar
    lpslucasps
    Blast Plus
    Blast Plus

    Karma Karma : 2138
    Posts Posts : 1958

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por lpslucasps em Seg 27 Maio 2013, 20:29

    "Valeu a pena" em que sentido? Que benefício ela traria, especificamente, que a tornaria justificável?

    Essa pergunta é mais delicada do que parece, por dois motivos. Primeiramente, porque muita gente esquece que pirataria é roubo, pura e simplesmente. Os efeitos são bem eufemizados quando dizemos "não me importo em piratear esse jogo". Mas você diria com a mesma tranqulidade "não me importo em roubar esse jogo"? Você que admite que "pirataria vale a pena", diria "roubar vale a pena" com a mesma convicção?

    O outro motivo é a extensão do conceito de pirataria. Ok, pirataria é roubo. Mas, do modo como as coisas funcionam na indústria do entretenimento, o roubo acaba virando a norma ao invés da exceção. O modo como tentam controlar a cultura e sua distribuição mesmo em casos que não fazem sentido (proibindo a emulação de jogos antigos, fazendo bloqueios regionais, ilegalizando a emulação mesmo quando você tem o jogo, etc) acaba por criminalizar a sociedade.

    Então, sou sim contra a pirataria indiscriminada. Mas, ao mesmo tempo, não concordo com o conceito extremamente amplo de pirataria propagado pela indústria, principalmente no tocante da emulação de jogos super-antigos e que nunca foram exportados.


    Última edição por lpslucasps em Seg 27 Maio 2013, 20:54, editado 1 vez(es)
    avatar
    Caleb John
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 533
    Posts Posts : 1565

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por Caleb John em Seg 27 Maio 2013, 20:52

    Bom,pra quem nem tem boas condições ou não faz questão de jogar Online é uma boa,mais na época do PS1,N64,Saturn,Dreamcast,Ps2,X,GC era bom destravar,até porque os jogos eram carissímos ainda mais naquela época que 100 reais ainda era dinheiro.
    avatar
    arthorácio
    Membro Nv.1
    Membro Nv.1

    Karma Karma : 4
    Posts Posts : 38

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por arthorácio em Seg 27 Maio 2013, 21:10

    eu pensei nisso esses dias, mas tinha pensado sobre livros, para mim não vale a pena comprar original em jogos bons/medianos o jogo deve ser excelente, se a indústria quer o meu dinheiro ela tem que fazer por merecer, além de facilitar a obtenção do jogo(ter em estoque, não vender jogos antigos por preço de novo) pra mim todos os jogos deveriam ser de graça e caso vc gostasse você dava uma doação/comprava(faço isso com livros, sites de anime)
    avatar
    Healingsong
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 558
    Posts Posts : 1327

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por Healingsong em Seg 27 Maio 2013, 21:39

    @AlexOk escreveu:já usei muito pirataria, então não vou ficar de MIMIMiMI.

    todos querendo ou não já usaram. negando ou não.
    isso é fato.

    e meu ps2 e ps1, foram tudo pirata.

    Não neguei em nenhum momento que comprava jogos piratas, o fundamento do post é que eu comprava jogos aleatoriamente, sem mesmo saber qual é a história, jogabilidade, nada. E assim nem fechava metade deles, não ia com a cara de metade da metade que pegava (Claro que podia trocar, mas eu canso de ir numa mesma loja na mesma semana pela terceira vez) e com isso acabei gastando até um pouco mais do que teria comprando aqueles que eu realmente gostei... E poderia estar jogando eles até hoje.
    O post ficou meio porco, isso porque fui ver tv e quando fui concluir o topico e enviar eu tive que logar novamente a conta do NBForum, perdendo todo o meu texto que tava bem melhor que esse. Mas mesmo assim gente, certamente, no PS1 PS2, todo mundo comprava jogo pirata, e isso popularizou esses consoles por aqui, gerando assim muitos "gamers".
    Então por parte pode-se dizer que a pirataria "valeu" a pena, eu deveria ter escrito melhor o tópico, mas mesmo assim crixxto, alguns comentários aqui são de chorar.
    avatar
    Healingsong
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 558
    Posts Posts : 1327

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por Healingsong em Seg 27 Maio 2013, 21:43

    @lpslucasps escreveu:"Valeu a pena" em que sentido? Que benefício ela traria, especificamente, que a tornaria justificável?

    Essa pergunta é mais delicada do que parece, por dois motivos. Primeiramente, porque muita gente esquece que pirataria é roubo, pura e simplesmente. Os efeitos são bem eufemizados quando dizemos "não me importo em piratear esse jogo". Mas você diria com a mesma tranqulidade "não me importo em roubar esse jogo"? Você que admite que "pirataria vale a pena", diria "roubar vale a pena" com a mesma convicção?

    O outro motivo é a extensão do conceito de pirataria. Ok, pirataria é roubo. Mas, do modo como as coisas funcionam na indústria do entretenimento, o roubo acaba virando a norma ao invés da exceção. O modo como tentam controlar a cultura e sua distribuição mesmo em casos que não fazem sentido (proibindo a emulação de jogos antigos, fazendo bloqueios regionais, ilegalizando a emulação mesmo quando você tem o jogo, etc) acaba por criminalizar a sociedade.

    Então, sou sim contra a pirataria indiscriminada. Mas, ao mesmo tempo, não concordo com o conceito extremamente amplo de pirataria propagado pela indústria, principalmente no tocante da emulação de jogos super-antigos e que nunca foram exportados.

    Generalizei demais, foi mal. Concordo que emular Mother até um tempo atrás era "certo". Mas por exemplo minha irmã, jogando Zelda ALTTP no celular dela, sendo que pode comprar no Wii.
    avatar
    Gabriel Limão
    Membro Nv.10
    Membro Nv.10

    Karma Karma : 18
    Posts Posts : 122

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por Gabriel Limão em Seg 27 Maio 2013, 22:06

    Poxa eu acho que vale a pena pra quem não tem tantas condições, tipo eu 13 anos e só ganhei 5 dos 20 que tenho originais e comprei dois consoles (3DS, Xbox 360) o Wii eu ganhei, não aguentava comprar jogos originais pros três consoles então comprei o XBOX 360 destravado. Realmente os jogos param de funcionar completamente depois de um tempo e acabamos comprando jogos por impulsão do preço baixo. Quando se compra um jogo original da orgulho e você valoriza o game e joga mesmo que não tenha gostado como achou que iria gostar, e ver aquelas caixinhas na estante é muito bom, o gostinho de tirar o lacre do game comprado e aquela impressão perfeita no disco e ter adquirido um game que dificilmente vai dar defeito um dia caso cuide bem. Mesmo com o Xbox destravado quando compro um jogo falso e gosto muito dele procuro pra comprar original.
    Afinal se não comprarmos o game original como o jogo que tanto gostamos vai ter uma continuação se a produtora não teve lucro com nossas compras de 3 por 20 que fazemos nessas lojinhas ou camelôs ou até fazendo o download gratuito na internet.
    Não minto sobre isso eu uso jogo falso em meu Xbox e tenho vários guardados com meu PS1 que ainda funcionam depois de vários anos porém a maioria deram defeito.
    avatar
    JonathanAlis
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1336
    Posts Posts : 2517

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por JonathanAlis em Seg 27 Maio 2013, 22:43

    sim, já valeu a pena.
    o publico gamer cresceu muito com o ps2 e o DS. muitos deles nem iriam adquirir um dos consoles, mas acabaram adquirindo por saber que nao precisaria gastar com jogos.
    pirataria aumentou o publico. muitos deles baixaram a versao pirata pelo menos pra testar, e compravam apenas os jogos originais que lhes agradavam.
    hoje em dia nao faz tanta diferença. temos demos da maioria dos jogos disponíveis de graça, meios de comprar pelo preço justo(eshop canadense no caso do 3ds, play-asia, etc).
    é bom ver que agora, que é quando as produtoras gastam pra desenvolver(e precisam vender seus jogos originais), que a pirataria está diminuindo!
    avatar
    justiceiro
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1071
    Posts Posts : 1801

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por justiceiro em Ter 28 Maio 2013, 00:22

    Pra ser bem sincero, os jogos que eu comprei sempre foram originais, principalmente da revista fullgames. Agora, eu nunca comprei jogo pirata, eu apenas baixava jogo pirata. Até hoje no ds uso o r4 pra todos os jogos. Contudo, no steam, eu ando começando a comprar jogos e parando de baixar. Como wiiu que comprarei, não pretendo desbloquear. Eu tenho uma política: não gastarei mais de R$50,00 num jogo. Graças ao mercado de usados e da promoção de 10% do eshop fica mais fácil, além das promoções da ubisoft. Eu não tenho esse apego a caixa que vocês tem, foi porcausa de uma dessas que perdi meu jogo preferido, por que fui emprestar, e daí já viu né. Adora essa de comprar online. Se tivesse a opção de comprar online no ds, teria comprado alguns.

    Mas uma coisa tem me incomodado nessa fala de vocês. Você dizem: mesmo se o jogo não for o que eu esperava, eu zero. Mesmo esse jogo não interessando tanto, eu continuo jogando pra fechar 100%. Ou seja, vocês muitas vezes se veem obrigados a continuar jogando mesmo quando não querem mais pra justificar o dinheiro gasto. É isso que eu num gosto. Você num tem a opção de devolver o jogo que não te convenceu, se vê preso num produto que não gostou, nisso a pirataria é melhor, pois aquilo que não convence, você ignora, simples.
    avatar
    Deejay!
    Veterano Nv.30
    Veterano Nv.30

    Karma Karma : 204
    Posts Posts : 1137

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por Deejay! em Ter 28 Maio 2013, 01:15

    O fato é que o preço dos jogos aqui no Brasil ainda é um absurdo. Imagina saber que um jogo que você compra por aqui, em outro país custa menos da metade do preço. Até desmotiva você a investir em mídia original.

    Antigamente, pra mim, console só valia a pena se fosse destravado, e eu pudesse comprar/baixar e jogar mídia alternativa nele. Porque a situação era outra: eu simplesmente era criança, assalariado, e como odeio ter de pedir as coisas pros meus pais (sim, eu sou praticamente autossuficiente), eu mesmo juntava a grana e comprava meus consoles e games "alternativos". Acontecia comigo o caso de ter dezenas e dezenas de jogos, e só jogar alguns, e infelizmente concluir muito poucos deles, porque é assim que acontece com a maioria.

    Já tive SNES, PS1, PS2, PS3, NDS, tenho um Wii, um Vita e um 3DS agora.

    Desde que comprei meu 3DS, pensei muito em investir num R4... mas pensei melhor, e vi que investir nos jogos seria uma melhor. Primeiro, porque foi na época que conheci o Fórum Blast, e descobri que sempre tem, na internet, uma galera vendendo jogos mais em conta que nas lojas, sejam eles usados ou novos (mesmo os preços sendo um pouco caros ainda se comparados aos valores de fora). Vender e trocar também é uma alternativa. Tem também a questão também de pegar o jogo, ver o valor que ele tem pra você, o tempo e o esforço que você gastou pra obter ele, e jogar até o fim, porque enfim, aquela capinha com aquele cartucho dentro alí é o reflexo do seu esforço. Comprar/zerar um jogo assim é 1000x melhor que compra mídia alternativa que você pega a primeira vez, joga num canto ou numa gaveta e esquece.

    Sem contar que, analisando em termos financeiros, quando você compra jogos originais, por mais caros que eles sejam, você está investindo em um mercado, e ajudando o mesmo a crescer. Isso faz com que a empresa invista no desenvolvimento de mais jogos, na assistência aos jogadores, em plataformas melhores, e tudo isso com o dinheiro do seu investimento. Sem contar os milhões de empregos que são gerados através disso.

    Mas pensando pelo lado da situação socioeconômica do Brasil, muita gente ainda sofre com a mesma situação que eu sofria antes: a falta de grana. Porque no nosso país, o salário mínimo não é dos melhores, e se forem analisar, 3 ou 4 jogos por mês (sei que é exagero, mas tenho certeza que se vocês tivessem condições, comprariam por mês isso, ou mais) fariam um rombo enorme na sua renda mensal. Enquanto essa situação dos preços dos jogos/consoles/acessórios não mudar (e drasticamente, diga-se de passagem), a pirataria aqui ainda vai comer solta.

    Por esse motivo eu não apoio a pirataria, mas também não a condeno.
    avatar
    lpslucasps
    Blast Plus
    Blast Plus

    Karma Karma : 2138
    Posts Posts : 1958

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por lpslucasps em Ter 28 Maio 2013, 08:05

    Eu, sinceramente, nunca entendi o argumento "não sou a favor da pirataria, mas pirateio porque não tenho dinheiro para comprar o original".
    Desde quando roubar porque não tem dinheiro para comprar é justificável?

    Não estou dizendo que não pirateio ou nunca pirateei. Já comprei muitos jogos piratas quando criança e até hoje emulo consoles antigos. Como disse antes, boa parte do problema esta na mentalidade da própria indústria, não nos consumidores. Por causa do dogmatismo idiota da indústria gamística (e do entretenimento em geral) o roubo acaba virando a regra ao invés da exceção.
    Mas nem por isso já achei a falta de dinheiro como eximidora da pirataria.
    avatar
    sandro.an
    Membro Nv.7
    Membro Nv.7

    Karma Karma : 11
    Posts Posts : 93

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por sandro.an em Ter 28 Maio 2013, 08:21

    Deejay, quando eu crescer (tiver posts suficientes), eu clico no curtir da sua mensagem Wink

    Concordo com você, é preciso aprender a valorizar o que se gosta. Se eu gosto de determinado artista, comprar os produtos originais dele valoriza o trabalho e o incentiva a continuar se desenvolvendo.. e eu serei beneficiado pelo meu artista preferido produzir coisas mais interessantes ainda.

    A pirataria teve seu momento, seu lugar... olhem o caso dos principais produtos da Microsoft (Windows e Office), acha que se não fosse a pirataria (falando da realidade do nosso país), eles dominariam a grande maioria dos nossos computadores? Uma empresa pode até pensar em usar produtos diferentes (Linux, brOffice...), mas simplesmente não compensa, pois vai ter que treinar os funcionários, ao passo que se usar Win/Office, todo mundo já sabe usar.

    Por outro lado, o argumento de muitas empresas de que a pirataria acaba com as vendas não é tão verdadeiro assim. Penso que na maioria dos casos, quem compra um pirata (seja pelo motivo que for), simplesmente não compraria o original se não houvesse a pirataria.
    Vou usar o Win/Office novamente para ilustrar isso: por muito tempo, nunca tive grana para comprar esta dupla de softwares, então instalava pirata mesmo. Mas o dia que tive condições, eu comprei estes e não os concorrentes, simplesmente porque sempre usei eles. Então a pirataria também tem um elemento de marketing em si.

    Uma empresa inteligente não barra totalmente a pirataria, mas exerce um certo controle para evitar que ela prolifere demais e inviabilize seu negócio. A Microsoft sempre fez isso, os CD-Key dela sempre foram para dar uma reduzida nas coisas... do porte que ela é, se quisesse realmente, já teria reduzido a pirataria de seus softwares a quase zero... mas isso não é interessante para ela, apesar de que ela morre jurando ser contra a pirataria.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Pirataria, algum dia valeu mesmo a pena?

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 16 Ago 2017, 20:58