Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    A mágica dos jogos 8-bit

    Compartilhe
    avatar
    lpslucasps
    Blast Plus
    Blast Plus

    Karma Karma : 2138
    Posts Posts : 1958

    A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por lpslucasps em Seg 22 Out 2012, 15:09


    TUUUUU, TUTUTU TU TUTU!!!

    Adoro jogos da era 8-bit. Nada contra os atuais, mas em muitos casos acho os games da era 8-bit objetivamente melhores que os modernos. Vejo neles um charme e qualidade quase que inigualáveis, uma magia rara de se encontrar hoje em dia.

    Jogos daquela época eram limitados, é verdade, mas é justamente essas limitações que os torna tão incríveis. Os game designers não podiam contar com poderio gráfico avançado, liberdade para criação de trilhas sonoras complexas, variedade de botões e alavancas para executar ações ou espaço para contar histórias imensas. Com recursos limitados por todos os lados, havia apenas uma maneira de um jogo se sobressair: através da jogabilidade.

    Pegue qualquer jogo clássico daquela época e constate por si próprio o foco quase que exclusivo na jogabilidade. Aperte start na tela de início e comece o jogo, fim. Se houvesse alguma introdução, ela era fugaz, rápida, limitando-se a poucos caracteres. A história, se existisse, parecia ficar mais em segundo plano, se não confinada quase que integralmente ao manual do jogo. Mesmo jogos que supostamente girariam em torno da história (Final Fantasy, Dragon Quest) seriam considerados dungeon crawlers nos padrões de hoje.


    Pois é, Arkanoid tinha uma história...
    Não que fizesse diferença, né?

    Não quero dizer que não haviam jogos com boas músicas, gráficos bonitos ou histórias interessantes naquela época. Mas claramente nada disso era o foco daqueles games. Tudo girava em torno da interatividade e trabalhava para ela.

    Esse foco dava aos games 8-bit uma característica difícil de encontrar hoje em dia: intuitividade quase que absoluta. Se algum sprite se movesse rápido em sua direção, você sabia que era um inimigo; se algo piscasse sem parar, você podia ter certeza que era um item ou power-up; na maioria dos casos os (poucos) botões fariam uma única coisa óbvia e facilmente discernível. Não havia tutoriais, não era preciso gastar os primeiros vinte minutos de jogo ensinando como jogar.

    Era uma simplicidade admirável, que permitia você se divertir em poucos minutos e se viciar quase que imediatamente. Jogos modernos também são divertidos e viciantes, mas normalmente a diversão fica encoberta por horas de diálogo e partes não-interativas e o vício te torna escravo de um produto complexo que exige tempo e atenção.

    Não me entenda mal, não sou contra jogos grandes, com histórias mirabolantes e produção Hollywoodiana. Mas às vezes gostaria de simplesmente apertar start, jogar e me divertir, simples assim.





    O texto é de minha autoria, fiz há algum tempo. Creio que ele exprime bem alguns pontos que pretendo discutir, por isso usei-o como pontapé.

    Vocês, acham que a geração atual "perdeu" algo em relação às antigas? Ou será que é puro saudosismo meu mesmo?

    Vejam bem, não quero que simplesmente joguemos fora os avanços tecnológicos que temos. Jogos "retrô", do tipo Mega Man 9 e 10, são super-divertidos, mas congelar no tempo não é a solução. Felizmente o mercado de games de hoje é bastante variado e, apesar da saturação de shooters e "jogos cinematrográficos", temos jogos que resgatam a "mágica 8-bits" também, sem perder um pingo de sua modernidade. Um ótimo exemplo disso é Sword & Sworcery, que mescla o espírito retrô com uma narrativa e interface moderna de modo que realmente parece feitiçaria. Infelizmente, jogos como esses são exceções, não regras.

    Não creio que seja só saudosismo de minha parte. Acredito sim que jogos modernos podem aprender algo com a simplicidade das gerações passadas. Games de hoje parecem se focar muito mais em "dar um show", serem "épicos", do que realmente fazer o jogador se divertir jogando eles. Temos cada vez mais "experiências interativas" e menos jogos.
    avatar
    Lucasxarope
    Membro Nv.31
    Membro Nv.31

    Karma Karma : 60
    Posts Posts : 332

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Lucasxarope em Seg 22 Out 2012, 17:07

    Discordo veementemente.

    O problema desse tipo de texto é que ele acaba levando, no fundo, a encarar que os jogos 8 Bits eram 8 bits "por opção".

    E claro que não, eles faziam o que podiam na época, muitos tentavam inclusive "burlar" a simplicidade e a plataforma esquerda-direita. Contra, por exemplo, tinha níveis que mudava o ponto de vista, ou mesmo The Legend of Zelda II: Adventure of Link e Castelvânia mesclavam o side-scrolling com travessias pelo mapa.

    Assim como Ninja Gaiden, por exemplo, era um jogo cinematográfico para os padrões da década de 1980, logas e belas "cutscenes", enredo envolvente e muito bem trabalhado.

    Os jogos da terceira geração trabalhavam sempre para chegar ao limite de suas limitações (ou até mesmo vencê-las), assim como havia sido feito nas primeiras e segundas, e como continuou a ocorrer da quarta em diante.

    O grande recurso para te manter jogando na época era ter uma dificuldade absurda ou não possuir passwords. Felizmente essa época já passou... hoje são necessárias outras coisas, como enredo ou cutscenes.

    Quanto a "rapidez" das jogatinas, há um número considerável de jogos que possuem modo arcade (ou mutiplayers online) que podem ser muito mais rápidos que campanhas longas.

    (é a mesma coisa de falar que os VHS eram melhores que DVDs por que era só colocar no vídeo cassete e apertar o play, enquanto as mídias digitais possuem menus ou trailers/mensagens que não podem ser adiantadas)
    avatar
    Nayru
    Veterano Nv.3
    Veterano Nv.3

    Karma Karma : 85
    Posts Posts : 472

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Nayru em Seg 22 Out 2012, 17:33

    O texto é muito legal, mas acho que não é bem assim. Jogos 8 bits não são melhores que os jogos atuais e vice-versa.
    No meu caso, gosto dos jogos 8 bits pela nostalgia, sabe, é gostoso jogar uma franquia atual e descobri que ela começou lá na 3ª geração ou anteriores (se comparar ideia e vontade). Gráficos diferentes, tempo diferente, época na qual mesmo que não tenha vivido me dá muita saudade.

    Eu nasci na 4ª geração. Meu primeiro console foi um SNES e nem tinha 4 anos. Creio que mais ame jogar nele que nos demais vídeo-games por conta do tempo de infância que passei nele. Meu maninho que nasceu no mesmo ano do GC gosta mais do SNES porque ele jogou primeiro nele, conheceu o "how to play" lá. Viu Mário, Link e Samus. Conheceu os estilos de jogos e tudo mais e se divertiu comigo e com minha outra irmã jogando nele e aprendendo truques e macetes Wink

    E, discordo da sua comparação com VHS/DVD lucasxarope. Eu até entenderia se fossem movimentos artísticos como referência, já que jogos de vídeo-game são considerados por muitos uma obra prima, tanto em design dos consoles, cartuchos, impressões, personagens e enfim. Vídeo-game não é apenas um produto melhorado, ele é uma obra de sua época e melhor, com interatividade!
    avatar
    PGrossmann
    Veterano Nv.4
    Veterano Nv.4

    Karma Karma : 139
    Posts Posts : 488

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por PGrossmann em Seg 22 Out 2012, 18:08

    a unica coisa que um jogo precisa pra ser bom é ser divertido
    os de antigamente eram bons, hoje tem muito jogo bom também, só que tem tanta porcaria que não da pra ver direito

    hoje em dia tem muitas coisas diferentes em jogos, tem pessoas que se atraem por um jogo com gráficos muito bons (chamados de Graphic Whore, particularmente o tipo de gamer que eu menos gosto), tem os que preferem uma boa história, tem os que gostam de uma jogabilidade boa. na maioria das vezes eles jogam vários tipos de jogos, mas esses são as suas preferencias

    Meu jogo favorito, é Monster Hunter. a história é péssima (você tem que remover a espada da pedra)
    a jogabilidade é meio ruinzinha (o cara tem que faze acrobacia no controle de PS2, melhorou um pouco no wii e psp, espero que esteja melhor no 3DS)
    e o gráfico nunca foi seu ponto forte
    Mas, apesar de tudo isso, é um jogo muito bom. um jogo de caçar feras gigantes, sobreviver à diversos desafios
    Ele tem uma lista enorme de itens pra coletar, combinar, armaduras, espadas (são 12 classes diferentes, que se dividem em melee e ranged) e muitas tarefas.
    é um jogo que me diverte muito, eu não conseguiria ver ele na época de 8-bit fazendo sucesso, mas não significa que é um jogo ruim
    os jogos de 8-bit hoje em dia não conseguiriam competir contra os jogos de hoje em dia, mas não quer dizer que sejam ruins
    uma das áreas do 3DS que eu mais gosto é a sessão do Virtual Console. tem jogos bom em 8 e 16bit

    acho que os jogos poderiam ser mais como antigamente, mas não pelo ponto de vista da jogabilidade, mas pela diversão. hoje em dia tem jogos em FPS que lançam o mesmo jogo todo ano com nome diferente
    avatar
    rapbigze
    Membro Nv.13
    Membro Nv.13

    Karma Karma : 6
    Posts Posts : 158

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por rapbigze em Sab 17 Nov 2012, 13:22

    não só os 8 bits, os de 16 também têm uma magia rara. mesmo com lançamentos de última geração que me agradem (como Batman Arkham City), nunca deixo de lado os games antigos. até mesmo porque manter um console de mesa vai ficando caro(só tive um N64 e um Gamecube recentemente, nada mais), e eu enjoaria de um FPS de última geração em pouco tempo.
    avatar
    ari789
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 1975
    Posts Posts : 6452

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por ari789 em Dom 18 Nov 2012, 02:10

    O Que eu curtia nos jogos 8-Bits era as músicas [ Até a 16-Bits era foda ;P ]
    Simplismente foda *--*
    avatar
    Bruce889
    Veterano Nv.13
    Veterano Nv.13

    Karma Karma : 12
    Posts Posts : 723

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Bruce889 em Dom 18 Nov 2012, 03:15

    O que perdeu mesmo foi a magia de jogar,ontem era por diversão,hoje é por esporte.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Convidado em Dom 18 Nov 2012, 07:02

    Bem... Eu acho que os jogos de 8 Bits eram sim bem divertidos, mas unicamente por serem inovadores.

    No 8 bits realmente nasceu muitos personagens e franquias, mas o texto desrespeita o que eu mais gosto nos jogos, a variedade. Nunca na história houve algo que juntasse tantos tipos de artes como o videogame, eu adoro ouvir as trilhas sonoras, aproveitar uma boa jogabilidade e desfrutar de uma fantástica história... Sim, eu gosto de apertar start e jogar, mas é muito melhor quando o start representa um novo mundo, pronto para ser explorado.
    avatar
    migli
    Membro Nv.9
    Membro Nv.9

    Karma Karma : 16
    Posts Posts : 117

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por migli em Qui 22 Nov 2012, 04:39

    Uma coisa que foi perdida é o "jogador habilidoso", qualquer um pode ser bom em qualquer jogo mediante as facilidades que é entregue.
    Quem tem um GOW em casa certamente já zerou mas quantos fizeram o mesmo no CONTRA?
    Gosto muito de assassins creed pelo contexto histórico mas o jogo é muito fácil (e marmanjo ainda apela pro detonado).
    Sinto falta de repetir missões até ficar com a mão doendo mas no final sentir satisfação de ter zerado.

    Gamers, youtubers, já não vejo diferença...
    avatar
    Goukeban
    Veterano Nv.16
    Veterano Nv.16

    Karma Karma : 242
    Posts Posts : 781

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Goukeban em Sex 07 Dez 2012, 17:36

    Eu diria que o texto foi bem ponderado até, comparando com o as ranhetices "moderno X retrô" que vemos em muitos comentaristas no mundo gamer (coff, gameoverthinker, coff!!).

    Eu acho que, realmente, muitos desenvolvedores perderam uma noção de equilibrio, não entendendo que o que queremos são jogos que mesclem gameplay e narrativa de uma forma harmonica, intuitiva, que não envolva esfregar tutoriais em nossa cara.

    Um exemplo do contrário é Psichonauts. Esse jogo realmente sabe como mesclar cutscenes bem dirigidas com gameplay.
    avatar
    The_Wild_Lincoln
    Iniciante Nv.6
    Iniciante Nv.6

    Karma Karma : 0
    Posts Posts : 12

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por The_Wild_Lincoln em Sab 08 Dez 2012, 16:25

    Concordo com o Goukeban... O exagero praticado nos jogos atuais no que se refere a tutoriais é uma coisa absurda.

    Vou dar um exemplo, vejo inumeros comentarios positivos sobre os games da franquia Assassins Creed. Fui e comprei o primeiro jogo. Instalei e me decepcionei com o extenso e tedioso turorial. Como meu tempo é curto e preciso, dei quit e bye bye...
    avatar
    deodario
    Membro Nv.7
    Membro Nv.7

    Karma Karma : 8
    Posts Posts : 95

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por deodario em Sab 22 Dez 2012, 21:30

    O que me preocupa nos games atuais é a sua semelhança com os filmes, não por terem como base o enredo. Eu gosto de jogos com bom enredo, mas um videogame não deve ficar só nisso, ele tem que te envolver. Enfim, temo que tal qual os filmes os gamers tornem-se apenas espectadores e não participantes.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Convidado em Sab 22 Dez 2012, 21:38

    Como a maioria leu:
    @deodario escreveu:O que me preocupa nos games atuais é a sua semelhança com os filmes, não por terem como base o enredo.

    Como eu e muitas outras pessoas leram:
    @deodario escreveu:Uncharted Uncharted Uncharted Uncharted Uncharted Uncharted , Uncharted Uncharted Uncharted Uncharted Uncharted.


    lolalidades à parte, concordo com teu comentário, mas pelo menos existem jogos que equilibram os dois (e até integram eles) de forma perfeita, tal como Zelda.
    avatar
    deodario
    Membro Nv.7
    Membro Nv.7

    Karma Karma : 8
    Posts Posts : 95

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por deodario em Sab 22 Dez 2012, 23:23

    O que eu acho impressionante na série Zelda é que não há uma unanimidade quanto ao melhor jogo. Os que "disputam" ou que possuem maiores fãs acho que são Wind Waker, Ocarina of Time, A Link to the Past e Skyward Sword.

    Se repararem foram todos que remodelaram a forma de jogar Zelda. O WW com os gráficos cartunescos; Ocarina of Time por ser o primeiro 3d; A Link to the Past foi o Super Metroid da série, ou seja, por muito tempo foi a base dos Zeldas seguintes (Link's Awakening, Oracle of Season/Age e Minish Cap e o SS que tem como ideia os puzzles não só nos calabouços e sim por toda a área

    Eu, dentre esses jogos gostei mais do AttP, mas ainda não joguei o Wind Waker e o Ocarina of Time não terminei, perdi meu save no templo da água...
    avatar
    crfleo
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 636
    Posts Posts : 1582

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por crfleo em Dom 23 Dez 2012, 18:25

    Só sei que Magic Jewerly dava um pau em Tetris Very Happy

    Conteúdo patrocinado

    Re: A mágica dos jogos 8-bit

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 22 Ago 2017, 02:43