Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [História] Babaloo Adventure

    Compartilhe
    avatar
    Angel Kenede
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2507
    Posts Posts : 3504

    [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Angel Kenede em Seg 29 Abr 2013, 21:47

    "Babaloo Adventure"

    Se trata de uma história boba sobre uma garota chamada Diana, a qual recebe poderes mágicos do nada e assim resolve ser tornar uma heroína. Sem sequer saber como usá-los, ela recorre totalmente ao improviso, resultando em ações inesperadas contra seus inimigos. Isso ás vezes a ajudando e outras nem tanto...


    Gêneros: Aventura, Fantasia e Comédia.
    Classificação: +14 Teen
    Motivo: Algumas piadas somente podem ser entendidas por adolescentes.


    Capítulos separados por "Spoiler" para melhor organização.~


    meldels que super efeito de gif, chessus quero um na porta de casa /não

    Capítulo 01:
    Era uma vez...


    ...uma jovem estudante chama Diana, ela gostav...

    Diana: Hey, é "Diana" e não chamada de "Ana".


    Eu disse Diana...


    Diana: Pare, é "DIANA"!! (Ç.Ç)

    O peste, eu tô falando certo, não finja que ouviu errado, o texto "se lê" e não "se ouve"...

    Diana: Ah é, esquece. (:B)


    Francamente...

    Então, ela gostava de caminhar pela cidade e...


    Diana: EU NÃO SOU PESTE!!! (;n;)


    Argh... narre você... (¬_¬)

    Diana: Okay~ (o/)



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 01 - O Primeiro dia de Aula



    Oi, eu sou o Goku...er... Diana* e estudarei na escola Fujisaki, ela é uma escola que dizem ser muito legal e enorme, mas... infelizmente estou começando um novo ano escolar e por causa disso mal terei amigos por aqui, mas espero poder me enturmar mais com os demais "homossapiens" de lá! (o3o)


    Alias, não só sou nova nesse colégio como também na cidade, me mudei para cá faz uma semana. Aqui é tudo tão diferente e cheio de casas, parece uma "cidadeirona" comparada no "cubículo" aonde eu morava.
    Minha cidade era tão pequena que tinha uma placa de "Bem vindo" e atrás dela era escrito "Volte Sempre"!
    Bah... eu até gostava daquela cidade tonta...


    Mas, fico feliz pela cidade nova, até porque dizem que costumam ocorrer coisas sobrenaturais por aqui, como visões de OVNIs e coisas do tipo... Isso me fascina!~


    Pois bem, meu primeiro dia de aula será amanhã, mal posso esperar para ver como os "seres" de lá são! (n-n)



    *Assim a Jovem Diana aproveita seu último dia das férias vendo programas preferidos como o "Otacocôs" e descansa para finalmente poder iniciar seu novo ano letivo escolar~*


    A menos que...



    [ 2:31 a.m.]


    *Grande estrondo acontece causando um leve tremor de terra, e não era a Stronda*



    Diana: *acorda assustada* T...terremoto! (O_O) E...er... droga por que isso de repente?!...


    *Ela se levanta e liga a TV, aonde estava passando uma notícia urgente*


    "...Tremores começam a ocorrer em Mysian City, aparentemente tais fenômenos podem ter sido causados graças a pequenos meteoros da paixão que caíram sobre o bosque perto da cidade, o seu impacto veio até nós, e segundo nossos estagiários de astronomia, não é nada grave e... o que acabou de cair foi o último deles.
    Entretando, recomendamos que vocês fiquem suas devidas casas e voltem a descansar sem problemas, afinal quem ajuda não atrapalha..."


    *Desliga a TV*



    Diana: Como se eu fosse sair a essa hora de casa... pera, ele disse "meteoros da paixão?" (õ_o)

    Meh, acho que não... ninguém teria um gosto tão ruim assim... ah... vejo isso amanhã (e.e)


    *Com isso, Diana retorna para o seu quarto e ao passar pelo dos seus país ela se estranha*


    Diana: Hum... eles nem acordaram com o tremor... será que estão com dor de barriga?

    ...

    Quem sabe... (o3o)



    *Logo a jovem volta a dormir~*


    [ 7:00 a.m.]


    Despertador: *toca uma canção* Hora de despertar~ hora de tirar a remela do zóio que tampa sua cara de ceroto de cavalo~ lá lá~ *desliga*


    Diana: PRECISO TIRAR ESSA MUSICA INDECENTE!... (O_O)


    *Desce as escadas até a cozinha*


    Diana: *boceja*


    Pai: Coloque a mão na boca filha, consigo ver até o que comeu ontem. (u-u)

    Diana: Pensei que isso já tivesse ido descarga abaixo... (o_o)

    Mãe: Filha filha, venha tomar seu café da manhã~ (n_n)

    Diana: Okay, já vou. (>.<')


    *Meia hora depois...*


    Diana: Tchau Mãe e Pai cabeçudo! (o/)

    Mãe: Tchau filha, vá com anjos~ (n.n)

    Pai: puke ce fais içu didi? (çoç)


    Diana: Não me chame de "Didi"... (e_e')...


    *Na entrada de colégio*


    Diana: Uau... que enorme... (*o*)

    Pessoa: Tem algo ainda mais enorme aqui~

    Diana: (O_O)

    Pessoa: *indica* olhe aquela antena de rádio ali perto, ela é enorme não?

    Diana: Ah sim... (que susto, pensei que ficaria gravida) er... o senhor é quem? (o3o)

    Nutty: Me chamo Nutty, sou professor de educação física daqui! (;D)

    Diana: Entendo... hey, o senhor é mó bombado... ('O')

    Nutty: Argh... que bombado o que, isso são músculos que adquiri com muito treino, mocinha. (ù_u)

    Diana: Ah sim, então falando em adquirir... o que ganho em saber disso? (o3o)

    Nutty: ... (e_e')

    Diana: Er... oi?

    Nutty: Vá pra aula! (ù_u) *se retira*

    Diana: E...espera, eu falei brincando... poxa... (çoç)


    *Alunos começam a encher o Prof. Nutty*


    Aluno: Eaê Bomberman~

    Nutty: Você vai levar advertência por isso! (e_e)

    Aluno: Eita, assim "cê mata nóis"... (çoç)


    Diana: *olhando* Eu e minha boca... (e.e')


    *Mais tarde, algo chama a atenção da Diana. uma jovem garota de cabelos pretos parece estar sozinha e meio perdida por ali*


    Diana: Essa menina... será que ela não sabe aonde será sua aula? Vou tentar ajudar...

    *Antes que Diana se aproximasse, o sinal escolar bate*


    Diana: Hã? Aaah eu gastei muito tempo aqui, to atrasada! (çOç) *corre pra sala*


    *Lá dentro*


    "Oh droga... não era essa sala...
    Bom dia... *entra em outra* Aaah... só tem meninos aqui...
    B-bom dia *entra em outra*, droga aqui só tem velhos... "meldels"...
    Bom dia!! *entra em outra e ouve uma descarga* Oh gosh..."



    *e lá fora...*


    Garota: *olhando pro colégio* ...



    *Algumas horas depois, dentro do Colégio Fujisaki~*


    Diana: Oh... perdi a primeira aula por falta de atenção... justo no meu primeiro dia...  *ouve algo pela janela e decide olhar*


    *Ao espiar, ela encontra a mesma garota, ainda lá fora*


    Diana: Er... é a menina que vi hoje mais cedo... ela já deveria estar em sua classe...


    *Chega uns garotos perto dela*


    Diana: VISH... ELA AGUENTA TRÊS AO MESMO TEMPO? (O_O)


    Eles: Eaê "branca de neve", o que houve que você está mais pálida? haha...


    Diana: Estão implicando com ela... malditos... (ò-o)


    Garota: E...eu não estou...


    Eles: Não é? Parece que sua pele vai brilhar logo logo, você é muito branca menina, te chamarei de "Whitenilda", pode ser?


    Garota: N-não! (ç.ç)


    Diana: Grr... esses meninos irritantes...


    Professor: *ouve o "Grr" e pergunta* Algum problema Diana? se precisa ir ao banheiro pode avisar, e não tentar fazer aqui...


    Diana: Hã? *cora* (o///o) N-não é isso...


    Alunos: *rindo*


    Diana: *pensa*
    [Maldito professor... me fez passar vergonha... x///x']

    *Ao avistar pela janela, ela nota que os garotos ainda implicam com "Whitenilda"*

    Diana: V...vamos menina... corra... não deixe... /espera... não a chame assim... (>.>)


    Eles: Vamos dar um passeio *seguram no braço dela*


    Garota: Não quero, me deixe... *tenta puxar o braço*


    Eles: *segura no outro* Vamos, será divertido *sorri*


    Diana: Oh droga... isso vai dar em problema...


    Nutty: Hey, o que pensam que estão fazendo? *surge lá fora*


    Diana: Professor Bomb-Omb! (o3o)


    Eles: Er... estávamos falando com uma amiga.


    Diana: Mentiroso... (ò_o)


    Nutty: Não quero saber, voltem para a quadra, não irei perdoar evadidos de minha aula! *assopra apito*


    Eles: Tá...
    *fala baixo pra ela* Nós vemos na saída ~ <3


    Garota: ...


    Nutty: E você garota? Não sabe aonde é a sua sala?


    Garota: N-não... *respondia timidamente*


    Nutty: Certo, venha comigo, iremos ver na lista aonde é!


    Garota: Certo. (>.<)


    Diana: Aiai... que bom que deu tudo certo~ (n.n)


    Professor: É mesmo né?! *do lado dela*


    Diana: *se assusta* SLENDERMAN? (o_o)


    Professor: Mocinha... é o primeiro dia de aula, já está relaxando? (e.e)


    Diana: Er... é que... a-ah... (x_x)


    Professor: *coloca um livro em cima da mesa dela* copie toda a primeira página, foi o que acabei de explicar!


    Diana: M-mas...


    Professor: Vamos! (ù_u)


    Diana: Num posso tirar foto e imprimir? é mais rápido...


    Professor: ... (e.e)


    Diana: Okay... num farei isso... *copia*


    Alunos: *riem*



    *E assim ela sai um pouco mais tarde do colégio*



    Diana: Aaah... minhas mãos estão doendo de tanto copiar... que escola rígida... (ç.ç)

    Diana: Sai tão tarde que nem vejo mais nenhum aluno pela escola...


    *Nota umas pessoas mais a frente, fora do colégio*


    Diana: Hum... parece que já vi esses bípedes...



    *Se trata dos meninos de novo e da garota, eles estavam a atormentando mais uma vez*


    Diana: Eita... os cabaços estão ainda enchendo ela...
    V-vou ajudá-la! (ò-o)


    Eles: Vamos menina, quero te levar para o shopping, iremos comer algo lá~ *segurando nos braços dela*


    Garota: Eu não quero, me deixe...

    *ao tentar correr, ele a segura pelo braço novamente*


    Ele: Desculpe, mas nenhuma menina me dá as costas... *olha sério*


    Alguém: "Darei minha sola na sua fuça então!"


    *Diana surge dando uma voadora na cabeça do cara que segurava a menina, o fazendo cair*


    Diana: MEGATON KICK!!! (/o/)


    Outro garoto: (O_O)


    Garota: *surpresa e sem saber o que dizer*


    Diana: Hehe, "kiss my foot, baby"~



    *O cara cai e sem consciência*


    Outro: Quem você pensa que é?


    Diana: *pega um pedaço de pau* Sou a menina que se continuar mexendo com ela, colocará isso aqui na tua bunda.~ *sorri* (^.^)


    Ele: Eita... *corre*


    Garota: ...


    Diana: Que chato... arregou... (ç.ç)


    Garota: E...er Quem é você?


    Diana: Ah sim, pode me chamar de Diana, prazer! o/


    Garota: "De Ana"?


    Diana: Essa piada não tem mais graça! (ù_u') "Diana"!!!


    Garota: Oh desculpe... prazer, Diana! (>.<)


    Diana: *Olhando*


    Garota: ...


    Diana: E seu nome criatura? (o3o')


    Garota: Oh... desculpe, me chamo Sophie... (>.<) *tímida*


    Diana: Nossa... você é bem branquinha mesmo... /e tímida...


    Sophie: Eles disseram isso também... isso me constrange, ouvi o dia todo piadinhas disso... (ç.ç)


    Diana: Er... melhor eu ficar quieta então... (o3o')


    Diana: Bem, vi que você é nova no colégio também...


    Sophie: Sim... mal consegui encontrar minha sala... *lágrima escorre*


    Diana: CALMA CALMA *chacoalha ela igual doida*


    Sophie: IOIOI IOI IOI~ *sendo chacoalhada*


    Diana: Oh droga... desculpe, te chacoalhei até você cantar Kuduro... *para*


    Sophie: buh.... (x_x')


    Diana: Er... Eu posso te ajudar amanhã se quiser!


    Sophie: ...


    Diana: ...


    Sophie: M-mesmo?...


    Diana: Sim...


    Sophie: EEEEEEEEEEEEH *pula em cima dela animada*
    OBRIGADA OBRIGADA PRECISAVA MUITO DE AJUDA!!!


    Diana: C-calma, assim você vai me engravidar... (o3o') /não pera...


    Sophie: OBRIGADA OBRIGADA...


    Diana: Er... certo certo...


    Sophie: OBRIGADA, MUITO OBRIGADA, MUITÍSSIMO OBRIGADA!!!


    Diana: Okay... (ó_o')



    *E assim após a salvar dos possíveis problemas, Diana conhece Sophie, uma garota tímida e misteriosa, como será que continuará a sua vida escolar agora com sua "possível nova amiga"?*


    *Meia hora depois*


    Sophie: OBRIGADA, MUITO OBRIGADA, MUITÍSSIMO OBRIGADA, REALMENTE OBRIGADA, ALÉM DE TUDO MUITO OBRIGADA!!!


    Diana: Ok, caçamba... (e_e')



    == Continua...



    Escrito por Angel Kenede~

    Capítulo 02:
    Era uma vez...


    Diana: Um monte de pão com mortadela~


    Argh... Que diabos está falando?


    Diana: Poxa eu estou com fome, pode não? (ç.ç)


    Você fica me interrompendo... pare já com isso!


    Diana: Pfv, eu sou a protagonista, devo brilhar, 2bjs! (u.u)


    Vou parar de escrever sua história! ('-')


    Diana: Poxa, cê num sabe brincar... (çOç)


    Tsc... (¬_¬')



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 02 - Suja e ameaçada!



    Oioi, sou a menina do mato, desbravadora da "zarvore" e terrorista das "fumiga", aiai eu sou a desbravadora do mato!!!~ *cantando*


    Sophie: Q...que música é essa, Diana? (ó.o)


    Diana: É uma música que ouvi na rádio "cassetinho" (o/)


    Sophie: Oh... não conheço...


    Diana: Entendo... *pensa* [Ela deve ouvir músiquinhas de rico, igual aquelas daquela dupla, zé rico e milionário...]


    Sophie: Deve ser mais pra lá... *indica*


    Diana: Entendo vamos!!! *corre*


    Sophie: C...calma... *corre atrás*



    *Dois dias se passaram desde quando Diana e Sophie se conheceram, elas se combinaram de se encontrar na entrada do colégio, até que a Sophie comentou algo...*


    *Lembrança*


    [Sophie: Então... dizem que se você vê uma estrela cadente... você faz um pedido não?!

    Diana: Verdade, nem sei o que pediria... (o3o)

    Sophie: N...nem eu... (ç.ç)

    Diana: Hum...

    Sophie: ...?

    Diana: Se ver uma estrela caindo te da direito de um pedido... então se...

    Sophie: Se...?

    Diana: Tenho uma idéia! Amanhã mataremos aula e iremos pro matagal!!! (o3o)

    Sophie: P...pera... o que quer dizer com isso? (;n;)

    Diana: Calma calma, eu sou "heterina" não irei fazer nada contigo! (u3u)

    Sophie: Menos mal...

    Diana: Iremos procurar pelo meteoro! (;D)

    Sophie: ... (ó_o]



    *E assim...*



    Diana: Se uma estrela caindo te dá um pedido... se encontrar uma, poderemos ter quantos quiser! (ò3o)

    Sophie: Essa lógica é meio estranha... mas okay... (ç.ç')



    *Elas caminham mais um pouco até que encontram um local meio sem árvores*



    Diana: Tem lógica sim, não duvida de minha experiencia!!! (u3u) *falando olhando pra trás enquanto caminha*


    Sophie: *pasma com algo que vê* D...diana... o...olhe...


    Diana: H...hum? *se vira e pisa em falso num buraco e rola a baixo*



    "Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah.... que droga.... ai ai ai..."



    *Fica lá no fundo*



    Sophie: DIANAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!! *grita*


    Diana: Ai... calma... ainda estou viva...


    Sophie: Está tudo bem? (ç.ç)


    Diana: Ai... eu machuquei minha bunda...


    Sophie: ... (=_=')


    Sophie: M...mas sério, e...esse é o "meteorito"? (o_o') e...é... enorme...


    Diana: Verdade, parece um cocozão preto. (O3O)


    Sophie: Que exemplo... (ó_o')


    Diana: Okay okay, parece um carvão! (u-u)


    Sophie: Melhor assim... (ú.u)


    Diana: Hum... *olhando de perto*


    Sophie: Er... acho que não é bom olhar de tão perto, iriamos só ver lembra? Pode ser radioativo... e perigoso... (ç.ç)


    Diana: Deve ser nada... *ficava tocando*


    Sophie: Diana... melhor voltar...


    Diana: *lambe o meteoro* tem gosto de metal...


    Sophie: NÃO PRECISAVA PROVAR!!! (O_O) /e... você já provou metal pra saber? (o_o')



    *Após a lambida o meteoro começava a se mecher*



    Diana: Ah... será que ele ficou feliz? (o3o)


    Sophie: Pare de falar coisas estranhas, por favor... (T^T)


    Diana: Desculpe... (:B)



    *Meteoro começava a brilhar muito fortemente a ponto de nem se poder ficar olhando*



    Diana: A...ah... essa luz... é muito forte... *cobrindo o rosto*


    Sophie: Saia dai Diana... isso pode te cegar... *com olhos fechados*


    Diana: Muito forte.... m...muito....


    Sophie: Dianaaa....


    Dian.....


    Di.....


    .....



    *Diana desmaiava*



    *Horas se passavam*



    "A....ah... que dor de cabeça..."



    *Assim ela acordava, mas notava que estava sozinha e já estava de noite*



    Diana: ... SOPHIEEEEEEEEEEEE, SOPHIEEEEEEEEEEEE... Droga... ela deve ter fugido de medo... ai... que dor de cabeça... epa... CADÊ O METEORO? (O_O')



    *Buracão aonde ela estava, simplesmente com mais nada e o meteoro no mínimo 5 metros, sumiu...*



    Diana: A...ai... minha cabeça não para de doer... melhor ir pra casa... estou toda imunda de terra também... (ç.ç)




    *Tenta escalar o monte de terra, escorrega e cai tudo de novo*



    Diana: NOSSA, VALEU EIN, ESCRITOR!!! (Ó_O)


    Eu: -QQQ



    *Depois de um tempo ela volta a cidade, toda cheia de terra na roupa que chamava a atenção das pessoas*



    Diana: Que vida triste... (e_e')


    *Passava por umas ruas e vida algo se mechendo perto do lixo*



    Diana: Hum? (õ_o')


    Diana: Er... vi um negócio amarelo passando ali...



    *Algo mechendo no lixo num beco*



    Diana: Será um cachorro? *cabeça dói* Ai... melhor ir embora e ignorar... (x_x)


    *Caminha quase de olhos fechados de tanta dor de cabeça*


    *Até que ouvia algo/alguém cantarolando*


    "Você já é meu pudim de leite
    Você é tudo pra mim
    Você faz tão bem
    Outras coisas meu bem"~



    Diana: *abre os olhos assustada querendo ver daonde vem isso* QUEM DIABOS CANTA ISS... ....................... (O_O)



    *Ela se depara com vários pudins com espadinha de madeira fuçando lixo*



    Diana: M...mas o que é isso?... (O3O)


    Eles: Olhem... uma humana...


    Outro: Calma, ela não pode nos ver e nem ouvir...


    Outro: Ela parece olhar fixamente para nós...


    Outro: Deixe-me ver...



    *Um deles chega perto dela*



    Pudim: Oi... o que foi grandona? perdeu algo? (ò-o)

    Diana: *Pisa em cima dele e faz "pluf"* Hum... ELE EXISTE??? (O_O)


    Pudins: ELA PISOU EM NOSSO COMPANHEIRO!!!

    Pudins: MALDITA, BUMBUNS NÃO SERÃO PERDOADOS!!!


    Pudins: CORRAM!!! PEGUEM-NA, NOSSO CREME É O PODER!!!

    Pudins: ÉEEEEEE!!!


    Diana: ... lascou... (=_=')



    *Saem correndo atrás dela*



    Pudins: VAMOS VINGAR NOSSO COMPANHEIRO, TE CUTUCAREMOS ATÉ A MORTE!!! (Ò_O)


    Diana: AAAAAAAAAAAAAAH O QUE EU FIZ PRA MERECER ISSO?! *corre igual louca assustada*



    *Pessoas em volta sem poder ver os pudins, só veem ela correndo igual doida*



    Criança: Mãe... ela me da medo... (ç.ç)

    Mãe: Calma calma filho, isso acontece pra quem não vai a igreja.



    *Consegue despistar eles até chegar ao bairro de sua casa*


    Diana: F...finalmente estou segura... *ofegante e suja* ...



    *Bate na porta de casa*


    Pais: ... *espantados com que veem* ...


    Diana: ... (ó_o)



    *E assim Babaloo tem seu primeiro contato com o meteoro estranho, após seu primeiro contato o mesmo brilha e desaparece, além de uma estranha dor de cabeça surgir nela, será que tudo isso pode ter alguma ligação? E será que ocorreu algo com Sophie?*



    Pais: ...


    Diana: Er... oi!


    Pais: Desculpe, se enganou de casa! *fecham a porta*


    Diana: Qualé, sou eu, abre pra mim!!! (T^T)


    Pudins: Ali está ela, atacaaaar!!!


    Diana: Aaaah de novo, nãaaaaaaaaaaoooo... *corre desesperada*


    == Continua...


    Escrito por Angel Kenede~

    Capítulo 03:
    Era uma vez...


    Diana: Um pão inglês!(:B)


    *leva pancada*


    Diana: OKAY, EU PAREI... (;n;)



    ========================================================


    - ...


    Sobre o escuro de um quarto solitário, parece que havia alguém lá dentro...


    - Sei que sou uma pessoa nova por aqui...


    - Posso não ter amigos... mas tenho a vocês...


    Dizia alguém sobre tal quarto escuro com seus brinquedos, os quais estavam por de volta de sua cama e também era possível notar um gato ali, o qual miava como se compreendesse seu dono.


    Nyaaah...


    - Oh Sammy, você já veio...


    A pessoa ficava olhando para seu gato, até que levava o mesmo até seu colo, o gato feliz pelo carinho rorosnava e a pessoa lhe dava mais carinho.


    - Contigo comigo... nem preciso de amigos, você e meus demais brinquedos sempre serão meus amigos.


    Após afirmar isso um dos bonecos caia, aparentemente uma que parecia uma boneca de bruxinha com uma varinha.


    - Entendo... parece como se você quisesse fazer algo...


    - Tudo bem...


    - Afinal, na nossa imaginação... podemos o que quisermos...



    ========================================================



    ==== Babaloo Adventure ===



    Capítulo 03 - Confusões!



    [3:37 a.m.]



    - Waaaaaaaaaaaah!!! - Diana se espriguiçava de uma forma nada delicada.


    - Hã? - Ela olhava ao redor e notava que estava em seu quarto.


    - Er... como voltei? Me lembro de estar lá fora correndo e suja de barro... HÃAAA? - Percebia que algo poderia estar errado e olha rapidamente para suas roupas as checando pensando que as encontraria sujas, mas para sua surpresa, as mesmas estavam limpas.


    - Estou limpa... e... em casa... Minha dor de cabeça passou e me lembro que corria de er... pudins?!... até que senti um sono forte e cai... BAH, deve ter sido tudo sonho, afinal tudo foi bem estranho... (x_x') - Afirmava ainda confusa e sem entender nada, até que sua barriga faz um ruído.


    - Okay... essa parte não foi de um sonho... ninguém manda eu falar de pudins...



    Assim a garota descia as escadas de sua casa e o calendário lhe chama a atenção, quando olhava para o mesmo, via a data que correspondia a mesma do sonho, como se aquele dia jamais tivesse vindo anteriormente.



    - Entendo... foi só um sonho estranho mesmo... aquele dia jamais ocorreu.... (ú.u) - Suspirava alivada, mas ainda confusa...


    Assim ela ligava a TV enquanto pegava algo para comer.


    - "Hoje estamos na rua Antonio Nunes que está interditada por tamanho congestionamento, segundo fontes o motivo poderia ser o alvoroço por pessoas de estados próximos estarem viajando ao mesmo tempo, graças ao show da banda japonesa "Takapal nogatou* que veio a poucas semanas para cá, a estimativa é que as ruas voltem a ficar normais em cinco dias, mas pode haver mais conflitos. Agora é com você Percivau!" - Dizia a Reporter Jucelina!

    - "Bem, hoje falaremos dos jogos que ocorrem na Europa, chamados "Corrida do Queijo que a vaca deu um beijo..."



    TV era desligada novamente antes que o apresentador terminasse de falar.



    - Jornal chato... ('^') - Afirmava com uma expressão infantil de desgosto e logo avistava o relógio da cozinha.



    [3:51 a.m.]



    - Já será 4 horas da manhã... melhor eu ir dormir mais um pouco para ir ao colégio depois... (x_x) - Dizia desanimada e assim subia novamente as escadas até ir ao seu quarto, mas ao passar pelo dos seus pais reparava de novo e pensava.

    - Hum... vocês nunca levantam de madrugada, a brincadeira deve estar boa ein? (o3o)

    - Deve ser aquele novo jogo que compraram para o PS3... - Bocejava e entrava em seu quarto.



    Ao estar em seu quarto, ela se deita em sua cama preparando-se para dormir, se não fosse pelo seu celular o qual começou a vibrar sobre a mesa, impedindo que ela conseguisse descansar.



    "Vruuu vruuuu"


    - ...


    "Vruuu vruuuu"


    - Aaaah... quem será que é? (x_x') - Dizia desanimada e se sentava sobre a cama para olhar quem poderia ser ligando a essa hora.



    Para sua surpresa, não era uma ligação e o celular estava com uma tela branca sem ação e somente vibrando.



    - Oh droga... isso... não é chamada... isso é... A TELA BRANCA DO AKUMA!!! (O3O) - Falava com uma expressão de surpresa.



    Após sua afirmação o celular caia de sua mão no chão.



    - Aaaah... falei algo tão besta que ele até caiu... Er... desculpe - Dizia com cara de choro pro celular caido.


    Ela pegava o Celular novamente e ficava o olhando.


    - Hum... você está estranho e nenhum botão funciona... você está com o capeta?


    E Assim o Celular caí novamente.


    - OH, GOSH!!!...



    [4:05 a.m.]



    - Aaah... desisto, nada que faço parece resolver... - Dizia desanimada após trocar a bateria, tentar ligar ou desligar, apertar botões númericos e acender uma vela ao possuído eletrônico.


    - JÁ SEI!!! - Tinha uma idéia! /medo...


    - Se tudo der errado... huhu... HORA DE APERTAR TODOS BOTÕES FRENÉTICAMENTE!!! (>O<)


    Apertava todos botões do celular igual uma doida, mas aparentemente obter nenhum resultado... até que...


    "Celular dá uma travada"


    - Vish... terminei de estragar! ('-')


    - Kushii shii shii~ - Barulho vinha do Celular.


    - Oh céus... será que além de possuído, meu celular está com um capeta gay? (O_O) - Dizia surpresa com o ruído, dizendo coisa com coisa, voltando a apertar os botões igual bobona.


    - Poxa pare de me xingar toda vez que eu aperto os botões... (;-Wink


    Eu: Okay, parei. -q


    Continuava apertando igual uma doce menina... ou não. /Diana: (¬_¬')


    - AAAi aai assim você mata o papai~ - Dizia com cócegas...?


    - ... (O_O) - Surpresa.


    - "Cadê meu celular? tá na Pernambucanas~" - O celular cantava.


    - ... - Diana sem o que dizer e vendo aquilo.


    - Er... pera eu sou um celular, não posso usar outro, que irônia a minha com essa canção hehe... ooh olá, jovem garota, curti sua tiara, você não tira ela para dormir? ein ein? - Dizia o celular tagarela.


    - ... - Diana ainda sem palavras.


    - "Menina veneno, seu peito é pequeno demais pra nós dois~" - Cantava uma versão alterada da canção e...


    - VOLTE PRO MAR OFERENDA!!! Aparelho possuído... / e não fale de meus peitos... (;-Wink - Gritava jogando o celular pela janela e ficava ainda em estado de choque.



    [4:28 a.m.]



    - Olha a hora... melhor ir dormir logo e esquecer esse pesadelo... - Assim ela se deita na cama.

    - Por que essas coisas estranhas andam ocorrendo comigo?... - Resmungava deitada.

    - ... - Pegando no sono.

    - ...




    ...




    - AAAAAAAAAAAAHHH!!! - Levanta no desespero...

    - E...eu não posso dormir... (Ç_Ç)

    - Afinal... acabo de jogar o aparelho que era... o meu despertador e não irei conseguir dormir por poucas horas assim... - Fica sentada no canto chateada...



    [Selo do Troll] - "Parabéns, você foi trollada!"


    Diana: Seu escritor chato... (¬_¬)




    [ 7:00 a.m.]



    - ... Finalmente... - Dizia ela sentada na cama descabelada e sonolenta.


    "Filha desça para tomar seu café da manhã!"


    - Nossa que pontuais... (O_O')


    Se levanta como em qualquer dia "normal", toma café da manhã, termina de arrumar suas coisas e sai da casa para ir ao colégio, até que encontra seu celular na calçada.


    - ... - Celular sem fazer nada.

    - Hum... parece que você voltou ao normal. - Diana ficava o olhando, mas resolve o pegar e guardar no bolso.

    - Fazer o que? É ele ou ficar sem despertador... - Dizia desanimada...


    Assim ela se dirigia até o colégio.


    "Na Escola"


    O sinal toca e ela já está em sua classe, notando uma pessoa a mais na sua sala.


    - Hum... er... então a sala que você não conseguia encontrar era justamente a minha... (e_e') - Dizia ela olhando a aluna.

    - Te he~ (^.^') - Sophie sorria sem jeito.

    - Alias... por que você sumiu ontem? (è_e') - Diana perguntava.

    - Er... Não entendo... nem lembro de ter sumido, você me ajudou com aqueles garotos e depois a gente se despediu... (x.x) - Sophie respondia confusa.


    Diana não entendia a resposta dela, mas depois lembro que aquilo poderia ter sido um sonho e o "ontem" verdadeiro, seria quando se conheceram.


    - ...Entendo... certo, então. - Ela aceitava a resposta.


    "Heeey, fiquem quietos seus bobocas!"


    - ...? (o_o')


    - Serei a sua professora de idiomas durante esse ano letivo, me chamo Mawline, prazer bobinhos! (u.u) - Se apresentava.

    - Que professora bonita... - Garotos sussuravam.

    - Nossa, ela tem um belo cabelo. (*o*) - Comentava Sophie.

    - Ela não precisava nos chamar de bobocas... (ù.u) - Dizia Diana.


    Assim a aula começava e tudo parecia ter voltado ao normal, até que...



    "No Refeitório"



    - Aquela professora é tão bela e tão prestativa, gostei muito dela. (*^*) - Sophie dizia.

    - Ainda irei dar uma réguada na testa dela se me chamar de boboca de novo! (ù.u) - Diana afirmava.

    - Que exagero... (x.x) - Dizia Sophie.


    Diana sem dar muita bola pra Sophie notava algo estranho no refeitório, para ser mais específico, na parte dos doces...


    - N...não pode ser... - Ela dizia parecendo ver algo estranho.

    - Hum? O que foi? - Sophie olhava para o mesmo lado sem entender.

    - É mesmo... ela nem vai poder ver... - Diana pensava.

    - Er... Aquela senhora da cantina, ela tem um bigodão né? (O3O)

    - Nossa é mesmo, rsrs. (xD) - Sophie ria.

    - Ufa... consegui a enganar... ... PERA?! ELA TEM BIGODE MESMO? (O_O') - Pensava Sophie.

    - Er... deixa... meu maior problema é aquilo... - Pensava e ainda olhando disfarçadamente pra ala dos doces.



    "Ala dos doces"



    - Precisamos libertar eles, eles estão em quarentena, vamos galera!!! - Dizia o líder Pudim se referindo em libertar os doces ali mantidos.

    - YEAH!!! - Pudins davam apoio.


    - Estou ferrada... - Comentava Diana.

    - Hum?... - Sophie sem entender.

    - Er... estou ferrada se tiver um bigode daquele, parece uma taturana. (xD) - Disfarçava.

    - Ah sim, rsrs você é engraçada Diana - Sophie ria.

    - Esperava ser só graça... - Diana pensava desanimada.



    E assim Diana se depara com os Pudins guerreiros dentro do refeitório de sua escola, será que conseguirá dar um jeito nisso? Ou vai acabar correndo e gritando novamente aos ventos?



    Pudim: Hey moça, quero um desse! (*u*) *indica pra outro pudim da cantina*

    Diana: CANIBAL!!! (O_O)



    == Continua...



    Escrito por Angel Kenede~

    Capítulo 04:
    Recaptulando...


    Oh... sou a Diana, sou uma aluna nova do colégio Fujisaki, também sou nova na cidade, acabei de me mudar a Mysian há poucos dias, até que umas coisas estranhas acabaram ocorrendo. Um meteóro de Deus sabe lá onde caiu perto da saída da cidade, eu e minha recem colega chamada Sophie fomos checa-lo, até que uma luz forte me fez adormecer e a maldita de minha colega sair vazado (¬_¬).

    Então desde quando acordei disso... ando vendo coisas estranhas como pudins guerreiros e celulares com péssimo senso musical... alguém me ajuda? ein?... poxa eu pago um lanche... (ç.ç)...


    Mas... qual será a real explicação pra isso?...


    =======================================================



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 04 - Alvoroço!



    Diana: ...  *pensava* Terei que aguentar isso até no colégio...?



    *Pudins se juntavam para falar com a cozinheira*



    Pudim: Heeey, não me ouviu? quero aquele pudim ali!!!

    Outro: Não se esqueça, nos disseram que humanos não podem nos ouvir!

    Pudim: Tsc... ontem mesmo nos foram ditos que parece que alguns podem sim nos ouvir, lembra daquela garota lá?



    *Diana ficava atenta ao ouvir isso*


    Diana: *pensando* "O...ontem"? er... isso confirma que nada daquilo foi um sonho mesmo.

    Sophie: *olhando* Algum problema Diana? Você parece nervosa. (o-o')

    Diana: Er... nada não. *disfarçava* Então... viu? o lanche daqui também é bom! (n_n)

    Sophie: É mesmo... (>.<)



    *O pudim parecia se irritar com a atendente*



    Pudim: HEY, PARE DE SE FAZER DE SURDA, SUA BOLA DE CARNE!!! EU DISSE QUE QUERO AQUELE PUDIM!!! *começava a bater o pé em cima do vidro do balcão*



    "tum-tum... tum-tum..." *fazia o barulho dele batendo os pés*



    Sophie: Er... que barulho é esse?

    Diana: ... (ó_o) *pensava* Espera... eles não podem os ouvir diretamente, mas o ruído que eles provocarem sim...?!*

    Aluna: Que barulho desagradável... de onde será que vem?

    Aluno: Será que algum eletrônico daqui está dando "pití"?


    Cozinheira: Hey... que ruído é esse? O que está ocorrendo ai?

    Atendente: Não sei, mas parece que está vindo um ruído de dentro...


    Pudins: Oh... eles não se fingem de surdos pra isso... *tem uma ideia* Já sei, vamos todos ficar pulando aqui!

    Outros: Er... Certo!


    *Ficavam todos Pudins pulando sobre o container fazendo barulhos mais altos*


    Alunos: Esse ruído... de onde vem? *olham pros lados*

    Outro Aluno: Parece vir do container de doces...

    Diana: Oh droga... isso está chamando muito a atenção...

    Sophie: Que ruído estranho... (;-;'



    Cozinheira: Me da licença irei ver...

    Atendente: Certo! *se afasta*

    Cozinheira: *abre o container pra tentar ver ou ouvir se é algum defeito no interior* Hum...

    Pudins: ELA ABRIU!!! ATACAR!!!


    Diana: *Vendo isso* Oh droga...


    *Pudins entram rapidamente dentro do container e começam a mexer nos doces lá dentro e conversar com os pudins de dentro*


    Diana: ...

    Sophie: Oh ruído se foi...

    Outros alunos: Parou... é mesmo... que silêncio repentino...


    Pudim: Hey companheiro, viemos te libertar, vamos levantasse!

    Pudim real: ...

    Pudim: Vamos mano! Liberte-se! (ò-o)

    Pudim real: ...


    Cozinheira: Bem, pelo visto parou... acho que podemos ver isso depois dos alunos se forem.

    Atendente: Entendo.


    *Assim a cozinheira ia fechar o container novamente até que os Pudins começam a se exaltar*


    Pudim: VAMOS COMPANHEIRO, VIEMOS TE RESGATAR, PARE DE NOS IGNORAR SÓ PORQUE É O CREMOSÃO DA ÁREA!!! (ÒwO)


    Diana: ... *ri disfarçadamente* "cremosão da área" *pensa*

    Sophie: *nota sua amiga rindo* Er... o que foi Diana? (o-o)

    Diana: Er... já notou como as pessoas costumam soluçar já em seguida ao beber Coca-cola após comer algo? (o3o) *disfarça*

    Sophie: Hum... é mesmo... *fica refletindo*

    Diana: Isso mesmo, pense e reflita! (u-u) / *pensa* Nem sei como pensei em dizer isso... (;=;'



    *Se ouvia o barulho de um estouro de vidro que assustava os alunos*



    Diana: WTF?

    Alunos: O vidro do container estourou...

    Outros alunos: Olhem quanto caco... olhem quantos doces no chão...

    Sophie: Eu queria aquele bolo de baunilha... (;-; *xatiada*

    Diana: Nossa que confusão... er... pera... você gosta tanto assim de baunilha? (e.e')


    Atendente: O que foi isso? (ó_o)

    Cozinheira: Deve ser vazamento de gás ou algo do tipo, irei ver lá dentro.


    Pudins: Por que o chutou chefe?

    Pudim: Ele me ignorou, isso me da raiva! (ù_u)

    Pudins: Parece que os humanos podem ouvir esses barulhos...

    Pudim: Oh... perfeito!

    Pudins: Alguma idéia?

    Pudim: Vamos por o terror aqui! Mwahahaha!



    Diana: ... *olhando* *pensa* preciso fazer algo, preciso fazer algo...


    Pudim: Vamos lá colegas, hora da festa!!!

    Pudins: Eeeh!!!



    *Vários vidros do container começam a serem destruídos e lançam pratos e doces para todo canto do refeitório*



    Alunos: Aaaaah que diabos é isso? *começam a correr pra fora*

    Diana: Que conveniente... (õ_o)

    Sophie: Vamos Diana *puxa ela pelo braço*

    Diana: Er... certo! *vai com ela*


    Atendente: *corre soldando fumaça pelo chão de tão rápido*


    Diana: Oxe... Mulher foguete! (o-o)



    *Alvoroço continua lá dentro do refeitório e todos ficam do lado de fora afastados do local ouvindo*



    Diana: *pensa* Preciso fazer algo antes que ocorra algo mais tenso... Já sei!!!

    Diana: *olha pra Sophie em seus olhos* Preciso te dizer algo Sophie! (ò-o)

    Sophie: E...er... aqui não acho que é um bom local e momento para dizer algo do tipo... (u///u)

    Diana: Pare de ser tonta... (ò-o') eu vou fazer número dois! (o3o)

    Sophie: ... (ó-o) Er... okay... vai na fé...



    *Diana vai correndo para dentro do colégio*


    *Lá dentro*



    Diana: Er... preciso procurar algo para poder os enfrentar...



    *Seu celular toca*



    Diana: ... *pega ele e olha* Sem bateria, mas ainda tocando...


    *Toca novamente*


    Diana: Argh... *atende* "É você satanás?" (o3o)

    ???: Não, sou o celular! (u-u)


    Diana: Whaa...? *o derruba no susto*

    Celular: Pare de me derrubar cacete! (ò-o)

    Diana: Oh foi mal... (e.e')

    Celular: Então tudo bom?

    Diana: Você sabe que aqui não é skype né? vai direto ao assunto jovem capirotinho! (u-u)

    Celular: ... (e-e')


    Celular: Então... pelo que vi você quer enfrentar aos pudins, não?!

    Diana: ... (ó_o) Como você sabe disso tudo? Além de saber o que acontece, pode dizer meu horóscopo também? (o3o)

    Celular: Xiu xiu, eu explico, o fato é que sou um deles!


    Diana: *chocada, momento avenida brasil*


    Celular: Pare com isso, o fato é que, você terá que os enfrentar, já que é a única que pode os ver! (ù-u) /e eu sou só um celular... (e-e)

    Diana: Certo, certo, mas como enfrentarei?


    Celular: Sei lá, nas minhas falas do roteiro só me deram isso. (o3o)

    Diana: Shit... (¬_¬)

    Diana: Okay, irei procurar a primeira vassoura que ver e usarei! (o3o)

    Celular: Que agressiva...

    Diana: Vamos lá! *pega ele e poem no bolso*

    Celular: Er... pensei que iria me deixar ali.

    Diana: Magine, você é meu celular afinal.

    Celular: Obrigado... *emocionado* (;-;

    Diana: Afinal se te deixasse não teria quem escravizar pra me acordar toda manhã! (Razz)

    Celular: *clima desfeito* (e_e')



    *Assim ela corria pelas salas até encontrar alguma que poderia ser de depósito a fim de encontrar vassouras, mas... passa por uma diferente e assim para em frente a ela*



    "Sala de Kendo"


    Diana: *olhando* Hum... "Sala de Kendo?"...


    *Entra e avista algo*


    Diana: Acho que isso irá servir e muito! ('o')


    *Assim ela pega algo e corre para fora do local, mas parece que ela não estava sozinha ali...*


    *Alguém no corredor*


    ???: Hum... *olhando ela indo embora e depois ri de leve*



    E então Diana encontra algo na sala de kendo e leva consigo, será que será algo o suficiente para enfrentar todos aqueles pudins armados com... er... doces e pratos?




    Celular: Er... "doninha"? Bem posso te chamar assim?

    Diana: Oh, certo. *correndo*

    Celular: Então doninha, você não ia fazer número dois? (e.e)

    Diana: ...aquilo foi mentira...

    Celular: Entendo... então você tem prisão de ven... *ela da um tapa nele*

    Diana: Celular ousado... (ò//o) *correndo*

    Celular: Foi mal... (;-;



    == Continua...


    Escrito por Angel Kenede~

    Capítulo 05:
    "O lendário samurai BB"

    "Há muito tempo, um grande samurai serviu a nobres do templo de Loo, esse samurai sempre demonstrou total devoção e competencia em suas ações, protegendo a família de nobres por longos anos."

    "Dizem que esse samurai teve seu espírito adormecido em um objeto querido pelo mesmo, seria sua armadura, espada ou até vestes? Ninguém nunca soube..."


    =======================================================

    A CIDADE ESTÁ SENDO ATACADA!!!


    OOH OOOH OOOH

    O GIGANTESCO PUDIM EX-3000 ESTÁ CAUSANDO O CAOS!


    "Não tema!!!"


    Oh será um pássaro? um avião? não!!! é o bonde da stronda!!!


    "Stronda o cacete! (ù-u)"


    "Sou a Super Diana!!!" (ò-o) *faz pose*


    Oooooohhhhhhh...


    ...


    ...só que não...


    Diana: Celular maldito! (ò-o)

    Celular: hehe~



    =======================================================



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 05 - Super Babaloo!



    Pessoa: "Certas coisas estão predestinadas a ocorrer e surgirem... parece que você é uma delas... garotinha."


    *Dizia a pessoa misteriosa olhando a Diana pela janela*


    *No refeitório*


    *Alguém chuta a porta dos fundos*



    Diana: HAAAAAA!!! Se preparem senhores pudinianos, estou com meu pau na mão!

    Celular: Que coisa indelicada a dizer, doninha...

    Diana: Pare de ser malicioso! (ù.u)

    Diana: Bem... quanto a eles...


    *Vento de vácuo*~


    Diana: ...

    Celular: Devem ter ido embora.

    Diana: Não, o meu sentido de justiça diz que não! (ò-o)

    Celular: Desde quando você tem um?

    Diana: Fique quieto... (¬.¬)


    *Ela começa a andar pelos cômodos do refeitório, até quando ao abrir uma porta um prato quase vem em sua cabeça*


    Diana: WAAAAAAAAAAAAAHHH *Abaixa desesperada* Isso quase me pegou... (;-;

    Celular: Cadê o espírito de heroína agora? hehe~

    Diana: Vou te enfiar na privada! (ù_u)

    Celular: Okay, okay calei-me... (;-;



    Pudins: Olhem, a menina daquele dia...

    Capitão Pudim: Vamos mirem nela!

    Diana: Wha...? *corre*


    Diana: Aaaaaaaaaaaaahhh *correndo despesperada fugindo dos pratos lançados*

    Diana: Que agressividade, o que eu fiz?

    Capitão Pudim: Você pisou em nosso companheiro, jamais esqueceremos o seu "pluft"... (u.u)

    Cap. Pudim: Por isso viemos nos vingar de seu "pluft"! (ò.o)


    Diana: Isso seria como chamam morte?... ou algo do tipo... (=_=)


    Cap. Pudim: Calada!!! Cerquem ela!

    Pudins: Yes, Boss! (


    *Assim os Pudins conseguem ficar cada um em uma entrada/saída e com algo em suas mãos*



    Diana: Oh droga...

    Cap. Pudim: HAHA, você irá sentir a vingança cremosa!!!

    Diana: ... /que droga de nome...

    Celular: Por que não usa a espada de kendo? (o3o)

    Diana: Oh é mesmo, tinha me esquecido dela. (>w<)

    Celular: Você tinha entrado no colégio justamente por ela...

    Diana: Certo, certo, abafe!!! (ù-u)



    *Ela pega a espada de kendo e ela brilha levemente em suas mãos*



    Diana: Hã? O que foi isso? (õ_o)

    Cap. Pudim: Ela vai revidar, SOLDADOS LANCEM FOGO!!!


    *Pudins começam a lançar tudo que veem em direção a ela, pratos, talheres, copos...*



    Diana: Waaaah, isso pode ferir pra valer... Sai sai...



    *Ela mexe a espada de kendo dando golpes pra todos cantos igual doida e acerta conseguindo quebrar algumas coisas e se proteger de outras*



    Cap. Pudim: Impossível... (ó_o)

    Diana: Haha, me protegi de todos! (o/)



    *leva uma pancada de um pote na nuca*


    Diana: Okay... quase todos... *perde a razão e cai*

    Celular: Doninha... DONINHAA....

    Cap. Pudim: HAHA...ha...ha... 


    *Ela desmaia e passa a não ouvir mais o que ocorria*



    "Hah... francamente... derrotada por um pote?"


    Diana: ...


    "Pensei que poderia mais que isso..."


    Diana: ...


    "..."


    "ACORDE SUA DROGA, ESTOU FALANDO COM VOCÊ!!!"


    Diana: Waaah, er... oi oi, como vai? (O_O')


    *Ela abre os olhos e se encontra num local todo escuro com um... coelho...*


    Coelho: Até que enfim... (ù-u)

    Diana: ... *boiando*

    Coelho: O... que foi?

    Diana: Você fala!!! (ó_o)

    Coelho: VOCÊ VIU PUDINS FALAREM, POR QUE ESTÁ ESTRANHANDO EU FALAR? (Ò.O)


    Diana: Okay, okay... desculpa... (ú_u) *pensa* [Que extress...]

    Coelho: Me chamo Bunny-Bunny, sou uma coelha dos tempos antigos. (u_u) /Agora modifique aquele "Coelho" quando falo, senhor Angel. (e_e)


    Diana: "Bunny-Bunny"... que nome exotico... (e_e') e... pera... COELHA? (Ó_O)


    Coelha*: Sim, sou uma coelha guerreira antiga e você parece ser a nova portadora de meu poder... (e.e)


    Diana: Poder? que poder um coelho pode ter? Poder fazer uma "rapidinha"? *leva uma pancada na cabeça*


    Diana: Ai... (;-;'


    Coelha: Pare de ser grosseira! Você conseguiu desertar meu espírito que adormecia na espada de kendo. Sendo assim minha sucessora... (ù_u)


    Diana: Oh... [sucessora de uma coelha... oh céus...]


    Diana: Mas, então... aonde estamos?

    Coelha: Estamos no seu subconsciente... afinal você perdeu a razão e sabe lá o que fazem com seu corpo nesse momento. (e.e)


    Diana: Oh sim...


    ...


    COMO ASSIM "SABE LÁ O QUE FAZEM COM MEU CORPO"??? (Ó-O)


    Coelha: Ora... você precisa despertar e se auto-proteger...

    Diana: Então me ajude... (é.e')

    Coelha: Okay, irei ajudá-la então... *pegava embalo*

    Diana: P...perai o que vai fazer? (ó_o)

    Coelha: HYPER HEADBUTT BUNNY-BUNNY!!! *da uma cabeçada na barriga dela*

    Diana: Que nome idiot......aaaaaaaaa...aaaah *acorda* AAAAAAAAAAAH.... (X_X') sua coelha maldita...


    Cap. Pudim: Ela acordou... e já veio usando seu rugido! (ò_o)

    Diana: "Rugido"... tsc... wah... *se nota amarrada*... Por que isso? *se remexendo*


    Cap. Pudim: Segurem ela!!!

    Pudins: Yes, Boss! *segurando ela com força*


    Diana: VOCÊ É SURDO? EU PERGUNTEI O POR QUE DISSO!!!

    Cap. Pudim: Não se exalte, logo será uma de nós! (u_u)

    Diana: Hã? (ó-o')

    Cap. Pudim: Te transformaremos em uma pudim, por isso lhe colocaremos no forno! Huhu~ (uwu)

    Diana: Quêeeeeeeeee? (ó_o)


    Cap. Pudim: Vamos se direcionem ao forno!!! (o/)

    Pudins: Yes, boss!


    *Começam a carregar ela em direção ao forno, mas ela caia várias vezes se remexendo pra evitar*


    Diana: Parem com isso... *se remexendo* Celular... da uma ajuda aqui...


    *nota que não está mais com ele*...


    Diana: Ué... cadê meu celular? (ó_o)

    Pudim random: Tá na Pernambucanas! (:3)

    Diana: aff...

    Cap. Pudim: Retiramos seus objetos para nossa segurança, querida! (u.u)


    Diana: ...droga...


    *Ela começava a sentir o calor do forno cada vez chegando mais perto*


    Diana: Droga droga... o que fazer...?



    *Pensa e pensava*



    Diana: Já sei... Coelhinha me ajude!!!

    *Nada se ouvia*

    Diana: ME AJUDE COELHA!!!

    Coelha: Você sabe meu nome, me chame por ele. (u.u)

    Diana: MAIS QUE DROGA, NÃO TENHO TEMPO PRA ISSO ME AJUDE!!!

    Coelha: *tomando chá espiritual*


    Diana: Coelha maldita... (;-;

    Coelha: "Maldita" não é meu nome. (u.u)



    *Chegando mais perto do forno*



    Diana: Me ajude vai...

    Coelha: Diga meu nome...

    Diana: Eu esqueci...

    Coelha: Tsc... (¬_¬)

    Diana: É sério, me ajuda... (;-;

    Coelha: Okay okay... diga "Bunny-bunny Power"!

    Diana: Wah... que droga é essa?

    Coelha: Okay não ajudo mais.

    Diana: NÃO NÃO, EU DIGO, VAI...



    *Pudins se preparavam pra a jogar no forno*



    Diana: Waah... diz rápido...

    Coelha: Diga, "Bunny-bunny Power"!

    Diana: Bunny-bunny Power...

    Coelha: ALTO!

    Diana: BUNNY-BUNNY POWER!!! (>_<)



    *Diana começava a brilhar e os pudins assustados a derrubaram no chão e se afastaram, o brilho fazia as cordas que a amarravam se arrebentarem*



    Cap. Pudim: O que é isso? (ó_o)

    Pudim: ELA ESTÁ EVOLUINDO, EVOLUINDO...

    Pudim Random: ALGUÉM APERTA O "B" E PARA A EVOLUÇÃO!!!



    *Espada de kendo ia para a mão dela e ela ficava em pé, seus cabelos ficaram rosados e seu uniforme mudou para um uniforme oriental... agora a garota possuia orelhas de coelho e bochechas rosadas*



    Cap. Pudim: ... O que é isso...? (ò_o) ATIREM FOGO NELA!!!

    Pudins: Yes, boss!!!


    *Eles começavam a atirar diversas coisas novamente nela a cercando*


    Diana: *sorria de forma graciosa*


    *Pegava a espada de kendo e rebatia tudo de forma perfeita*


    Cap. Pudim: What...?


    *Ela rebatia o que iria acertar sua cabeça por trás também*


    Diana: Ora ora, o mesmo erro não ocorre duas vezes sabia?


    Cap. Pudim: Você também possui poderes? (ó_o)


    Diana: Mais é claro!


    Diana: Apartir de agora... me chame... de "Super Babaloo"! *faz pose*


    Pudins: Whaaaaat???


    Diana: Whaaaa... você está controlando meu corpo, coelha maldita... (;-;


    Bunny-Bunny: Hihi~



    E assim a heroína bobona surge na ultima hora, será que isso será o significado que tudo irá se resolver? Ou será que somente vai complicar as coisas?




    *Enquanto isso lá fora...*



    Professores: Esse alvoroço no refeitório... eu chamei os bombeiros, polícia e todos, precisamos ver o que é isso! (ù_u)


    *Ouvem mais e mais ruídos de coisas quebrando lá dentro*


    Eles: AAAAAAH, que assustador... (ó_o)

    Sophie: Diana... por que está demorando tanto...? Estou preocupada...


    *Encostado em uma das paredes do outro lado do refeitório*


    ???: "Babaloo"... que nome interessante, haha...


    ???: Brinque bastante querida Babaloo, cada vez, estou mais interessado em você...




    == Continua...



    Escrito por Angel Kenede~

    Capítulo 06:
    Anteriormente em Babaloo Adventures...


    Diana: Isso pareceu abertura da Liga da Justiça. ('^')

    Sophie: Calma foi só um meteoro que caiu...

    Diana: WHA...? Como assim? (õ_o)

    Pudins: PUDIM, PUDIM, EU AMO SER PUDIM!

    Diana: Er... alguém explica direito?

    Bunny-bunny: Vão matar você...

    Diana: QUÊEEE? NÃO ESTOU ENTENDENDO NADA, QUEM VAI MATAR QUEM? (;-; )

    Bunny-bunny: "Use the force, Luke!"

    Diana: What? (õ__O)

    Bunny-bunny: "GO!"


    Babaloo: YAY!!! (o/)



    Diana: Cadê o roteiro afinal?... *deprimida no canto*



    =======================================================



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 06 - Babaloo gonna Babaluear!



    Babaloo: Me chame de "Super Babaloo"! *fazendo pose*

    Pudins: Whaaaaat???

    Diana: Whaaa... você está controlando meu corpo, coelha maldita... (;-; ) /e ainda me deu nome de chiclete...

    Bunny-bunny: Hihi~

    Capitão Pudim: Bah bah, vamos peguem-na! (ò_o)

    Pudins: SIM!!!


    *Pudins começam a se alinhar e a pular nela*


    Diana: Vamos, faça algo, coelha mascadora de chicletes!!!(ó_o)

    Bunny-bunny: Teremos o momento certo.


    *Babaloo se encontrava parada como se esperasse eles vierem*


    Pudins: HEYAAAAAAAAAA!!! *indo em direção dela*


    *Babaloo continuava parada até que abria a boca sorrindo*


    Babaloo: Nhaaa...!!!

    Cap. Pudim: O QUÊ??? (Ó_O)



    *Babaloo pegava um dos pudins pela boca e mordia, até ele cair de sua boca*



    Babaloo: Nhac!!! (u^u)

    Diana: P...pera, você me fez comer parte dele? (ó_o)

    Bunny-bunny: Ele é um Pudim afinal, que mal tem? (e.e)

    Diana: É que... ...

    Diana: Não lembrei disso... (._.)

    Bunny-bunny: Tsc... (u.u)


    *O pudim no chão começava a pedir ajuda*



    Pudim: HELP, HELP, SOLDADO FERIDO!!!


    *Outros pudins paravam de pular nela e caiam no chão*


    Diana: Como se "para de pular" estando no ar? (e.e)

    Bunny-bunny: Não sei, quem escreve não sou eu... (u-u)

    Diana: Tsc... (¬_¬)


    *Pudins corriam pra longe dela e levavam o pudim ferido que já estava pela metade*


    Babaloo: Vocês são lerdinhos, vou ajuda-los!!! (o3o)



    *Dava uma bicuda (chute) neles e os jogava contra o capitão*

    *Com o impacto dos mesmos eles e o capitão caiam de onde estavam*


    Babaloo: Ora ora, acho que chutei muito forte... (o3o')

    Babaloo: Heeey, senhor pudim de bigode, está bem? (>_<')


    Cap. Pudim: C...como pode? Ela era de nada e agora está zombando conosco?

    Pudim: Capitão capitão, você está bem?

    Cap. Pudim: Me encontro ainda cremoso, e vocês?

    Pudim: Também estamos capitão, somente o soldado que...

    Cap. Pudim: Ele o que...? (ó_o)

    Pudim: Ele "plofitou"...

    Cap. Pudim: OH NÃO...


    Babaloo: *segurando riso* Nossa, vocês dizem coisas tão tensas. (xD)


    *Dizia a Babaloo ali sentada ouvindo*


    Cap. Pudim: DROGA, ELA ESTÁ NOS OUVINDO, VAMOS SOLDADOS, ATIREM O QUE PUDER!!!


    *Pudins iam se posicionando em volta dela*


    Babaloo: Aiai... novamente isso... (ú.u) *Levantava desanimada*


    Cap. Pudim: ATIREM!!!

    Pudim: Si... *paravam de falar* e...er...

    Cap. Pudim: Q...que??? me largue...



    *Dizia o Capitão Pudim nas mãos da Babaloo que simplesmente foi até ele e o pegou*



    Babaloo: Puxa, você é muito mandão pro seu tamanho... (u-u)

    Pudins: O que faremos?...

    Pudins: Vamos atirar!!!

    Pudins: Não podemos correr o risco de ferir o capitão...


    Babaloo: Vão embora! (u_u)

    Pudins: Wha...?

    Cap. Pudim: Que ousadia é essa?! VAMOS ATIREM NE...



    *Ela o posicionava pra cima e abre a boca*



    Babaloo: Xiu, se não como você! (e0e)

    Pudins: WHAAA... CAPITÃO...!!!

    Cap. Pudim: ...argh...


    Babaloo: Que acha? Prefere continuar como Capitão Pudim? ou quer virar Capitão coco? (ù0u)


    *O abaixava de leve até perto da boca*


    Cap. Pudim: OKAY OKAY!!! *desesperado ao ver a saliva na boca dela*

    Cap. Pudim: VAMOS RECUEM...

    Pudins: ...

    Cap. Pudim: RECUEM LOGO CACETE, NÃO QUERO VIRAR FEZES...

    Pudins: #xatiads *saem dali*


    Babaloo: hum... *com a boca aberta ainda*

    Cap. Pudim: P...pare, eu obedeci me deixe no chão...

    Babaloo: Sabe... ainda to com fome...

    Cap. Pudim: QUÊ??? ISSO NÃO É JUSTO!!!

    Babaloo: To nem ai... (u.u)



    *Ia o aproximando até sua boca*



    Cap. Pudim: PAREEEEE, SOCORRO!!!



    *Gritava ele desesperado, sem os demais pudins nem ouvirem*

    *Babaloo sorria e beijava a bochecha dele*


    Cap. Pudim: What...? (ó///o)

    Babaloo: Te enganei bobudim! (;P)

    Cap. Pudim: M...mas...

    Babaloo: Certo, agora vá embora!!!

    Babaloo: SUPER LANÇAMENTO ADOCICADO!!!



    *Lançava o pudim com toda força pra fora janela em direção ao céu*



    Cap. Pudim: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHhhhh.....


    Babaloo: Hunf, quem manda aqui sou eu! (ù_u) *faz pose exibida*



    *Ouve um estrondo na porta da frente algo quase a arrombando*



    Babaloo: Whaaa???


    *Lá de fora*


    Policiais: VAMOS, ABRA, SABEMOS QUE TEM ALGUÉM AI DENTRO!!! *batendo na porta tentando a abrir*


    Babaloo: Iiih... (ó_o)

    Diana: O que faremos? Vão pensar que eu causei tudo... (;-;')

    Bunny-bunny: Ora, faremos o que todo coelho sábio faz! (u_u)

    Diana: E o que eles fazem? (e.e')

    Bunny-bunny: FUGIR RÁPIDO!!!

    Babaloo: *Sai correndo igual louca*

    Diana: Whaaa... que droga... (x_x')

    Diana: Oh... espera...

    Babaloo: *avista algo caído no chão e pega*

    Diana: Quase esqueci meu celular...

    Bunny-bunny: ... (-.-')



    *Após ela já ter saido dali, policiais arrombam a porta e acham quase tudo quebrado e cheio e doces pelo chão*



    Policial: M...mas o que foi isso? Que estranho...

    Líder: Hum... não é a primeira vez que isso ocorreu.

    Policial: Isso ficou bem parecido com o que houve na confeitaria há uns dois dias atrás...

    Líder: Tem razão, parece que sempre optam por um local aonde possui doces.

    Líder: ...!

    Policial: Algum palpite?

    Líder: Não exatamente, mas veremos o próximo local, se eu estiver correta, poderemos prever todos locais daqui por diante! (u.u)

    Policial: Certo, Saphiro!!!

    Saphiro: Rum! (u.u)



    *No prédio ao lado ouvindo proximo a janela*



    ???: Essa nova policial Saphiro parece saber muito das coisas... isso sempre torna tudo mais interessante~ huhu~

    ???: Logo irei te ver novamente... tenho toda certeza que poderá estar envolvida nisso...


    *Mexe o óculos*


    ???: Afinal, sei muito bem de seu gosto por doces...


    ...minha cara bruxinha...





    Diana derrota o capitão pudim como Babaloo e faz os demais recuarem, mais tarde os policiais chegam para vasculhar o local, mas a tempo da mesma fugir pelos fundos, quem será afinal esse garoto que tanto comenta sobre aquela ocorrencia? E quem será essa "bruxinha"? Saphiro também poderá estar "sabendo demais"?




    *Enquanto isso nos fundos...*



    Babaloo: *correndo* (=*u*=)

    Diana: Er... conseguimos sair pelos fundos... mesmo com policiais na outra entrada... como eles não pensaram em invadir os fundos também?

    Bunny-bunny: Eu sei lá, nessa fic nada faz sentido! (u_u)


    Diana: ... (e.e')


    Diana: Er...


    Diana: Leia o próximo capítulo tá?...






    Diana: Fazendo fav... LEIA LOGO QUANDO SAIR! (ù_u)




    == Continua...



    Escrito por Angel Kenede~

    Capítulo 07:
    ...


    *algo vibrando*


    ...


    *vibrando mais*


    Grr....



    "É O ROCK DO RONALD, DANCE COM O RONALD, É O ROCK DO RONALD, DO RONALDO MC DONALD...!!!"


    Diana: *acorda assustada* AI MEU PAI, QUE SUSTO!!! (Ó_O)

    Celular: Bom dia doninha! (:3)

    Diana: Oh... bom dia... /de onde você tira essas músicas?

    Celular: Somente as encontro na minha biblioteca que você mesma criou. (u-u)

    Diana: Impossível... (¬_¬')

    Celular: É sério... (o3o)

    Diana: Er... *se olhando*

    Celular: O que houve?

    Diana: É estranho... mas já estou em casa e tudo mais... e "normal"...

    Celular: Oh, se refere a Bubbaloo? (o3o)

    Diana: Acho que era "Babaloo"... (=_=)

    Celular: Tanto faz, ambas são mordíveis... (:3)

    Diana: ...Que? (ù_u')

    Celular: Nada não doninha... (o3o') E...então, se refere a espada? Ela está ali! (o-) *indica com a antena*

    Diana: *Avista a espada de kendo* Hum... que estranho... de toda forma precisarei devolve-la... (ú-u)

    Celular: Verdade, pegar coisas sem permissão é feio. (o3o)

    Diana: Não enche o saco! (e.e')

    Celular: Você nem tem saco, te... *é segurado com força o cobrindo*

    Diana: C...cale a boca!!! (Ù_U')



    ============================================================================



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 07 - Outros Alunos!



    *Chegando a escola*


    Diana: Wha... *boceja*...

    Sophie: DIANAAAAA!!!


    *Corre nela e a abraça*


    Sophie: Você sumiu onde quando foi ao banheiro... (;-; )

    Diana: Er... verdade... *pensa* [não devia contar para ela, mas...]

    Diana: Bem, você não acredita no que houve... (o3o)

    Sophie: Sim sim, diga! (>.<)

    Diana: Eu estava saindo do banheiro, ouvi um ruído estranho nele. (o3o)

    Sophie: Oh gosh... o que era? (;o; )

    Diana: Era nada mais nada menos que plantas que saiam dos vasos sanitários em busca de presunto defumado Sadia! (o3o)

    Sophie: Que terror... (ó-o)

    Diana: Até que apareceu um super homem com macacão e barriga de chopp, ele tinha um martelo e pulava muito alto...

    Sophie: Incrível... (O3O) *admirada*

    Diana: Seu nome era super romar... *leva cadernada na cabeça*

    Diana: Ouch... (>_<')



    Mawlina: Vamos vamos, pare de ficar contando historinhas e entre logo no colégio vocês duas. (u.u)

    Sophie: Okay... ('^')

    Diana: Tsc... professora chata... (ù_u)



    *Assim as duas caminhavam para suas salas, enquanto Diana continuava o assunto*



    Diana: Então ele disse "vou tacar bolas de fogo na tua fuça!" (ò3o)

    Sophie: Nossa, mas será que ele não teve me... Aaaahh...



    *Ao abrir a porta alguém tromba com a Sophie caindo em cima dela*



    Sophie: A...ai... (x_x)

    Garoto: Er... foi mal... (>_<')

    Garoto: Er... você está bem? er... *olhando no rosto dela* (e//-//e)' *pensa* [Que bonitinha...]

    Sophie: ... (ó///o)' *olhando*


    Diana: Ela parece estar bem sim, já pode sair. (ù.u) *empurra ele com o pé pela barriga o fazendo cair do lado da Sophie*


    Garoto: Ai... menina doida. (e_e')

    Diana: Super comum sair dando trombadas por aí, né? (ù_u)


    Sophie: Bem... não briguem, eu estou bem! (>.<') *ia se levantar*

    Garoto: Er... (o3o)


    *Ele se levanta rapidamente e estende a mão pra Sophie*


    Garoto: Eu te ajudo a levantar! (òuo)

    Sophie: *gota* O-Okay... ('^'')

    Diana: *olhando*



    *Assim ele ajudava ela a se levantar e se apresentava*



    Garoto: Oi, desculpe ter batido em você, eu me chamo Breno! (o/)

    Sophie: Oh... prazer, sou Sophie... (>.<)

    Breno: Er... e o seu nome como é? *olhando pra Diana* (o3o)

    Diana: Me chamo Diana...

    Breno: Er... posso te chamar "Di ana"? (:3)

    Diana: JÁ PROMETEMOS PARAR COM ESSA PIADA INFAME!!! (Ò_O')


    Breno: Er... Certo. (:3')

    Diana: ... (ù-u)

    Sophie: Bem... estavamos indo pra classe...

    Breno: Verdade... *olhando pra ela*

    Sophie: *olhando pra ele*

    Diana: *olhando pros dois*


    ...


    Diana: Usem camisinha! (e.e)

    Eles: NÃO É NADA DISSO! (Ó_O)


    Prof. Mawlina: Ei ei... entrem logo na sala cambada! (e_e')

    Diana: ... (e.e')

    Sophie: Certo, professora! (>.<)

    Breno: Er... okay. (o3o)

    Breno: Vá você primeiro Sophie.~

    Sophie: Não, pode ir você mesmo... (>.<)

    Breno: Magine, as damas primeiro.

    Sophie: Quanta formalidade... (u//u)

    Sophie: Deixaremos a Diana decidir! (o/)

    Breno: Okay~

    Sophie/Breno: Então Di...



    *Olham pro lado e ela não está mais ali*



    Eles: ...

    Diana: *de dentro da sala* Oh lerdos, entrem logo a menos que queiram que o diretor chute suas bundas! (u.u)

    Sophie: ...b-bem... ela sabe resolver as coisas... (^^')

    Breno: Tem razão...

    Prof. Mawlina: Vão entrar ou não? Vou fechar a porta! ('-')

    Eles: IREMOS SIM! *correm pra sala*



    *Durante a aula*



    Aluna: Então poem o verbo "to be" assim e... pronto! *preenche a lousa*

    Prof. Mawlina: Oh... muito bem, pode se sentar!


    Diana: Hum...

    Sophie: Algum problema Diana?

    Diana: Essa aluna, acho que já a vi antes...

    Breno: *surge do nada* Claro, ela é a representante afinal! (u.u)

    Diana: Ai diabos... de onde você saiu? (õ_o')

    Sophie: Ele se senta perto da gente... /eu também só notei isso agora pouco... (^^')

    Breno: Hehe~ (:3')


    Diana: Então... "representante"? Não é meio "cedo de mais" para o colégio já ter a dado esse cargo? Estamos no começo do ano...

    Sophie: Tem razão...

    Breno: Er... entendo, vocês são novatas ainda...

    Diana: ... (e.e)

    Sophie: Hum?

    Breno: Pois bem, ela se chama "Jenny" e foi eleita representante ano passado por votos perfeitos... (o3o)


    Diana: Wow... (e0e)

    Sophie: Ela é tão popular assim? (o_o)

    Breno: Caso estejam se referindo por ser a "inteligente da turma"... sim. Mas, ela é muito tímida...

    Diana: Hum...

    Sophie: Acho que a entendo... (;-; )


    Diana: Você sabe demais dela... costumava cantar ela também? (e.e)

    Breno: NÃO!!! *grita*

    Sophie: ... (O_O')



    *Com o grito todos ficam olhando eles, inclusive a Jenny*



    Jenny: ... *olha pra ele e finge que não foi nada*

    Breno: ... *via essa reação dela*

    Prof. Mawlina: Algum problema Breno?

    Breno: Er... não não. Desculpe...


    Prof. Mawlina: Certo, continue a estudar e por favor faça silêncio seu bobo! (u.u)

    Breno: Okay...

    Sophie: ... *disfarçava*

    Diana: Hum...



    *A aula seguia normalmente até o intervalo*



    *Sinal de intervalo toca e alunos saem de sua sala*



    Sophie: Bem, vou trazer algo para nós! (o/)

    Diana: C-certo, só não confunda a cantina... ela ainda está fechada...

    Sophie: Sim sim, não irei confundir, comprarei daquele carrinho de doces que passa aqui perto! (*o*)

    Sophie: Oh sim... pra você também, Breno! (\o)

    Diana: Tudo bem... (o3o') /pera ele estava ali ainda? (e.e')

    Breno: Er... obrigado. (>.<)

    Sophie: Bem, preciso ir rápido então, até! (\o) *vai correndo*

    Diana: Até... (^^') *acena* /ela realmente ama doces...

    Breno: Bye... *meio desanimado*



    *Os alunos iam se retirando da sala aos poucos, até que em algum momento a Jenny também saia, atraindo a visão do Breno*


    Breno: ...

    Diana: Hum...




    *Em algum momento ficava só a Diana e o Breno na sala*



    Breno: ...

    Diana: Algum problema?

    Breno: Er...

    Diana: Bem, a gente se conheceu hoje, mas se quiser contar algo fique a vontade, realmente você parece se incomodar com ela.

    Breno: Não é isso, só que...

    Diana: Pode dizer, não irei implicar. (u.u)

    Breno: ...somente acho que ela...


    Diana: Sim?

    Breno: ...que ela perdeu a confiancia em mim...

    Diana: Como assim?

    Breno: Nada não... é besteira. (^^')

    Diana: ...



    *Depois um silêncio tomava a sala, até que a Sophie chegava com doces*



    Sophie: CHEGUEI! (\o/) *trazendo pudins*

    Diana: ..."Pudins..." (Ó_O')


    Breno: Er... melhor não vir correndo tanto... ..."!"

    Sophie: Ah... *ia perder o equilibrio por pisar em falso*

    Diana: SOPHIE...



    *Breno se levantava da carteira parecendo já prever que ela cairia e a pega antes da mesma cair*



    Diana: N-nossa... (ó.o)

    Sophie: O-obrigada... (o///o)

    Breno: Haha... você parece ser bem desligada as vezes... (^^')


    Diana: Tome mais cuidado Sophie! (ù.u)

    Sophie: Sim, sim... (>.<)

    Breno: Não precisa ter pressa, os pudins não vão correr igual antes! (xD)

    Diana: ...!!! (o.o') *surpresa*


    Sophie: Se diz... (>_<)

    Breno: Haha... (>-<)

    Diana: Hum... *encarando eles*



    Assim Diana e Sophie conhecem mais sobre dois alunos que já pertencem a sua sala, Jenny e Breno, os quais parecem que já possuiram alguma ligação... Mas, aparentemente Breno sabe de algo sobre a Jenny que ele não quis contar, será algo tão importante assim? E o que será que surpreendeu a Diana?




    *Depois da aula*


    *Breno caminhava saindo do colégio*



    Diana: Breno!!! *chamando*

    Breno: Er... oi.

    Diana: Tenho algo que queria falar contigo...

    Breno: Ah... não se preocupe, eu irei pagar a Sophie pelo pudim! (>.<')

    Diana: Não, não, nem é sobre isso. (e_e') /Alias, assim faz parecer que fico cobrando tudo...

    Breno: Então...?

    Diana: Quando você a ajudou a impedindo da queda na sala...


    Diana: Você comentou "os pudins não vão correr igual antes!" e... pelo que sei, nos conhecemos hoje, em que sentido então foi dito esse "igual antes"? (e_e)

    Breno: Er...

    Diana: Tem algo que queira contar?

    Breno: ...

    Breno: Certo... irei te dizer...




    == Continua...



    Escrito por Angel Kenede~



    Nota: Os capítulos 01 e 02 possuem uma narrativa de "roteiro", aonde fica somente as falas e ações rápidas entre aspas ou asterisco, enquanto o capítulo 03 possuí uma narrativa normal, comentem qual acharam melhor para as "piadas" e até para ler.

    Capítulos a partir do 08 no post seguinte!


    Espero que gostem!


    Comentem o que acharam dos novos capítulos, para saber se realmente devo continuar e se estão gostando da história!


    Leiam também: História - Destinies


    Última edição por Angel Kenede em Sab 09 Maio 2015, 10:26, editado 14 vez(es)
    avatar
    Angel Kenede
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2507
    Posts Posts : 3504

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Angel Kenede em Seg 29 Abr 2013, 21:47

    Outros capítulos:

    Capítulo 08:
    ...


    "Sobre uma tensa floresta, era possível ver uma casa abandonada, uma casa que vivia com as luzes apagadas sobre a noite, uma casa que não emitia algum barulho sequer...

    ...diziam pessoas que passavam por ali, que aquela casa era assombrada, mas algo intrigava alguns, será que era mesmo?



    Certa vez numa feira da cidade, uma mulher misteriosa esteve a comprar maçãs, essa mulher era muito bonita, seus olhos eram de uma cor azulada e encantadora, impossível não se apaixonar a primeira vista, era como se fosse um feitiço...

    ...ela sempre voltava no mesmo dia de semana e comprava sempre as mesmas coisas...


    Pão, maçãs, morangos e algumas verduras... Será que essa mulher é não gosta de alimentos feitos com carne? Talvez seja alguma dieta ou algo do tipo, afinal a mesma é muito bonita, faria todo sentido...


    ...um dia um jovem não resistiu ao seu encanto e quis a observar mais, esteve a seguindo e olhando por onde estava a ir após a compra, aonde será que ela mora? será que é uma modelo? Perguntas sem fim na mente de um jovem cheio de curiosidade...


    ...Ela foi para o bosque... que estranho... porque foi ali? Um local tão escuro e feio, para alguém tão radiante e bela, opostos que não pareciam terem conexão alguma... até que ela entrou numa casa...


    Era a mesma casa abandonada que todos comentavam, o jovem jamais pensou que um dia a veria de perto, mas seu coração falou mais alto e quis entrar na mesma casa a conhecer...


    Dizem que perto da entrada ela notou que estava a ser seguida, ao olhar o jovem que naquele momento estava trêmulo de medo dela fazer algo, ela simplesmente o sorriu e o convidou para entrar e ele assim fez...



    Dois anos se passaram então... o garoto? bem... ninguém sabe dele e nem se a casa ainda existe... a mulher jamais apareceu também e se tornou uma lenda urbana...


    A lenda da "Bruxa da floresta"!"



    Diana: ...por que tinha um livro assim na mochila do Breno? (õ_o)



    =======================================================



    ==== Babaloo Adventure ===


    Capítulo 08 - Lendas e crenças!



    *Lembrança*


    [Breno: Certo... irei te dizer...


    *mexia em sua mochila pegando algo*


    Diana: Hum...

    Breno: *entrega um livro a ela* Aqui!

    Diana: Bem, um livro?... Por que isso? (e.e)

    Breno: Er... quando você estiver na sua casa leia! (u_u)

    Diana: Não é mais fácil me contar aqui e agora? (e.e)

    Breno: Leia quando estiver na sua casa!...


    Diana: Tsc... certo certo... (ù.u')

    Breno: Tchau! *vai embora*


    Diana: Wha... *gota*


    *via ele indo embora*


    Diana: Que garoto estranho... *olha pro livro* "A bruxa da floresta"... quem lê um livro desse hoje em dia? (=_=')]



    Diana: *suspira* Um conto... não pensei que ele tivesse gostos para contos...



    *Alguém fala de repente*



    Celular: Que mal tem em contos?

    Diana: *se assusta* Ai droga... pare de agir assim... (ú_u)

    Celular: Mas é verdade doninha, contos são bons, conheço vários! (o3o)


    Diana: Conhece...? (e_e')

    Celular: Sim, minha operadora disponibiliza um imenso acervo de contos de vários tipos, caso faça uma assinatura de 0,49 centavos por semana, você receberá contos famosos como Ali... *ela fecha o celular*


    Diana: Aiai... era só o que faltava, um celular propaganda... (ú.u)

    Celular: *vibrando vibrando*


    Diana: Fique quietinho, irei dormir para amanhã falar mais com o Breno, esse livro dele não me tirou dúvida alguma... (ú.u)

    Celular: *vibrando vibrando*


    Diana: Boa noite! (ù_u') *desliga o abajur*

    Celular: ... ('^')

    Celular: #Xatiads





    *** No dia seguinte ***




    Diana: Aiai... e lá vamos nós!

    Celular: Leu conto da bruxa e tá imitando a fala da bruxa! (:3)

    Diana: Fica quieto...

    Celular: Você me trata mal doninha, não me ama? Não prometia que iria me por créditos? Não tem mais carinho por mim? (;-Wink

    Diana: Xiu xiu... você está chamando a atenção...



    Outros alunos: Olhem ela... ela fala com o celular...

    Outros alunos: Tsc... sabia que ela era estranha...



    Diana: Tsc... (ù_u')

    Sophie: DI-ANA~ *dizia animada* (*^*) *pulava nela a abraçando*

    Diana: Oh... oi... (o3o')

    Diana: Wha...? *olhava a boca dela toda suja de creme*


    Sophie: Que houve? ('w')

    Diana: Sua boa está toda suja de creme... o que andou comendo? (e.e')

    Sophie: Ah sim, estive comendo pudins daquela lojinha daqui de perto, são muito bons! (*^*)


    Diana: Pudins... (=_=') /se fosse eu, não iria comer isso...

    Diana: B..bem... limpe a boca e vamos entrar na sala, você parece uma criancinha gulosa. (u.u)

    Sophie: Huhu... (>.<')




    *Na sala~*




    ...



    Diana: ...

    Sophie: ...('o')

    Diana: Cadê todo mundo? (õ_o)



    *Diana se perguntava vendo sua sala completamente vazia*



    Diana: M...mas, será que não teria aula hoje para nós? Sei lá...

    Sophie: Que estranho, não ter ninguém...



    *Diana se direcionava ao corredor enquanto Sophie ia até a janela da sala ficar olhando*



    Diana: *olhando o corredor* Er... alguém?... (x.x')



    *Silêncio~*



    Diana: Assim parece a casa da floresta... (=_=')

    Sophie: Hum?

    Diana: Ah sim, você não conhece... é um conto que o Breno me passou ontem... e pretendia perguntar sobre hoje a ele... (=.=)

    Sophie: Entendo... bem... acho que o vi lá fora...

    Diana: Quê? (e.e')

    Sophie: Ali pela janela! *indica*


    Diana: *olhando* Aff... então...




    *Lá fora*



    "Vamos, deem duas voltar pela quadra, vamos não sejam preguiçosos!"



    Diana: *suspira* tsc... era somente aula de educação física...

    Sophie: Duro sermos alunas novas... (>.<)

    Diana: *gota* Tem razão... Mas, vamos lá! (x_x')

    Sophie: Certo! (^-^)




    *Na quadra, garotas estavam fazendo exercícios junto do professor, enquanto os garotos estavam dando voltas na quadra*



    Prof. Nutty: Vamos, agora façam polichinelo! *toca o apito*


    "1, 2, 3..."


    Sophie: 1, 2, 3... (ò3o) *repetindo*

    Diana: 1... 2... 3... (=_=') *desanimada*



    Prof. Nutty: Animados, vamos! *apita*

    Diana: ... (ú.u') *continuava desanimada*

    Sophie: *mantendo rítmo* (ò3o)


    ???: Que coisa feia ein Diana...


    Diana: Wha...? (õ-o) *estranha a voz*

    Bunny-bunny: Sou eu, estou no seu subconsciente~ (u-u)

    Diana: ...o que foi? Alias, pensei que nem a veria mais... /ou ouviria... (e.e')


    Bunny-bunny: Que forma cruel de se receber alguém! (ù_u')

    Diana: Mas, então...?

    BB: Você deve se exercitar mais, para ficar em forma para batalhas! (u-u)

    Diana: "Batalhas"? Mas, não seria só aquela? Não acho que veria mais inimigos tão cedo... (=_=')

    BB: Aprenda, "Quando se saca a espada, a batalha jamais termina!".

    Diana: ... (=_=')


    Outras alunas: ... ela está falando sozinha agora novamente...

    BB: Irei dar um jeito nisso!!!

    Diana: Wha...? Pera o que vai fazer? (õ_o)

    BB: Bunny-bunny change!!!

    Diana: QUÊ???



    *Puff*



    *Aparece bochechas rosadas em Diana*


    Sophie: D...diana? *cutuca*

    Diana: Bun!!! (=*u*=)


    Sophie: *se assusta* Er... oi! (>_<')

    Diana: Ânimo, ânimo, vamos com ânimo!!! *fazia polichinelo mais rapido que os outros*


    Sophie: N...nossa... (o_o')

    Nutty: Olha que garota cheia de energ... er... você é a menina daquele dia... (õ_o)


    Diana: Ânimo, ânimo, estou cheia de ânimo! (=òwo=) /Pare de controlar meu corpo...que saco... (;-;')

    BB: Huhu~ (>w<)

    Diana: Vamos vamos, professor, faça você também!!! (=òwo=)

    Nutty: Está me desafiando é? Eu posso bem mais!!! *começa a fazer polichinelo rápido também*

    Diana: Só pode fazer isso? Eu sei mais! *fazia mais rápido*

    Nutty: Tsc... novata! *se igualava*


    Meninas: Er... aquilo é uma competição...?


    Meninos: Olhem... o professor parece animado, haha.

    Breno: Diana...



    *Nutty apontava pra quadra*



    Nutty: Quer realmente um desafio? Vamos, corrida infinita pela quadra, quem cansar primeiro é o derrotado!

    Diana: *brilho nos olhos* Wahaha, acha que realmente pode com uma "coelha" nata como eu? Demorou!!!


    Alunos: "Coelha nata"?... (=_=') *vento*


    Sophie: Certo... todos em suas posições e... /por que eu quem devo anunciar?

    Eles: Porque você é a bonitinha do grupo!

    Sophie: (x//^//x) Injusto... certo... JÁ!!! *atirava com a arminha de mentira pro céu*



    *Os dois saiam correndo igual loucos*



    *A bolinha que ela atirou ia pra cima e voltava caindo em sua testa*



    Sophie: Ai... (;//-//;')

    Eles: Own... (*---*)

    Sophie: Parem!!! (>////>')



    *Na corrida eles passavam perto dos garotos*



    Garotos: Olhem... lá vão eles...

    Breno: Ela nem me viu... (=_=')

    Eles: Verdade, você conhece as novatas não? ('o')

    Breno: Er... de certa forma... (^.^')

    Eles: Você sempre conhece as meninas, seu desgraçado! (e_e)

    Eles: Seu tremendo papa-anjo!

    Breno: Er... parem de me encher o saco... (ú.u')

    Eles: PAPA-ANJO, PAPA-ANJO, AHAHAHA!

    Breno: aiai... (ú.u')


    *Olhava pra Jenny de longe*


    Breno: ...

    Jenny: *vira a cara*

    Breno: ... (D=)



    *Enquanto isso*



    Nutty: HAHAHA, ACHA QUE PODE COM UM VETERANO COMO EU?

    Diana: Não me subestime Bomberman!!! (=òwo=)

    Nutty: BAH, meus músculos são totalmente naturais, HAAAA! *fazia poses enquanto corria*

    Diana: Grande coisa se não consegue me passar! (;D)

    Nutty: Argh... Hora da minha estratégia secreta!!!

    Nutty: MAX TURBO!!!


    *O professor pegava uma velocidade tremenda se distanciando da Diana*


    Diana: E...er... nossa... (=o_õ=) /Que cara estranho...

    Nutty: HAHA, COMA POEIRA NOVATA!!!



    Alunos: Isso tudo era realmente necessário?...



    "CERTO, PAREM!!!"



    Alunos: !!! (o_o)


    *Dois professores aparecem*



    Nutty: Er... *Ia parando de correr de forma forçada" aaaaah.... *arf arf, ofegante* C...colegas? (õ_o)

    Diana: Aah... não consigo parar direito... aahh...

    Nutty: NÃO PARE!!!



    *Bate contra o professor caindo os dois no chão*



    Alunos: HAHAHAHAHAHAHAHA!

    Sophie: D..diana... (x.x')

    Breno: Wow... na mosca. ('o')



    Professora de Geografia: Tsc... termine logo a aula e pare de dar uma de crianção Nutty!... (u.u)

    Professor de Química: Tsc...


    Nutty: *no chão* Hehe, beleza! (xD)

    Diana: *inconsciente* Bubuuuu~ (=x-x=')

    Nutty: Haha... depois de tudo perdeu a razão... parece que ganhei então. (xD)




    *Assim o dia escolar se acabava após algumas horas*



    Diana: M...maldita coelha... *andando com dificuldade* me fez correr demais... meus pés estão queimando... (x.x)

    Sophie: Diana... você está bem? (;-Wink

    Diana: Poderia estar melhor, mas obrigada por se preocupar... (x_x')

    Sophie: Diana... (;-Wink

    Breno: Wow, quem diria você realmente é incrível Diana, não parecia ser tão atlética, até o Professor disse que gostou muito de ver o seu potencial. ('o')

    Diana: BRENO!!!

    Breno: er... oi! (õ_o) *surpreso por ser chamado de repente*

    Diana: Queria muito falar contigo...

    Breno: Oh... sim?

    Sophie: Hum...?

    Diana: O conto que me mostrou ontem... o que ele tem haver com o assunto de ontem?

    Breno: Ah sim... é bem simples! (xD)

    Diana: ...?

    Breno: Ele foi escrito pela Jenny! (>w<)

    Elas: QUÊEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE??? *surpresas*




    E assim mais um dia escolar se encerrava e imprevistos doidos ocorreram, mas qual será a real ligação do conto de Jenny com o passado entre ela e Breno? Mais e mais histórias ainda virão, não deixe de ler!




    *Em algum lugar*



    Cap. Pudim: Argh... derrotados, fomos todos derrotados, isso é inaceitável!!!

    Pudins: SIM!!!

    ???: Ora, foi o que ouvi?

    Cap. Pudim: ... (o_o')



    *Uma pudim enorme aparece*



    Cap. Pudim: M...mama Pudding...??? (O_O') *demonstra respeito a ela*


    Mama Pudding: COMO PODEM TEREM PERDIDO PARA UMA HUMANA???


    Eles: Perdão soberana, não conseguimos prever suas habilidades e...


    Mama Pudding: SILÊNCIO!!! ISSO SE TORNOU PARTICULAR AGORA!!! Daremos uma forma de resolver isso... COMO ELA SE CHAMA?


    Pudins: Er...


    Cap. Pudim: Ela se nomeiou como "Super Babaloo"!


    ???: Super Babaloo? Oooh que diferente-miau!

    ???: HUHU HAHA que nome tenso, HAHA!!!



    *Aparecia um felino estranho azulado e um ser similar a um Macaco meio humano*



    Mama Pudding: Clovis... Cacolango... O que fazem por aqui?


    Clovis: A mestra está descansando, então viemos dar um passeio-miau~


    Cacolango: Vejo que seus servos estão lhe dando problemas HUHU HAHA!!!


    Mama Pudding: Tsc... Nós resolveremos isso, A NAÇÃO PUDDING JAMAIS CAIRÁ POR TERRA!!!


    Clovis e Cacolango: Well, well~


    Clovis: É bom mesmo-miau~


    Cacolango: Afinal, "nossa mestra" jamais perdoaria algo assim HUHU HAHA~


    Mama Pudding: Sei bem disso...






    ...por trás daquele quarto escuro, existe um ser vivo que odeia humanos...




    ...mais que TUDO!




    == Continua...



    Escrito por Angel Kenede~


    Arte dos Personagens:

    Diana:

    Sophie:

    Babaloo:


    Última edição por Angel Kenede em Sex 02 Ago 2013, 22:03, editado 4 vez(es)
    avatar
    Felipe JJ
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2375
    Posts Posts : 3380

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Felipe JJ em Seg 29 Abr 2013, 21:50

    To rosa bebê. Excelente fanfic essa da Babaloo.

    Continue fazendo e postando aqui para a gente, Angel. Suas fics são muito divertidas e envolventes.

    Qualquer dia poste os desenhos de cada fanfic também, ajuda a criar uma identidade entre leitor~estória.

    Enfim, parabéns.
    avatar
    blordello
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 357
    Posts Posts : 2389

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por blordello em Seg 29 Abr 2013, 22:09

    Caramba, ri muito com o capítulo dois, pudins são mesmo daora xD Continua escrevendo, gostei da fic o/
    avatar
    Fenirax
    Veterano Nv.24
    Veterano Nv.24

    Karma Karma : 141
    Posts Posts : 976

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Fenirax em Seg 29 Abr 2013, 22:28

    *_*
    Ficou mais do que excelente cara, tem talento para histórias.
    avatar
    Lucasmon
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2970
    Posts Posts : 6039

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Lucasmon em Ter 30 Abr 2013, 10:42

    Continue com essa sua fic zoera, muito boa ;D

    Diana: Tenho uma idéia! Amanhã mataremos aula e iremos pro matagal!!! (o3o)

    Sophie: P...pera... o que quer dizer com isso? (;n;)

    Diana: Calma calma, eu sou "heterina" não irei fazer nada contigo! (u3u)

    Sophie: Menos mal...

    Diana: Iremos procurar pelo meteoro! (;D)

    Sophie: ... (ó_o]
    avatar
    Xicrets
    Veterano Nv.26
    Veterano Nv.26

    Karma Karma : 185
    Posts Posts : 1027

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Xicrets em Qua 01 Maio 2013, 01:21

    leio amanhã(hoje) kene, mto sono pra ler agora kk
    avatar
    Dark Chouji
    Membro Nv.13
    Membro Nv.13

    Karma Karma : 4
    Posts Posts : 152

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Dark Chouji em Ter 07 Maio 2013, 22:31

    Vou ler depois, um pouco grande os capítulos ...
    avatar
    Qdiz
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1069
    Posts Posts : 3589

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Qdiz em Ter 07 Maio 2013, 22:48

    lol, gostei muito dessa fanfic Very Happy
    avatar
    Kokoro Kinoshi
    Membro Nv.6
    Membro Nv.6

    Karma Karma : 34
    Posts Posts : 88

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Kokoro Kinoshi em Sex 10 Maio 2013, 10:44

    Credo a Diana é muito agressiva e ao mesmo tempo medrosa rsrsrs, posta logo o capítulo 3 seu enrolado. xD
    avatar
    Alejandro_
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1404
    Posts Posts : 3901

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Alejandro_ em Sex 10 Maio 2013, 12:14

    kkkkk adorei
    um dia vc pode fazer disso um livro de comedia XD continua a historia ancioso pelo cap 3!
    MEGATON KICK!!!
    avatar
    Qdiz
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1069
    Posts Posts : 3589

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Qdiz em Sex 10 Maio 2013, 13:00

    QUERO CAP 3 >=I
    avatar
    Angel Kenede
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2507
    Posts Posts : 3504

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Angel Kenede em Dom 12 Maio 2013, 12:49

    Desde já, agradeço a todos que gostaram e comentaram, até as críticas que recebi e me desculpo pela demora, devido trabalhos do colégio em off.

    Enfim, capítulo 03 já postado e buscarei já tentar iniciar o quarto hoje!

    Espero que gostem. xD
    avatar
    blordello
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 357
    Posts Posts : 2389

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por blordello em Dom 12 Maio 2013, 13:07

    Adorei o capítulo três e os pudins canibais xD Esperando por mais, ótima fic, Angel.
    avatar
    HickTroll
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 542
    Posts Posts : 2052

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por HickTroll em Dom 12 Maio 2013, 13:24

    Falcon Punch, quer dizer MEGATON KICK, "não me chame de didi" é um tanto familiar, hue, eu gostei muito dos primeiros dois capítulos no terceiro a narrativa ficou mais chata e mais devagar, os parágrafos com mais linhas da um certo desanimo, e achei as piadas do primeiro e do segundo melhores.

    Volta com o primeiro estilo de narrativa que fica melhor!

    Gostei e vou acompanhar, boa sorte, hue.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [História] Babaloo Adventure

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 20 Ago 2017, 10:46