Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Análise] Resident Evil: Revelations

    Compartilhe
    avatar
    Convidad
    Convidado

    [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Convidad em Dom 11 Nov 2012, 19:37

    Antes de iniciarem a leitura efetiva do tópico, gostaria de deixar claro que a análise trata-se de um ponto de vista, portanto, opiniões divergentes poderão surgir.

    O ano era 2010. A Nintendo havia pego todos de surpresa com o anúncio do Nintendo 3DS, sucessor do seu portátil de sucesso que prometia inovações como o uso de tecnologia 3D sem a necessidade de óculos e experiências com realidade aumentada. O anúncio do console logo gerou outra dúvida: quais jogos seriam lançados com o console? A Capcom foi uma das primeiras produtoras a responder essa pergunta, anunciando então Resident Evil Revelations. O trailer de menos de 2 minutos mostrava gráficos excelentes, o retorno de Chris, Jill e Hunk e uma trama cheia de reviravoltas.
    Com o passar do tempo, a Capcom foi lançando diversos trailers, sempre fazendo diversas alterações na plot, mostrando a dificuldade da empresa em fechar a história do jogo. Com o lançamento de Resident Evil Mercenaries 3D, uma demo do jogo foi disponibilizada, entretanto, a demo não revelava muita coisa além das características técnicas do jogo. Com uma semana para o lançamento do jogo no Japão, a versão demo definitiva do jogo foi lançada mundialmente na eShop, sendo assim a primeira demo a ser distribuída no aplicativo.

    Resident Evil foi uma das franquias pioneiras do gênero survival nos anos 90. A Capcom criou um jogo inovador onde os jogadores deveriam contar com elementos além de suas armas para garantir a sobrevivência. A escassez de munição, a quantidade de puzzles, a presença de zumbis e os mapas fechados transformaram a franquia em uma das séries de maior destaque do PlayStation e um dos maiores sucessos financeiros da Capcom. O lançamento de Resident Evil 4, porém, acabou dividindo os fãs da franquia devido às inovações existentes no jogo e na incorporação de elementos de jogos mais voltados para a ação.
    Resident Evil Revelations, contudo, foi uma tentativa que deu certo. Parece impossível, mas a Capcom conseguir fundir gêneros distintos na criação deste jogo. Ao unir os ambientes fechados dos jogos antigos com os momentos de ação desenfreada dos jogos recentes, a empresa uniu o melhor de dois mundos, transformando Resident Evil Revelations em uma experiência única. A divisão de capítulos continuou presente neste jogo, o que possibilitou que a história do jogo fosse contada em perspectivas diferentes e alineares. Durante o jogo, vivemos momentos diferentes da história, em uma mistura de passado-presente que transformou a dinâmica do jogo.

    No ano de 2004 a cidade de Terragrigia foi vítima de um ataque terrorista organizado pela Il Veltro, organização radical que acreditava que a Terra estava vivendo sua decadência. Como medida para evitar a proliferação das bio-armas utilizadas no ataque, a F.B.C. (organização responsável pela segurança contra o bioterrorismo) decidiu destruir a cidade, utilizando sua própria energia solar para "derreter" a cidade. O fim do ataque representou o fim da Il Veltro, ou pelo menos era isso que se esperava.
    Um ano depois Jill Valentine (agora integrante da B.S.A.A., uma ONG de combate ao bioterrorismo) e seu parceiro, Parker Luciani, são enviados em uma simples missão de coleta de dados, entretanto, essa missão termina com a notícia do desaparecimento de Chris Redfield e Jessica Sherawat, fazendo com que a protagonista inicie sua próxima missão, encontrar Chris. Ninguém esperava que o desaparecimento de Chris resultaria na descoberta de um novo ataque da Il Veltro e na descoberta do que realmente aconteceu em Terragrigia.

    Desde seu anúncio, Revelations prometeu ser um dos jogos que mais exigiriam do hardware do Nintendo 3DS. Podemos dizer que nesse sentido, a Capcom cumpriu sua promessa. Resident Evil Revelations conta com gráficos excelentes, que abusam dos recursos do portátil. Os mapas são bem variados: desvendamos suítes, cabines, bibliotecas, cafés, laboratórios e o fundo do mar.


    A música do jogo se mantém fiel a atmosfera esperada, aumentando a tensão do jogador conforme o momento em que ele se encontra. Os ritmos variados da OST trazem riqueza a experiência que é jogá-lo.
    No que se refere a sua jogabilidade, Revelations se mantém fiel ao padrão da série. Os comandos do jogo são simples e customizáveis de acordo com as preferências do jogador, contando com a utilização do gyro sensor do Nintendo 3DS como uma possibilidade para quem se garante usando tal recurso. A tela inferior do console foi utilizada como menu rápido para a troca de armas, utilização de itens, giro da câmera e visualização do mapa da área sendo explorada. O lançamento do Circle Pad Pro (acessório que adiciona novos botões e um segundo analógico ao 3DS) causou controvérsia no público sobre a jogabilidade do jogo, entretanto, tal acessório se mostrou dispensável para a grande maioria dos gamers.

    Resident Evil Revelations conta com uma trama que gera cerca de 20 horas de jogo, número razoável levando em conta a duração dos outros jogos da franquia. Além da trama principal (dividida em três níveis de dificuldade), o jogo também conta com um modo exclusivo, o Raid Mode.
    Diferente do consagrado modo Mercenaries, no Raid Mode seu objetivo é cumprir determinados objetivos. São 20 fases que revivem diferentes momentos do jogo, também com 3 níveis de dificuldade, além de uma fase bônus adicional. O Raid Mode conta também com modo multiplayer, sendo possível a realização destas missões em modos co-op utilizando a conexão WiFi do Nintendo 3DS.
    O modo conta com diversos personagens do jogo, incluindo Jill, Chris, Jessica, Morgan, O'Brian e Raymond. Cada personagem conta com habilidades especiais (Jessica é melhor usando rifles e metralhadoras, enquanto Chris é melhor usando rifles e espingardas), tornando o modo de jogo ainda mais interessante. No Raid Mode as customizações de armas (presentes no modo campanha) também estão presentes.
    O jogo também conta com um sistema de medalhas, liberadas conforme o jogador cumpre diversas subquests no jogo, como a descoberta de pistas ocultas ou a realização de determinadas ações, como desviar e atacar fisicamente.
    O Street Pass do Nintendo 3DS também é utilizado no jogo para a compra de armas e equipamentos no Raid Mode e também da troca de missões com outros jogadores.

    Avaliação Final:
    Gráficos: 10
    Áudio: 9,5
    Jogabilidade: 10
    Replay: 10

    Prós:
    A história do jogo, além de excelente, é abordada de uma maneira muito criativa ao misturar passado e presente. O desenvolvimento de tramas paralelas transforma o jogo em uma experiência intrigante;
    O jogo possui uma excelente qualidade técnica;
    O Raid Mode e suas missões proporcionam horas de diversão, seja sozinho, com amigos ou com desconhecidos, via WiFi;
    Mescla entre ação e survivor na medida certa.

    Contras:
    O jogo poderia ser mais difícil. Apesar do retorno às origens, o Genesis Scanner permite que o jogador use (e abuse) de sua munição e ervas.

    Nota Final: 9,8
    avatar
    lukazz
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 586
    Posts Posts : 2426

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por lukazz em Dom 11 Nov 2012, 19:51

    boa analise, gostei. quando joguei a demo me assustei diversas vezes.. mas quando fui jogar o jogo mesmo, não me assustei tanto.. mas muitas vezes eu fiquei irritado.. nossa aqueles sea creepers são chatos demais meu deus! o gráfico realmente esta impecável, a impressão que da é que estamos jogando o RE5, graficamente falando, e isso em um portátil é incrível! o que me faz pensar o quanto os jogos podem melhorar graficamente nos próximos anos.. (:
    avatar
    Convidad
    Convidado

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Convidad em Dom 11 Nov 2012, 20:17

    Então, quando aqueles dois B.O.W.s caem do teto na demo eu me assustei MUITO, fiquei preparado para isso acontecer diversas vezes no jogo, mas acabou não acontecendo.

    Sea Creepers são realmente BEM irritantes. DD:

    A qualidade gráfica realmente surpreende, ainda mais em mapas como o Hall, as cavernas na neve e as cabines do navio. Achei os mapas bem variados e interessantes, sem falar nas referências aos primeiros jogos como a cabeça de alce e tudo mais.
    avatar
    AlexOk
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1233
    Posts Posts : 2998

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por AlexOk em Dom 11 Nov 2012, 20:25

    Jogo é espetacular,foi um dos meus melhores investimentos de jogos pro 3Ds!ele e mario kart são meus top's games favoritos(Já o New super mario bros 2 foi uma decepção,estou trocando ou vendendo caso alguém queira)

    Os gráficos,jogabilidade,e o que mais adorei foi o Raid mode,já abri tudo,e to no level máximo,mas ja faz um tempinho que não jogo,mas ele com certeza é um ótimi game,o 2º melhor do 3Ds,(Só perde pro mario kart)
    avatar
    Castiel
    Membro Nv.28
    Membro Nv.28

    Karma Karma : 42
    Posts Posts : 305

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Castiel em Seg 12 Nov 2012, 11:24

    Ótima análise , bem mais simples e objetiva do que muitas que a gente encontra em site especializados por ai , conseguiu pegar a essência do jogo e analisar de forma clara , parabéns Very Happy
    Em relação ao jogo , apenas testei a demo , mas devo comprar assim que possível , até porque Revelations foi um dos motivos de eu ter comprado o 3DS.
    avatar
    rapbigze
    Membro Nv.13
    Membro Nv.13

    Karma Karma : 6
    Posts Posts : 158

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por rapbigze em Seg 12 Nov 2012, 11:33

    já comprei e tô sendo torturado enquanto espero chegar Very Happy
    enquanto isso me divirto com a demo.

    vou resumir o game numa frase que vi nos videos do nintendo show 3d:

    "it's a whole console game... in a portable system!"
    avatar
    Convidad
    Convidado

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Convidad em Seg 12 Nov 2012, 14:01

    @Castiel

    Muito obrigado! Fico feliz que tenha gostado. n_n

    Também comprei o 3DS pensando no Revelations, foi meu primeiro jogo, haha.

    @Rapbigze

    AHHAHAHAHAHAH O 3DS tem um potencial surpreendente, lembro de mostrar o jogo para amigos e eles ficarem boquiabertos já que esperavam uma qualidade semelhante à do DS.
    avatar
    Rike C.
    Iniciante Nv.9
    Iniciante Nv.9

    Karma Karma : 0
    Posts Posts : 23

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Rike C. em Sex 16 Nov 2012, 23:43

    To zerando pela segunda vez, Very Happy , um jogão mesmo, boa análise, só o que é meio ruim é o lag, senti um lag muuuito alto na parte do Promenade Deck na campanha, infelizmente não há nada que a Nintendo ou a Capcom possa fazer sobre isso. (Ou há, se eles piorarem o gráfico levemente.)
    avatar
    x0exe
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1989
    Posts Posts : 6839

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por x0exe em Sex 16 Nov 2012, 23:47

    Ótima analise, amei o jogo, tomara que venham mais para o 3DS, e só comprarei caso seja também no estilo terror
    avatar
    Mat Lee
    Alface
    Alface

    Karma Karma : 1925
    Posts Posts : 5959

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Mat Lee em Sab 17 Nov 2012, 00:07

    Movido para a seção certa... tongue
    avatar
    x0exe
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1989
    Posts Posts : 6839

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por x0exe em Sab 17 Nov 2012, 00:30

    É interessante notar que, mesmo sendo tão bonito graficamente, ele ainda sim não consegue usar o seu 100% do 3DS, muitos dizem que sim, mas porque em muitos momentos do jogo ele fica travando, mas isso é normal, pois no mais, quando o 3DS vai ler algum arquivo no cartucho, ele terá de parar o jogo imediatamente, seja ele rodando um [SPOILER] monstro gigante destroçando o navio [TERMINO DO SPOILER] até a simples tela de resultados (Sim, percebam que ele dá uma travadinha quando vai dar os resultados do capítulo, pois está lendo o que vem depois), e fora suas travadas de leitura não há algum momento que ele fique lento por estar graficamente no limite, o ruim foi que o cartucho é limitado para o jogo todo, que daria uns 6G, então teve que ser cortado uma parte considerável de texturas para poder caber tudo no de 4G, a música ficou ótima, em muitos momentos me deu tensão quando estava a entrar em algum lugar ou até mesmo dobrar um corredor,.. o 3D, apesar de não ser lá "o jogo que utiliza melhor o 3D", ainda sim ficou excelente (mudei as configurações do jogo para ficar com 3D forte), realmente dá mais "medo" no jogador, pois seu cérebro vê aquilo de forma mais real possível, isso acaba deixando o jogo bem assustador também, e eu amo jogos do tipo, joguei esse jogo usando fones de ouvido de noite, foi uma ótima experiência, mal posso esperar para o próximo jogo da série para o 3DS (caso tenha, o que é obrigação, e tem que ser com bastante terror!)
    avatar
    Sum41
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 369
    Posts Posts : 2473

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Sum41 em Sab 17 Nov 2012, 00:47

    Adorei o jogo tb. Infelizmente o Raid Mode é bem fácil e os videos como vc disse, ficaram ruins por causa da compressão para caber no cartucho, mas de resto é só diversão. Um dos melhores jogos do 3DS.
    avatar
    Protoman
    Iniciante Nv.5
    Iniciante Nv.5

    Karma Karma : 0
    Posts Posts : 11

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Protoman em Dom 18 Nov 2012, 23:22

    Excelente analise melhor que de muita revista por aí.
    Quanto ao jogo; cara demais, joguei a demo e deu clima de terror mesmo, no cartucho então, com tudo lá dá pra pirar mesmo ... rsrsrs
    Gráficos ótimos e jogo bem resolvido para um portátil ; confesso que fiquei surpreso com a capacidade do 3DS.
    avatar
    jrcdz01
    Membro Nv.21
    Membro Nv.21

    Karma Karma : 15
    Posts Posts : 230

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por jrcdz01 em Seg 19 Nov 2012, 00:34

    Muito boa a análise.
    Essas travadas acontecem principalmente durante o carregamento, normalmente já sabemos quando um b.o.w. vai aparecer pela breve travada que acontece, assim como no carregamento de um novo cenário, que quando se está em um elevador ou abrindo aquelas portas que tem um mastro.
    Creio que ele ainda não tenha levado ao máximo o potencial do 3DS, até porque ainda existe a possibilidade de um jogo não utilizar o efeito 3D e ai teremos em tese o dobro de potencial gráfico.
    Em relação a um novo jogo, alguém ai ainda lembra do rumor que surgiu em maio sobre do Resident Evil 3D (Degeneration, Damnation, Downfall)
    Como muitos comprei o 3DS por causa desse jogo, o jogo chegou até antes do videogame fiquei com ele na estante por uns 2 dias, "agonizando" por não poder jogar.
    avatar
    Chikoritah
    Veterano Nv.8
    Veterano Nv.8

    Karma Karma : 175
    Posts Posts : 584

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Chikoritah em Seg 19 Nov 2012, 13:27

    Otima analise!
    Estou jogando Revelations, é excelente. Muito melhor que RE 6 (o que nao é mto dificil).

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Análise] Resident Evil: Revelations

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 18 Ago 2017, 09:36