Arquivo do Fórum Nintendo Blast

Olá visitante/usuário! Nós estamos em processo de migração e deixaremos este Fórum em breve.

A migração é para termos mais liberdade e para podermos ter um Fórum melhor! Se você ainda não é cadastrado neste Fórum e nem no novo, clique aqui e cadastre-se já no Novo Fórum!

Se você já possui uma conta aqui, clique aqui e saiba como migrar para o Novo Fórum Nintendo Blast!
Arquivo do Fórum Nintendo Blast

    [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Compartilhe
    avatar
    Archie
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 572
    Posts Posts : 1256

    [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Archie em Sex 14 Set 2012, 21:44

    Zelda: Ocarina of Time. Um ótimo jogo, mas EXTREMAMENTE superestimado.

    Zelda Oot é até hoje o jogo mais elogiado e prestigiado no mundo dos games, e mesmo gostando muito dele devo dizer que em minha opinião está longe de ser toda essa maravilha que todo mundo afirma ser. Antes de mais nada quero deixar claro que “superestimado” não é sinônimo de ruim. Ocarina não é um jogo ruim, muito pelo contrário. É um excelente jogo que tem sua importância na série Zelda e no mundo dos games em geral, mas que recebe muito mais apelo do que merece, por diversos fatores, mas o principal deles é a nostalgia. Só porque foi o primeiro jogo que as pessoas jogaram e foi o primeiro Zelda em 3D com uma jogabilidade revolucionaria, as pessoas já dizem que sempre será o melhor jogo do mundo e nunca será superado. Ocarina of Time não é um jogo perfeito (alias nem um é) e apresenta diversas falhas e algumas delas incomodam. Sem mais delongas vamos a minha análise.

    Muitas pessoas irão me dizer “Você diz isso porque não jogou esse jogo na época de seu lançamento onde ele surpreendeu todo mundo”. Na verdade eu não joguei na época de lançamento mesmo, mas eu me surpreendi tanto quanto as pessoas que jogaram ele em 1998 onde eu na época tinha 4 anos. Mas na verdade eu só fui jogar Zelda Oot com 8 anos e antes dele, eu só havia visto jogos de SNES e alguns do 64 (Mario 64, Mario Kart, 007...). Mesmo com a existência do GC, PS2 e o primeiro Xbox, eu nunca tinha jogado ou visto alguma coisa deles, porque naquela época eu não era tinha tanto interesse no mundo dos games. Então pra mim foi igualmente incrível aqueles gráficos em 3D, aquela jogabilidade incrível quanto foi para as pessoas que o jogaram em seu lançamento, e foi o primeiro Zelda que joguei. Conheci a série por esse jogo e é a minha série de jogos preferida até hj e ele foi durante muito tempo meu jogo preferido. Mas o tempo foi passando, eu fui jogando alguns jogos e percebi que o Oot “não é tão bom assim”. Existem vários jogos que eu considero melhores que o Oot e só da série Zelda, já tem 4 jogos que eu curti mais que o Oot (The Wind Waker; A Link To The Past; Majora’s Mask e Twilight Princess).

    A maior ressalva que eu tenho em relação a esse jogo é a história. Na época em que joguei ele pela primeira vez, tinha achado ela incrível e muito original. Mas depois de um tempo percebi que ela está longe de ser original e revolucionaria principalmente depois que joguei Alttp. Quem já jogou Alttp, sabe muito bem que o enredo de Oot não passa de uma reciclagem do enredo de Alttp, com algumas modificações e poucas coisas realmente originais. O grande Zelda revolucionário da série em termos de elementos básicos e clássicos dela, de história, personagens e até em trilha sonora, foi Alttp, não Oot. Oot revolucionou em jogabilidade e gráficos (que na verdade nem foi tanto se lembrarmos que o Mario 64 foi lançado antes dele), mas nunca teve uma história tão importante para a série. É claro que existem seus pontos a favor: A criação das raças Goron e Zora fora alguns personagens incríveis do jogo, mas dizer que a história é original e revolucionaria é um baita de um exagero. Isso pode até não significar muita coisa afinal todo série tem que partir de algum lugar certo? Mas isso é outro motivo para fazer as pessoas pensarem um pouco pelo seguinte: Um dos melhores jogos da série, o Twilight Princess é constantemente esculachado pelos fãs da série e o maior motivo disso é a reclamação dos fãs em dizerem que o jogo é parecido demais com o Oot. É mesmo? Engraçado... Oot também se parece demais com Alttp e eu não vejo ninguém reclamando disso. Que ironico não? Twilight Princess nem é tão parecido com o Oot ( tem várias semelhanças, mas está longe de ser uma cópia).

    Outra coisa que me incomoda em Oot: A Navi. Na maioria dos jogos da série, o nosso protagonista Link sempre tem um(a) companheiro(a), e isso sempre foi algo bom para a série sem sombra de duvidas. O problema é que a Navi não tem absolutamente envolvimento nenhum com a história com exceção do começo onde ela conhece Link e o leva até a Deku Tree. Ela também raramente ajuda Link. Quando ela nos chama pelo famoso barulho “Hey” é na grande maioria das vezes para nos lembrar de coisas que já sabemos. Muita gente a acha extremamente irritante por isso. Eu sinceramente não acho. É desnecessário, mas não irritante (Se você a acha irritante experimente jogar Skyward Sword e viajar com a Fi. Ae você vai ver quem é irritante). O final que deram a ela foi ridículo tmb. Eu não consigo acreditar quando escuto gente dizendo que chorou quando a Navi foi embora. Por quê? Que falta ela vai lhe fazer? Ela não fez nada o jogo inteiro além de te buzinar sobre coisas que você já sabia. E o que é pior. Ela não fala nada com a gente antes de ir embora. Ela simplesmente... vai embora. Outros companheiros de Link como o King of the Red Lions e a Midna tiveram um envolvimento de verdade com a história e tem uma personalidade propia. Muito mais carismáticos que a Navi.

    Outro ponto negativo em relação ao jogo, mas que já é algo mais pessoal do que critico é a trilha sonora. Apesar de ótima, não acho tão boa quanto varias outras trilhas marcantes, como a de Wind Waker e A Link To The Past. Isso sem falar de outras grandes trilhas sonoras como as dos jogos da série Mario e alguns outros jogos com trilhas sonoras incríveis. Oot Possoui alguns temas memoráveis como Gerudo Valley e Lost Woods por exemplo, mas não tem tantas musicas incríveis ou marcantes. O próprio tema “Zelda’s Lullaby” que muitos pensam ter surgido em Oot apareceu pela primeira vez em Alttp. É uma bela trilha, mas já ouvi outras muito superiores.

    De resto temos a dificuldade do game que não é difícil quando você sabe o que fazer (Water Temple não é difícil. Ele exige apenas paciência e atenção. Só isso.) e as dungeons são bem legais, mas não possuem nada de revolucionário. Em termos de jogabilidade ele foi revolucionário mesmo e deu um novo rumo importantíssimo a franquia (até ser superado por Skyward Sword 13 anos depois). É sim um excelente jogo, obrigatório para qualquer gamer que se preze, principalmente se for fã da Nintendo e da série Zelda, mas não acho que ele mereça toda essa idolatria que recebe e que ele seja essa revolução toda no mundo dos games.

    É isso... Por favor comentem!  Very Happy

    Edit:

    Esqueci da nota... De 0 a 10, Oot leva 8.5.


    Última edição por Artcalumby em Qui 04 Jul 2013, 15:32, editado 2 vez(es)
    avatar
    ¿Pedro?
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 232
    Posts Posts : 2408

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por ¿Pedro? em Sex 14 Set 2012, 22:21

    Até que enfim alguém pensa como eu e concorda que OoT é uma cópia do ALttP!! cheers

    avatar
    Eduardo.
    Membro Nv.2
    Membro Nv.2

    Karma Karma : 0
    Posts Posts : 47

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Eduardo. em Sex 14 Set 2012, 23:12

    Eu concordo com você, cara. Gostei da análise, está bem desenvolvida, mas sendo uma análise precisa mostrar pontos positivos e negativos, aí você mostrou mais a sua "revolta" sobre as pessoas acharem o Oot o melhor da série.Fora isso, você só falou a verdade. O principal está ali: as pessoas consideram tão bom e não enxergam erros justamente pela nostalgia.
    avatar
    Archie
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 572
    Posts Posts : 1256

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Archie em Sex 14 Set 2012, 23:39

    @Eduardo. escreveu:Eu concordo com você, cara. Gostei da análise, está bem desenvolvida, mas sendo uma análise precisa mostrar pontos positivos e negativos, aí você mostrou mais a sua "revolta" sobre as pessoas acharem o Oot o melhor da série.Fora isso, você só falou a verdade. O principal está ali: as pessoas consideram tão bom e não enxergam erros justamente pela nostalgia.

    Eu até poderia ter falado mais sobre os pontos positivos mesmo, mas preferi resumir mais isso, porque o que não falta são análises positivas para o jogo. No geral eu gostei bastante do jogo, diversão do inicio ao fim, conquista o jogador logo de cara, jogabilidade incrivel e excelentes graficos para a época, mesmo que tenham envelhcido (Na verdade eu não dou a minima pra isso. Grafico pra mim é o que menos importa).
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Convidado em Sab 15 Set 2012, 00:24

    Bom análise... Concordo com vc em termos. Acho a Link to The Past F-AN-T-Á-S-T-I-C-O, porém não sei dizer se ele é melhor. Comparar dois jogos que possuem histórias " digamos que semelhantes" porém com jogabilidades absurdamentes distintas fica meio complicado. Em uma coisa eu concordo em genêro número e grau.. A trilha sonora de OoT não é nunca a melhor trilha sonora da série, perdendo fácil para A Link to The Past e Wind Waker, apesar de eu achar diferente devc em relação ao Majora's que pra mim junto com Zelda 2são as ovelhas negras da série.. Se vc ver bem, tudo o que tem em Wind Waker e principalmente em TP são notóriamente reflexos e " tecnologias melhoradas " de OoT. Porém, não podemos nos esquecer que OoT definiu um gênero de jogabilidade.. Todos, absolutamente T-O-D-O-S os jogos que vc joga hoje em dia possuem referências de OoT. A inclusão do Z-Target, além da física do jogo em relação a utilização dos itens... Sem contar o fato da câmera, que pra época não tinha igual ( nem mesmo a do Mario 64 )...

    Eu joguei o jogo quando foi lançado, e jogo até hoje como se fosse novo, e digo.. FAZ DIFERENÇA sim pra quem o jogou na época... Naquela época, um jogo em 3D que conseguisse ter uma jogabilidade impecável na qual o jogador se sentisse de fato da pele do personagem era o sonho de todos.. Meu amigo, vc não faz idéia do que era na época jogar um OoT, Final Fantasy 7, Metal Gear ou Mario 64... óbvio que hoje um cara vai e joga um God of War da vida ( que é fantástico ), vai e pega um Ocarina e torce o nariz... Mas é como eu disse... ele foi na época junto com outros jogos que já citei, tão surpreendente e DEMAIS que esse fator de tempo faz diferença sim...Acho que podemos dizer que OoT pegou o q a série e os jogos em 2D tinham e os transformou perfeitamente em 3D junto com Mario 64...

    Melhor jogo de todos os tempos? Muito difícil dizer se é ou não, sabendo que existem jogos como Super Mario Bros, Mario Galaxy ou Wind Waker... mas uma coisa te digo com certeza.. Ocarina of Time é o jogo mais influente e importante de todos os tempos.. isso.. com ctz.. Afinal de contas, tudo o que vemos hoje em dia.. ABSOLUTAMENTE TUDO é uma versão tecnologica amis avançada.. ou como se dizem: DEPOIS Q A ONÇA MORRE TODOS COLOCAM A MÃO.. ou seja.. DEPOIS QUE UMA INOVAÇÃO É LANÇADA, fica fácil pegar essa idéia e melhorar ela.. mais criá-la a ponto de se tronar uma experiência única e inesquecível.. isoo é pra poucos... Miyamoto que o diga...
    avatar
    vaati
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 192
    Posts Posts : 1308

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por vaati em Sab 15 Set 2012, 13:11

    @¿Pedro? escreveu:Até que enfim alguém pensa como eu e concorda que OoT é uma cópia do ALttP!! cheers


    eu tambem penso que oot copiou aLttP
    avatar
    Archie
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 572
    Posts Posts : 1256

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Archie em Sab 15 Set 2012, 19:52

    N4N G4M3R escreveu: Eu joguei o jogo quando foi lançado, e jogo até hoje como se fosse novo, e digo.. FAZ DIFERENÇA sim pra quem o jogou na época... Naquela época, um jogo em 3D que conseguisse ter uma jogabilidade impecável na qual o jogador se sentisse de fato da pele do personagem era o sonho de todos.. Meu amigo, vc não faz idéia do que era na época jogar um OoT, Final Fantasy 7, Metal Gear ou Mario 64... óbvio que hoje um cara vai e joga um God of War da vida ( que é fantástico ), vai e pega um Ocarina e torce o nariz... Mas é como eu disse... ele foi na época junto com outros jogos que já citei, tão surpreendente e DEMAIS que esse fator de tempo faz diferença sim...Acho que podemos dizer que OoT pegou o q a série e os jogos em 2D tinham e os transformou perfeitamente em 3D junto com Mario 64...

    Mesmo eu não tendo jogado ele no lançamento eu tmb tive a mesma surpresa que vc, ou pelo menos parecida. Eu nunca havia visto nada igual ao zelda oot quando o joguei pela primeira vez. O mais perto que eu havia visto tinha sido o Mario 64. nem Banjo-Kazooie eu conhecia ainda.

    Sei que não é a mesma coisa que jogar ele no lançamento com muito mais do que 8 anos de idade, mas eu tmb me surpreendi e me encantei muito com o jogo pode ter certeza.
    avatar
    Convidad
    Convidado

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Convidad em Sab 15 Set 2012, 20:44

    Hum, eu gostei de Oot agora que estou jogando no 3DS pela primeira vez, mas não entendo certos elogios a ele... além dos pontos que você disse, não acho o avanço gráfico e técnico dele tão grande sabendo que jogos como Megaman legends/64 e mario 64 haviam sido lançados antes.

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por ExtremeZelda em Dom 16 Set 2012, 03:03

    @vaati escreveu:
    @¿Pedro? escreveu:Até que enfim alguém pensa como eu e concorda que OoT é uma cópia do ALttP!! cheers


    eu tambem penso que oot copiou aLttP

    O Zelda OoT tem várias "semelhantes" ao ALttP por um único motivo, inicialmente, o OoT era pra ser um remake do ALttP no novo N64, mais depois a Nintendo decidiu cancelar tudo e fazer um novo Zelda, e como já tinha parte do projeto em mãos, adaptou para ser um novo jogo, e fez o OoT.
    avatar
    RiderBlack
    Veterano Nv.8
    Veterano Nv.8

    Karma Karma : 416
    Posts Posts : 576

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por RiderBlack em Dom 16 Set 2012, 04:15

    olha,o titulo do tópico deveria ser,MINHA OPINIÃO....
    Porque fica claro que essa é uma opinião sua,você não mostrou muita coisa contundente,só fica falando que AttP é melhor e tal...
    E sim,eu joguei esse jogo em seu lançamento e Sim de novo,acho ele de fato o melhor zelda de todos.
    Mas isso é coisa de gosto...mas não é possível que toda a mídia de games em geral esteja sendo saudosista quando ainda hoje citam OoT com referência entre os zeldas...
    avatar
    Angel Kenede
    Veterano Nv.MÁX
    Veterano Nv.MÁX

    Karma Karma : 2507
    Posts Posts : 3504

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Angel Kenede em Dom 16 Set 2012, 04:57

    Esqueceu de falar que ele inovou em poder criar potes infinitos. -Q

    Então, bela avaliação do game e tudo bem em fazer ela como uma visão séria do game, já que como você disse, realmente não é difícil ver análises que falem bem...

    MAS, Okay... eu também gosto de OoT... (Porém, acho Chrono Trigger mais épico...)

    Ah... sobre sua trilha sonora, vale lembrar que ele nem tem o tema original da série, sendo posto só anos mais tarde em seu remake... e nos créditos extras ainda.

    Eu fui um dos fulanos que ouviu falar em "Zelda" e jogou o primeiro do NES, gostando já de início e vendo os seus sucessores depois, fez ver os pontos fortes de cada um. /Exceto o Zelda II...

    Enfim, não diria que OoT é cópia de ALttP e sim que ALttP é uma versão "mais completa" e OoT uma "mais encantadora", visualmente por seus gráficos na época e até hoje pelo remake.

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Mairon W em Dom 16 Set 2012, 11:26

    Concordo com o que você escreveu. Apenas discordo da parte das músicas. Querendo ou não, isso é algo que vai de cada um, gosto músical é algo que não tem muita discussão. E bem, para mim, a trilha sonora de OoT é a melhor (talvez por nostalgia eu diga isso) mas não desmereço nenhuma outra, sendo que a série toda tem trilha incrível.

    Em minha opinião, Zelda Ocarina of Time é o melhor jogo que já joguei por um simples fator: alegria. Nenhum outro jogo me proporcionou tanta alegria como OoT, talvez Chrono Trigger chegue perto. E ainda continua me proporcionando.
    avatar
    Lucasxarope
    Membro Nv.31
    Membro Nv.31

    Karma Karma : 60
    Posts Posts : 332

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Lucasxarope em Dom 16 Set 2012, 12:48

    Realmente, como disseram acima, com todo o respeito, não se trata de uma crítica/análise, e sim um manifesto à não-originalidade de The Ocarina of Time.

    O fato de você não ter jogado na época não faz diferença se você souber relativizar as impressões, e tentar interpretar o jogo tal como foi no lançamento. O que você, me parece, não soube. Poderia pegar matérias de revistas, reviews, comentários da época para fazer isso, fazer uma pesquisa.

    No caso eu já era um gamer mirim na época com 10 anos, mas joguei Zelda apenas uma vez na época do lançamento na locadora que tinha perto de casa, como não tinha o cartucho de memória, nem me dei o trabalho de alugar. Pois na locadora o tempo que fiquei foi só pulando diálogos e diálogos, e fiquei puto da vida, alugando provavelmente International Super Star Soccer 64. hehe

    Enredo:

    Os enredos de Zelda normalmente são muito simples, e também emprestam muitos elementos uns dos outros. O de Skyward Sword, por exemplo, achei horrível, o pior de todos, como coloquei na minha análise. Sempre tem um escolhido, alguém preso em algum lugar, alguma princesa para ser salva, um personagem que duvida de você depois reconhece seu valor.

    É um festival de clichês despudorado, a única exceção acho que seria Twilight Princess, mas que mesmo assim tem muitos elementos reutilizados. Todavia, isso não prejudicou o andamento do jogo, não até Skyward Sword, na minha modesta opinião, que podou demais o produto final. No entanto, nos antecessores, a simplicidade do enredo não diminuía os demais aspectos.

    Remake de A Link to the past?

    Essa de que OoT seria remake de Alttp particularmente não conhecia... até hoje que eu saiba, Ocarina of Time sempre foi um jogo diferente, foi produzido em conjunto com Super Mario 64, e inicialmente teria uma engine idêntica. Link andaria pelo castelo de Ganondorf e em cada cômodo acessaria um local. (completamente diferente do jogo de SNES). Mas, nos dois anos depois do lançamento do N64, o jogo foi modificado completamente.

    A comparação com Megaman 64 deve ser feita lembrando que Megaman 64 era um port de 2001, muito mal feito, do Megaman Legends do PSX do final de 1997. Este que, embora tenha sido lançando pouco menos de um ano antes do Ocarina of Time, é praticamente um jogo contemporâneo ou até anterior, tendo em vista que a criação de Zelda começou em 1995. E já contava com as mecânicas 3D.

    Trunfos de Ocarina of Time

    Mas os trunfos de Ocarina of Time foram de terem aperfeiçoado o gênero de aventura/rpg/ação 3D em todos os seus mínimos aspectos.

    O caso de Megaman Dash/Legends, comentando, embora contando com elementos parecidos com ode OoT, eu achei as dungeons muito menos interessantes, e a maioria dos chefes eram derrotados apenas girando em torno dele e atirando. (que inclusive se repetiu 10 anos depois no Megaman X7, atestando a incompetência da Capcom com seu principal personagem)

    Em todos os Zeldas a ação é na verdade uma desculpa para um puzzle, enfrentar um chefe sempre se trata, na verdade, de saber um movimento correto, usar um determinado item, e assim por diante. No mundo 3D isso ainda não tinha sido feito com maestria, mesmo SM64 tinha repetitividade nos chefes.

    E principalmente, os puzzles das dungeons, alcançaram níveis até então inimagináveis! Nunca antes em três dimensões! Isso realmente você não levou em consideração. Talvez a transição mais bem feita do 2D para o 3D até hoje. Megaman, como disse, nunca conseguiu satisfatoriamente, e Metroid demorou uma geração para fazer (claro que aí também resultou em outra obra prima).

    Para mim, todos os bons jogos do Nintendo 64 constituem uma pequena obra-prima, pois a criatividade exigida para se transformar o que se entendia de aventura em ambientes 2D para o 3D não era brincadeira. Alguns jogos fracos do N64 e do PSX tinham puzzles, por exemplo, que você rapidamente percebia que eram completamente sem criatividade, não sabiam utilizar a terceira dimensão.

    Anacronismo:

    Aqui acho que realmente a sua idade, ou falta de pequisa que poderia compensar isso, pesou. Você já pegou quando tudo estava pronto, o 3D já era uma realidade consolidada e bem explorada. E, sobretudo, a data de lançamento não deve ser levada tanto em consideração, o desenvolvimento começou muito antes, onde o 3D estava longe da realidade atual.

    E claro, o sistema de mira Z-Target foi um marco para o desenvolvimento dos jogos 3D. Praticamente todas as franquias posteriores se inspiraram neste conceito, que, em Super Mario 64 por exemplo, alguns anos antes, ainda era desafio domar a câmera. Na época eu joguei apenas na locadora também SM64, e apanhei tanto da câmera que só foi jogar pra valer anos depois quando me emprestaram na escola, e comprar só comprei pelo Wii Virtual Console.

    O 3D inaugurado pelo Nintendo 64 era um mundo completamente novo a ser explorado. E The Ocarina of Time foi o primeiro jogo a domá-lo com total perfeição, e sim, merece irredutivelmente os rótulos de melhor jogo do Nintendo 64, melhor Zelda, e quiçá, como é muitas vezes apontado, melhor jogo de todos os tempos.

    (embora eu goste mais de Twilight Princess)
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Convidado em Dom 16 Set 2012, 13:51

    Eu acho um jogo muito interessante, não sou viciado que nem vocês que já jogaram todos. E principalmente sempre tive vontade de jogar e tive a oportunidade no 3ds, já que não tinha jogado no N64
    avatar
    Archie
    Veterano Nv.35
    Veterano Nv.35

    Karma Karma : 572
    Posts Posts : 1256

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Archie em Dom 16 Set 2012, 16:52

    @Lucasxarope escreveu:Realmente, como disseram acima, com todo o respeito, não se trata de uma crítica/análise, e sim um manifesto à não-originalidade de The Ocarina of Time.

    E desde quando uma critica/análise não é uma opinião de certa forma? Se não fosse nós nunca iriamos ver criticas positivas e negativas sobre filmes de sucesso por exemplo. Quantas vezes não aparece um filme idolatrado pelo mundo inteiro e aparece um critico e detona o filme? Ele está dando a opinião dele, mas ao mesmo tempo está sendo critico em sua análise. O que eu fiz foi dar a minha opinião e fiz tudo isso fazendo uma análise critica.

    @Lucasxarope escreveu:Em todos os Zeldas a ação é na verdade uma desculpa para um puzzle, enfrentar um chefe sempre se trata, na verdade, de saber um movimento correto, usar um determinado item, e assim por diante. No mundo 3D isso ainda não tinha sido feito com maestria, mesmo SM64 tinha repetitividade nos chefes.

    E principalmente, os puzzles das dungeons, alcançaram níveis até então inimagináveis! Nunca antes em três dimensões! Isso realmente você não levou em consideração. Talvez a transição mais bem feita do 2D para o 3D até hoje.

    Bom... Eu sinceramente não vi nada demais. Os puzzles de Oot não acresentam muita coisa em relação aos jogos antigos. A unica exceção é o Water Temple. Aquele sim tinha puzzles novos genias, além da mecanica do templo ser ótima (e ao contrário do que quase todo mundo diz, este templo está longe de ser difícil. Ele só requer paciência e foco.) Os outros não me impressionaram muito. O recurso do mirror shield em Spirit Temple foi interessante, mas muito mal aproveitado.

    @Lucasxarope escreveu:E claro, o sistema de mira Z-Target foi um marco para o desenvolvimento dos jogos 3D. Praticamente todas as franquias posteriores se inspiraram neste conceito, que, em Super Mario 64 por exemplo, alguns anos antes, ainda era desafio domar a câmera. Na época eu joguei apenas na locadora também SM64, e apanhei tanto da câmera que só foi jogar pra valer anos depois quando me emprestaram na escola, e comprar só comprei pelo Wii Virtual Console.

    O 3D inaugurado pelo Nintendo 64 era um mundo completamente novo a ser explorado. E The Ocarina of Time foi o primeiro jogo a domá-lo com total perfeição, e sim, merece irredutivelmente os rótulos de melhor jogo do Nintendo 64, melhor Zelda, e quiçá, como é muitas vezes apontado, melhor jogo de todos os tempos.
    [b]

    Nisso eu concordo. Como já citei antes. A jogabilidade de Oot foi mesmo revolucionaria e deu um novo rumo a série e a todo mundo dos games em geral. Só foi superado agora por Skyward Sword.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Análise] The Legend of Zelda - Ocarina of Time

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 20 Ago 2017, 12:29